02 agosto 2017

# Resenha 380 // The kiss of deception

Oi gente! 


Aqui é a Fefa (do blog Lendo & Esmaltando) a Quel voltou e eu também. Hoje trouxe pra vocês a resenha desse livro mara, que me fez passar a noite acordada. 

Título: The Kiss of Deception
Autora: Mary E. Pearson
Editora: DarkSide


Sinopse: Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro? Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor. O romance de Mary E. Pearson evoca culturas do nosso mundo e as transpõe para a história de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio é capaz de mudar a nossa concepção entre o bem e o mal e nos fazer repensar todos os estereótipos aos quais estamos condicionados. É um livro sobre a importância da autodescoberta, do amor, e como ele pode nos enganar. Às vezes, nossas mais belas lembranças são histórias distorcidas pelo tempo.
Em The kiss of deception conhecemos Lia, a Primeira Filha  da Casal Real do reino de Morrighan, ela tem 17 anos e esta prometida em casamento ao príncipe de Dalbreck, uma maneira que os governantes encontraram para unir os dois reinos que há tempos vivem em conflito e também para se protegerem de Venda, um reino obscuro. 

Lia sempre sonhou em se casar por amor e não aceita o destino que foi imposto a ela, diante disso ela organiza um plano para fugir e para isso ela conta com a ajuda de sua melhor amiga Pauline. Elas partem para um vilarejo distante em busca de um novo recomeço, Lia deixa sua identidade para trás e começa a viver longe da realeza. Mas tudo muda quando ela conhece Kaden e Rafe, um deles é um príncipe e o outro um assassino enviado por Venda.  



A princesa acaba se deixando conquistar pelos dois rapazes envolventes e o melhor de tudo nesse livro é que não sabemos quem é quem. Mary traz diversos POV's ( pontos de vista), uma hora o livro é narrado pelo ponto de vista de Lia, ora por Kaden ou Rafe, porém não sabemos quem é o príncipe e quem o assassino. 

Fui trollada da maneira mais épica, passei o livro inteiro acreditando e torcendo por um personagem, pra depois descobrir que quem eu pensava ser não condizia com a realizada. Acredito que Mary tenha conseguido enganar a maioria dos leitores e só isso faz dela uma autora brilhante. Quando eu cheguei no momento em que as identidades são reveladas, fiquei: - MAAAAAAAAAAS O QUÊ?  Fiquei sem entender nada e juro que voltei vários capítulos para confirmar se eu tinha lido errado ou se eu tinha sido mesmo trollada magnificamente. 

Eu lembro que na época em que esse livro foi lançado, muitas pessoas ficaram angustiadas e desesperadas com o final, justamente por isso eu deixei pra começar a ler a série somente quando eu tivesse ela completa em mãos e tenho certeza que essa foi a melhor decisão que eu já tomei. O final é uma bomba e faz o leitor ficar desesperado pelo segundo livro, tanto que eu terminei The kiss of deception e logo engatei na continuação. 



Mary E. Pearson traz uma narrativa fantástica e muito envolvente, é impossível qualquer leitor abandonar a leitura desse livro. Os personagens são únicos e eu fiquei enlouquecida com a Lia, uma jovem de tão pouca idade e ao mesmo tempo tão forte, decidida, extremamente corajosa e principalmente empoderada. Ela parte em busca do que quer, do que acha o certo a fazer e não tem ninguém que possa impedi-la. 

Amei o jogo que Mary fez com o leitor,fazer a gente se apaixonar por um personagem e depois perceber que tudo não passou de um imenso jogo de trocas. A ambientação do enredo também foi muito descritiva e fiquei encantada pelo mundo que a autora criou, fui capaz de imaginar tudo para um belo filme. 

Crônicas de amor e ódio é uma série sem igual, uma fantasia única, que promete e cumpre ser uma maravilhosa leitura. Mary se mostra uma autora de grande talento e confirmei isso ao ler a série completa. Recomendo muito o livro para quem gosta de uma boa história de fantasia, aventura e empoderamento. 

Como a série já foi lançada por completo no Brasil, sugiro que comece a leitura o quanto antes.








Nenhum comentário

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!