# Resenha 297 // Segredos de uma noite de verão

Oi pessoal, tudo bem?

Quem aí gosta de um romance de época? Eu adoro. Já leram Lisa Kleypas? "Segredos de uma noite de verão" foi a minha primeira experiência com a autora. Confiram o que eu achei do livro:


Título: Segredos de uma noite de verão
Autor: Lisa Kleypas
Páginas: 288 
Editora: Arqueiro
Livro cedido em parceria com a editora



Sinopse: Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar. Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle. No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar – apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto.


Aos 24 anos, Annabelle é uma mulher encantadora e atraente, mas que após a morte de seu pai, se vê em uma situação complicada. A família está endividada, ela não possui um dote e a cada temporada que se passa, ela fica novamente sozinha. Por outro lado, Simon Hunt é filho de um açougueiro, rico, mas é visto como um homem rude e mal educado. Quando ele vê Annabelle se apaixona pela garota.

Ler algo da Lisa sempre foi um desejo meu. Apesar de ter os livros da outra série da autora, nunca tinha parado para ler. Quando a Arqueiro lançou “As quatro estações”, achei que seria uma boa oportunidade.






















“Segredos de uma noite de verão” é narrado em terceira pessoa. A trama é intensa e mostra as condições impostas pela sociedade do século XIX. Confesso que demorei para me envolver com a história. Achei que as coisas começaram meio mornas e não me acostumei facilmente com o temperamento de Annabelle. Aos pouco fui me sentindo mais confortável com a leitura.

Este é um bom romance de época, apesar de não ser memorável. No fim das contas ele conseguiu me prender e me deixou envolvida com a mensagem contida na história. Mais uma vez aprendemos que é preciso olhar além do que vemos externamente se queremos que dê certo. 

O que vi no livro foi o cliché dos romances de época, mergulhado em uma escrita cativante e dinâmica. Foram estes os elementos que me mantiveram firmes na leitura, lá no início, quando os personagens não extavam ajudando muito. A Lisa sabe o que faz e o livro segue uma dinâmica interessante, potencializada pela narrativa em terceira pessoa.






















O contexto histórico é fascinante. Estamos em Londres, em meio ao declínio da sociedade londrina onde a burguesia está ascendendo. E é aí que se dá o romance de uma aristocrata com um comerciante.

Confesso que a ideia de todo o romance de época virar uma série, me cansa um pouco. Todos bebem da mesma fonte e chega uma hora que você simplesmente quer algo diferente. Como um livro único “Segredos de uma noite de verão” cumpre o seu papel.  Não sei se vou continuar acompanhando a série fielmente, mas é uma leitura a ser considerada, principalmente para os fãs do gênero. 




12 comentários:

  1. Amo romance de época,apesar das histórias serem recheadas de clichês.
    Leia a série os Hathaways acho que você vai gostar.Beijos :)

    ResponderExcluir
  2. Realmente tem séries que são cansativas, me pergunto se há necessidade de outros livros. Ainda não li nenhum da autora. Naquela época era difícil a mocinha tinha que ter dote, ainda bem que nesse sentido hoje as coisas mudaram, não precisa mais kk. Gostei de saber que se passa uma mensagem para leitor através da historia, isso é muito bom.

    ResponderExcluir
  3. Quando foi lançado, fiquei entusiasmada com o livro, pois é de uma autora super elogiada, apesar de ainda não ter lido nada dela e a premissa soava interessante. Atualmente, não me vejo empolgada como antes, mas parece ainda valer uma chance. Afinal, trata-se de um gênero que adoro.
    Muitos falam da protagonista e juro que não ssi o que pensar dela. Vou gostar, odiar, meio-termo ou serei indiferente? Vivo em dúvida quanto a isso, pois tendo a tirar conclusões dos personagens antes de iniciar uma leitura.
    A autora parece ter prática em conquistar o leitor por meio de sua narrativa e creio que isso ajudou muito a seus livros adquirirem sucesso. Como a narrativa é um ponto forte, creio que ela distancia qualquer antipatia que possa existir do leitor com os personagens.
    Não sei o que pensar dos próximos livros da série, embora saiba que cada um focará nas amigas solteiras de Annabelle, mas espero que a autora consiga fazer algo atrativo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Nunca tive a oportunidade de ler romances de época, nunca me senti muito atraída pelas histórias e sempre acabei colocando outros gêneros na frente e acabei escaneando um pouco livros assim, mas depois de ler sua resenha fiquei com vontade de experimentar algo e posso até começar por este mesmo. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  5. Oi Kel, tudo bem? Ohhh, não sabia que o livro era de uma série! Eu já tinha ouvido falar, mas não tive muito interesse... Será que mudo de ideia? :) Parabéns pela resenha. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Apesar de não ser muito fã de romances de época, o legal é que você observa como era a sociedade naquela momento histórico, e observa o quanto as coisas mudaram. Apesar de ser romântica, não acho que nós mulheres precisamos estar casadas ou com alguém para sermos felizes. Por isso meu preconceito com esses romances, apesar de obviamente entender que eles se passam em um momento diferente e tal's.

    ResponderExcluir
  8. Que pena se tratar de um clichê! Eu tinha me interessado pela história. Gostei desse negócio da protagonista se unir com as amigas pra encontrar um marido. Claro, não por causa do marido (girl power!), mas sim por esse pacto de amizade que pode trazer muitas reviravoltas e cenas de humor. Contudo, pelo o quê li, não tem nada a ver com estilo chik-lit :/
    ~Random

    http://mochiladeumageek.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu nunca li romances de época, mas acho uma pena eles se tornarem clichês ao longo do tempo :/
    Por falar nisso, eu queria muito ler aquela série que também é de época, mas não sei se é da mesma autora, que começa com Duque e Eu. Me chamou mais atenção do que essa.
    Beijo.

    Choque Literário

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Gosto muito de romances de época faz um tempo que estou interessada nesse livro principalmente porque achei diferente o romance que acontece com alguém sem titulo algo que não vejo em muitos livro e concordo que ultimamente todos os livros de época que vejo sempre acaba uma serie !!

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo sim e você?
    Nunca li nenhum romance de época. Achei a sinopse interessante, e a capa muito linda.
    Mas depois de ler sua resenha, não sei se é o livro ideal para começar a ler esse gênero, vou colocar ele na minha lista, mas pretendo ler algum outro antes. Fiquei curiosa para saber o decorrer da história. Já li alguns livros que o começo é cansativo, mas depois prende você de um jeito que não da para explicar -*-*
    Estou com o e-book 'Casamento Hathaway' que é da mesma autora, na amazon está grátis para baixar, é um livro que eu quero ler, e já aproveito para ver se gosto da escrita da autora *-*
    Beijos
    Lost Words / Facebook

    ResponderExcluir
  12. Da Lisa só li "Paixão ao entardecer", que já era o ultimo livro de uma série, mas deu pra entender de boa. Adoro romances de época, mas o que me deixa meio desanimada é essa mania que as autoras têm de fazer séries, eu não gosto de séries de romance histórico, principalmente quando alguém do casal principal de um dos livros é filho/parente do casal do livro anterior Ç_Ç

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!