# Papo Literário // Dicas para a Bienal RJ

E ai, galera?

Bienal chegando, bate aquela palpitação, né? Quem tá ansioso? Claro, eu vou estar por lá, principalmente nos finais de semana. E, como nunca é demais ressaltar, hoje o Papo Literário vai dar algumas dicas de sobrevivência para esta feira literária imeeeensa.

O primeiro de tudo é o planejamento.



Então respira, inspira. Dá uma olhada no mapa do evento (só clicar aqui), veja onde estão os stands das suas editoras preferidas, onde são os auditórios que vão ter as palestras que você quer assistir. No dia, os mapas também serão distribuídos nos postos de ajuda localizados bem na entrada da Bienal. Mas não custa nada se planejar previamente para não ficar perdido pela feira. Anote os horários dos seus autores para você ter uma ideia de como vai ser o seu dia, de quanto tempo você terá. Compre os ingressos antecipadamente para evitar fila. Vejam na internet a melhor forma de chegar ao Rio Centro. Para que não é do Rio, a Bienal é meio longe (mentira, é longe pra caceta), então vejam os números dos ônibus, se vai ser necessário pegar metrô, trem, táxi... 

Outra coisa muito importante é ir de tênis. Gente, okay, tem galera que adora andar de havaiana, mulheres que acham que bienal é desfile de moda e vão de salto alto principalmente para ver o autor preferido.


Mas não se esqueçam que é muita gente em um mesmo local, você vai andar muito³³²¹¹²³³²³²²³³³ e talvez ainda precise correr para alcançar para ir de uma fila para outra. Então, roupas confortáveis, tênis e água, muita água.

Por falar em bebidas, posso não ser uma mega experiente em Bienais. São só quatro anos de feira. Mas algo que é - e para mim, sempre será - um problema, é a comida. Caras e escassas. Nunca dão vazão para a quantidade de gente que vai. Filas de 15, 20 minutos (se você escolher os quiosques de dentro dos pavilhões) se você for nos da área externa talvez tenha mais sorte. Mas não espere um Mc Donands da vida, um KFC ou uma Domino’s. Vão ser quiosques de comidas rápidas e daquelas que não vão te satisfazer por muito tempo. Por isso a dica é: leve alguns snacks de casa. Sanduiche é sempre bem vindo, frutas, alguns biscoitos. Combine com os amigos de cada um levar uma coisa, assim você economiza bastante e ainda faz um “mini piquenique” com os amigos. Nunca esquecendo da água, claro.

 Mais uma dica preciosa. Prefiram levar mochilas a bolsas. Principalmente se o seu foco for comprar livros. Acreditem, é péssimo andar para cima e para baixo lotada de bolsas de plástico com livros. É sempre desconfortável e pesado demais. Prefiram mochilas. Tem gente (eu) que leva dessas malas de mão de rodinhas. Minhas costas não valem muita coisa, então sempre prefiro as rodinhas a carregar peso.  Mas isso não significa que é para você levar a sua mala de viagem de um mês para a Bienal. Bom senso, galeran.



E, principalmente, uma última dica valiosa. Façam uma lista com os livros que vocês querem comprar. Nem sempre é vantagem comprar na Bienal. Alguns stands tem promoção e, normalmente, no último final de semana, as editoras fazem queima de estoque. Por isso é importante anotar os livros que você quer para não sair comprando compulsivamente e estourando o seu limite. Ninguém quer sair falido, certo? Selecione os livros, pesquise na internet o preço médio que eles estão custando para fazerem uma comparação na Bienal. Prefiram sempre olhar os stands das editoras a olhar os das livrarias. Vejam se os livros estão valendo a pena. Muitas editoras dão desconto progressivo, outras dão desconto para o pagamento à vista. 

