Resenha 371 | Gigantes Adormecidos

Olá, peoples :D

Primeiramente queria me desculpar em nome do blog pela falta de postagem haha A Kel anda um pouco sem tempo, então eu vou tentar ajudar ela a voltar ao ritmo normal, ok? Hoje eu trago para vocês a resenha de um livro MUITO diferente e interessante. Espero que curtam!

Título: Gigantes Adormecidos // Sleeping Giants
Autora: Sylvain Neuvel
Páginas: 310
Editora: Suma de Letras
Livro cedido em parceria com a editora



Sinopse: Rose passeia de bicicleta pelo bosque perto de casa, quando de repente é engolida por uma cratera no chão. A cena intriga os bombeiros que chegam ao local para resgatá-la: uma menina de onze anos caída na palma de uma gigantesca mão de ferro. Dezessete anos depois, Rose é phD em física e a nova responsável por estudar o artefato que encontrou ainda criança. O objeto permanece um mistério, assim como os painéis que cercavam a câmara onde foi deixado. A datação por carbono desafia todas as convenções da ciência e da antropologia, e qualquer teoria razoável é rapidamente descartada. Quando outras partes do enorme corpo começam a surgir em diversos lugares do mundo, a dra. Rose Franklin reúne uma equipe para recuperá-las e montar o que parece ser um robô alienígena gigante quase tão antigo quanto a raça humana. Mas, uma vez montado o quebra-cabeças, ele se transformará em um instrumento para promover a paz ou causar destruição em massa? Parte ficção científica, parte thriller, Gigantes adormecidos é uma história viciante sobre a disputa pelo controle de um poder capaz de engolir todos nós.

Como 99% dos livros que leio, a primeira coisa que me chamou atenção em Gigantes Adormecidos foi a capa. Já tinha visto ela há um bom tempo e de cara eu quis ler, então fiquei bem feliz quando soube que a Suma ia lançar.  

Como a sinopse diz, o livro fala sobre a descoberta de partes gigantes de corpos espalhadas pelo mundo. Tudo começa quando Rose cai numa cratera sobre a palma de uma mão... anos depois a mesma Rose se tornou phD em física e agora é a responsável por estudar a tecnologia envolvida no objeto. Aos poucos eles vão encontrando mais e mais partes de corpos que formarão um robô gigantesco, e junto com cada parte encontrada a certeza de que aquela tecnologia veio do espaço se reafirma mais ainda. Mas, depois de formado, o robô será um instrumento para promover a paz ou uma arma capaz de exterminar a raça humana?

Quem me conhece sabe que não sou lá um fã de ficção científica; meu mundo é a fantasia e seus sub-gêneros, então eu tinha um leve receio de não gostar de Gigantes Adormecidos, mas não foi o que aconteceu. Eu me surpreendi positivamente com o livro e isso se deve a vários aspectos.

O primeiro deles foi a narrativa; quando peguei o livro, quase tive um ataque de arrependimento ao folheá-lo e perceber que o livro não tinha uma narrativa. Ele é todo narrado através de entrevistas e relatórios e eu pensei "droga, vou odiar o livro", mas Sylvain quebrou qualquer dúvida que eu tivesse. Ele consegue prender o leitor com os diálogos e relatórios; enquanto eu lia, mal percebia e já tinha lido várias páginas.

“Sei que estamos fazendo as perguntas erradas, mas não sei quais são as certas.”

Os personagens criados pelo autor também são muito bons. Mesmo que não sejam profundamente explorados devido ao estilo narrativo do livro, o autor consegue apresentar todos de forma bastante satisfatória. Não consegui me apegar a eles, mas achei-os bem construídos.

Mas acho que o ponto alto da história mesmo é a trama. Pensa só: um gigante adormecido dividido em partes e espalhado pelo mundo. Um amigo, um inimigo, uma arma? Quem não se interessaria por essa premissa? Achei o enredo muito criativo e bem desenvolvido; a cada capítulo eu ficava mais curioso para saber onde as coisas iam dar!

O único ponto negativo que eu encontrei no livro foi o final. O autor desenvolveu bem a trama durante todo o decorrer do livro e me fez esperar O FINAL, mas ele terminou de uma forma bem broxante ao meu ver. O livro vai ter uma continuação (Waking Gods), eu sei, mas ainda assim eu esperava mais.

O livro é incrível e cheio de reviravoltas. Super indico e espero que vocês gostem tanto quanto eu. 





2 comentários:

  1. Oii

    Realmente essa capa chama muito a atenção.. E o nome também é bem marcante.
    Lendo a resenha percebi que esse livro deve ser bem interessante por dentro também! haha

    Beeijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Henrique! Sempre bom te ver por aqui :)

    A Bel do Estante leu o livro e gostou muito, ficou estasiada com tanta informação e ela acabou o lendo querendo mais, Acho que vai ser um ótimo livro para quem, assim como eu, não costuma se aventurar muito por ficção científica.

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!