# Resenha 251 // Trono de Vidro - Herdeira do Fogo

Oi pessoal, tudo bem?

Hoje é dia de dar aquela pequena surtada porque de vez em quando não faz mal a ninguém. Sim, eu li a continuação de Trono de Vidro. Sim, eu li Herdeira do Fogo. Sim, a Sarah Maas não se cansa de me surpreender. Sim eu amei o livro. Sim, ele não é meu preferido. Mas vamos lá ler a resenha, sim, para vocês saberem mais sobre essa série derrubadora de forninhos. 

Título: Trono de Vidro – Herdeira do Fogo // Throne of Glass – Heir on Fire
Autor: Sarah J Maas
Páginas: 518
Editora: Galera Record
Livro cedido em parceria com a editora





Sinopse: Celaena Sardothien, é uma assassina a serviço de um rei tirânico, é uma fantasia épica repleta de ação, intriga e cenas de luta inesquecíveis. No terceiro livro da saga, Celaena ressurge das cinzas ainda mais forte e letal. E parte em uma jornada em busca de uma obscura verdade: uma informação sobre sua herança e seus antepassados que pode mudar sua vida e o futuro de dois reinos para sempre. Enquanto isso, forças sinistras começam a despontar no horizonte e têm planos malignos para dominar o seu mundo. Agora, depende de Celaena encontrar coragem para enfrentar tais perigos, além de seus próprios demônios, e fazer a escolha mais difícil da sua vida.



Vamos lá, gente, vamos sentar e conversar sobre esse livro. Afinal, não é todo o dia que a gente lê Herdeira do Fogo e fica tipo: OI, CADÊ QUEEM OF SHADOWS? Pois é, é assim que Raquel funciona, principalmente quando estamos falando da melhor série fantasia da atualidade. Vocês nem conseguem imaginar o quanto eu estava ansiosa para ler esse livro. 

Posso ser muito suspeita para falar de uma série que eu sou fã. Pedir que vocês leiam, pura e simplesmente, é a maior redundância que poderia existir. "Trono de Vidro" não se cansa de me surpreender. E há muito o que ser falado sobre esse terceiro volume.

Como um todo, Sarah começou a série com um livro que tinha poucos elementos mágicos, seres fantásticos, etc. Em "Coroa", segundo livro, ela já se aprofundou um pouco mais neste assunto. Mas é em Herdeira que a magia está enraizada e, pelo jeito, a tendência é só aumentar. Não gosto de livros com feéricos, bruxos, reinos encantados, seres inexistentes, tudo misturado em uma mesma história. Mas a escrita da Sarah é tão sensacional, que você embarca nesse mundo épico que ela criou, sem fazer nenhum esforço. E é tudo tão perfeito, bem definido e bem descrito, que não tem do que reclamar. Afinal, a autora passou 10 anos dando vida ao mundo de "Trono de Vidro". Ela não brinca em serviço.

Muitos falam mal de série, principalmente se for longa. E Trono de Vidro terá (cof cof) SEIS livros. Mas quando o autor é talentoso e a escrita é boa, você percebe a evolução dos personagens, você torce por eles e tudo o que você mais quer é que a história se estenda. É inegável a mudança de ares entre Coroa da Meia Noite e Herdeira do Fogo. A tensão presente no terceiro livro é praticamente palpável. O clima do livro é mais pesado e por todos os lados há conspirações e incertezas.

Eu poderia falar da Celaena, mas quero falar primeiro de Dorian e Chaol.  Devido aos fatos dos livros anteriores, a amizade deles está abalada, mas a lealdade de Chaol é impressionante, apesar dele precisar crescer (e muito) em matéria de temperamento. Os dois estão em uma situação totalmente delicada. Um é filho do rei e apesar de ter aprendido da pior forma que o pai é o seu inimigo, não pode simplesmente declarar guerra ao rei, por motivos óbvios. Ele sabe que tudo, absolutamente tudo, está errado e tenta encontrar uma forma de trabalhar isso. Já o Chaol tem a sua lealdade ao rei, é melhor amigo do príncipe desde a infância e sabe de todas as intenções de Celaena. Ele tem todas essas informações e também não pode fazer muita coisa sem se comprometer.  Fiquei irritada com a apatia do Chaol. Achei que ele tinha que ser bem mais ousado em alguns pontos. Mas, por outro lado, fiquei muito feliz em ver que a autora deu um destaque maior para os dois nesse livro.






















