# Mudando de Assunto // Entrevista Internacional - Hugh Howey

Oiee gente, tudo bem?

Imaginem a situação: a blogueira aqui vai dormir às 3:40 da manhã porque chegou tarde do aniversário de um amigo. Ela acorda com a garganta totalmente seca e, como ainda tá meio trebada de sono e não consegue enxergar os ponteiros do relógio de parede do Chapeleiro Maluco, pega o celular para olhar as horas e... MANO, TEM UM EMAIL DO HUGH HOWEY!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Para o mundo, por favor, vamos recapitular: tinha-um-email-do-Hugh Howey agradecendo o interesse em fazer uma entrevista com ele e dizendo: "espero que goste das respostas". Comecei a pular e a fazer a dança da blogueira maluca pirada virada no macaco louco, que é algo mais ou menos assim:

 \/


Bom, claro que depois dessa foi difícil voltar a dormir, então não reparem. Antes de começar a entrevista, claro que eu tenho que agradecer ao próprio autor: Hugh Howey, um dos meus autores preferidos do momento, que com a sua enorme generosidade, leu e respondeu tão prontamente ao meu email. Para quem não sabe, o Hugh é o autor da trilogia Silo, apenas A MELHOR DISTOPIA de todos os tempos.  E logo após finalizar a leitura do segundo livro da série, Ordem, eu precisava de respostas =P. Agradeço também ao Bruno que, como sempre, faz a revisão das minhas entrevistas para o inglês impedindo que eu pague mico com alguns errinhos de tempo verbal que sempre passam despercebidos. E, desta vez, agradeço também à Mari do blog Cantinho de Leitura da Mari que me ajudou na tradução de algumas palavras que eu nem sabia que existiam no inglês =P.

Agora chega de encheção de linguiça e vamos à entrevista:




























1) Você começou através da publicação independente na Amazon. O que você acha destes novos métodos de publicar um trabalho?

Eu amo. A auto publicação te dá liberdade e controle. Eu posso escrever o que eu quiser e posso publicar com a rapidez que eu escolher. Eu posso ir direto aos meus leitores, mais facilmente do que um agente literário ou uma editora. Não é diferente da liberdade de criar seu próprio blog ou fazer um post no facebook ou twittar o que você estiver pensando. A mesma coisa deveria se aplicar a contar histórias. Ninguém deveria dizer "Não vão gostar deste livro, então você não está apto a publicar". A Amazon dá, à milhões de escritores, a liberdade de se expressar e ser recompensado pelo seu talento. 


2) Quando eu terminei Shift (traduzido pela Intrínseca como Ordem), eu fiquei chocada. Esse livro acabou de ser publicado no Brasil. Qual a reação que você espera do público? 

Eu espero que vocês fiquem surpresos com as reviravoltas. Nós gostamos de pensar que os caras malvados sempre são malvados ou que seus planos sempre geram um obstáculo, mas as coisas são mais complexas que isso. Com Shift, eu quero mostrar um lado do ser humano que as pessoas por detrás do Silo querem proteger. Quero mostrar como eles não estão no controle. A vida é caótica. Ela nunca é tão clara como nós gostaríamos que fosse. E eu acho que isso é algo bom. 


 3) Como você imagina o mundo em 2110 (ano em que se passa o livro)? 

Eu acho que vai ser "chocantemente" familiar de várias formas, mas bizarramente diferente de várias outras maneiras. O que nos faz humanos tem sido a mesma coisa há milhares de anos. Mas em 2110, eu acho que terá algo além do ser humano. Nós já temos um relacionamento com a tecnologia que aumenta as nossas habilidades. Em 100 anos, esses dispositivos farão ainda mais parte de nós mesmos. Vamos usá-los como nossa memória, e nossos computadores vão nos ajudar nas nossas decisões. Eu acho que será uma existência muito esquisita, mas não vai ser estranho para as pessoas que viverem nesta época, porque elas já estarão acostumadas e, para chegar a este ponto da humanidade, nós vamos andando aos poucos, um passo de cada vez.  

