09 maio 2015

# Mudando de Assunto // Entrevista com a autora Thati Machado

Oiee, pessoal, tudo bem?

Hoje o papo literário é com a carioquíssima Thati Machado, autora do livro Ponte de Cristal, Com Poder Extra G e outras obras! Além de escrever, ela também é blogueira literária, vocês podem conhecer o trabalho da Thati no blog Nem Te Conto.

Ela é a nossa entrevistada de hoje do Mudando de Assunto e espero que vocês gostem. Obrigada à Thati por participar conosco. Lembrando que nesse final de semana termina o Top Comentarista valendo um exemplar do livro A Herdeira, da Kiera Cass. O Top vai até dia 10 de maio, mas os comentários serão aceitos até o dia 11, tudo bem? Fiquem de olho e não percam nenhuma data.



1) Quando começou a pensar em ser escritora?
Sinceramente? Acho que nunca parei para pensar no assunto, de fato. Simplesmente aconteceu. Aos catorze anos comecei a escrever fanfictions e eu me divertia muito. O número de leitores foi aumentando e eu fui escrevendo... Quando comecei a faculdade de artes cênicas e precisei deixar as minhas histórias um pouco de lado, fiquei arrasada. Comecei a sentir falta de ter tempo para sentar em frente ao computador e escrever. Acho que sem que eu me desse conta, escrever já era parte intrínseca de mim.

2) Você começou a escrever desde cedo. Acredita que isto ajuda a desenvolver ainda mais a escrita e contribui na hora de escrever um livro?
Com certeza. Ler e escrever são os primeiros passos para quem decide entrar no meio literário. Como sempre adorei escrever, desde cedo comecei a estruturar frases e escrever boas redações. Isso me ajuda na hora de escrever uma história fluida e prazerosa para o leitor.

3) O que os leitores podem esperar de Poder Extra G?
Uma história leve, divertida e com quebra de estereótipos. Essa é a primeira história que escrevo com alguns traços cômicos. Está sendo um desafio e tanto para mim, mas estou amando a experiência.

4) Seus personagens costumam ser inspirados em alguém ao seu redor?
Com certeza, seja de forma consciente ou não.  A Nina, protagonista de "Poder extra G", por exemplo, foi inspirada em mim e nas dificuldades que tive sendo gorda. Resolvi contar essa história ao mundo para que outras pessoas pudessem se identificar e se inspirar. Mas existem personagens, por sua vez, que eu criei apenas para poder mostrá-los ao mundo. Como é caso do Noah, também de "Poder extra G". Ele é um homem transexual e também passa pelos próprios desafios. Achei interessante abordar essa questão, pois o primeiro passo para acabar com um preconceito, é fazer com que as pessoas conheçam o tema de forma natural.

5) Em Poder Extra G, Nina, a protagonista, vai para Buenos Aires. Qual a sua relação com o país? Já visitou?
Eu sou APAIXONADA (em caps lock mesmo, gente!) pela cidade. Visitei-a duas vezes. A última visita foi maravilhosa... Passei cerca de 10 dias na cidade para comemorar dois anos de casamento. Conheci lugares incríveis, fiz amigos, me aventurei na gastronomia e nos costumes argentinos. Se não fosse pela minha família toda aqui no Rio, eu ficaria por lá.

6) Poder Extra G e Ponte de Cristal, qual livro foi mais complexo de escrever? E Por que?
Sem dúvidas, "Ponte de cristal". A proposta desse livro precisou ser muito mais elaborada e trabalhada, pois se trata de um romance com toques de distopia (gêneros que amo!). E como é um livro cheio de mistérios, eu precisei voltar a minha atenção para que cada detalhe fizesse sentido e se encaixasse na história. "Poder extra G", por sua vez, está sendo um trabalhado mais leve e despretensioso, embora eu preze por sua qualidade.

7) Você tem um livro físico publicado e livros na Amazon. Qual as vantagens, para o autor de ter um livro físico publicado e quais as vantagens da autopublicação?
A autopublicação permite que o autor seja dono de si. Você pode enviar a sua história para blogueiros, divulgá-la e fazer com ela o que você quiser e o custo é baixo. O lado negativo é que muitas pessoas ainda preferem o livro físico e não estão dispostas a iniciar uma leitura em outra plataforma. O livro físico agrada a maioria dos leitores, mas o seu custo é altíssimo, principalmente em editoras pequenas que não investem e apoiam seus autores devidamente.

8) Qual é a maior dificuldade do autor nacional hoje?
Entrar no mercado editorial e fazer o "seu nome" sem o apoio de uma editora bem estruturada. As editoras continuam preferindo investir em literatura estrangeira que já é sucesso em outros países. Para eles, lançar um autor desconhecido é um tiro no escuro.

9) Quais são os planos para 2015?
Divulgar "Ponte de cristal" em outros estados; Terminar "Poder extra G"; "Dar continuidade ao segundo livro físico que comecei, mas deixei "na gaveta" desde que ingressei no wattpad; Lançar "Papel, caneta e ação" em formato impresso e... Ufa! Acho que já está bom, né?

