# Resenha 226 // Com Carinho, Lucy B Parker: menina x popstar

Oi bookaholics, tudo bem?

Hoje nós vamos falar de um livro de capa fofa da Leya voltada pro público pré-adolescentes. Então, vamos a resenha?

Título: Com carinho, Lucy B. Parker: menina x popstar
Autor(a): Robin Palmer
Editora: Leya
Páginas: 222

Com Carinho: Lucy B. Parker: Menina x Superstar
Sinopse:

Fãs dos livros de Meg Cabot, Thalita Rebouças e Paula Pimenta vão adorar a história de Lucy B. Parker. Afinal, quem nunca brigou com as melhores amigas, fez besteiras no cabelo ou mandou cartas para um programa de TV? Lucy fez tudo isso, e muito mais para conseguir lidar com a novidade que sua mãe acaba de lhe contar. O casamento dela com o pai de uma estrela teen de cinema, música e TV vai virar o mundo de Lucy de cabeça para baixo. E as comparações entre a garota desleixada que vive seus últimos dias de criança e sua meia-irmã superstar serão inevitáveis – e humilhantes. Um livro leve e divertido sobre os desafios que toda garota enfrenta ao crescer. De forma bem humorada, Lucy ensina como lidar com essa fase difícil e encantadora, pela qual toda adolescente passa.






Como o próprio título já diz, o livro narra a vida da pré-adolescente Lucy B. Parker. Como toda menina nessa idade, ela dá muita importância ao que os outros dizem e seu mundo gira em torno de sua mãe e de suas ex-amigas. A vida de Lucy não está nada fácil, pois suas amigas resolveram cortar relações com ela e desde então ela tem que andar com Marisa ( uma chata que se auto-denomina sua melhor amiga ), além disso, ela passou por uma humilhação recente por causa de Laurel Moses ( uma super - estrela adolescente ). Entretanto, como tudo pode piorar, sua mãe resolveu arrumar um namorado e ele é nada mais, nada menos que o pai de Laurel Moses. Agora, ela vai ter que lidar com o fato de ser futura meia -irmã de sua arqui-inimiga famosa e ainda ter que aguentar sua mãe apaixonada e suas ex-amigas.

Não tive muitas expectativas com relação ao livro, já sabia que não era feito pra quem já tem 19 anos e sim pra pré-adolescentes, mesmo assim, consegui me decepcionar . Apesar de já ter passado da idade, eu consigo gostar muito de livro feitos pro público infantil e pré - adolescente, tenho até alguns na minha lista de favoritos, mas esse é um dos primeiros que eu acho extremamente entediante e sem graça. A ideia central do livro em si não é tão ruim, mas a personagem foi mal construída e a história não se desenrolou bem, tudo me pareceu altamente surreal e sem sentido. Lucy é chata ao extremo e também tão fútil quanto o possível, em contrapartida os outros personagens parecem não ter muito espaço no livro. O final foi o que era esperado pra um livro desse tipo, sem nenhuma surpresa .

O fato dela se corresponder por e-mails regulares com a psicóloga foi uma boa ideia, muito mal aproveitada, já que Lucy escrevia textos chatos e óbvios, além disso as respostas da psicóloga não apareceram no livro ( mas poderiam ser interessantes e ter incrementado o livro). Enfim, em uma escala geral, achei o livro fraco em quase todos os aspectos e não recomendo a leitura.






Beijos e até a próxima resenha!

28 comentários:

  1. Gosto de ler livros assim para sair da ressaca literária, sempre dou boas gargalhadas. quando tenho um livro assim, tem até lista de primas querendo ler. esse não vai ser diferente.

    sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Nati,
    li muito livro neste estilo quando tinha uns 13, 14 anos hahahaah
    hoje em dia eu nem repararia em livros neste estilo, mas acho que para as jovens que estão começando a ler, esta obra é uma ótima indicação!

    ResponderExcluir
  3. Bom, eu adoro livros voltados para esse público, mas infelizmente esse não conseguiu me cativar. Não curti nem a capa, para ser sincera. Ainda bem que você resenhou, porque ao menos já fico sabendo que é para passar longe porque não vai me agradar. KKKKK
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Apesar de alguns acharem que são livros mais para jovens, mas e ótimo pra sair um pouco da rotina que as vezes pode até cansar um pouco.Nunca tinha ouvido falar,mas e uma ótima dica para dias de resseca literária. E uma ótima dica para pessoas que querem começar a ler,as historias são sempre empolgantes.

    ResponderExcluir
  5. Eu sou muito seleta na escolha de livros infanto-juvenis, apesar de ter gostado de praticamente todos que li. No caso, este não me chama a atenção, não acho que a história e a personagem acrescentariam algo de significante em relação ao assunto tratado.

    ResponderExcluir
  6. Oieee
    Apesar da minha idade beeeem avançada para esse estilo confesso q eu gosto. Qdo foi citado Paula Pimenta e Thalita Rebouças imaginei : vou gostar!!!
    Mas sua resenha me deixou totalmente desanimada para adotar essa leitura. Poxa vida! Q desastre heim!!! Mas, quem sabe para o público dessa faixa etaria pode ser interessante.
    E outra... Não gostei muito dessa capa não. .. rrsrs
    bjooo

    ResponderExcluir
  7. Credo. Livros com cara infantil. Roteiro sem atrativos e nota baixíssima. Tô fora! Tenho mais o que fazer do que perder meu tempo lendo isso. Sem a menor paciência para historinhas de pré adolescentes. Aff!

    ResponderExcluir
  8. Oi Nati, interessante ler uma resenha nota 1. Mas adorei que nela você conseguiu colocar todos os motivos por achar a leitura desinteressante. Por tudo que citou acredito que a leitura tbm não seria boa para mim.

