19 outubro 2015

# Resenha 287 // Uma Chama entre as cinzas

E aí, pessoal, tudo bem?

Sabe quando você não acredita muito no potencial do livro, lê e ele se transforma um dos melhores que você leu no ano? Pois é, foi assim com Uma Chama Entre as Cinzas. Já ouviram falar do livro? Não? Então vem conferir a resenha porque você não sabe o que está perdendo!

Título: Uma Chama Entre as Cinzas // An Ember in the Ashes
Autor: Sabaa Tahir
Páginas: 432
Editora: Verus 




Sinopse: Laia é uma escrava. Elias é um soldado. Nenhum dos dois é livre. No Império Marcial, a resposta para o desacato é a morte. Aqueles que não dão o próprio sangue pelo imperador arriscam perder as pessoas que amam e tudo que lhes é mais caro. É neste mundo brutal, inspirado na Roma Antiga, que Laia vive com seus avós e o irmão mais velho. Eles não desafiam o Império, pois já viram o que acontece com quem se atreve a isso. Mas, quando o irmão de Laia é preso acusado de traição, ela é forçada a tomar uma atitude. Em troca da ajuda de rebeldes que prometem resgatar seu irmão, ela vai arriscar a própria vida para agir como espiã dentro da academia militar do Império. Ali, Laia conhece Elias, o melhor soldado da academia — e, secretamente, o mais relutante. O que Elias mais quer é se libertar da tirania que vem sendo treinado para aplicar. Logo ele e Laia percebem que a vida de ambos está interligada — e que suas escolhas podem mudar o destino do próprio Império.


Em um governo tirânico onde a população vive uma realidade de pobreza e analfabetismo, a família de Laia tenta sobreviver à realidade. Darin, seu irmão, acaba preso, acusado de traição, e é assim que Laia acaba se aproximando de um movimento secreto conhecido como Resistência. Mas, para conseguir resgatar Darin, ela terá que participar de uma missão arriscada como espiã da Academia militar de Blackcliff. É lá que ela conhece Elias, o melhor soldado da academia, e logo eles percebem que suas vidas estão interligadas.

Um.Dos.Melhores.Livros.Que.Li.Esse.Ano. Apenas isso. Sem palavras para descrever esse livro maravilhoso que eu jurava que não teria nada demais. Julguei pela capa e pela sinopse, não achei absolutamente nada demais e estava certa de que seria apenas mais um. Mas foram necessárias apenas cinco páginas (repito: cinco páginas) para que eu não quisesse largar mais. Gente, esse livro é um achado, uma obra prima. Gostou de "A Rainha Vermelha"? “Uma chama entre as cinzas” é melhor. Gostou de "Divergente"? Pode apostar que "Uma chama entre as cinzas" é MUITO melhor. E eu já estou quase convencida de que os meus problemas com livros fantasia não existem mais.






















Sim, Trata-se de uma fantasia, daquelas com direito a mapinha do reino nas primeiras páginas. E se você acha que já viu de tudo em livros do gênero, se prepare para algo totalmente novo.

O livro é brutal e, não raro, vai te deixar tenso. Para um título de estreia, Tahir arrasa com uma escrita madura e envolvente. Os personagens são críveis e o mundo é cruel. Você vai sangrar com cada chicotada das cenas do livro, vai chorar junto dos personagens e vai rezar para que muita gente se dê mal. E mulheres, um alerta: suas unhas não mais existirão até o final das 432 páginas (que mais parecem 15, tamanha a fluidez da escrita da autora).

Peguei o livro para ler sem saber que se tratava de uma série. E como eu queria que ele acabasse neste primeiro volume, só pela curiosidade que a autora me deixou quanto ao destino dos personagens!!! O talento de Tahir é inegável. Por um lado: Laia, uma menina crua que precisa provar para si mesma que é corajosa igual ao irmão. De outro lado, Elias, um soldado renegado pela própria mãe que vive um grande dilema. A autora trabalha muito bem a personalidade dos dois. E o fato do livro ser narrado por ambos os pontos de vista, faz com que os personagens sejam bem trabalhados, ganhando o destaque que merecem. Eles são extremamente opostos, mas incrivelmente parecidos. Tenho que destacar também a Comandante, mãe de Elias. Ela é totalmente desprezível e a autora consegue transmitir esse ódio em todas as cenas dela.

