# Papo Literário // Quando blogar se torna uma obrigação

Oi pessoal, tudo bem?

Pois é, hoje o assunto vai ser bem "sério". Algo que todo o blogueiro já passou ou ainda vai passar nesta vida online: e quando blogar vira uma obrigação? Já pensaram nisto? Seu blog é uma obrigação para você?

É realmente muito louco como as coisas acontecem quando você se lança na internet. É um risco, obviamente porque aqui nada tem lei, nada tem pudor e todo mundo fala e faz o que quer. Você pode começar o seu blog como uma forma de guardar os seus textos e criticas, como foi o meu caso, ou pode começar de qualquer outra forma que seja. O fato é que você nunca consegue dimensionar até onde o seu blog, ou rede social podem ir. Você pode ter uma média de mil visitas por dia ou mil visitas por mês. Aceite, não dá para saber quem está do outro lado.

Mas com o tempo, aquilo que você começou a fazer por puro prazer, acaba se tornando algo que depende de outras pessoas para que funcione de fato. O seu blog depende de comentários, depende de visitas, depende do apoio de terceiros. E então você está ganhando dez livros (ou produtos de cabelo, ou maquiagem, ou roupas) por mês em casa. No inicio pode ser bem legal, mas chega um momento em que não se consegue fazer mais nada para você porque:

1)  As pessoas que acompanham o seu blog querem novos posts;
2) As editoras/lojas/empresários estipulam um prazo para você resenhar o produto que eles te enviaram;
3) Você coloca na cabeça que para o seu blog ter prestigio ele tem que ter 9987657899875 de seguidores igual à Jout Jout ou a Evelyn Regly;
4) Você precisa retribuir todos os comentários do seu blog, se não, ninguém vai comentar de volta.
5) Você vira dependente de promoção para gerar visitas e aumentar o número de seguidores do blog.

Mas, pera ai?! E minha vida fora da rede?



Ninguém tem só o blog para cuidar. Eu trabalho, saio cedo de casa, volto tarde, corro todos os dias, leio, tem um namorado, gosto de ver séries. E por mais que você não faça tudo isso, você tem os seus compromissos e, de certa forma, abre mão deles para cuidar do seu blog/canal/fanpage.

Blogar não deveria ser uma mera obrigação para deixar sempre o seu site atualizado.

Blogar é algo que se deve fazer por prazer. Muitas de nós não estamos ganhando nada com o blog. Na verdade, a gente tá mesmo é gastando dinheiro com ele. Ganhar mil livros é maravilhoso, mas chega uma hora que você está quase deitada em livros porque não tem mais espaço para eles na sua casa. Você sente que a leitura não rende mais porque tem a pressão de resenhar todos estes mil livros em apenas um mês porque, caso não peça mais livros no mês seguinte, sua parceria não será renovada. 

Perde-se o prazer de fazer uma coisa tão gostosa que é interagir com as pessoas. Não estou aqui falando que ninguém deve fazer parcerias com o blog, estou falando que devemos balancear e nunca abrir mão daquilo que realmente gostamos. 

Você tem cinco livros de parceria para ler, mas está doida para conhecer a história daquele livro que sua mãe te deu? Vai ler o livro que sua mãe te deu! Não se prenda por isso!!!! Você quer sair em um sábado a noite, mas tem leitor pentelho reclamando que não saiu o resultado da promoção em que ele estava participando? PELAMOR, Vá sair com os amigos!!!



Passamos boa parte das nossas vidas fazendo coisas por obrigação: estudando, trabalhando, cuidando do irmão mais novo, limpando o quarto, etc, imagina se usarmos nossos poucos momentos de lazer para fazermos o que não queremos?

Amo muito muito muito o meu blog, mas tem dias que eu quero simplesmente ficar off, nem ligar o computador. E assim como eu, sei que tem muita gente que passa pelas mesmas situações.

Minha dica é: sentiu que está lendo, blogando, resenhando por obrigação? Para, vai fazer o que te der na telha e quando se sentir mais disposto, volte. Não vale a pena ficar forçando nada :)

17 comentários:

  1. Oi Kel,
    Só queria dizer que entendo perfeitamente o drama. Faz pouco mais de um ano que divido um Blog com um amiga (pausaparaumlivro.blogspot.com.br) e chegou um momento em que estávamos tão atoladas de prazos das parcerias que acabamos nos desviando daquilo que realmente gostávamos. Ler deixou de ser um passatempo, uma diversão e passou a ser uma obrigação. Perdi aa conta de quantos livros tive que ler, mesmo sem estar com vontade e comecei a perceber que os livros que eu realmente queria ler estavam criando poeira na estante. Chega uma hora em que devemos separar as coisas e ver que, mais vale um Blog menor, com menos seguidores, mas que seja um segundo lar, que te dê prazer em escrever e ler aquilo que você gosta, do que um Blog puramente comercial que vive cheio de seguidores, mas que te deixa mal e que não corresponde àquilo que você realmente gosta. Espero que você tenha entendido minha observação kkkkkkk. Beijo :*