10) Deixe um recado para os leitores.
Em primeiro lugar: Kel, muito obrigada pelo convite. Estou lisonjeada e muito feliz. E aos leitores, se vocês leram tudo até aqui, muito obrigada. Espero poder compartilhar minhas obras com cada um de vocês.



beijos a todos!

11 comentários

  1. Eu já conhecia Poder Extra G, estou pra ler a história no Wattpad, mas falta tempo... Enfim! Ainda não conhecia Ponte de Cristal, mas adorei por ser romance com pegada de distopia. Já quero.
    Concordo com ela em relação a resistência que muitos leitores ainda tem com livros digitais. Tudo bem que o livro físico é tudo de bom, mas o digital tem lá suas vantagens, tipo não lotar tanto a estante e economizar espaço (=

    ResponderExcluir
  2. oie... ainda não conhecia a Thati e nem seus livros, mas achei super interessante, principalmente Ponte de Cristal, por ser um romance e ter toques de distopia.
    Concordo com ela q o lado negativo da autopublicação eh q as pessoas ainda preferem o livro físico. Eu sou uma delas, não pq não leia o digital, mas sim por ter um livro nas mãos eh maravilhoso!!!
    Qto a entrada de novos autores no mercado infelizmente as autores dificultam esse processo. Por isso, acho super válido os blogs literários, pois são de imensa ajuda na divulgação.
    Parabéns a Thati e desejo muita boa sorte na publicação dos livros!!
    Grande bjo

    ResponderExcluir
  3. Ainnnn a Thati é uma querida ♥ Sou muito fã do seu trabalho e dedicação! Já li uma das obras dela e é surpreendente, inclusive tive a honra de ser escolhida para aparecer na contracapa do livro. Sou muito suspeita para falar e torço pelo sucesso dela, ela mais do que merece!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  4. Eu não conhecia nenhum dos dois livros, mas o que achei mais interessante foi Poder Extra G. Acho importante falarmos sobre a "gordofobia" e ter uma protagonista GG é legal e diferente. Prezo livros que saem do lugar comum, sabe?

    Vou dar uma olhada com mais calma nos dois livros, mas obrigada por apresentar essa autora.
    =)

    ResponderExcluir
  5. que legal que ela começou escrevendo fanfics.. li bastante antes de começar a ler livros :D
    acho meio impossivel imaginar um escritor que não seja um leitor voraz ;x
    adoro esses livros que falam sobre esse tipos de assunto que muitos tem preconceito *-*
    gosto deste lance de autopublicação. o custo é realmente baixo né... e é uma pena muita gente ainda não gostar deste tipo de leitura =/
    muitos leitores ainda tem preconceito com autores nacionais. acho isso bem triste
    fiquei bem curiosa para ler Poder Extra G. parece ser ótimo!!!

    ResponderExcluir
  6. Adorei o Blog e posso garantir, que o trabalho da escritora Thati é simplesmente.. FANTÁSTICO !

    ResponderExcluir
  7. Super legal ela!!! Gostei muitooooo!!
    Eu estou curiosíssima para ler seus livros!! ;)
    Principalmente, Poder extra G! Porque tem cara de ser divertido e reflexivo!!
    Muito sucessooooo para a Thati!!
    bjos

    ResponderExcluir
  8. Poder Extra G eu já vi muita gente falando, esta na minha lista. Gostei da Entrevista, acho que e sempre um incentivo para os próximos escritos ( Como Eu),saber um pouco mais sobre como foi escrever, as dificuldades e as felicidades. Já quero ler!

    ResponderExcluir
  9. Poder Extra G eu já vi muita gente falando, esta na minha lista. Gostei da Entrevista, acho que e sempre um incentivo para os próximos escritos ( Como Eu),saber um pouco mais sobre como foi escrever, as dificuldades e as felicidades. Já quero ler!

    ResponderExcluir
  10. Eu adoro a Thati! Tô morrendo de vontade de ler os livros dela e todo mundo está falando super bem de Ponte de Cristal. Não gosto tanto assim de distopias, mas amo um bom romance, então acho que vou adorar a leitura. Sem contar que a autora é super simpática, né? Fico muito feliz pelo sucesso dela e espero que venham muitos outros livros pela frente! Curti muito ler a entrevista, Kel.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Ainda não conhecia a Thati nem suas obras. Me interessei muito por Ponte de Cristal. Gosto de romances e ainda tem distopia... tô muito inclinada por esse estilo. Concordo com a Thati sobre o lado negativo dos digitais. .. realmente ter um livro nas mãos eh maravilhoso! !
    Sobre a entrada no mercado editorial eh lamentável nosso país não dar chance a novos nomes... surge tanta gente boa q a gente só conhece porque muitos blogs literários vêm dando uma super ajuda na divulgação dos trabalhos.
    Bem, de qualquer forma, desejo boa sorte pra Thati e parabéns pela entrevista!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!