Amei Laia, amei Elias. Difícil encontrar um livro com tanta desenvoltura quanto este. E mais difícil ainda é escrever um livro de fantasia consistente e acertar na fórmula logo de cara. O enredo é complexo e envolvente, só lendo para entender. O universo fantástico criado pela autora, além de criativo, é perfeitamente descrito. Conseguimos alcançar e imaginar com exatidão o que a autora propõe.























Original e de tirar o fôlego, “Uma chama entre as cinzas” leva o leitor para um mundo marcado pela violência e opressão. Tahir acerta na objetividade. É impossível desgrudar do livro e quando ele acabar (não porque você quer que ele acabe, mas porque você estava naquela dúvida cruel: melhor ler tudo rápido de uma vez? Ou ir mastigando aos poucos?) você vai ter a pior ressaca da vida. Preciso urgente da continuação!!!

Apesar de ser um livro fantasia, vi muitas analogias com o mundo real. O  recrutamento de crianças para virarem soldados mascaras à serviço do Estado, por exemplo. Para mim era nitidamente a juventude Hitlerista. Entre outras pequenas referências que Tahir insere no contexto.

Esperem criticas a omissão da sociedade, esperem sofrimento, esperem coragem, esperem uma história maravilhosa. Esperem amar este livro com todas as forças.

Uma Chama Entre as Cinzas, aliás, já teve os direitos de tradução vendidos para 26 países e vai virar filme. Pensam que a história é pouca coisa? =P

Leia. E se estiverem na dúvida, leiam mais uma vez.






26 comentários

  1. Oi Kel!
    Nossa! Três vezes cinco estrelas???? Ele deve ser bom mesmo.
    Eu me senti assim quando li Snow Like Ashes. Pena que esse livro ainda não foi lançado no Brasil. Estão vacilando...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Nossa, acho que faz séculos que não vejo alguém fazendo uma resenha tão empolgada como essa! Para ser um dos melhores livros desse ano para você, ele tem que ter realmente muito potencial.
    Não conhecia esse livro e tenho um certo problema com o gênero fantasia que estou tentada a resolver me desafiando a ler mais livros do gênero e acho que vejo bem aqui um que vai para a lista.
    De fato, pela capa e sinopse não é possível imaginar uma história de tirar o fôlego e aqui peca o ser humano, pois como diz aquele velho ditado mais velho que a Terra: As aparências enganam e parece que enganam muito.
    Fiquei muito curiosa para ver de perto toda essa sociedade criada pela a autora e sua crueldade, assim como suas analogias ao mundo real e como Laia e Elias reagem a tudo que lhes acontecem. Ao que parece, vou gostar bastante deles.
    Se neste livro de estreia a autora te causou tamanha impressão e entusiasmo, me pergunto como serão seus próximos livros, pois julgando pela sua resenha ela tem muito potencial.
    Acaba de entrar na minha lista, espero que me conquiste, pois com uma resenha dessas difícil não dar uma chance.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Oi???? Onde eu estava que ainda não li esse livro??? Nem sequer ouvi falar...
    Anotei já no meu bloquinho que “Uma chama entre as cinzas” vai ser minha próxima leitura/compra! Pela sua resenha parece um livro maravilhoso, já que já amei Divergente então segundo vc é melhor... não consigo nem imaginar hahaha
    Beijos, amo suas indicações

    ResponderExcluir
  4. Kel lindona para um amante de fantasia como eu, essa resenha é de matar e sair correndo para comprar o livro ( serei obrigada a fazer isso ) para começar a capa é linda, sinopse por se tratar desse período já me chamou atenção. nem posso ficar muito aqui vou comprar o livro. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Oi! ^^
    Eu amo fantasia, mas assim com um povo tão oprimido não sei se seria minha praia não. Apesar da sua empolgação com a resenha, não despertou muito minha vontade de ler não. Talvez eu dê uma folheada no livro quando encontrá-lo em uma livraria e quem sabe mude de ideias, mas por hora eu passo.

