Resenha 396 | A Rainha de Tearling









Oi gente!

Aqui é Fernanda, hoje eu trouxe pra vocês a resenha de A Rainha de Tearling, já já eu vou trazer também a resenha da continuação desse livro maravilhoso

Título: A Rainha de Tearling
Autor: Erika Johansen
Editora: Suma das Letras
Páginas: 352


Quando a rainha Elyssa morre, a princesa Kelsea é levada para um esconderijo, onde é criada em uma cabana isolada, longe das confusões políticas e da história infeliz de Tearling, o reino que está destinada a governar. Dezenove anos depois, os membros remanescentes da Guarda da Rainha aparecem para levar a princesa de volta ao trono – mas o que Kelsea descobre ao chegar é que a fortaleza real está cercada de inimigos e nobres corruptos que adorariam vê-la morta. Mesmo sendo a rainha de direito e estando de posse da safira Tear – uma joia de imenso poder –, Kelsea nunca se sentiu mais insegura e despreparada para governar. Em seu desespero para conseguir justiça para um povo oprimido há décadas, ela desperta a fúria da Rainha Vermelha, uma poderosa feiticeira que comanda o reino vizinho, Mortmesne. Mas Kelsea é determinada e se torna cada dia mais experiente em navegar as políticas perigosas da corte. Sua jornada para salvar o reino e se tornar a rainha que deseja ser está apenas começando. Muitos mistérios, intrigas e batalhas virão antes que seu governo se torne uma lenda... ou uma tragédia.

A Rainha de Tearling conta a história da princesa Kelsea que foi levada ainda bebê para um esconderijo assim que sua mãe, a rainha Elyssa morre. Kelsea foi criada em uma cabada isolada e longe de tudo, com uma mãe rígida e um pai amoroso e sabendo que estava destinada a governar um reino quando chegasse aos dezenove anos. 

Passados dezenove anos, membros remanescentes da antiga guarda da rainha aparecem para levar Kelsea ao trono. Mesmo sendo a legítima herdeira ao trono e de posso da safira Tear, Kelsea descobre que esta em enorme perigo e que sua fortaleza real esta cercada de inimigos e que seu reino esta ameaçado pelo poder da Rainha Vermelha.



Faz um tempo desde que eu bati os olhos na versão gringa desse livro e logo me apaixonei. Quando descobri que a Suma da Letras publicaria o livro, eu não pude deixar de ir correndo comprar. 

A Rainha de Tearling começa com uma narrativa difícil, lenta e cheia de coisas minuciosamente descritas, o que me incomodou um pouco. Demorei um certo tempo para avançar na leitura, mas o enredo chega em um ponto que tudo começa a fica tão maravilhoso que é impossível não querer ler o mais rápido possível. 

Achei esse primeiro livro bem introdutório e já prevejo que devem vir muitos livros por aí, para pelo menos tentar explicar a história, já que esse não explica praticamente nada. Erika começa a conta a história de Kelsea e algumas coisas do passado de Tearling, mas não é muita coisa e talvez esse livro precisasse de umas cem páginas a mais.


Kelsea é uma personagem fantástica, totalmente fora dos padrões das mocinhas convencionais, tanto no quesito físico, já que ela é gordinha, quanto na personalidade, ela é uma pessoa forte, não aceita que ninguém mande nela e nem que tomem decisões por ela. Ela gosta de resolver as coisas por suas próprias convicções e fiquei fascinada por ela. 

Se terá um romance por ai eu não sei, mas pelo menos nesse livro eu não vi nem sinal disso e achei tão maravilhoso, agora parece que todos os livros tem que ter romance. 

Gostei do rumo que a história tomou e estou muito ansiosa para conhecer um pouco mais sobre outros personagens como a rainha vermelha e Fetch, o Pai dos Ladrões ajudou Kelsea em momentos cruciais e me deixou encucada com sua origem.

O livro é narrado em terceira pessoa, o que não é meu formato preferido de narrativa, sempre acho que deixa o enredo meio impessoal, mas foi até satisfatório e importante para ter uma visão ampla do que estava acontecendo com outros personagens do livro. 

A Rainha de Tearling, apesar de um livro bem introdutório, me surpreendeu nos acontecimentos e na originalidade do enredo e dos personagens. Em relação a capa, eu preferia a original, mas a nacional também é linda. A revisão ficou impecável e a diagramação também. 

Para quem curte fantasias esse livro é uma excelente pedida.

1 comentários:

  1. Saudações Lady Fernanda,

    ESSE LIVRO. Nossa. ESSE LIVRO.
    Eu quase morri lendo hahahaha Durou um dia inteiro, com meus pais surtando nas férias porque eu estava agarrada em um livro. Valeu muito a pena!
    Fiquei completamente tomada pela narrativa e pelos acontecimentos. Eu não consigo ver só como o liro introdutório justamente por causa de tudo que tem nele. Estou bem ansiosa pelo segundo volume.

    Venha visitar o Castelo!

    Att.
    A Rainha ♛ The Queen's Castle
    A rebelde do deserto

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!