18 janeiro 2016

# Resenha 320 // Vida e Morte

Oláa, galerinha!

Hoje eu vim falar do livro polêmico de 2015: Vida e Morte, livro que foi um presente aos fãs da saga Crepúsculo em seu aniversário de 10 anos. Houve muito debate sobre se seria bom ou ruim, e muita gente amou e muita gente odiou, mas eu AMEI. Vejam o que eu achei:




Sinopse: Quando Beaufort Swan se muda para a sombria cidade de Forks e conhece a misteriosa e sedutora Edythe Cullen, a sua vida dá uma volta emocionante e aterrorizadora. Com a sua pele de porcelana, olhos dourados, voz hipnotizante e dons sobrenaturais, Edythe é ao mesmo tempo irresistível e enigmática. O que Beau não percebe é que, quanto mais se aproxima dela, mais se coloca a si mesmo, e àqueles que o rodeiam, em risco. E pode ser demasiado tarde para voltar atrás... Para comemorar o décimo aniversário de Crepúsculo, Stephenie Meyer escreveu Vida e Morte, uma reimaginação ousada e fascinante da icónica história de amor, que irá surpreender e fascinar os leitores. Esta dupla edição especial inclui um prefácio da autora, bem como o romance original.


Para que sua mãe se sinta mais livre para viajar com seu novo marido, Beau se muda para Forks, onde sua mãe morava quando jovem e onde seu pai ainda mora. Mesmo decidido a dar uma chance a seu pai e à sua nova vida, Beau não sabe muito bem o que esperar.

Isso até ele conhecer Edythe Cullen, uma garota linda e misteriosa, que parece odiá-lo, por quem todos os garotos da escola parecem ter um certo fascínio, mesmo sabendo que ninguém ali é bom o suficiente para ela. Beau nunca se sentiu assim com nenhuma garota antes, mas sabe que está inegavelmente atraído por Edythe.

Aos poucos, a relação dos dois melhora e Beau logo percebe que há muitos segredos por trás da aura de mistério e perigo que acompanha Edythe e sua família, mas não percebe que, a cada momento, ele se coloca mais em perigo, levando junto consigo todos aqueles a quem ama.


Como todos sabem, Vida e Morte é Crepúsculo Reimaginado; a trama base é a mesma e os personagens são os mesmo, só que com gêneros invertidos (exceto por Reneé e Charlie). Quando o livro foi anunciado, muitas pessoas logo começaram a jogar suas pedras com "não prevejo coisas boas" ou "que falta de criatividade". Não deem atenção a essas pessoas.

Mais do que brincar com personagens, Stephenie Meyer mais uma vez encantou aos fãs da série reescrevendo Crepúsculo de forma inacreditável. Mesmo aqueles que esperavam por Midnight Sun, o misterioso Crepúsculo na visão de Edward (que foi mais uma vez engavetado após o lançamento de Grey, de E. L. James), adoraram o livro e se apaixonaram perdidamente por Beau e Edythe. Como a autora comentou no prefácio, sua intenção ao escrever Vida e Morte foi tirar aquela ideia que as pessoas tinham de que Bella era a clichê "dama em perigo" e que não teria diferença se ela fosse um homem. A autora aproveitou também para rever algumas poucas coisas que ela gostaria de mudar em Crepúsculo, incluindo a mitologia.

Eu nem sei como começar a dizer o quanto eu adorei esse livro e não tenho vergonha em dizer: SOU, SIM, UM FÃ DE CREPÚSCULO. Apesar de eu amar, de coração, a série inteira, eu me encantei de forma indescritível com Vida e Morte. Bella e Edward que me perdoem, mas Beau e Edythe ganharam lugar especial em meu coração de leitor.

As pessoas costumam comentar que garotos são menos complicados que garotas e Beau realmente mostrou isso; mesmo sendo Bella em sua essência, ele se diferencia dela em vários aspectos. Ele é extremamente cativante e cômico, e o leitor logo de cara quer 'ser amigo' dele. Já Edythe <3 é puro poder; uma garota apaixonante, decidida, confiante, engraçada e melhor que Edward em vários sentidos. Edythe foi meu crush literário de 2015 e, penso eu, vai ser difícil encontrar uma mocinha para superá-la.

O enredo, mesmo sendo quase o mesmo, melhorou bastante; foi bem interessante ver os vários personagens que conhecemos em suas versões trocadas (Archie/Alice reina sobre todos) e as mudanças sutis que a autora fez ajudaram a tornar a leitura mais prazerosa ainda. O final é destruidor, mas ao mesmo tempo emocionante. No início, o leitor fica meio confuso; é difícil não ler tentando conectar os personagens novos com os antigos e isso meio que embaralha os pensamentos da gente, mas logo nos acostumamos.