Para quem (como eu) se acostumou com os livros anteriores, que se passam sempre em Adarlan, “Herdeira” não é bem assim. Temos quatro núcleos diferentes e isso me dificultou um pouco. Não ficou ruim, mas ficou “menos fluido”. Um capítulo se passa com a Celaena, outro com Chaol, outro com o Dorian, outro com umas bruxas que são novas na série, outro com os rebeldes e volta para a Celaena... o livro não tem a mesma linearidade que os outros. 

Aliás, a Sarah colocou muito personagem novo nesse volume, o que também me deixou um pouco confusa. E, por ser um livro fantástico, os nomes são complicados e muitas vezes parecidos, então tem que ter muita atenção no começo do livro para não se confundir e ser capaz de identificar quem é quem. Temos novas caras, entre personagens marcantes e outros nem tanto. Mas O destaque é Rowan, um príncipe feérico de 200 e muitos anos que consegue ser tão casca grossa quanto a Celaena, porém é mil vezes mais forte (no sentido de músculos e no sentido de personalidade) e tatuado. Não preciso falar mais nada sobre essa pessoa <3. Leiam.



A verdade é que "Herdeira" é aquele famoso “preparar de terreno” para o que está vindo a seguir.  A leitura é indispensável. Temos revelações, rumos que começam a ser tomados... o livro é muito bom. Mas comparado com os dois anteriores, o ritmo é mais lento, sim. A autora sai de Adarlan para mostrar como todos estão se preparando para a guerra épica que está iminente. O livro tem ação? Tem, porém, mais na parte final. Mas as descobertas são fantásticas. Diferente de muitas séries que acabam se desgastando com o passar dos livros, é evidente que em Trono de Vidro tem muita coisa para acontecer pela frente. Pontos para a Sarah Maas que com o seu brilhantismo e originalidade consegue manter o ar de suspense no livro.

A escrita da Sarah continua surpreendente e de tirar o fôlego. Ela é muito inteligente e não dá ponto sem nó. É incrível como algumas peças se encaixam no quebra cabeça, enquanto a autora insere novos elementos só para deixar o leitor ainda mais louco pelas continuações. "Herdeira do Fogo" é um livro preciso e intenso vai fazer com que os fãs se apaixonem ainda mais pela série.

A capa do livro está maravilhosa, mas achei que reduziram muito o tamanho da letra. O livro já é maior que os anteriores, que tinham umas 100 páginas a menos. O original, em inglês é bem grandinho também, mas, na tradução, a letra foi muito reduzida, tanto que eu não conseguia ler sem óculos. Achei isso bem ruim.

Tô maluca por Queen of Shadows, mas ele só vai ser lançado em setembro lá fora. =( E sem previsão para a tradução aqui no Brasil.




28 comentários:

  1. A cada resenha eu piro e to quase gritando para poder ler logo Trono de Vidro, mas preciso que o tempo ajude, que eu me cure de uma bela ressaca literária e claro, que meu exemplar chegue. Pelo que parece, sinto que vou me viciar na série e caso eu consiga ler os três livros já lançados antes de Queen of Shadows, que irei sofrer a mais cruel das torturas que se chama ansiedade.
    Sua resenha está ótima e ficarei atenta aos personagens e seus nomes, para não me perder em meio a leitura e a mudança de cenário. Espero que Trono de Vidro alcance ou supere minhas expectativas, afinal, se a autora demorou 10 anos para criar este universo, então ela deve ter muita coisa para mostrar e me surpreender a casa segundo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Kel!

