05 fevereiro 2016

# Resenha 330 // Nunca jamais

Oi seus lindos, tudo bem?

Espero que sim. Que existem dois tipos de autores, isso a gente já sabe. Alguns são autores e tem Colleen Hoover. Sou fã inegável dessa mulher. E, como não poderia ser diferente, li "Never Never", traduzido para Nunca, jamais. 

Título: Nunca, jamais // Never never
Autor: Colleen Hoover e Tarryn Fisher
Páginas: 192
Editora: Galera Record



Sinopse: Charlie Wynwood e Silas Nash são melhores amigos desde pequenos. Mas, agora, são completos estranhos. O primeiro beijo, a primeira briga, o momento em que se apaixonaram... Toda recordação desapareceu. E nenhum dos dois tem ideia do que aconteceu e em quem podem confiar. Charlie e Silas precisam trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu com eles e o porquê. Mas, quanto mais eles aprendem sobre quem eram, mais questionam o motivo pelo qual se juntaram no passado.






O livro é bem pequeno, então a sinopse já fala por si e permite uma ideia bem geral do que vamos encontrar na trama. Charlie e Silas são namorados, ou pelo menos eram, até os dois perderem a memória. Estranhamente, eles conseguem se lembrar de alguns fatos como se fossem flashes. Mas não sabem quem são, não sabem a história de suas famílias. Tudo o que eles precisam fazer é tentar descobrir como isso aconteceu.

Logo de cara o livro não me cativou porque nada nele parecia fazer sentido. Quem conhece a escrita da Colleen sabe que ela é uma pessoa racional, que escreve situações dramáticas, mas sempre muito palpáveis. E eu não conseguia identificar isso ali. Tudo pareci muito superficial. Existe um suspense na história - dedo de Tarryn, conhecida pelos seus livros de romance tensos- mas ainda não conseguia ter aquela identificação com os personagens.





















Como falei, a história é bem curtinha, como se fosse um ensaio. Um ensaio para mais. E foi justamente ai que esta dupla de autoras que são unha e carne, conquistaram a minha atenção. O incio que me parecia tão embaralhado quanto a cabeça dos dos personagens desmemoriados compensou após a metade do livro. Fiquei tensa, roí as unhas e tentei imaginar o que poderia vir a seguir. Mas é claro, não consegui.

Charlie e Silas estão beeeem distantes de serem os melhores protagonistas, mas eles passam o recado. Não sei se simpatizei muito com Charlie, mas vamos ver o que nos aguarda nos próximos livros. 

O final? Bem, é simplesmente chocante e vai te deixar de joelhos implorando pela continuação. Pois é, é humilhante, eu sei. "Nunca jamais" foi uma proposta ousada das duas autoras que, por enquanto, deu certo. 



18 comentários

  1. Só vejo coisas boas sobre os livros da Coleen mas ainda não li nenhum. Gostei da sua resenha, me deixou curiosa para o que é esse final chocante.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  2. Oi Kel, tudo bem?
    Eu virei fã da Colleen desde que li Um caso perdido (até hoje agradeço muito meu amigo por esse presente), onde já li outras obras dela, inclusive Never Never.
    Vou te dizer que fiquei mais confusa que tudo. É uma loucura esse livro que fiquei com um nó na cabeça, onde também não me apeguei tanto aos personagens. Porém o final foi espetacular e também tô no chão esperando por essa continuação. Eu até criei umas teorias de pq eles perderam a memória hahaha.
    Ótima resenha.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nada da Coleen, mas a curiosidade está batendo forte aqui!! Acho que vou acrescentar um livro a minha lista! :3

    ResponderExcluir
  4. Gente, juro que não entendi se o livro é gay ou se Charlie é apelido de Charlotte. Mas sendo ou não, adorei a proposta e a resenha, e já to louco pra ler.

    ResponderExcluir
  5. Oiee!
    Imagina só se a união de Colleen com Tarryn não ia dar em algo surpreendente!
    Eu ainda não pude ler esse livro, mas estou em cólicas para ter ele de uma vez kkk

    luadeneon.com

    ResponderExcluir
  6. Li um livro da autora e gostei muito. Esse eu quero ler, parece ter um drama e uma carga emocional grande, os dois perderem a memoria, fiquei intrigada com esse acontecimento e mais ainda com esse final chocante, mega curiosa pra saber com terminou kk.

    ResponderExcluir
  7. Olá. Eu já tinha visto resenha desse livro antes,e parabéns,a sua está ótima!
    Eu curti bastante a história e quem sabe um dia eu leia.
    Beijo.

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Gostei da sua resenha, mas confesso que esse livro não me chama a atenção, porém quando tiver oportunidade vou tentar fazer a leitura.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Todos amam a Colleen mas confesso que não tenho muita vontade de ler seus livros, e esse também não me despertou muito interesse.
    Mas gostei da tua resenha.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Kel, tudo bem? EU também amo a Colleen, mas não conheço ninguém tão fã quanto você! EntÃO quando você disse que o livro não era tão bom quanto os outros eu fiquei com o pé atrás. Fico feliz de ter lido a resenha e ver que no meio da história o livro melhora e o final é bombástico! Não sabia que era série!!

    Beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Kel, tudo bem?
    Realmente, a marca da Colleen é a racionalidade e dramas reais. Essa de um casal desmemoriado ao mesmo tempo já é bem estranha por si só. Que bom que depois a história fica boa e instigante.
    Pretendo ler o livro em breve. Só preciso comprar :)

    Beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha e já quero ler este livro, sabe, acho que irei conhecer a escrita da Colleen atráves desse livro!

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi, Kel!
    Amo os livros da CoHo, essa mulher é demais!!!!

    Sua resenha é a primeira que leio, e sem or, necessito desse livro mesmo sabendo que o final irá me tirar do eixo hahhahah
    Curiosidade tá me matando :P

    Beijos!
    Taty Assis
    www.aculpaedosleitores.com

    ResponderExcluir
  14. Oi, Kel. Tudo bem?
    Eu li três livros da Colleen Hoover e sou apaixonada por eles, juro. Quero ler tudo que ela escreve, por isso, já coloquei na minha lista Nunca Jamais, vai ter até um evento sobre o livro aqui em Porto Alegre e eu vou, vai que ganho o livro né? haha
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  15. nunca li nada da autora e nem sabia que eram duas pessoas escrevendo esse livro [desatenta, não? hahahaha]
    hun, pelo jeito eu nao iria me animar com a história... nao sou fã de romances, mas a trama não me empolgou...

    ResponderExcluir
  16. Eu ainda não li nenhum livro da Colleen mas tenho muita curiosidade.
    Adorei a premissa desse e vou anotar na wishlist
    Beijos

    http://blog-myselfhere.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá!!
    Eu li apenas Métrica da autora, e gostei bastante. Quero ler antes desse, Um Caso Perdido. Mas esse com certeza tb está na lista! Não sabia que era tão curtinho, acho que vou esperar lançar a continuação para ler rs

    Bjus
    blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    Li muitas resenhas deste livro mas nenhuma que me chamasse atenção para REALMENTE querer lê-lo, talvez não faça meu gênero, ou eu não esteja no momento para este tipo de leitura. E confesso que desanimei com o livro só ter 192 páginas.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!