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  9. Huuuum não curti também, não!!
    Muitooooo problemas!!
    Tá, na vida a gente tem problemas, mas no livro é chato, porque daí é muitaaaaa coisa para o escritor desenvolver e resolver.
    Na vida já demora mesmo.
    Então, acho que por isso que ficou chatinho rsrs
    Até pra adolescentes é ruim livro assim, qndo eu era mais nova, não curtia também, aiii que chato, queria chegar logo nas conclusões kkkkkk
    bjoos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Nati! Como vai? Eu já não leria esse livro, imagina agora depois da sua resenha... Hahahaha Personagem mal construído é a pior coisa que há! Atrapalha todo o desenvolvimento da história. Não vou nem acrescentá-lo à listinha de livros que estou fazendo para a minha afilhada...
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  11. Oii!
    Esse não é um livro que leria, gosto de livros juvenis, mas esse pareceu muito clichê e exageradamente enlatado.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, então achei a capa do livro super fofa.
    Mas, não faço parte do seu público alvo, assim como você pelo que percebi.
    Por isso nem o leria, apesar de achar que toda leitura por menos que nos agrade
    sempre irá nos agregar alguma coisa, por isso sempre valem a recomendação.
    Abraços
    Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
  13. Eu adooooro livros infanto-juvenis, mas em geral os de aventura. Esses de conflitos pré-adolescentes têm me deixado bem tediada. Pelo visto foi exatamente o que aconteceu com você durante essa leitura né? E personagem mal construído é uó. Foi ótimo ver sua resenha, pois esse não entra na lista de leituras! hehehehe

    ResponderExcluir
  14. Ah, fiquei chateada pelo livro não ser tudo o que você estava esperando. Também gosto de ler livros adolescentes, não me importo, mas gosto de histórias bem constuidas, nada bobo e que não faça sentido. Uma pena, se eu ia ler esse livro, é certo que não vou ler mais!

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá
    Caramba.... Quando li a sinopse do livro e comecei a ler a resenha, pensei que seria um livro incrível. Fiquei até curiosa e interessada nele. Porém, conforme lia, me decepcionei com ele. Foi tão ruim assim? A idia dele, pelo menos eu achei boa. Talvez, cmo vc disse, a autora que n soube aproveitar mto bem.

    ResponderExcluir
  16. Que pena que a história não foi bacana, porque a capa é apaixonaste! Tinha ficado empolgada , mas foi murchando lendo a resenha, muito legal sua honestidade em dar sua opinião,
    Bjus

    ResponderExcluir
  17. Oláá
    Poxa, que pena não gostou da leitura er que não funcionou para você, mas realmente personagem mal constru´do não rola, mesmo assim, sua resenah está ótima viu? ;)

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi oi!
    Uma pena que tenha se decepcionado.
    Eu particularmente gosto muito de livros infanto-juvenis mas pela sua resenha eu vejo que não vou gostar.
    Tenho certeza que vou achar a personagem principal chata e fútil assim como você e vou acabar me irritando.
    Uma pena, pois concordo com você: tinha tudo para ser uma boa história!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  19. Oi, primeiro tenho que dizer que gostei da capa, mas infelizmente a história não me interessou e acho que eu não iria gostar.

    ResponderExcluir
  20. Definitivamente eu não sou a público alvo desse livro. Não que eu não leia livros infanto-juvenis. Também leio livros infantis sem problemas. Mas é que a história tem que ser bacana. "Com carinho, Lucy B. Parker" eu não gostei da capa, nem do título. E pela sua resenha é livro é bem ruim mesmo.

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    OMG! Um livro que você pegou sem expectativas e ainda decepcionou. Que horror!
    Vou passar longe.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  22. Oie! O livro não me chamou atenção, e sua resenha só reforçou o fato. Também concordo que deveria ter no livro as respostas da psicóloga, o enredo ficaria mais completo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  23. Nati eu adoro livros voltados para esse público, uma pena que o livro não atendeu as expectativas , e com um tema que poderia ser bem aproveitado, sem personagens cativantes realmente a leitura não flui. beijos

    Joyce​
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  24. Ah menina, que bom que você não gostou do livro.
    Quando eu vi a capa e li a sinopse eu fiquei imaginando como eu iria comentar esse tipo de coisa hahaha
    Eu nunca cheguei a ler livros desse tipo, mesmo quando jovem eu já achava isso entediante e sem sentido.
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?
    Eu também gosto de livros para esse público mesmo não pertencendo a ele kkk E no começo da sua resenha fiquei curiosa, imaginei uma história até que bacana, mas depois vi que não foi bem assim e perdi completamente o interesse. Enfim, é uma pena que o livro não tenha sido tão bem trabalhado quanto poderia, mas fazer o que, né?

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Poxa Natiane que droga...
    Quando eu vi a capa e o título do livro ja percebi que nao seria o tipo de livro que eu leria uma vez que não curto esses romances pré adolescentes.
    Mas já não esperar nada e se decepcionar ainda mais que horror!!!

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  27. Oie, tudo bom?
    Terminei esse livro na última semana e também me decepcionei com a narrativa. Claro que eu esperava uma história juvenil, mas a trama foi bem mais fraca do que eu imaginava. Faltou mais sinceridade no texto para me cativar.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Olá.
    Adoro livros adolescentes no estilo Meg Cabot e achei pela sinopse que este seria um desses. Mas ao ler a resenha vi que não era bem isso. É tão ruim um livro em que a personagem não se desenvolve e te irrita. Notei que vc deu uma estrelinha apenas, acho que o livro deve ser bem ruim.
    Parabéns pela sinceridade.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!