Resenha 385 | Vida após o roubo

Olá Bookaholics, tudo bem?

Hoje é dia de falarmos sobre um livro infanto-juvenil que mistura humor com sobrenatural. Curiosos? Então, simbora pra resenha!

Título: Vida após o roubo / Life After Theft
Autor: Aprilynne Pike
Páginas: 264
Editora:  Bertrand Brasil





Sinopse: Kimberlee Schaffer talvez fosse linda de morrer... só que ela acabou morrendo mesmo, há mais de um ano. Agora, precisa da ajuda de Jeff para resolver alguns assuntos pendentes. E não vai aceitar um "não" como resposta. Quando estava viva, Kimberlee não era apenas uma menina maldosa; era, também, cleptomaníaca. Portanto, se Jeff não quiser ser assombrado pelo fantasma dela até o dia de sua formatura, terá de ajudá-la a devolver tudo que roubou. Rapidamente, porém, ele descobre que é muito mais fácil roubar do que devolver. Pagar pelos erros cometidos adquire um significado completamente novo nesta versão moderna e inteligente do clássico Pimpinela Escarlate, criada por Aprilynne Pike.


Jeff está tendo dificuldades na nova escola – até aí nada de novo -, mas o pior é que ele vê uma garota cleptomaníaca e odiosa, que na verdade está morta há tempos: Kimberlee Schaffer. O melhor é que ele não descobriu que ela estava morta logo de cara e passou por situações constrangedoras que mais tarde fizeram sentido. Todo o livro gira em torno de saber como essa menina morreu, porque ela continua nesse plano e qual o motivo de apenas Jeff conseguir enxergá-la.

Jeff, como o bom moço que é, irá tentar ajudar Kimberlee a se livrar dos pesos desta vida e finalmente se libertar do plano terreno. Ele tenta devolver tudo que ela roubou durante a vida, para que seu débito com este mundo seja sanado. O problema é que ela roubou muitos itens durante sua curta vida. Portanto, Jeff tem que sozinho ajudar um fantasma, sem chamar a atenção do mundo para as coisas roubadas. 

O livro é um típico infanto – juvenil, leve e divertido. O fato de envolver o sobrenatural cria mais comédia do que drama ou terror. A autora quis, claramente, passar a mensagem de que nada sai de graça nesta vida, tudo que fazemos tem retorno, mesmo após a morte. A história é simples, mas divertida. Os personagens me pareceram bem infantis e não foram bem desenvolvidos. Além disso, o romance de Jeff com outra menina não fez diferença no livro e o tornou até um pouco enfadonho. Todavia, o livro passa uma boa mensagem e nos faz refletir sobre assuntos importantes, como: fé, religião e bondade.
Kimberlee disse que eu era a primeira pessoa a vê-la. Nada na minha vida era tão especial assim. Eu certamente não era especial.

2 comentários:

  1. Oiii Kel

    Esse livro no começo me chamava a atenção mas como tive vários problemas com a outra série da autora acabei descartando, pq a escrita dela, sei lá, não funciona muito comigo.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Saudações Lady Nat,

    Eu quis o livro no momento que li "infanto-juvenil", acho que para isso eu nunca estarei velha o suficiente (minha avó tem 94 anos e lê Harry Potter, é de família).
    Apesar dos pontos dos personagens pouco desenvolvidos, que gera um desespero em blogueiros que tem vontade de ir lá e reescrever hahahah gostei da mensagem final que ele passa e realmente pretendo incluí-lo nas minhas prateleiras!


    O Castelo foi reaberto, venha conferir as novidades!
    Att.
    A Rainha ♛ The Queens Castle
    Amores improváveis: no colégio
    As luzes mais brilhantes

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!