Vida e Morte me conquistou das mais diversas formas e ganhou meu prêmio de melhor leitura de 2015 (podem falar o que quiser, mas é o que é). Foi incrível voltar mais uma vez a Forks e me encantar com Beau, Edythe e todos os outros personagens e até agora, bom tempo depois que o li, ainda me pego pensando nessa história. Prevejo releituras haha

Caso alguns não saibam: Vida e Morte não tem continuação, e o final foi modificado para isso. É justo que eu dê essa dica aos fãs: preparem os corações, pois vocês não irão querer dar adeus a Beau e Edythe.






29 comentários

  1. Eu nunca tinha parado pra realmente ler crepúsculo mas finalmente esse ano eu li, e assim que terminei o primeiro percebi que já tinha acabado também a saga, eu estou meio com medo de começar esse livro e sentir uma ressaca literária maior do que eu já estou sentindo.

    http://idealizandolivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. OiOi Henrique!
    Confesso que fiquei bem receosa quando soube desse lançamento. Fiquei pensando "que merda a tia Steph tá fazendo". Mas depois da tua resenha, quero correr pra comprar essa belezinha. Sou fã de Crepúsculo perdidamente e tenho muito carinho pela série.
    Já quero esse livro mds alguém me da <3
    P.S: Esses nomes dos personagens principais eu juro que chorei rindo. Nome de ursinho de pelúcia hahaha
    Beijows :*
    @pirulitolimao | A Garota da Livraria

    ResponderExcluir
  3. Eu tinha o pé atras com esse livro achando que seria uma historia repetitiva e cansativa, mas pelo visto é muito diferente e boa. Deve ser mesmo no começo um pouco confuso essa inversão de sexo, depois acho que a gente acostuma.

    ResponderExcluir
  4. Eu tinha visto há um tempinho já que ia lançar, mas nem tinha me dado ao trabalho de ler a sinopse. Quando li Crepusculo eu gostei muito e me tornei fã, mas quando li Amanhecer eu já não gostava TANTO assim e acabei me decepcionando um pouco. Acho que não gostaria de ler esse livro hahah. Prefiro continuar com a imagem boa que eu tinha da saga na cabeça, por mais que você tenha elogiado e, confesso, despertado minha curiosidade :) Flores no Outono

    ResponderExcluir
  5. Henrique, meu querido, toca aqui porque eu também sou fã de Crepúsculo! o/
    Maaaaassss não tive vontade de ler esse livro, não... rs
    Acho que Stephenie poderia fazer algo bem melhor pra comemorar os 10 anos da saga, como escrevendo um livro sobre a vida de outros personagens (a inimizade entre vampiros e lobos, por exemplo, renderia uma história muito bacana, se ela contasse como tudo começou).

    Enfim... ler tudo de novo, com personagens trocados... No, thanks. rsrs

    Estou seguindo o blog. :D

    Beijos!

    www.oblogdasan.com

    ResponderExcluir
  6. Não sou fã de crepúsculo, mas confesso que estou curiosíssima para ler essa reescritura! <3

    ResponderExcluir
  7. Eu tento, mas não consigo. Eu li o primeiro livro da série e não consegui chegar até o final, achei meio chato o enredo. Mas, não posso tirar os créditos da autora por brincar com os personagens do livro e dar aos leitores algo novo.

    laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu vi ontem uma resenha desse mesmo livro, é interessante para os apreciadores de Crepúsculo, eu acho. Eu nunca fui entusiasta por Crepúsculo e mesmo com os elogios que você faz, prefiro deixar a dica passar no momento.

    ResponderExcluir
  9. Oiii, eu já tinha visto sobre este livro e posso dizer que tenho bastante curiosidade, acredite que eu nunca li os livros da série e tenho vontade ainda!
    Beijão
    segredosliterarios-oficial.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Henrique, estou apreensiva de ler esse livro e não curti, pedi para duas pessoa me explicar como é o enredo, mesmo se tratando de uma versão comemorativa de 10 anos, será que tinha a necessidade de inverter os papeis? Enfim, sua resenha está ótima, vou dar um voto de confiança. Bjkas

    ResponderExcluir
  11. Oi Henrique, tudo bem
    Eu nunca li a série Crepúsculo, mas vi os filmes e adorei. Não foi o comportamento de donzela em perigo que eu não gostei da Bela e sim ela manter o lobo por perto, como se quisesse ficar com os dois, não acho isso certo. Eu também ouvi muito murmurinho sobre esse livro, mas também não tive a oportunidade de ler, mas estou super curiosa de depois que elogiou tanto. Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nunca parei para prestar atenção, nos livros de crepúsculo por que tenho uma mini birra dentro de mim, mais esse parece ser melhor, com personagens novos, vamos ver se vai <3

    ResponderExcluir
  13. Oi Henrique!
    Antes de mais nada gostaria de dizer Parabéns por se assumir fã de Crepusculo. Hahaha Não vejo nada demais em gostar da série gente! Mas vamos lá... Confesso que eu não sou muito fã de livros que contam a mesma história mas de pontos de vistas diferentes. E quando vi que esse livro ia ser lançado já fiquei com o pé atrás porque não esperava que tivesse nenhuma grande novidade na história além dos papeis trocados. Mas fiquei encantada com a sua resenha! E mais curiosa pra saber que final foi esse, meu deus! To vendo que vou ter que comprar o livro pra conferir... Hahaha
    Beijos
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  14. Poxa, podia ter continuação, mas já que não tem.., Bom, confesso que nunca li nada de Crepúsculo, mas vi os filmes e amei! Quem sabe eu não leia esse primeiro e depois vou para a saga, né? Adorei a resenha!!