Eu também penso que em mais 100 anos a pobreza vai continuar diminuindo. Temos um longo caminho a percorrer e muitos países estão sofrendo, mas acho que vamos continuar a nos ver como um único mundo e um único povo.  A tecnologia vai nos trazer essa unidade e permitir que nos preocupemos uns com os outros. A globalização vai nos manter dependentes, em vez de pensarmos em guerra. Diferente dos meus livros, eu vejo bons tempos vindo pela frente para a maioria das pessoas.  


4) Você veio ao Brasil para a Bienal de São Paulo? O que você achou da experiência. Pensa em retornar? 

Eu iria adorar voltar ao Brasil! Foi a feira de livros mais incrível que eu já vi. Vários leitores! Filas enormes para entrar e estávamos rodeados de livros!  Eu ficaria muito animado quando os leitores começassem a ver seus autores preferidos como se eles fossem estrelas do rock. E a fila para o autógrafo dos meus livros estava imensa. Eu pensei: "uau". Eu passei três horas autografando, apertando mãos, abraçando os leitores, tirando fotos com fãs empolgados... Eu nunca vi nada igual a isso. Eu espero que vocês me recebam de volta.






























5) (Pergunta de um amigo que tive o prazer de apresentar a série) *Possíveis Spoilers para quem não leu Ordem* Eu ainda não me decidi se Truman está certo ou errado. Quer dizer, eu não tenho total confiança nele. Mas, em Shift, enquanto eles estavam planejando aquilo tudo, se o mundo iria realmente acabar, seria lógico fazer algo premeditado. Minha pergunta é: Porque Truman estaria errado em criar tudo o que criou? Eu perdi alguma coisa?  

Eu tenho o mesmo problema para entender Truman. Talvez ele esteja certo em tentar e salvar a humanidade. Caso contrário, talvez eles pudessem ser extintos. É muito difícil dizer e eu estou feliz por essa não ser uma questão fácil. O ponto é que nós devemos melhorar em aceitar todo este desconforto e a falta de respostas claras, através de um meio termo. Isso nos ensina a ver um outro lado, a entender outro ponto de vista e a duvidar da convicção que muitas vezes sentimos sobre nossas próprias opiniões. 


6) A série Silo trás várias críticas ao sistema e ao poder do governo. O que você quis alertar com o livro? 

O poder deveria ficar sempre nas mãos do povo. Quanto mais deixarmos nossas vidas e nosso poder nas mãos de certas pessoas, mais eles irão abusar da gente. Nós já vimos isso em toda a história da humanidade. O real perigo é ficarmos tão entretidos pelas distrações ao ponto de começarmos a nos esquecer do que realmente importa: família, segurança, liberdade, trabalho, arte, história, educação e tantas outras coisas. Nós somos envolvidos pelas disputas e paramos de trabalhar em conjunto por um futuro melhor. Ou nos importamos mais com novelas ou esportes quando deveríamos olhar para o que está acontecendo nas nossas comunidades. O mundo só fica melhor quando queremos que ele fique e quando trabalhamos ativamente para isto. 


7) Deixe uma mensagem para os fãs brasileiros da série. 

Obrigada pelo apoio aos meus livros. Isso significa muito para mim. Foi incrível quando visitei o Brasil e eu mal posso esperar para voltar! (e nós para te vermos de novo, seu lindo <3) 



É isso, gente. Espero que tenham gostado! Falar com o Hugh foi incrível e ter esse retorno é mais do que cabe em palavras. 




43 comentários:

  1. Olá Raquel,

    Menina que tudo!!! Muito legal e atencioso da parte dele!! Parabéns pelo blog e pela entrevista!!

    Estou lendo Silo e estou adorando!

    um super abraço

    ResponderExcluir
  2. Antes de tudo, parabéns pela entrevista! Deve mesmo ter sido muito empolgante e emocionante ler as respostas. Já vi a sua animação com essa trilogia, então depois de ler as respostas dele (pulando só a que tem spoiler), estou ainda mais interessada em ler os livros. Espero gostar tanto quando você.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Que bacana! Ele foi muito simpático.
    Li Wool quando o Hugh ainda não era famoso. Na época foi uma das minhas primeiras compras para o meu recém-adquirido Kindle.
    Muito legal ver os autores independentes que ganharam o mundo começando pela autopublicação.
    []'s

    ResponderExcluir
  4. Oi Kel..
    Deve ser o máximo mesmo, imagina! Estou esperando a resposta de uma autora, vamos ver.
    Eu ainda não li a série Silo, mas todos falam super bem.
    O autor foi muito simpático e até consegui me interessar em ler. Quem sabe eu me anime.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oláá
    Que legal a entrevista, o autor é bem fofo, gostei dele haha aodorei as respostas e o post ;)

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Kel, tudo bom?
    Eu não conhecia esse autor, na verdade, ler a sua entrevista foi realmente meu primeiro contato com ele, afinal, ainda não li nenhum dos seus livros. Mas achei muito legal a sua entrevista e acho que foi uma oportunidade incrível poder falar com ele, certo?

