# Resenha 289 // O Vitral Encantado

E aí, galerinha :)

Hoje eu vim falar sobre um livro muito legal, que me surpreendeu com a trama e me conquistou com todo o resto. Vejam o que eu achei de O Vitral Encantado:

Título: O Vitral Encantado
Autor: Diana Wynne Jones
Editora: Galera Junior
Páginas: 304
Livro cedido em parceria com a editora




O avô de Andrew Hope acabou de falecer e lhe deixou seu casarão como herança. Mas muito mais do que isso. Ele era um grande mago e Andrew herdou também o campo de proteção da propriedade (o que automaticamente o torna responsável pela segurança de todos os que vivem ali) e um curioso artefato: um vitral de muitas cores e claramente mágico. Quando o jovem Aidan Cain, caçado pelos temidos Perseguidores, surge em sua porta à procura de abrigo, Andrew encontra nele um amigo para desbravar os arredores do casarão. Mas com Aidan ele vai descobrir que o passado de sua família pode ter muito mais magia do que imaginava. Diana Wynne Jones nos proporciona uma aventura delicada e cheia de humor britânico moderno. O Vitral Encantado é um prato cheio para os fãs de Neil Gaiman e outros autores de fantasia.

Após a morte de seu avô, Andrew Hope herda do mesmo uma casa, mas não apenas isso. Andrew, apesar de ter sido instruído por sua mãe a não acreditar nessas coisas, sabia que seu avô era um grande mago, mas com o tempo foi se esquecendo tudo que aprendeu sobre magia durante sua infância; a casa e os campos ao seu redor fazem parte de uma magia poderosa, que Andrew precisa entender o quanto antes.

Tudo começa a mudar quando Aidan Cain entra na vida deele; o garoto, que também perdeu sua avó recentemente, está fugindo de seres estranhos, conhecidos como Perseguidores, e foi à casa de campo em busca de Jocelyn, o avô de Andrew, que foi quem sua avô o mandou procurar quando precisasse. Decidido a ajudar o garoto, Andrew o deixa ficar e logo eles começam a se tornar amigos.

Mas a presença de Aidan ali vai iniciar muito mais do que apenas uma amizade; seres misteriosos, antigas histórias, segredos que envolvem Jocelyn, o campo de proteção e o misterioso vitral na porta da cozinha... um mundo de magia começa a cercar Andrew, e ele precisa lembrar de tudo que seu avô lhe ensinou e aceitar que tudo é real antes que seja tarde demais.

"A melhor autora de livros infantis dos últimos quarenta anos." - Neil Gaiman

Narrado em terceira pessoa, O Vitral Encantado me surpreendeu de várias formas. A trama, que é passada apenas basicamente pela sinopse, se mostrou bem mais mágica do que eu esperava, unindo coisas que eu já sabia sobre o mundo encantado com coisas completamente novas, que eu fiquei muito feliz em conhecer (quem me conhece, sabe que sou apaixonado pelos encantados <3).

Além da história, que é simples, mas incrível, fui fisgado também pela narrativa da autora: leve, gostosa de ler, que mantêm um ritmo perfeito durante o decorrer da história. Ainda não conhecia nada da Diana, mas notei que a Galera já publicou outros livros dela e, depois de O Vitral Encantado, não vejo a hora de lê-los!






















Como todos devem ter percebido, O Vitral Encantado é um livro infanto-juvenil, e eu recomendo bastante para quem gosta do gênero. Eu adoro livros infantis e esse está entre um dos melhores que eu já li. Quem ainda não tentou ler livros infantis, mas gosta de uma boa aventura, com doses bem caprichadas de magia e diálogos bem bolados, não pode deixar de colocar o livro em sua lista de leitura.

Particularmente, eu ADOREI a capa que a Galera fez para o livro (bem melhor que a original); os traços da ilustração e a tipologia trazem a ideia de simplicidade e jovialidade ao livro. Já a diagramação é bem simples, sem nada de especial. 

Não vejo a hora de ler mais livros da Diana e afirmo: se tiver oportunidade de ler O Vitral Encantado, não hesite! Super recomendo :)




7 comentários:

  1. Não sou de me aventurar muito em infanto-juvenis e nem sempre algo envolvendo magia me interessa, mas O Vitral Encantado me deixou curiosa depois de algumas resenhas que vi e como aparenta ser uma história agradável, acho que posso dar uma chance ao livro, mesmo não sendo de um gênero que leio com frequência.
    Achei a capa do livro uma graça, a ilustração é muito bonita e parece captar bem a história.
    Sua resenha está ótima e se o livro mereceu cinco estrelas, sem dúvida algo ele possui de especial. Caso apareça a oportunidade, irei conferir.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    Eu gosto bastante de livros infantis. Quando estava numa horrível ressaca literária recorri a esse gênero para tomar por alguma leitura.
    Eu queria ler esse livro porque gostei da capa e estava afim de ler algo infantil. Tava uma promoção boa demais de dez reais na Saraiva e me empolguei, no entanto não comprei já tinha lido colocado outros em prioridade e o dinheiro não foi suficiente!
    Eu gostei da proposta do livro, mas não o leria por agora. A pilha já está grande!!
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Adorei essa capa e também adoro esse tipo de leitura. Com certeza vou ler.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia a autora, mas adoro o livros infanto juvenis, tem uns que são maravilhosos. Esse parece ser muito bom, gosto de historias com magos, esse tem também mistérios e segredos em relação a essa casa. Também queria herdar uma casa assim, se tivesse magia melhor ainda rs.

    ResponderExcluir
  5. Concordo com você quanto à capa, e amo esse estilo de livro, com certeza vai entrar na minha lista, já que é um dos meus preferidos.
    Um bjo!

    ResponderExcluir
  6. Adoro o gênero e fiquei super curiosa com o livro ,essa capa é muito fofa e o enredo sobrenatural já me conquistou ,entrou ora minha lista .

    ResponderExcluir
  7. Adoro esse gênero infanto juvenil, tem umas historias que são tudo de bom. Esse parece ser assim com segredos e mistérios que adoro rs. Fiquei curiosa com essas coisas novas do mundo encantado, será que tem novidades que também não conheço.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!