    Adoro esse gênero literário e sempre tive vontade de ler Trono de Vidro, no entanto, o tamanho da estória me assusta um pouco haha
    Eu não gosto muito de começar várias séries, porque tenho medo de não conseguir terminá-las ou ainda, não poder ler outros livros enquanto elas não acabam :/ Enfim... Já estou lendo As Crônicas de Gelo e Fogo (ainda no livro 1 - que Deus me ajude haha) e A Torre Negra que eu sou perdidamente apaixonada <3 <3 <3 então, fico um pouco receosa em começar outra série...
    Mas é lógico que eu vou ler Trono de Vidro, embora possa demorar um pouco hahaha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Devido a tantos comentários positivos em relação a este livro, não tem como não ficar curiosa sobre ele, adorei sua resenha e fiquei mais ansiosa ainda para ler o livro, pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  4. Saudações Lady Kel,
    Aquele momento que eu fico: "OMFG" uma vez que meu exemplar ainda não chegou e estou cogitando arrancar meus cabelos azuis em desespero. E já me descontrolo antecipadamente com o final, principalmente com o "sem previsão de tradução".

    Sua resenha é o que esperamos de uma fã (perfeita resenha), muito embora sejas capaz de mostrar os defeitos àqueles não tão apaixonados quanto vós! Excelente trabalho!

    Venha visitar o Castelo
    Att
    Ana P. Maia ♛
    The Queen's Castle

    ResponderExcluir
  5. Não Kel, eu ainda não li essa série.
    Sim Kel, prometo q eles já estão na minha lista de desejados.
    Sim Kel, prometo q vou ler assim q puder.
    rsrsrsr brincadeiras a parte, eu vou ler sim.
    Lembro q a minha vontade de ler essa série cresceu, depois q eu fui no Mochilão da Record.. O Guilherme falou tão bem, mas tão bem desse livro q, se eu pudesse, tinha comprado toda a coleção la na hora... mas, mera mortal q sou, não tive condiçoes... rsrsr Até hj, dindin me falta, mas eu to com uma mega lista de livros pra ler aqui e acabo dando prioridade a eles.
    Eu to mega curiosa pra conhecer melhor a Celaena e toda a sua saga. Acho q vou colocar como meta pra ler ainda esse ano. Espero não flopar.

    ResponderExcluir
  6. Oi Kel!

    Parabéns pela resenha! Desde que ouvi falar sobre estes livros aqui no blog, fiquei com muita vontade de ler! Me assusta um pouco o tamanho dos livros, mas como você mesma disse, quando a estória é boa, a gente não quer que ela acabe mesmo <3

    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Aquele momento que voce chora litros ao mesmo tempo e se pergunta..porque voce não começou esta serie ainda???

    ResponderExcluir
  8. eu li só o primeiro e me apaixonei por essa série! enrolando só para ver se lançam mais livros, mas não sei se eu vou conseguir...
    mas eu achava que era uma trilogia, não sabia que eram seis
    dúvida o que é uma "série derrubadora de forninhos."?
    já viu a série nova dela? lançado só o primeiro livro no eua?

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu ainda não li o primeiro livro da série, mas a cada resenha eu fico mais ansiosa pela leitura!
    Depois de tantos comentários positivos, fica difícil não se render, né?
    Vou tentar passar o primeiro livro na frente das minhas outras leituras.
    Tua resenha tá maravilhosa!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Essa capa! ♥
    Linda demais!
    Ainda não li nenhum livro da série, mas tenho muito curiosidade, ainda mais depois de ver você falando tão bem sobre os livros. Adoro literatura fantástica e acho que a série tem tudo para me agradar.
    Não me importo se os livros são longos, pois como você mesma disse, o que importa é a escrita do autor e a maneira como ele conduz os acontecimentos.
    Ótima resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  11. Oi! ^^
    O gênero eu gosto, mas ainda não conhecia essa série. Me desanima um pouco por serem tantos livros, mas você tem razão, quando a escrita é boa quanto mais livros melhor.
    Vou procurar pelo primeiro livro pra conhecer a série. Dica anotada!

    Beijussss;
    https://facebook.com/BlogMenteHipercriativa
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olaa
    Sua resenha está ótima e que bom que gostou tanto da leitura, não é meu gênero favorito mas parece ser interessante.

