11 março 2016

# Resenha 342 // Legend

Oi galera, tudo bem por aí?

Da série, livros que eu li em janeiro, mas que eu ainda não tinha conseguido parar para resenhar. E no topo da lista está Legend, primeiro livro que li no ano =P

Título: Legend
Aurora: Marie Lu
Páginas: 256
Editora: Rocco


Sinopse: Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. 

Na República, as crianças, quando chegam à adolescência, são obrigadas a se submeterem a um teste de aptidão. Os reprovados são levados para campos de trabalho forçado. June alcançou a nota máxima em seu exame e é considerada uma prodígio da República, com a nota mais alta já registrada até então. Já Day é uma lenda: é o criminoso mais procurado da República, focado em infringir todas as leis e lutar contra o governo.

Com a perda dos pais, a única família de June é seu irmão mais velho, que é um soldado da República. Quando ela recebe a noticia de que Metias morreu em um confronto e o principal suspeito é Day, a jovem declara guerra ao rapaz e fará de tudo para capturá-lo. Mas, nem tudo é tão simples assim e, não demora muito para a jovem perceber que muitas das verdades que ela acreditava cegamente, não são tão reais assim.

Já confessei o meu recente amor por distopias. Via tanta gente falando bem de Legend, que custei a acreditar que um livro tão pequeno poderia ser realmente bom. Acabei pegando o meu para ler neste inicio de ano. E, realmente, AMEI e estava perdendo muito em simplesmente postergar a leitura.

A autora é objetiva e isso não tem como negar (as poucas 256 páginas já dão a dica). Ela foca nas reviravoltas e consegue surpreender o leitor em vários momentos. A história é totalmente bem escrita, o que justifica a indicação do livro como um dos melhores YA, segundo o Buzzfeed.

A escrita fluida de Marie faz com que seja muito fácil amar alguns personagens e odiar outros na mesma proporção. O enredo é um verdadeiro exercício de respiração. Onde você prende o fôlego boa parte do tempo.

Para um livro introdutório de uma série, Legend tem ação na medida certa e ainda te deixa curioso para conhecer todos os mistérios que cercam a Republica. Os capítulos são alternados entre os protagonistas e eu nunca fiquei tão ansiosa com essa perspectiva. Day e June são de universos e condições sociais totalmente diferentes. Você sabe o que eles estão fazendo, sabe que os próximos passos nem sempre são os mais corretos e só te resta roer as unhas. A história não foca no romance, mas, sim em todas as intrigas que envolvem o funcionamento do governo.

O principal problema do livro é exatamente o tamanho dele. Por ser menor que muito livro (tanto na largura quanto na espessura) a letra é MUITO pequena. E eu, que já não sou a pessoa com a melhor visão do mundo, me senti incomodada. Não conseguia ficar lendo por muito tempo, por exemplo. Acho que as editoras poderiam pensar um pouco mais nisso quando decidem a diagramação do que vão publicar. Letra pequena incomoda.

Leitura mais que recomendada para os amantes de distopia e livros cheio de suspense e intrigas que vão te deixar de pernas pro ar.



8 comentários

  1. Este livro parece ser bem legal. Apesar de não ser o tipo de livro que costumo ler, quero muito ler ele.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  2. Oi Kel!
    Eu simplesmente amo essa distopia! É diferente das que eu já li e de cara já me encantei com June e Day. Achei a dinâmica de leitura ótima, mas concordo que as letras são pequenas, ainda mais quando é narrado por Day. Mas isso não me atrapalhou em nada. Tanto é que já vou entrar no último livro rs. E se você gostou do 1º, vai pirar com o 2º rsrs.
    Abs!

    Participe do Nosso Top Comentarista Especial!

    ResponderExcluir
  3. Depois dessas dicas com críticas, eu vou me afundar nesse livro, Obrigado! http://ateliededevaneios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. É uma distopia que quero ler a algum tempo, mas falta oportunidade. Adoro historias com suspense e um bom mistério envolvido. Essa leitura parece ser muito envolvente e essa parte de tirar o folego adorei rs.

    ResponderExcluir
  5. Oinnnn não acredito que tu amou este livro! Mais uma para o time ♥ eu adorei estes dois principalmente, mas principalmente Day, com toda sua luta e determinação! Com certeza virei fã ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi flor,
    Também amo distopias sou uma fã desse tipo de história , estou com esse livro aqui em casa e confesso que tenho muita curiosidade em descobrir o que vou achar da mesma, mas já fiquei animada em saber que temos muita ação e que o foco principal não é o romance. Espero gostar tanto quanto você.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Saudações Lady Kel,
    Ganhei esse livro num amigo oculto, li numa sentada. Tenho problemas com distopias, porque geralmente não fico feliz com os finais ou me decepciono com alguma coisa. Não tive coragem - exatamente, CORAGEM - de ler os dois livros seguintes! Gostei muito do primeiro e não quero quebrar a cara nos outros huahuahuahauhauahauhauha

    Venha visitar o Castelo
    Att Ana P. Maia ♛ The Queens Castle

    Entre Vidas - Kiara
    Crônica - Ela nunca ganhou flores
    The Queen's Castle no Instagram

    ResponderExcluir
  8. Oi Kel,
    tudo bem?? Esse negócio de fonte de letra é fogo. kkk sou cegueta. Gosto de letra normal para maior. Esses dias eu comecei a ler um livro e parei, pois a fonte não estava confortável para mim. Por isso sou mto apeguada ao meu kindle (lá posso ajustar a fonte) rsrs se o livro que leu tivesse fonte maior, ele teria mais página, certo? Isso faria a sensação de livro pequeno passar? rs
    Sobre a obra, tem muita gente comentando bem, certo? Não é a única. Estou pronta pra ler, mas a minha lista de livros prioritários está quase do tamanho de wishlist. kkkkkkk\
    Beijos, Fernanda D.
    www.novoromance.com.br - 2 anos de blog (Confira os sorteios)

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!