Bönus!! Uma outra coisa importante. Não raro na Bienal temos problemas com dinheiro. Como assim? Principalmente nos dias mais cheios, às vezes as máquinas de cartão não funcionam e os caixas eletrônicos do Rio Centro, que já são poucos, além da fila bi-zar-ra, ficam sem dinheiro. Então prefiram levar o dinheiro contado, até mesmo pensando nos descontos nos livros à vista. Separem o dinheiro para as compras e o dinheiro para o lanche.

É isso. Aproveitem muito a Bienal! Ela é inesquecível! 

11 comentários:

  1. Ótimas dicas Kel! Quatro anos é muita experiencia! Aproveita bem lá! Vou ficar aqui acompanhando tudo ♥ Espero que consiga ver a Colleen =D

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  2. Oiii
    Invejinha de quem vai para a bienal :(
    infelizmente não vou poder ir,mas boa sorte para quem vai
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. O meu sonho é ir na Bienal, então um dia eu vou conseguir :)
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. adorei as dicas!
    aproveite muito a bienal, como eu moro do outro lado do país não vai dá p ir.
    começar a juntar dinheiro p poder ir daqui dois anos.

    ResponderExcluir
  5. Oiee
    Ótimas dicas! Pena q não vou poder usá-las... é uma época muito dificil de ir pro Rio e infelizmente não poderei participar. Só me resta uma invejinha branca dos sortudos q irão e espero q se divirtam e aproveitem bastante!!!

    ResponderExcluir
  6. Queria muito poder ir pra Bienal, adorei as dicas, acho que poderão servir bastante num futuro que, espero eu, esteja bem próximo :D
    Abraços e um bom festival pra vc ^^

    ResponderExcluir
  7. Eu iria falar que estou com uma invejinha mas na verdade e uma inveja imensa. A Bienal o RJ parece ser incrível, e tenho certeza é. Ainda bem que tenho amigas que em prometeram que vão enviar coisinhas da Bienal para mim "e vão comprar as coisas da minha lista,que implorei para elas" mas tenho certeza que nada se comparar a estar ai. So de penar na lista de escritores que vão estar ai, ai meu deus... E sorte ao encontrar seus escritores,que consiga autógrafos e fotos com eles.Já quero post de tudo que aconteceu ai. Estava com saudades,beijos Kel.
    http://chanoinverno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Kel,
    Quanta dica legal, acho que vai ser bem útil pra quem está indo pra Bienal, MAS como eu não vou, vou anotar as dicas pra próxima haha.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  9. Muito boas as dicas para quem vai, pena que não vou, mas estrou acompanhando as novidades. Essa dica de pesquisar o livro em site antes é muito boa, porque dizem que na Bienal os livros são mais caros que o site, tem alguns de oferta que dão para aproveitar. Boa sorte pra quem vai.

    ResponderExcluir
  10. Oi Kel, tudo bem?

    Post com ótimas dicas e super útil, queria ter feito um assim, mas não deu tempo. Eu fui na sexta-feira e estava super tranquilo lá... mas no final de semana sempre é mais tenso. Nossa, nunca peguei tanto marcador na minha vida e por isso, teve uma sacola que estava super pesada. Dá próxima vez irei levar uma dessas bolsas de rodinha, o único problema é que quando está bem cheio é um problema de carregar.

    Comida realmente é um problema, as coisas são muito caras... isso porque eu nem almocei lá.

    Pelo que eu pude ver esse ano está bem mais organizado em relação a 2013 com as filas para autores internacionais e tudo o mais, isso é realmente muito bom.

    Beijinhos,

    Rafa

    ResponderExcluir
  11. Oi Kel!
    Eu moro em MInas, então não pude ir na Bienal. Não sei quantas mil vezes abri este post e li (aumentou seu feed com minhas um milhão de entradas hahaha) e fiquei pensando se eu tivesse a oportunidade de ir o que eu precisaria seguir da sua listinha. Ô vida sofrida!! haha
    ESpero que tenha se divertido!!
    Beijocas!!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!