25 agosto 2015

# Papo Literário // Ler em paz

Oi, galera tudo bem?

Cara, hoje eu vou falar de uma coisa que me deixa muito, muito, mas MUITO irritada. Sério, não sei como eu nunca falei sobre isso aqui, mas hoje é o dia de desabafar.

Muitas coisas me irritam, mas poucas coisas me tiram realmente do sério. A primeira, top máximo de todas, é mexer nas minhas coisas e, principalmente, muda-las de lugar. Mas, a segunda delas é querer conversar comigo enquanto eu estou lendo. Sério, isso é para morrer. E tem gente que ama fazer isso.



Eu sou uma pessoa muito distraída, confesso. Por mais que o livro seja maravilhoso, eu gosto de ler no silêncio, se não absoluto, no máximo de silêncio que for possível. Muita gente papeando a minha volta me desconcentra e me deixa irritada. Todos na minha casa sabem o quanto eu gosto de ler e se eu estou no meu quarto é 75% de chance de estar com um livro na cama.

Mas, sempre tem aquele que quer puxar papo. E não é só para perguntar alguma coisa, algo que você consiga responder apenas com sim ou não. É para puxar papo de verdade!!!! AI SEM OR que raiva.




Aí você começa com a série de “anhan” e “éééé.” Para ver se a pessoa percebe que você está 0 interessada no papo e só quer ler o seu livro na paz do seu quarto. Mas, obviamente, isso é pedir muito e o papo sobre a vizinha ou a tia chata continua eternamente. E o pior é: você não consegue nem se concentrar no livro porque com alguém conversando diretamente com você é simplesmente impossível. Queria ser daquelas que consegue ficar totalmente absorta, mas ainda não atingi essa etapa da minha mente. 

A conclusão que eu tiro disso é que é muito difícil ler hoje em dia. A galera não tem a menor noção! Gente, tudo que eu quero é ler tranquilamente, deitada na minha cama, depois emendar uma leitura na outra e por aí vai. Sem ninguém para me atrapalhar 

11 comentários

  1. Oi Kel!

    Isso também me irrita profundamente! Minha mãe mesmo tem mania de fazer isso e o pior é que ela é a pessoa que mais sabe o quando quero ficar sozinha quando estou lendo. Mas pelo menos eu consigo ler em qualquer lugar (ônibus, restaurante da faculdade, rua...), até com barulho. Só me atinge mesmo se for direcionado para mim.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Faço de suas palavras as minhas. Tenho uma família enorme, felizmente, raramente vejo boa parte dela, mas este ano como estou na casa de parentes devido a alguns problemas, não estou no conforto calmo, solitário e respeitoso do meu lar. Aqui sempre tem pessoas e mais pessoas, amigos, vizinhos, outros parentes que se juntam todos em uma mesma casa sei lá porque diabos de motivo e isso resulta nesta triste realidade: Ler em paz é quase uma missão impossível.
    Nunca fui uma pessoa que gosta de grandes multidões, mesmo sendo de SP, mas posso lidar com aquela que passa por mim ligada aos seus problemas, já quando a multidão é sua família tudo complica. Não importa se estão falando diretamente comigo ou não, as vezes falam tão alto que acho que vou ficar surda e quando falam comigo normalmente é por bobagem, afinal, o que diabos eu tenho a ver com a vida de alguém que nem conheço, mas insistem em me contar a ultima catástrofe ou escândalo pessoal de alguém?
    As vezes nem os fones de ouvido ajudam, e raras são as vezes que consigo ficar absorta na leitura ao ponto de ficar surda para o mundo.
    Ler nunca foi tão difícil. Nos tempos de hoje bem que deveria existir um prêmio pra quem consegue ler com tanta gente sem noção por perto.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Oi Kel querida, nisso posso dizer que sou boa, eu consigo ler com qualquer barulho externo, e eu consigo ler melhor escutando música.

    A única coisa que me distrai por questões obvias é tentar ler com a televisão ligada. Desde modo não tem jeito hahaha

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  4. Oi Kel, eu sou exatamente assim! Às vezes brigo até com meu marido, detesto que interrompam minha leitura quando estou concentrada.
    Amei seu blog, beijos
    http://www.moleca20.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oiii
    Eu também odeio quando estou lendo e vem alguém falar comigo,mas estou aprendendo a técnica de ler e não prestar a atenção em mais nada pra ver se a pessoa se toca e para de falar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Hahahaha, esse post foi escrito para mim, só pode! Me identifiquei com cada vírgula que li.

    Aqui em casa é o único lugar onde consigo ler mas, ainda assim, de vez em quando o vizinho sem noção (que não sabe que já inventaram fones de ouvido) coloca alguma música só para me irritar, rrrrrrr.
    Beijinhos, Hel.
    leiturasegatices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oii Kel, tudo bem?

    Te entendo completamente. Sou uma pessoa que me distraiu com facilidade, então por isso que eu acabo lendo devagar, porque para mim um mínimo de silêncio é necessário. Até melhorei um pouco com isso, mas ainda preciso muito para ser aquele tipo de pessoa que ler em qualquer lugar, a qualquer momento.

    Eu geralmente leio na sala, e não me incomodo tanto com a televisão ligada em outro cômodo, mas quando começam a falar perto de mim, começo a ficar irritada, ou quando começam a falar diretamente comigo. As vezes estou lendo e minha mãe começa a falar, reclamando de alguma coisa, sério, não tem nada que me irrita mais.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  8. Concordo realmente é muito chato essas pessoas que não deixam a gente ler em paz hahaha. Também gosto de silêncio na hora da leitura, assim fica mais fácil se concentrar e fazer parte da historia. Admiro essas pessoas que leem em qualquer lugar e com barulho.

    ResponderExcluir
  9. eu não me irrito pq já aprendi a abstrair ai irrita as outras pessoas, sabe quando eu tô lendo algo vc pode derrubar o mundo do meu lado que eu não tô nem ai. e mesmo quando falam comigo é resposta do tipo ah tá e depois eu não faço a min ideia do que foi dito, o problema é que quando as pessoas te conhecem elas realmente interrompem você (do tipo de colocar a mão no livro ou puxar) por causa disso vcs imaginem qts vezes eu já estive bem perto de bater em alguém....

    ResponderExcluir
  10. OI Kel!
    Falou tudo! Eu estou quase desistindo de ler por causa deste povo insuportável e o pior de tudo é quando entram no meu quarto achando que é sala de estar e vai não somente uma pessoa conversando, mas váaaaarias. E não adianta pedir para sair do quarto ou dizer que você está lendo que aparece um milhão de ironias do destino para você não conseguir finalizar a leitura.
    E outra, eu gosto muito de ler no ônibus enquanto estou a caminho da escola, mas só que tem pessoas que chegam e sentam do meu lado e começam a ouvir música. Sério! Se fosse no foninho até que dava para salvar, mas não! É no celular mesmo.
    Te entendo perfeitamente!!
    Beijocas!!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Eu tb gosto de silêncio pra ler, mas o barulho não me atrapalha muito não. Se uma pessoa quiser conversar comigo no momento da leitura aih fico bem aborrecida, mas se a conversa tiver ao meu redor até q levo de boa. Eu me incomodo muito mais qdo mexem nas minhas coisas sem minha autorização... afff isso me deixa realmente furiosa!!
    O problema eh qdo a pessoa não toma Simancol e não percebe q tá incomodando aih é complicado.
    Por um mundo onde as pessoas incomodem menos e leiam mais!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!