17 maio 2016

# Papo literário // Capas originais x capas nacionais

Oi pessoal, tudo bem?

Semana passada eu comentei que gostaria de fazer um papo literário sobre escolha das capas. Talvez esta seja uma ótima oportunidade.

Ninguém é obrigado a saber, até porque isto é um pouco dos bastidores de uma produção editorial, mas acho que às vezes é importante esclarecer algumas coisas que ficam no imaginário dos leitores. Repare só os posts no facebook das editoras. Principalmente na divulgação de capas que não seguem o padrão original. Você vai ver pelo menos umas quatro ou cinco pessoas reclamando da capa e dizendo preferir a original. Pode fazer o teste. É batata!

Claro que, muitas vezes, a capa original é mais bonita, mais atrativa. Se é um livro de um autor que você é super fã e acompanha o trabalho, é natural querer ter a capa original na estante. Poréééém... o buraco é mais embaixo.

Estamos falando de um mercado, certo? Então tudo tem o seu preço. Assim como as editoras pagam pela tradução, compram os direitos do livro, a capa também é negociada. E nem sempre é baratinha. Então, pensemos racionalmente: comprar um capa cara (que muitas vezes é negociada em dólar) ou usar a equipe de design para fazer a versão brasileira? Vamos la, você sabe responder esta!



Outro detalhe importante é que o designer pensa na capa como um todo, levando em consideração a disposição do título também. Então, na hora da adaptação, muitas vezes o título traduzido é maior que o original e simplesmente não cabe dentro do layout original. Nestes casos acontece o que? Acertou quem pensou em: nova capa!



Não, as editoras não são malvadas por não comprarem a capa original, não é de proposito. Isto é uma decisão editorial. Cabe à editora decidir se quer ou não  investir naquela capa já pronta e nem sempre vale a pena gastar um valor alto nisto (lembrando que este valor se reflete no preço final do livro). Isso sem levar em conta que as editoras tem uma equipe de designer para fazer, adivinhem o que? SIM, Fazer capas! As capas nacionais são o portfólio de vários profissionais que trabalham pesado para deixar o livro mais atrativo para os leitores. 

E vamos combinar que nem sempre a capa está assim tão ruim que justifique a reclamação da mudança! 





2 comentários

  1. É um papo bem interessante para debater, eu particularmente, reclamando quando a capa nacional está feia, nem me importaria se for diferente da original, mas precisa ser uma capa bonita, vou pegar o exemplo daquela capa grotesca (mas sem citar nomes), que tinha a boneca inflável, naquela boca aberta... Sinceramente, e isto falando de uma vista profissional, pois sou designer, achei horrível, de péssimo gosto, uma das piores capas nacionais que eu já vi, mas é como citado no post, tudo é conversado entre a editora e seus funcionários, mas como consumidora, eu não compraria e nem comprei o livro, pode ser um bom enredo, mas só pela capa, não, não compro, alguns podem julgar isso errado, já que diz o ditado de nunca julgar um livro pela capa, mas se vai sair do meu bolso, acho que posso escolher não comprar se a capa não me agrada... Enfim, até entendo quem prefere as originais, em alguns casos fica bom, mas há vários livros com capas nacionais incríveis, muitas vezes melhores que a original, acho que tudo tem que se levar em conta, com tirando quando o trabalho incomodada demais o leitor, então acredito que sim, a editora poderia ouvir e talvez aderir as sugestões.

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir
  2. As vezes dá aquela indignação quando você se apaixona por uma capa internacional e quando(finalmente) ela vem pras nossas bandas ela fica totalmente diferente Ç_Ç Entretanto, as vezes as editoras acertam em cheio. Uma das capas (edições) mais lindas que eu acho é de uma edição brasileira do circo mecânico, os capistas da darkside estão começando a me fazer ter orgulho das edições brasileiras.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!