# Resenha 290 // Prometo Falhar

Oi pessoal, tudo bem?

Como nunca é demais tentar variar um pouco e sair da sua zona de conforto, li "Prometo Falhar". Livro de crônicas do autor português, Pedro Freitas


Título: Prometo Falhar
Autor: Pedro Chagas Freitas
Editora: Novo Conceito
Páginas: 400
Livro cedido em parceria com a editora





Sinopse: "Prometo Falhar" é um livro de amor. O amor dos amantes, o amor dos amigos, o amor da mãe pelo filho, do filho pela mãe, pelo pai, o amor que abala, que toca, que arrebata, que emociona, que descobre e encobre, que fere e cura, que prende e liberta. O amor. No seu estilo intimista, quase que sussurrado ao ouvido, Pedro Chagas Freitas leva o leitor aos estratos mais profundos do que sente. E promete não deixar pedra sobre pedra. Mergulhe de cabeça numa obra que mostra sem margem para equívocos porque é que é possível sair ileso de tudo. Menos do amor.



Para quem acredita no amor e em todas a dimensões e complexidades que ele atinge, esse livro vai atingir bem no fundo do seu ser. Prometo Falhar trata-se de uma coletânea de crônicas sobre diferentes relacionamentos que envolvem o amor, o que não significa que estes relacionamentos tenham, necessariamente, um final feliz.

O livro é intenso e, não raro, vai fazer com que o leitor se identifique com cada detalhe do que é exposto ali. Ora narrado pela perspectiva feminina, ora pela masculina, Prometo Falhar convida à reflexão e faz com que o leitor perceba o amor sob vários aspectos.

Por ser escrito em crônicas, não li tudo de uma vez, simplesmente não consigo fazer isso quando se trata de obras neste estilo. Preferi ler aos poucos, apreciando cada pequena história em doses homeopáticas.

Não vou analisar cada texto porque o que está em jogo aqui é, justamente, a beleza de se surpreender com essa obra. O livro é crível e o autor surpreende com a sua capacidade (e intensidade) de relatar fatos tão profundos. O autor toca fundo nos sentimentos do leitor e vai apresentar o amor como uma forma única.

Prendi a respiração diversas vezes e senti aquele incomodo nozinho na garganta outras tantas. Pedro é um super autor, basta ler uma crônica para perceber. O lirismo é nítido e a sinceridade das palavras também. 

Recomendo por demais!! Mesmo que o tema possa parecer repetitivo e para alguns até cansativo, é um livro pleno e completo.




8 comentários:

  1. Não costumo ler crônicas, mas desde que Prometo Falhar foi lançado a premissa dele me chamou a atenção e após diversas resenhas incríveis não falta vontade de querer ser surpreendida pela obra.
    Não são raros livros que tentam falar sobre o amor, mas nem sempre eles conseguem falar de um sentimento que se apresenta por tantas formas diferentes por completo, mas ao que parece, Pedro Chagas conseguiu fazer isso.
    Não sei quando irei conferir o livro, pois nos últimos tempos não ando conseguindo ler em meu ritmo normal, o que apenas atrapalha tudo, mas talvez eu tenha que furar a fila de espera, pois sua resenha e a de tantas outras pessoas me deixou curiosa.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Nossa, você sempre me surpreendendo com suas indicações! Esse livro tb, nunca ouvi falar, mas parece ser muito bom, e é outro que vai para a minha lista <3
    Bjos
    www.hicultura.com

    ResponderExcluir
  3. O titulo do livro me despertou curiosidade, nas vezes que vi, mas não sabia que se tratava de crônicas. Confesso que não sou muito chegada a esse tipo de leitura. Mas sua resenha foi divina.

    ResponderExcluir
  4. Quando vi esse livro a capa me chamou a atenção e pretendo ler. Nossa quanto amor em um livro só, várias formas de amar e parece ser bem inspirador, deve nos fazer pensar e repensar sobre nossas atitudes.

    ResponderExcluir
  5. Oie, Kel!!
    Eu nunca li um livro de crônicas e nunca li nada do autor. Vi um monte de resenhas positivas por aí e por ser um autor português eu tinha ficado curiosa. Também por querer conhecer esse tipo de escrita e estória eu queria ler esse livro, mas por agora não, tipo, não ia conseguir ler tudo de uma vez, ao poucos iria conferindo cada crônica. Um hoje, outro amanhã e assim ia seguindo. Além de que eu gostei demais da sinopse e me senti atraída!!
    Beijin...

    ResponderExcluir
  6. Já tinha ouvido falar desse livro e fiquei bem curiosa quanto ao título ,mas desde o começo quis le-lo ,e depois da sua resenha a vontade aumentou .
    Ah e a capa é linda .

    ResponderExcluir
  7. Ai Meu Deeeuus !! Estou louca para ler este livro. A resenha me deu mais vontade ainda!! Acredita que não tem na biblioteca da minha cidade?? E eu crazy para ler. Isso é uma espécie de tortura hehehe
    Parabéns pela resenha, tu escreves muito bem!!
    Um abraço, Manu
    http://www.sabordelivros.com.br

    ResponderExcluir
  8. Nossa quanto amor tem esse livro e parece ser uma fofura. Cheio de sentimentos de todos os tipo deve ser uma leitura bem prazerosa. Deve fazer com que analisamos cada situação que vivemos e cada sentimento que sentimos.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!