Realizei um sonho!

Era 2012 e divulgaram que, a partir daquele momento, os fãs de Harry Potter poderiam ter uma experiência única ao visitar os estúdios da Warner, local onde foram gravados os oito filmes da série. Era informação para deixar qualquer fã maluco, né? 

Visitar os estúdios sempre foi o meu sonho. Um deles, né? Porque pisciana como eu tem não só um, mas milhares de sonhos para serem sonhados de uma vez só. Até que esse ano, graças a Deus, consegui planejar a tão sonhada Eurotrip e uma das primeiras coisas que fechamos assim que estabelecemos os dias que ficaríamos em Londres foi a ida aos Estúdios da Warner. 


O local fica a alguns quilômetros da capital, mas a cidade é conectada à estação de Watford Junction, a forma mais fácil e barata de chegar até lá (se você não tiver um carro, claro). Logo na saída, uma parada de ônibus identificada com os nomes da Warner leva os fãs para onde a magia acontece. O ônibus de dois andares todo adesivado com imagens de Harry Potter já prepara o seu coração. O caminho é rápido, cerca de 15 minutos. Mas você vai assistindo um videozinho com alguns atores explicando o que você irá encontrar.

É recomendado comprar os ingressos antecipadamente, assim como chegar cerca de meia hora antes do horário marcado. E não se engane, mesmo comprando dois meses antes, como eu, alguns horários já estavam esgotados. Já na entrada, o muro que cerca os estúdios é cheio de cartazes dos filmes. Uma ótima sensação de boas-vindas. Como eu comprei o ingresso online, precisei trocá-lo na bilheteria. Apesar do horário marcado, não havia um "super rigor" para checar se você estava entrando na hora certa ou não. 


Depois de passar por um corredor enorme imitando o mapa do Maroto, chegamos a uma lanchonete e na área real de entrada dos Estúdios. A lanchonete tem um preço salgadinho e é a primeira de duas que você vai encontrar no passeio. A segunda fica dentro do estúdio. Mas o pior mesmo é conseguir um lugar para sentar e comer o seu sanduíche. Aliás, você pode levar algo de casa. Mas comer e beber deve ser feito somente nas áreas das lanchonetes. Nada de ficar beliscando dentro dos estúdios.

Uma vez no tour, eles passam uma projeção explicando como funcionava o local quando recebia as gravações: expõem números, mostram bastidores e te deixam com as primeiras lagriminhas nos olhos. Essa parte não pode ser fotografada. 


Se você é fã como eu e ainda não foi aos Estúdios, vai preferir não saber muitos detalhes do que tem lá dentro. Eu fui essa pessoa e não me arrependi de descobrir tudo pessoalmente. Além dos cenários, você também vai ver roupas e objetos usados durante os filmes. Muita coisa é interativa. E ah, lá também tem uma plataforma com o carrinho para tirar foto, assim como a que fica em Kings Cross. Prepare-se para entrar na Floresta Proibida, andar pelo Beco Diagonal e entrar no Expresso de Hogwarts!

A primeira etapa do tour é o salão principal. E essa é a única parte que você terá um tempo limitado para visitar. Como é ali que eles recebem os novos grupos e falam sobre o lugar, é preciso ter uma rotatividade. São cerca de 20, 30 minutos entre o bate-papo e o tempo para fotos. 


Entre o deslocamento ida e volta e o tempo dentro do estúdio, reserve aí umas boas quatro ou cinco horas, no mínimo. Eu saí de Londres 11 da manhã e só cheguei em casa às 21 horas. Fiquei quatro horas nos estúdios, mas quando saí de lá ainda veio aquela sensação de que poderia ter aproveitado mais. É tudo tão incrível que só quem é fã sabe (e sente). 

No fim de tudo tem a famigerada lojinha. Algumas coisas valem a pena, outras quase me fizeram ter uma ataque cardíaco. Dá pra ter uma ideia dos preços no próprio site do tour. Artigos como as varinhas, cachecóis, porta-retrato, valem a pena. O sapo de chocolate também. Apesar de só vir um em cada caixa, eles são enormes (sério, levei uns dois dias pra comer o meu) e não são ocos. Já os Funko Pop, por exemplo, são bem mais caros. Mais até que os preços que encontramos no Mercado Livre. 

O mais impressionante do tour é ver pessoas da minha idade, que cresceram e acompanharam Harry Potter desde o inicio, ansiosos pelos novos livros e filmes, mas também ver crianças nessa nova geração de fãs que vão continuar aí sem deixar a magia desaparecer. Se alguém tem dúvidas de que a franquia de Harry Potter está no mesmo patamar que Star Wars, por exemplo, é só visitar os estúdios da Warner. 

2 comentários:

  1. Aaaaaaaa que incrível!!
    Nossa, esse com certeza é um lugar que eu gostaria muito de visitar. Além, é claro, do parque da Universal!

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Kel!
    Acho que todo mundo que começou a acompanhar o universo de Harry Potter quer conhecer esse lugarzinho de perto. Eu sempre quis mas a questão financeira ainda é um empecilho, mas tenho fé que isso ainda vai acontecer. Ficaram linda suas fotos!
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!