23 outubro 2015

# Resenha 288 // Despertar

Olá, pessoal!

Hoje eu vim falar sobre o desfecho de uma trilogia que prometeu muito quando foi anunciada: Abandono! Vamos ver o que eu achei desse final, moçada?

Título: Despertar // Awaken
Autor: Meg Cabot
Páginas: 320
Editora: Galera Record

// ESTA RESENHA PODE CONTER SPOILERS DE ABANDONO E INFERNO //



Sinopse: Em Despertar, a protagonista Pierce Oliviera, agora namorada do Senhor da Morte, John Hayden, precisa lidar mais uma vez com as terríveis Fúrias, quando estas descobrem que ele quebrou uma de suas regras mais severas: ressuscitar uma alma humana. Se o equilíbrio entre vida e morte não for restaurado, tanto o Mundo Inferior quanto o lar de Pierce serão destruídos. Mas há uma forma de consertar tudo: alguém precisa morrer.








Após todos os acontecimentos de Abandono e Inferno, Pierce agora está no Mundo Inferior com John, seu namorado, mas a batalha deles ainda não acabou. As Fúrias estão decididas a acabar com John e destruir qualquer final feliz que eles possam ter.

Pierce acredita que o Mundo Inferior seja um lugar relativamente "seguro" contra as Fúrias, mas algo não está normal; John quebrou regras ao ressuscitar Alex, o primo de Pierce, e isso teve suas consequências. O equilíbrio foi rompido e as Fùrias conseguiram criar um caos ainda maior no Mundo Inferior, destruindo os barcos que levam as almas dos mortos para seus destinos finais e, no processo, matando John, quem todos acreditavam não poder morrer.

Mesmo desesperada, Pierce sabe que agora todas as responsabilidades estão sobre ela; como Senhora do Mundo Inferior, ela precisa dar um jeito de restaurar o equílibrio o quanto antes, para evitar que o número de almas presas no Mundo Inferior se torne exorbitante e, quem sabe, ela acabe descobrindo que nem tudo está perdido para ela e John.
























Despertar, como já comentei, é o desfecho da trilogia Abandono. Desde que eu soube que Meg ia escrever uma "releitura" do conto de Hades e Perséfone, fiquei super animado; sou apaixonado por mitologia e, para mim, cada livro, por mais que mude algo, me ensina algo a mais sobre as histórias.

A trilogia tem seus pontos altos e baixos; Abandono é um livro incrível, mas os outros dois, apesar de serem ótimos também, não são tão bons quanto o primeiro. É bem interessante a modernização que a autora dá à história, mas tem uma coisinha aqui ou ali que achei que poderia ser melhor.

Despertar, como desfecho, cumpre seu papel: fecha pontas soltas nos primeiros volumes (livros da Meg são sempre bem explicados). A trama desse terceiro livro já me foi meio previsível assim que terminei de ler Inferno: o Senhor do Mundo Inferior trazendo alguém à vida? Isso vai dar problema! E não é que deu? Mas a autora soube criar seu caos e resolvê-lo muito bem.

Os personagens estão incríveis como sempre: Pierce amadureceu bastante desde o primeiro livro, se mostrou uma garota mais forte e decidida; John continua o mesmo badboy de sempre, mas, agora domado por Pierce, me pareceu um cara bem mais legal. Eles dois formam um casal e tanto. Os outros personagens também são bastante presentes e interessantes (exceto por Alex, que é um porre de chato).

Em suma, gostei bastante de Despertar e o achei um final satisfatório; tem personagens bem desenvolvidos e uma trama intrigante, mas para mim ainda ficou faltando algo... acho que, depois de Abandono, minhas expectativas estavam altas para os outros dois livros. Ainda assim, é um livro muito bom, cheio de drama e ação. Vale muito a pena dar uma chance.

Adoro as capas da série e acho os livros lindos; a diagramação é simples, mas elegante, e tem sempre uma citação de Inferno, de Dante, nos começos dos capítulos <3

Despertar fica com 4 estrelas, assim como a trilogia como um todo :)




5 comentários

  1. Oie, Henrique!
    Eu nunca li nada da Cabot, pois é, eu anormal. Bem, eu tinha visto a capa de Abandono e tinha me interessado, não sabia que o livro era uma releitura de mitologia e isso me deixou empolgada porque amo mitologia. Já que o nível do segundo e terceiro livros são um pouquinho inferiores, não vou esperar muito e baixar as expectativas para não me decepcionar.
    Gostei da resenha. Eu acho que as capas dessa trilogia são lindas!
    Beijin...
    Pieces of Alana Gabriela

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nenhum livro dessa trilogia, mas li uma série da autora e adorei. Também gosto de mitologia nas historias. É uma pena que os dois últimos livros não foram tão bons quanto o primeiro. Mas mesmo assim quero ler. Me interesso por historias com almas e esse equilíbrio entre vida e morte é sempre interessante.

    ResponderExcluir
  3. Adoro as histórias da Meg sempre são envolventes e surpreendentes, essa trilogia é maravilhosa.

    ResponderExcluir
  4. Caramba... amo o estilo da Meg e nunca tinha ouvido falar dessa série. Estou me sentindo meio fora de órbita hahaha que bom que você indicou aqui, assim já conheci um pouco da história.
    Estou meio indecisa mas acho que vou ler sim, melhor ler para ter uma opinião minha haha.
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Não li a resenha ,pois quero ler a série ,mas posso dizer que essa capa é maravilhosa ,assim como as outras da serie ,espero conseguir ler a série inteira em breve

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!