18 maio 2016

# Resenha 353 // Mr. Mercedes

Olá bookaholics, tudo bem?

Hoje vamos falar do mais novo livro do mestre do terror Stephen King : Mr Mercedes. Esse é o primeiro livro de uma trilogia sobre a vida do detetive Bill Hodges.

Título: Mr. Mercedes
Autor: Stephen King
Páginas: 400
Editora: Suma de Letras


 Sinopse: Uma alucinante corrida contra o tempo, em que três heróis improváveis tentam impedir um assassino de acabar com milhares de vidas. Ainda é madrugada e, em uma falida cidade do Meio-Oeste, centenas de pessoas fazem fila em uma feira de empregos, desesperadas para conseguir trabalho. De repente, um único carro surge, avançando para a multidão. O Mercedes atropela vários inocentes, antes de recuar e fazer outra investida. Oito pessoas são mortas e várias ficam feridas. O assassino escapa. Meses depois, o detetive Bill Hodges ainda é atormentado pelo fracasso na resolução do caso, e passa os dias em frente à TV, contemplando a ideia de se matar. Ao receber uma carta de alguém que se autodenomina o Assassino do Mercedes, Hodges desperta da aposentadoria deprimida, decidido a encontrar o culpado. Mr. Mercedes narra uma guerra entre o bem e o mal, e o mergulho de Stephen King na mente obsessiva e psicótica desse assassino é tão arrepiante quanto inesquecível.

Hodges já foi um detetive de grande sucesso, todavia, agora já aposentado de suas funções, entrou em depressão e cogita a hipótese de se matar com a arma que era de seu pai. Mas sua vontade de viver se reacende quando ele tem a oportunidade de prender o assassino, que apesar de seus esforços conseguiu escapar em seu último caso. Voltando a ativa, Hodges retorna ao passado e investiga o caso do Mr. Mercedes, que matou e feriu várias pessoas usando um Mercedes roubado.

Stephen King, cada vez mais, se mostra um autor surpreendentemente versátil. Há uma clara e grande diferença entre os primeiros livros dele e seus recentes lançamentos. Mr. Mercedes é um romance que apesar de ter a marca registrada de escrita do autor, demonstra bem essa nova faze de Stephen. O livro em si é recheado dos clichês do gênero, não há grandes surpresas e os personagens são esteriótipos quase perfeitos, porém, ele foi escrito por Stephen King e isso muda tudo. A escrita encantadora e envolvente dele continua presente e é isso que faz o livro ser bom. Ademais, a história é sóbria, sombria e realista, o que por si só já torna tudo mais interessante quando se fala do gênero policial. O autor também conseguiu misturar os clichês do gênero ao contexto moderno mostrando uma desenvoltura singular.





























O vilão é um capítulo à parte. Suas atitudes nos fazem várias perguntas ao longo do livro: Será que a maldade é inerente ao ser humano e tudo mais é o desenrolar de uma mente já infectada pela total falta de apatia? Será que as escolhas que fazemos são essencialmente nossas? O que nós somos?Obviamente, essas perguntas não tem uma resposta certa, mas Mr. Mercedes nos mostra que os monstros existem sim, mas dentro de cada um de nós. O sobrenatural não é o pior dos mundos, existe dentro do ser humano um lugar obscuro que se mostra muito pior que uma aranha gigante ou um carro amaldiçoado. Nós mesmos somos algozes de nossa própria existência.


“Tenho certeza de que você fez “o melhor que pôde”, mas infelizmente (para você, não para mim) você falhou. Imagino que, se já houve um “bendito” que você quis pegar, Detetive Hodges, foi o homem que dirigiu deliberadamente para cima da multidão na fila para a Feira de Empregos no City Center no ano passado, matando oito e ferindo muitos mais. (Devo dizer que superei até minhas maiores expectativas.) Era em mim em quem você estava pensando quando lhe deram aquela placa na Cerimônia Oficial de Aposentadoria? Era em mim em quem você estava pensando quando seus colegas, os outros Cavaleiros do Distintivo e das Armas, contavam histórias sobre (isso é só um palpite) criminosos que foram pegos literalmente sem as calças ou relembravam pegadinhas feitas na delegacia?”



 

Um comentário

  1. Bom, Stephen king sempre está na minha lista de leituras, eu adoro os livros dele, mesmo os que eu demoro um pouco para ler, mas ainda não tenho esse livro, está na minha singela listinha de desejos kkkk
    bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!