    Beijussss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu não conhecia o livro e confesso que não sou muito fã de fantasia, então tô em cima do muro em relação a ele, mesmo com sua empolgação rs.
    Acho que vou dar mais uma analisada pela blogosfera (e no livro em mãos) antes de decidir lê-lo ou não.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi! Amei sua resenha, sua empolgação me contagiou! Ano fantasia. É o meu gênero preferido e da maneira que você narrou me deixou com a necessidade de ler. Acapa é bonita e a trama aparenta ser de tirar o fôlego. Parabéns! Beijos!

    http://www.livrosepergaminhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie, Kel!
    Foi palpável na tua resenha o entusiasmo por esse livro, tanto que fiquei extremamente curiosa para conferi-lo. Nunca tinha ouvido falar sobre ele, e é esse é um gênero no qual estou focada agora. Gosto de uma descrição crua e objetiva. Eu gostei de Divergente e detestei A Rainha Vermelha. Que bom que enquadrou o livro numa escala superior, porque se não eu ficaria em dúvida quanto a leitura. Já estou empolgada aqui mesmo sem ler a obra.
    A resenha está ótima!
    É tão bom quando não damos nada por um livro e acabamos nos surpreendendo, né?! Mas eu já estava meio convencida por causa da capa. Tenho fraco por isso.
    Beijin...
    Pieces of Alana Gabriela

    ResponderExcluir
  9. Nossa cinco páginas!!! O livro deve ser demais mesmo. Pela capa também não daria muito por ele. Mas pela resenha foi pra minha lista de compras. Parece ser cheio de ação e emoção ao mesmo tempo, recrutar crianças é cruel.

    ResponderExcluir
  10. Eu ouvi muito falar do livro nestes últimos dias. Agora quero ler! Não sei se vou gostar mais que divergente, mas vamos lá!
    Beijos de luz!

    ResponderExcluir
  11. Oláá
    Muito legal sua resenha, adorei, mas infelizmente o livro não chama muito minha atenção, mesmo assim, quem sabe tentarei ler em breve depois de tantos elogios haha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Me interessei sim, com certeza, mas vou esperar sair a continuação pra ler... odeio ficar esperando pelos outros livros. Amo fantasia e é ótimo quando uma autora consegue acertar de cara mesmo, quando desenvolve tão bem um universo e ainda consegue apresentar algo novo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  13. Ameeeeeeeei demais, melhooor livro que li esse ano com certeza!! Eu estava procurando um livro que me fizesse sentir desse jeito, não parei de ler até perdi meu ponto quando estava indo para a faculdade, você sabe quando sairá o livro dois? Já estou morrendo de ansiedade RS :)

    ResponderExcluir
  14. Oi Kel, tudo bem? De verdade, não posso passar por aqui que acabo com a minha wishlist maior, da última vez foi o livro da Jojo e agora este! Eu adoro fantasia, então já fiquei curiosa com o livro! Nunca li divergente e ainda não li A Rainha Vermelha (apesar de já estar aqui na minha estante) mas se esse é ainda melhor, acho que vou passar na frente! Rsss! Adorei esse montão de estrelas, deixa a gente mais empolgada ainda para conhecer a história, fiquei muito curiosa para saber o que a escrita da autora tem que te cativou tanto! Adoro livros que nos prendem do começo ao fim (te pendeu nas primeiras cinco folhas??!!!), acho que esse é mesmo o livro pra mim!!
    Beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Kel, tudo bem???
    Há... que empolgação ein... já coloquei o livro em meus desejado somente pela capa, mas vai demorar um pouco para comprar e ler, porque ando sem grana e o preço dele está salgado... até espero que já tenha saido a continuação.... você falou que ele é de fantasia, mas encontrei um quê de distopia aqui, será uma mistura??? Me empolguei com você... e espero curtir tanto quanto você quando for ler... até agora todos os livro que li sob sua indicação eu curti... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Kel, tudo bom?
    Realmente a capa não é nada atrativa, mas sua resenha me deixou muito empolgada com esse livro. Fantasia não é um gênero que eu leio sempre, mas quando você disse que esse livro é melhor que A Rainha Vermelha, eu já fiquei ligada de que realmente o negócio é bom. O autor conseguiu desenvolver muito bem sua história e você conseguiu colocar esse livro na minha lista de interesse.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Kel, depois dessa resenha, preciso ler esse livro haha
    Eu gosto bastante de livros nesse estilo; eu amei "Rainha Vermelha" e "Divergente".... Não tenho dúvidas que também vou amar esse livro! E, confesso, que julgando pela capa e pela sinopse seria mesmo um livro que eu deixaria para ler mais tarde!
    Beijos,
    Déia
    Own Mine