    Abraços & até!!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, Henrique! Td bem?
    Eu gosto muito de Crepúsculo e fiquei bem feliz com o lançamento de Vida e Morte, pois seria viajar por Forks mais uma vez. Ainda não pude comprar o livro, mas pretendo! E quero muito que ela lance Midnight Sun de uma vez, poxa.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  16. Oi Henrique.
    Mesmo com todos os elogios eu ainda não consigo me interessar pelo livro, sei que foi um presente da autora e talz, mas acho que ela poderia ter criado algo mais criativo.

    Abraços
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Não sou muito fã de crepúsculo mas gostei da capa do livro haha. Acho que eu não leria.
    até mais,
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  18. Que bom que você não tem vergonha em admitir, não há mal nenhum nisso. Eu mesmo adorava Crepúsculo, é que a febre passou aos poucos depois que cresci. Mas nem por isso deixaria de ler esse livro se tivesse a oportunidade. Parece divertido :)

    ResponderExcluir
  19. Oi Henrique, tudo bem?! Eu ja li toda a série e, na época, gostei muito! Mas, quando esse livro foi lançado eu não tive muito interesse em comprar para ler. Eu achava que a inversão era apenas com Edward e Bella, mas fiquei curiosa para conhecer outros personagens invertidos! Na época eu torci muito pela publicação de Midnight sun, fiquei triste quando percebi que, pelo visto, o projeto não sairia da gaveta.


    Beijos

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oie,

    Ahh eu tento gostar de Crepúsculo, mas não dar! Não sei, tem algo que não me deixa ser fã! Eu já li dois livros da série e nem foram em ordem, eu era louca eu sei! Porém esse livro não me chama atenção! Já o vi muitas e muitas vezes na Americanas, mas ele realmente não me chama atenção, mas que bom que ele foi uma das suas melhores leituras!

    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  21. Hey,
    Li esse livro faz pouco tempo e apesar de também ter sido fã da série, não consegui me apaixonar tanto quanto você. Concordo que o Beau realmente é um personagem muito legal e foi ele que me encantou durante a leitura. Mas ainda acho que nada muito a mais foi adicionado com Vida e Morte. (Concordo com você, Archie reina hahaha).
    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  22. Olá, tentei comentar mas minha internet está ruim e não sei se foi, por via das dúvidas comento novamente.
    Eu ainda não lia série e estava bem curiosa sobre esse livro novo, achei interessante a inversão de gêneros e o que ela trouxe de novo para a trama.

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    Eu quero ler esse livro, mais em homenagem a época à que sou saudosista do que a qualquer outra coisa, a época que Crepúsculo estava no auge foram um dos anos mais felizes da minha vida e mesmo eu tendo hoje em dia a consciência da qualidade da estória, entre outras coisas, eu quero ler esse livro para passar o tempo, um leitura despretenciosa e sem prioridade e claro, não vou esperar grandes coisas, mas fico feliz aue tenha gostado, vou levar isso como um incentivo a mais para eu ler logo.
    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  24. Oie, tudo bem? Li a série original inteira, mas não tenho interesse em ler este volume. Não me fisgou, é uma pena a autora não ter tido criatividade pra criar outro enredo e reaproveitou mais do mesmo.

    ResponderExcluir
  25. Oee,
    Adoro os livros, espero gostar da serie também.

    Étreintes!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi Henrique, tudo bem? Tenho lido várias resenhas sobre esse livro e todas bem positivas, mesmo ele não tendo continuação que é o que geralmente os fãs desejam não é mesmo? A história parece ser bem interessante, já coloquei na minha lista para ler em breve. Sua resenha ficou ótima. Beijos, Érika

    - www.queroseralice.com.br -

    ResponderExcluir
  27. Oiie
    eu acho bem legal crepusculo, li os dois primeiros e curti pra caramba os filmes mas não tive curiosidade nesse novo livro, mesmo assim, ótima resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. lembro como se fosse hoje quando ganhei meu crepujsculo,e uma semana depois virou uma febre.
    até hoje nao li pq odeio historias com vampiros hahahaha
    achei MUITO bacana essa ideia de lançar um outro livro, afinal fazia tanto tempo que tinha sido lançado o livro
    Beijiss

    ResponderExcluir
  29. Oi
    Foi tão interessante da parte dela, fazer essa mudança para mostrar que os dois lados são muito diferentes. Adorei o que ela fez agora com a serie.
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!