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oiee

    Adorei a dança do macaco louco rsrs e fiquei super feliz com a entrevista também, apesar de ainda não ter lido o livro dele que já esta na fila por sinal eu amei ter conhecido ele pessoalmente na bienal essa foto ficou show!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  8. Parabéns você merece essa entrevista incrível, que máximo você deve ter amado a entrevista e amado conhecer ele. Sonho! Adorei saber mais sobre o novo livro estou começando a ler ele,Hugh e incrível alem de ótimo escritor e super fofo. Apoio a ideia dele voltar ao Brasil ,mas por favor tragam ele aqui em Minas,não posso ir para Sp toda vez que meus escritores favoritos forem.
    http://chanoinverno.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Eita o.o
    Que coisa maraaaviilhoosssaaa :D imagina só a pessoa que você é super fã responder suas perguntas? Caramba!
    Ne, consigo imaginar como você se sentiu *---*
    E quero muito ler Silo :D
    Agora eu só fiquei mais empolgada ainda :D
    Sério. Estou feliz pela sua entrevista, que foi muito boa por sinal :D
    Bjs
    Www.horadaleitur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Kel sambando de salto 15 na cara das inimigas! UAHUAUHHUAHU

    Imagino a dança quando recebeu o e-mail dele. Acho que sairia correndo pela casa gritando. Sou dessas. Adorei a entrevista, ele foi suuuuuuuuuper simpático. Já tinha interesse pelo livro, agora aumentou ainda mais por causa das respostas dele. Arrasou!!!

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Kel, tudo bem?

    Parabéns pela entrevista e fico muito feliz por você. Esse autor é um amor, né? Eu fui na Bienal ano passado, mas não consegui ver ele. Espero que ele ao retorne ao Brasil em breve.

    Estou muito curiosa para ler essa trilogia, adoro o gênero e sempre me interesso. Meu amigo também leu Silo é amou, por isso espero ler em breve. Adorei as repostas dele, muito fofo e simpático.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
  12. Volta, Hugh! Eu tirei foto com ele, mas não consegui comprar o livro. Agora já tenho Silo, ele tem que voltar pra autografar! hahahaha
    Amei a entrevista e a fofura dele em responder. Só achei meio utópico ele dizer que um dia o mundo será um só, que as pessoas vão se preocupar umas com as outras. o.O Mano, não vai! Seria ótimo, mas o povo é muito umbiguista pra isso.
    Enfim... preciso ler!!! E depois pegar o 2. E depois ansiar pelo 3. rs
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Kellll,
    Que máximo, comunicação direta e respondida pelo autor!!! Isso realmente é para deixa sem palavras. Adorei a entrevista e achei ele um fofo em estar disponível. Muito bacana ele reconhecer e valorizar a Amazon que publica e dá as primeiras oportunidades aos autores independentes, tanto que aqui no Brasil a Amazon está fazendo um sucesso danado.
    Eu destacaria algumas respostas dele como interessantes, mas esta em especial falou muito intensamente a mim: "O poder deveria ficar sempre nas mãos do povo. Quanto mais deixarmos nossas vidas e nosso poder nas mãos de certas pessoas, mais eles irão abusar da gente. Nós já vimos isso em toda a história da humanidade. O real perigo é ficarmos tão entretidos pelas distrações ao ponto de começarmos a nos esquecer do que realmente importa: família, segurança, liberdade, trabalho, arte, história, educação e tantas outras coisas. Nós somos envolvidos pelas disputas e paramos de trabalhar em conjunto por um futuro melhor. Ou nos importamos mais com novelas ou esportes quando deveríamos olhar para o que está acontecendo nas nossas comunidades. O mundo só fica melhor quando queremos que ele fique e quando trabalhamos ativamente para isto.! SIMPLESMENTE DEMAIS!!!
    Parabéns pela iniciativa Kel, você sempre se superando.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Por Zeus, não acredito que você conseguiu uma entrevista com ele. Amei!!