    Beijus
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  13. Você gosta mesmo dessa série, sempre escreve suas resenhas com tanta empolgação que acaba passando uma vontade louca de ler para seus leitores. Fico feliz que essa série esteja sendo lançada com intervalos regulares, lembro quando li sua primeira resenha e vc falava que não sabia quando os próximos seriam lançados.
    Ainda me considero iniciante no gênero Fantasia e confesso ficar um pouco assustada quando vc a classifica como a melhor série de fantasia da atualidade, mas ao mesmo tempo fico curiosa e adoro as capas =)
    Não sabia que a autora se preparou por dez anos para criar todo o universo dessa série, então ela deve ter feito muita pesquisa e elaborado tudo com detalhes #MaisCuriosa
    Diferente de vc adoro seres sobrenaturais e perceber como o autor consegue conectar todos eles é sempre interessante.
    Muito bom saber que essa série fica melhor a cada livro; muito bom quando isso acontece é com certeza quando a escrita do autor e o enredo são bons e bem desenvolvidos a quantidade de livros que a série tem acaba não importando ... Difícil é se conformar quando o último chegar.
    Enfim parabéns pela leitura e pela ótima resenha!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  14. Oi Kel, tudo bem?
    Nunca tinha me interessado pela série, mas sempre que te vejo falando sobre os livros bate uma vontade enorme de ler.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  15. Ainda não li, mas pelas resenhas, já deu vontade!
    Só preciso terminar minhas séries antes, porque, se não, me perco toda.
    A louca que lê três livros ao mesmo tempo: EU!
    rsrsrs

    ResponderExcluir
  16. Oi Keeeeel =)
    Ai é tão empolgante ler seus post sobre Trono de Vidro, não me mate mas eu ainda não li =( e eu fico lendo suas resenhas e só vou me empolgando mais, quero conhecer esta autora da escrita inteligente, frenética e q não da ponto sem nó hahahah, não só vc, mas já estou vendo uma legião d fãs blogosfera a fora, mas com certeza de setembro n passa, n vou p bienal sem ler trono de vidro hahaha espero!!!
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  17. Será que se a letra fosse maior, o bicho não ficava mais caro e o povo reclamava? Sempre tem um pra falar do preço...
    Essa série não faz meu estilo, então nem me abalo com as 200 continuações. rsrsrs Mas gosto das capas e mais ainda da empolgação que todos os leitores têm com a série.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  18. Kel eu vinha me contendo diante dessa série, li outras resenhas positivas sobre ela, não curto histórias épicas com lutas e definitivamente os seres feéricos não me convencem, mas toda sua empolgação foi mudando algo em mim, e agora eu já desejo estar por dentro de tudo que se refere a trono de vidro.
    É difícil uma série se manter perfeita e seguir um ritmo contagiante em todos os livros, e pelo jeito Sarah Maas consegue essa proeza, e é por isso que agora quero fazer essa leitura.

    Beijos.
    Leituras da Paty


    ResponderExcluir
  19. Ei Kel, tudo bem?
    Você e a Beta falam tanto dessa série, que eu tenho uma enorme curiosidade. Mas, ao mesmo tempo, não consigo me animar a começar a ler. Eu tenho algumas dúvidas se vou gostar ou não. As capas são lindas mesmo, e bem instigantes.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Kel, tudo bom?
    Acho que nunca vi uma resenha tão grande por aqui. Tenho vontade de conhecer essa série por sua causa. Não é um gênero que eu curta, mas você fala tão bem que é impossível não se contagiar. Mesmo com a quantidade de livros, acredito que a escrita e a narrativa do livro valem a pena.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. MANOOOOOOOOOOOOOOOO! I need read this book. KKKKKKKKKKKKKKK mais uma coisa que sei falar em ingles. Além de ler Tchau e Kalena hihiihiihih ;x
    Sério, to tendo um troço aqui para ler esse livro, tá pra existir na face da terra um livro de fantasia mais perfeito do que esse. Essa é a serie mais derrubadora de forninhos que existe. Como ja trocamos alguns comentários sobre esse livro, eu estou louca para conhecer Rowan, tenho certeza que vou ama-lo, mas não deixarei de ter 4 pneus arreados pelo Chaol.
    Sarah precisa adiantar o lançamento desses livro gente, o troço da muito devagar.
    Adorei a resenha amiga :)

    Beijos,

    http://www.lendoeesmaltando.com/

    ResponderExcluir
  22. Oi Kel, tudo bem?