    ResponderExcluir
  2. Oi, Kel!
    Adorei seu texto e concordo com tudo que você falou.
    Quando decidi criar um blog, foi pra expor algumas ideias e opiniões e até agora está indo tudo bem, graças a Deus.
    Realmente parcerias com editoras dá uma pressão enorme porque são zilhões de livros, mas temos nossos afazeres também.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Kel, eu não costumo comentar muito mas esse post aqui eu não pude deixar passar hahaha
    Apesar de nunca ter tido parceria, eu sempre senti essa pressão em blogar por motivos de:
    sempre que eu começo alguma coisa, quero fazer tudo de uma vez, quero ajeitar tudo, quero postar tudo, responder todo mundo, divulgar em mil lugares... e quando não tem um retorno positivo em pouco tempo, acabo largando. Na verdade, acho que nasci apenas para ler blogs, não manter um. Até tenho um que posto láá de vez em quando, mas hoje em dia não me sinto pressionada a postar, divulgar, ter 600 visitas num dia (o máximo que já consegui). É um espaço pra eu escrever quando me dá na telha. Se uuuum dia acabar crescendo e tal, será ótimo. Se não, ótimo também haha
    Concordo com tudinho que você disse e desejo muuuito sucesso pro seu blog!
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Concordo plenamente Kel, isso acontece e muito. E vejo muitos blogs "terminando" por que levaram esta situação longe demais. Sempre tive na cabeça isso e no Estante, nunca tivemos postagens diárias..vou no meu ritmo e disponibilidade. Acho que deveria ser assim sempre!

    Beijos Joi

    ResponderExcluir
  5. Oi Kel, tudo bem??
    Adorei como sempre seu papo literário, eu curto demais sua opinião e é muito dificil eu discordar delas... porque quando você fala de determinado assunto, muitas vezes se encaixa com o que estamos vivendo com blogs, páginas e canais... Eu amo meu blog... adoro escrever resenhas e meus textos, esse foi o intuito dele... esses ultimos meses pensei em desistir dele, porque não estava com tempo de escrever e nem com muita paciência, mas eu tinha os livros de parceria para ler e com prazos... boa parte deles passei para as minhas resenhistas... e sim ainda tenho livro de parceria para ler... mas quer saber... ultimamente estou lendo o que estou com vontade... e tentando encaixar os livros de parceria... tem um monte de livro que deixei de lado, mas que estou voltando a olhar para eles... eu estou com menos tempo para postar e comentar nos blogs, então a quantidade de postagem diminuiu drasticamente e os comentários também, mas não vou desistir do meu cantinho por causa disso, porque ele não é uma obrigação, é a minha fulga... as parcerias são importantes? Claro que sim... mas se eu perder as que eu tenho ou ganhar... vou continuar dentro do meu ritmo... porque foi pra isso que eu o fiz... seus conselhos são muito válidos e eu gostei muito de tudo que li aqui... parabéns... Xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa kel, com certeza qualquer blogueiro que já tenha alguns anos de trabalho irá se identificar com vários pontos que vc indicou no seu texto. Faço minhas palavras as suas e também tenho minhas técnicas para evitar esses probleminhas: só me inscrevo em parcerias que realmente eu deseje (busco qualidade e não quantidade) e só leio, comento nos blogs amigos e atualizo meu blog quando estou com vontade; acredito que assim estarei sendo mais verdadeira comigo mesma e com todos que tenho contato. Vem dando certo, espero que continue assim.
    Beijos e parabéns pelas ótimas ideias para essa coluna!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Kel, eu tabém tenho blog e nunca vi como obrigação. Adoro o que escrevo e tal, mas como não tenho muito tempo por causa da escola, quando percebo que preciso escrever, compartilhar ou desabafar, simplesmente ligo o computador. Faz parte da minha vida, mas essa parte deve ser a divertida, porque de obrigações eu sou cheia. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Não deve ser nada fácil ter um blog, já me perguntei como deve dar trabalho, estar sempre atualizando e correndo atras, sem falar no tempo que leva pra fazer, a pessoa tem que gostar mesmo de ser blogueira se não acaba desistindo. Nada por obrigação é bem feito e não rende.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Diva!!
    Caramba, parece que você leu meus pensamentos essa semana. Nossa. Eu falei com a Pri e com a Vivi, que acho que vou parar. Vou usar o blog só qnd tiver algo muito importante pra falar, depois de colocar em dia as pendências de parceria. Porque realmente, não ganho nada nada. Tudo eu que dou. Meu tempo, que agora nem existe. Nem ler consigo direito mais, que dirá blogar ou retribuir comentário. Gasto um dinheiro que eu não tenho. E no final toda retribuição é de interesse (de leitores e blogueiros que só querem retribuição). Se tiver umas 4 pessoas que acompanham e gostam do blog sem interesse é muito, pelo menos das que se manifestam. Aí quer dizer.. Virou uma obrigação na qual só saio perdendo. Como vou trabalhar com livro ainda tenho isso na minha vida. Mas como blog, do jeito que ta agora.. Cansei. To vendo no momento, talvez um pouco com drama, como um meio de egoísmo que só me suga sem dar nem um pingo de amor de volta. E isso pra mim não é válido. Aí prefiro ficar escrevendo e dançando.
    Beijão