    Adorei a entrevista, Kel. Ele é muito simpático, além de escrever muito bem. Eu amei Silo, mas ainda não tive tempo de ler a continuação.
    Achei bem pertinente a resposta dele sobre o poder e o povo. Não esperava menos de alguém com uma obra tão crítica e incrível.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de abril. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  15. eu não sabia quem era o autor pq não sou muito ligada em nomes mas fui lendo a entrevista e descobri.
    eu ainda não li nada dele, mas já está no meu kindle a alguns dias.
    cara uma das coisas que eu adoro é auto publicação, ajuda muito e sem contar que você autores ótimos través desse meio.
    achei ele super legal em responder a entrevista.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  16. Ah, que máximo que o Hugh respondeu seu e-mail, Raquel!! *-* A dancinha com certeza teve razão de existir!

    Não comecei a ler os livros dele ainda, mas ele é um fofo, foi o máximo tê-lo na Bienal! E era visível o encanto dele por aquilo, dava pra ver no olhar! Não tinha a menor ideia de que ele tinha começado com auto publicação na Amazon, realmente é um jeito de ter muita liberdade na escrita.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  17. Aeeeeeeeeeeee Kel, parabéns pela entrevista! Você deve estar nas nuvens :)
    Adorei a entrevista. Não conheço a serie porque nunca tive interesse em distopias antes, mas estou me permitindo conhecer agora. Talvez eu acrescente Silo a minha lista de leituras.

    Bjin da B

    Mundo B - Paixão, Amor e Outros Vícios

    ResponderExcluir
  18. Oi Kel tudo bem???
    😰😰que máximo!!!!!
    Nossa eu amei a entrevista... na época da Bienal eu nem conhecia muito Silo e nem imaginava que o autor tinha vindo ao Brasil... as fotos ficaram maravilhosas... Nossa adorei tudo que li... imagino a sua felicidade em encontrar o e-mail com a entrevista respondida.. show... o autor parece ser super simpático... parabéns... xero!!

    ResponderExcluir
  19. Ae!!!! Conseguiu entrevistar seu autor querido!!! Um dia eu consigo conhecer o meu autor também e ficar com essa carinha feliz que vocês estão nas fotos.
    Eu ainda não li Silo, e por isso, também não li Ordem. Mas pretendo ler até o final deste ano...já tenho o livro aqui em casa, mas me falta tempo. Todos os meus amigos que leram me enchem o saco para ler esta distopia. Se eu continuar enrolando acho que vou acabar apanhando! Hahahahaha

    ResponderExcluir
  20. Hey!
    Que tuuuuuuuuuuuudo! Isso foi suuuper atencioso da parte dele, ganhou me respeito!
    Parabéns pelo trabalho e pela entrevista!
    Um grande beijo!
    Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Não sei que é Hugh Howey. Mas vejo que foi algo muito importante para você, parabéns!
    Espero que como você, os fãs dele venham conferir e se deliciar com a entrevista.
    Da entrevista, gostei muito da resposta 6, quer dizer, gostei de tudo, mas a resposta 6 foi a que mais me senti atraída pelos ideais do autor.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Kel, amei!!! E eu não sabia que ele começou publicando o livro pela Amazon... Vou pesquisar mais sobre isso. E olha, continue acreditando! Sempre mande emails para os seus escritores preferidos. :) É uma delícia! Eu tenho feito isso ultimamente. Um abraço!

    ResponderExcluir
  23. Olá, Kel!

    Como assim você conseguiu uma entrevista com ele? OMG! E o melhor de tudo foi ter trago a nós. Valeu!
    Amei a entrevista.
    Abraços

    www.estantejovem.com.br

    ResponderExcluir
  24. Adorei a entrevista, parabens e pelo blog lindo que voce tem.

