04 novembro 2015

# Resenha 293 // A Garota no Trem

Oi pessoal, tudo bem?

Esses dias foram bem (beeeem) corridos por aqui. Resolvi viajar e relaxar no feriado, o que significou deixar tudo de lado e aproveitar o descanso como se não houvesse amanhã. Mas hoje tô de volta para a gente falar sobre thriller psicológico.


Título: A Garota no Trem
Autor: Paula Hawkins
Editora: Record
Páginas: 378



Sinopse: Um thriller psicológico que vai mudar para sempre a maneira como você observa a vida das pessoas ao seu redor. Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Janson –, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota no trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.

Três mulheres, três pontos de vista, mas só uma verdade. Rachel, protagonista “principal” é uma alcoólatra que perdeu o emprego por causa do seu vício, mas, ainda assim, continua pegando, diariamente, o mesmo trem que pegaria para ir para o trabalho. Além deste comportamento “fora do padrão” ela tem tendências de uma pessoa stalker. Ela liga diariamente para o ex-marido e é obcecada por uma certa casa que fica em frente da linha do trem que ela passa. Sua fixação é tão grande que ela inventa nomes para o casal que mora lá e pensa neles como se fossem velhos amigos. Rachel vive no seu mundo de fantasia e sua realidade é tão fantasiosa que ela acredita piamente no que sua cabeça diz o que é certo. O livro ainda apresenta Megan, o nome verdadeiro da mulher que Rachel vê do trem e Anna, nova mulher do ex-marido de Rachel. 

O livro dá aquele comichão e alimenta a sua necessidade de chegar até o final para descobrir o que acontece com os personagens. Há um desaparecimento, que é facilmente descoberto antes da metade da obra. Mas ainda assim é interessante analisar o perfil das mulheres do livro.

Elas são o foco e isso é inegável. Rachel tem um comportamento psicótico, mas ela é tão afetada quanto as outras duas mulheres. Esqueçam a ideia de identificação com o personagem. Rachel não está aqui para isso. Infelizmente (ou não). Ela é complexada, doente e muitas vezes pedante. Apesar disto, enxerguei a personagem como uma vida da sociedade.























"Garota no Trem" pega carona no fenômeno "Garota Exemplar", mas nem de longe assusta tanto quanto. A história é inteligente e bem bolada, mas faltou um pouco de ousadia e alguns personagens, que fogem do foco do triangulo de protagonistas , foram mal aproveitados.

Rachel é totalmente perturbada, uma alcoólatra com sérios problemas de auto estima e muito destrutiva. Mas as outras mulheres não ficam muito atrás. No final do livro há uma mudança no panorama e comecei a enxergar os personagens de outra forma.

O livro tem potencial. As narrativas são bem trabalhadas. Incrível como as personagens são tão diferentes, mas conseguem ser parecidas em alguns aspectos. Esperem algumas reviravoltas, mas nada muito elaborado. Garota no Trem cumpre o que promete, um suspense com ares de thriller capaz de te envolver sem esforço. Mas, a magia do livro está mais na escrita primorosa de Hawkins que nos desdobramentos em si. Para quem não gosta destes livros mais pesados e assustadores, Garota no Trem é a pedida ideal. Para quem espera algo mais tenso, vá com calma.



14 comentários

  1. Oi Kel,
    queria tanto poder ler esse livro, deve ser super interessante.
    Nunca li um thriller psicológico, mas acho que vai ser uma grande surpresa <3
    Beijão,

    Vinicius
    omeninoeolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. A capa chamou minha atenção ,mas eu achei que fosse algo mais juvenil . Mas quando fui lendo a sinopse percebi que não era isso ,q era algomuito melhor .
    Adorei sua resenha ,gosto de livros nesse gênero ,e se VC comparou com Garota Exemplar ,já me ganhou.