    ResponderExcluir
  10. e tem gente que pensa que blogar é facil né?
    pra mim, uma das priores coisas é a questão das parcerias, que estipulam prazo para você ler e resenhar tal livro. tem livros que a gente lê rápido, claro. mas tem também aqueles livros que acabam não nos cativando tanto, ai a leitura não flui, se torna chata, e você precisa terminar ele de qualquer jeito para postar a resenha logo...
    acho horrivel também quando preciso postar uma resenha criticando um livro. se é de parceria é necessário né, mas se é um livro que eu comprei, li e não gostei, prefiro nem postar ;x
    não vale a pena mesmo fazer este tipo de coisa forçado porque acaba saindo pelas coxas né... mas, fazer o que... as vezes é complicado... hehe

    ResponderExcluir
  11. Não tenho um blog/site que fale de livros, o meu é para downloads de séries, filmes, animes e jogos. Eu e meu namorado mantemos ele juntos. E sim, ele só trás gastos. Posto as coisas por lá porque gosto, nunca deixei de fazer nada para me dedicar exclusivamente a ele. Dá trabalho? Muito. E eu sei que blogs que falam sobre livros também dão, mas temos que pensar em nós mesmas antes de dedicar todo nosso tempo nisso. Tempo que fazer porque gostamos e não apenas por obrigação!

    ResponderExcluir
  12. Não tenho blog/site/fan page ... mas super me identifiquei, isso serve para tudo, se prender a algo (principalmente algo que era seu lazer) .Você queria aquilo, lutou por aquilo, conquistou mas ai se torna lentamente cansativo, uma obrigação. As vezes tudo o que é necessário para o trabalho fluir, sair com qualidade é dar uma pausa, passar a tarde toda sem fazer nada e se desligar totalmente sem aquele bichinho chamado culpa te cutucando sempre que você tenta relaxar.

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Não tenho blog mas acho que suas palavras servem para muitas situações que vivenciamos no dia a dia devemos fazer o que queremos naquele momento, também achei muito legal para nos leitores podemos entender um pouco melhor como é ter um blog gostei muito desse papo literário !!

    ResponderExcluir
  14. Nossa, nem sei oque falar, você disse tudo.
    Já me senti assim várias vezes, agora meu blog ficou parado por um bom tempo porque eu estava sem o HD do pc, e parei para pensar no que eu queria para o blog, e no final cheguei a conclusão de que é um hobby para mim, amo meu blog assim como você, mas como falou, temos família, amigos, namorado, várias séries para atualizar, livros para ler. Então o bom é fazer o seu espaço nesse mundo virtual, mas fazer oque gosta, e não ficar ligando para críticas não construtivas, ou ficar preocupada se o blog vai ter um monte de comentários ou visualizações (meu caso quando comecei o Lost Words :/) Enfim... seu post me ajudou muito, adorei ler sobre isso e ver que não sou a unica ♥ Beijos
    Lost Words / Facebook

    ResponderExcluir
  15. Felizmente estou numa fase que blogo (essa palavra existe?) por prazer, mas tem horas que eu me canso, principalmente se vejo que todo o trabalho não deu muito resultado (referente a comentários e seguidores) e aí eu quero jogar tudo pra cima, rs. Acho que isso é um pouco normal também, né?
    Além disso, meu blog é feito por mim e mais duas amigas, então se vejo que elas não estão se dedicando tanto, eu também afundo, hahaha.
    Beijo.

    Choque Literário

    ResponderExcluir
  16. Super me identifiquei com esse post, muito obrigada!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!