    Eu tenho só o primeiro livro e lembro que eu nem tinha tanta vontade assim de ler até que li a sua resenha e fiquei maluca para ler, mas acabou que até hoje não li :( Toda hora aparece um na frente. Vou dar um jeito de ler, pois a cada resenha que você faz sobre um livro da série eu fico doida de vontade de ler.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Kel,
    Eu nunca li nenhum dos livros da série, mas pelo entusiasmo, já sei que eu vou ter que começar logo para poder conversar sobre ela com vocês!
    Eu costumo gostar de livros que tratam de temas como esse, e tenho certeza que, se a série consegue conquistar até quem não é tão fã desse tipo de livro, eu sem dúvidas vou adorar!

    Beijos,

    Déia
    Own Mine

    ResponderExcluir
  24. Ai meu deus, eu juro que se eu não começar a ler essa série logo vou ter um treco kkkk Estou muito curiosa com essa série, até porque sei que vou gostar. E suas resenhas não estão me ajudando em nada nessa curiosidade, rs. Esse mês com certeza vou comprar e começar a ler porque não ta fácil. Adorei a resenha.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  25. Nossa essa serie parece ser mto boa ainda não mais só essas misturas de magia com bastante fantasia ja me encantou mto, a capa realmente esta lindaa, fiquei bem curiosa pela a serie, só pela a resenha ja me apaixoneei espero ler em breve bjos

    ResponderExcluir
  26. Olá Kel!
    Amei sua resenha. Estou terminando de ler Herdeira do Fogo e já estou com taquicardia kkkkk quero logo saber o que acontece com a Celaena e com quem ela fica, afinal.
    Adorei conhecer seu blog... Beijosss S2
    https://fabulonica.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  27. Olá Kel,
    Realmente é uma série derrubadora de forninhos!!
    Acabei de ler Herdeira do Fogo e... U-A-U!!
    Fiquei muito surpresa com tudo o que aconteceu e já estou enlouquecendo de ansiedade para o "Queen of Shadows".
    PS.: Dorian é o personagem que só se ferra... Mas vai divando mais a cada capítulo. *-* Não quero que ele fique com a Celaena, pois não acho que ele compreenderia totalmente alguem tão carregado emocionalmente como ela.
    Já pra Celaena, eu realmente não consigo ver quem será o escolhido e isso me agrada muito porque em todas as sagas que é li já estava pregado na capa quem ficaria com quem...
    Enfim, no momento sou #TeamRowan. E, depois de elaborar umas teorias de porque o núcleo da Manon era contado e ter lido um pequeno pedaço de Queen of Shadows em inglês, shipo ela e um certo príncipe.

    ResponderExcluir
  28. Bom estou gostando muito da trama, mas não entendo muito por que Celaena começou a odiar tanto Chaol pela morte da amiga, quando os dois tinham tantos planos e ja que Nehemia mesma arquitetou o plano para sua morte, nessa saga acima da um pouco a entender que Celaena começa a se abrir para Rowan e tipo que cria uma espectatica que os dois se envolvam amorosamente, estou na metade do livro ainda porem realmente desejo um final feliz para Aelin e Chaol, porque mesmo sendo dispresado pelas duas pessoas que mais ama, ainda sim se mantem fiel ao coração e o que sente, ultimamente finais felizes estão fora de moda e nem sempre a heroina fica com a pessoa que achamos certa, espero mesmo que Celaena nao traia seu coração porque uma coisa e certa os poucos momento que vimos Chaol e ela juntos, poderia ser descrito como amor verdadeiro e isso não acaba.
    Bom essa e minha opnião claro.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!