    ResponderExcluir
  3. Nossa! esse livro parece ser muito bom, apesar de algumas falhas que ele apresenta, eu ainda sinto vontade de ler. Bela escolha pra resenha de hoje.

    www.geracaoselfie.blog.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    Verdade esse livro é capaz de envolver sem esforço, li as primeiras paginas e ja estava tão envolvida que não consegui mais parar de ler, até o final que me surpreendeu um bocado, é um suspense leve, mais a escrita de Hawkins, é muito boa e me conquistou mesmo.
    Bjocas

    ResponderExcluir
  5. Quando Garota do Trem saiu criei certa expectativa, mas como é natural acontecer comigo, ela caiu bastante de lá para cá. Em parte por resenhas, por outra apenas a ação do tempo.
    O livro parece entreter o leitor e cumprir seu papel, como diz. Rachel parece uma protagonista que dificilmente alguém se apegaria, levando em conta seu psicológico perturbado e pouco confiável, mas parece interessante mergulhar nem que seja um pouco em sua mente, sem necessariamente gostar dela. E ao que parece, as outras duas mulheres não ficam muito atrás.
    Admito que a chance de desvendar o desaparecimento antes do final do livro desanima. Isso acontece com frequência comigo, consigo deduzir parcialmente ou totalmente o desfecho de coisas do tipo em diversos livros do gênero. Isso não os torna ruins, mas sinto falta de ser surpreendida vez ou outra.
    A leitura ainda é válida, mas seguirei seu conselho de ir com calma. Irá me entreter por um tempo, mas não vai ser um livro marcante do gênero para mim.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Saudações Lady Raquel,
    Enquanto lia a resenha subiu aquele arrepio pela espinha sabe? Não exatamente de medo, mas de curiosidade. Acredito que esse livro seja ideal para quando acabar esse inferno chamado vulgarmente de "final de semestre" hauhauhauhuahua

    Venha visitar o Castelo
    Att
    Ana P. Maia ♛

    The Queens Castle

    Um Amor, Um Café & Nova York 1 e 2

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que comparam com Garota Exemplar por causa do desaparecimento da mulher lá. Porque, de resto, não acho nada parecido.
    Enfim, ainda não li nenhum dos dois livros para poder dar uma opinião. Mas, quero muito ler esse porque adoro um suspense.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Oi Kel! Li "Hitchcook" já passei mal hahaha
    Eu gosto desse tipo de enredo, e se a narrativa é bem trabalhada como você diz, tem tudo para eu devorar. Coloquei na lista (mais um, ai!)
    Beijinhooos

    Blog Coisas da Juu Top Comentarista Novembro escolha o livro

    ResponderExcluir
  9. Adoro thriller psicológicos, o mistério, o suspense em descobrir o suspeito, mas esse pelo visto deixou a desejar, já que se descobre o desaparecimento antes da metade da obra. Tem as perturbações da protagonista, mas pensei que teria mais suspense. Não li Garota exemplar e nem assisti o filme.

    ResponderExcluir
  10. Oie, Kel!
    Eu já li algumas resenhas desse livro e quase todos comentam sobre ser cansativo, a personagem principal ser chata e não surpreender. Gosto de ler thriller, algumas coisas que assustem, mas não tenho vontade alguma de ler esse livro. Os comentários de resenhas que li só confirmaram. Sempre desconfiou de obras que estão fazendo muito alarde, percebi que geralmente não gosto!!
    Sua resenha está ótima!!
    Beijin...

    ResponderExcluir
  11. Oii Kel, tudo bem?? Fiquei com uma enorme curiosidade de ler esse livro, simplesmente para saber o que acontece depois e conhecer mais sobre a protagonista!!

    Abraços =)

    http://somaisumpalpite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi,
    Então fiquei interessada na historia ainda mais por saber das comparações com Garota Exemplar, se puder quero ler. Enfim queria te convidar a dar uma passadinha lá no blog também, pois hoje tem uma resenha especial feita pelo meu noivo de um livro nacional de fantasia. Te espero por lá.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Esse livro passou a fazer parte da minha estante assim que eu ouvi falar que ele era no estilo dos livros de Dan Brown. Ainda não tive tempo para começar a ler, mas acho que ele deve ser incrível, até porque vem sendo comparado à autores e livros incríveis.
    Ótima resenha, beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!