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro e pela sinopse me faz lembrar de A Seleção. Como você falou tão bem dele senti-me na necessidade de ler. Arrazou na resenha como sempre! :D

    ResponderExcluir
  19. Olá!!
    É muito, mais muito bom mesmo, quando o livro nos surpreende, e pelo que vi se existir algo além de surpreendente caberia no que esse livro fez com você hen. e eu não conhecia nuca tinha visto falar, e é claro que ele vai pra minha lista de desejos não pra ignorar uma resenha dessa.
    Bjocas

    ResponderExcluir
  20. Nossa, você gostou mesmo do livro! kkkkk
    Realmente, a capa não chama muito a atenção, mas gostei do título. Eu tenho evitado ler fantasias, pois andaram me irritam, mas esse eu encararia, pois parece uma obra mais madura. O que me irrita é o juvenil, que geralmente acompanha o fantasia, kkkk
    adorei a dica, e espero gostar tanto quanto você
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Vi um vídeo desse livro na página da editora no fecebook esses dias e fiquei apaixonada! Não tinha sequer visto a capa ou ouvido falar do livro em nenhum outro canto, e mesmo isso me deixando meio com o pé trás, já foi voando para a minha não tão pequena lista. E depois dessa resenha, gente, QUERO!

    ResponderExcluir
  22. Olá Kel, quando vc falou desse livro no grupo corri para ler a sinopse, e confesse assim como vc que não me atraiu, mas lendo a sua resenha foi possível sentir a profundidade do livro, e claro que quero ler para ontem!
    Bjkas

    ResponderExcluir
  23. Caraca, Kel! Nem conhecia o livro, não me lembro de ter visto divulgação dele. Mesmo sendo fantasia, me interessei pela história, não teria baixas expectativas só lendo a sinopse. E agora depois da resenha elas foram lá em cima.
    Mas me diz... por que vc solicitou se não achou a trama lá essas coisas? rs
    Beijos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Não conhecia o livro e depois de ler sua resenha, quero muito ler.
    Gosto de livros de fantasia, achei a história ótima, por ter vários aspectos reais.
    Pelo que foi escrito os personagens também são excelentes, fiquei curiosa para saber mais sobre eles.
    Pena não ser um livro único.

    ResponderExcluir
  25. Uau ,nunca vi uma resenha tão positiva sobre um livro ,mas gostei e com certeza fiquei muito curiosa ,só não vou atrás agora msm pq não é um livro único ,pq se fosse eu já estaria lendo hahahaha ,mas voltando a sua resenha ,tmb não gostei muito da capa ,mas ao contrário de VC , amei a sinopse .
    E espero ver a resenha do segundo livro aqui tmb .

    ResponderExcluir
  26. Gente, quanto amor. Não imaginava que esse livro era tão bom assim. "Conheci" ele antes de saber do lançamento, e já o queria. Logo quando vi que a Verus ia trazer ele pra cá fiquei super ansiosa, porque amo fantasia. Agora que estou vendo tanta crítica positiva sobre ele estou mais desejada ainda do livro. A história parece ser demais, e espero poder lê-lo em breve.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!