    ResponderExcluir
  25. Não acredito que vc conseguiu uma rentrevista com ele ! Hahahhahahah já virei sua fã ! Além de adorar seu blog, sempre encontro surpresas ótimas nele e a sua simpatia,
    Bjus

    ResponderExcluir
  26. Oie Kel!!!

    puxa menina que delicia em, já to pensando em como você deve ter ficado maluca quando viu o email rsrsr, eu me lembro do dia que a Abbi Glines respondeu meu comentário no site dela fiquei surtada ahaha. Adorei a entrevista ele foi um querido, ainda não li o livro mas já estava na minha meta e depois dessa entrevista prevejo ele furando fila everrrr ;) beijão*...*

    http://notinhasderodape.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. AI QUE AMOR! Gente <3 Não li silo ainda,mas só pelo carinho do autor contigo já dei uma animada louca. Acho tão lindo quando os gringos dão atenção pra nós! www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  28. Oi Kel, tudo bem?
    Que tudooo!
    Nunca li nada do autor mas tenho curiosidade.
    Já li suas resenhas dos livros dele aqui :)
    Ele parece ser uma pessoa incrível! Parabéns pela entrevista que ficou ótima!
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  29. Q legal!!! Maravilhoso!!!
    Parabéns pela entrevista!!
    Achei muito simpático da parte dele te dar esse retorno. Foi muito atencioso.
    Ele pareceu ser bem simpatico tb na entrevista que, confesso li até a pergunta 5, pois vc diz q tem spoilers e eu não me arrisco mesmo!!! rsrsr Fui direto para a 7 para ver a mensagem dele para nós brasileiros.
    Já garanti meus livros e to esperando chegar (ansiosa!!!)

    ResponderExcluir
  30. OI Kel! Que entrevista bacana, ele é muito simpático e foi muito gentil em responder suas perguntas. Eu não li os livros dele, pulei até a pergunta do spoiler, mas tive a sensação que é uma distopia que difere das outras e tem uma forte crítica social aplicável para qualquer época. Bjos!!!

    ResponderExcluir
  31. Olá!
    Que maravilha, hein? Imagino a sua empolgação ao ver a entrevista pronta \o/
    Não li nada escrito pelo autor ainda, mas achei ele tão fofo que vou ir em busca de algo dele logo :D


    bjs

    ResponderExcluir
  32. Hey, tudo bem?

    Adorei a entrevista, parabéns. O Hugh pareceu super simpático e adorei as respostas dele. Adorei Silo e mal posso esperar para ler Ordem e já fiquei mais curiosa ainda para ler com as respostas dele sobre o futuro da distopia, mal posso esperar para todas essas reviravoltas.

    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  33. Parabéns pela entrevista, Kel! :D
    O autor parece ser super simpático!
    Eu morro de curiosidade de ler "Silo", parece ser mesmo uma ótima distopia e, como eu amo o estilo, vou adorar lê-lo!
    Eu acho essa forma de publicação pela Amazon muito legal, é realmente uma ótima oportunidade para novos autores.
    Beijos,
    Deia!
    Own mine

    ResponderExcluir
  34. Kel!!! Lindona que coisa mais linda!!!
    Parabens pela entrevista, imagino a sua felicidade... e minha nossa que autor mais simpatico!! Adorei!
    Amei a entrevista e você sabe que eu estou muito curiosa em ler essa série por sua causa né? Não sabia que ele tinha vindo pra SP acredita? :o

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  35. Uau menina, arrasou!
    Um fofo o autor né?
    pareceu ser super atencioso e com respostas bem detalhadas
    Adorei, ainda não li os livros, mas os quero MUITO
    Beijos
    Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
  36. Que autor carismático! Adorei ele por todo esse carinho e atenção. Ainda não li os lirvos, mas tenho bastante interesse só pelo jeito que você elogia a série hehe

    ResponderExcluir
  37. Kel acompanho seu blog e sua paixão pelos livros dele , então já imagino sua dança kkkkkkkkkkkk morri de rir, adorei a entrevista, parabéns ficou perfeita . Não sabia que ele tinha livros na amazon , a liberdade que ele comenta é algo sem preço mesmo na edição de seus livros. beijos

    Joyce
    wwww.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  38. Olá Kel! Conheci o livro ordem aqui no teu blog. e desde então tenho nutrido um carinho especial por ele. Na verdade pelos livros né! Mas ainda não consegui comprá-los. Hoje você me deu um presente. Adorei conhecer um pouquinho mais sobre o autor e achei muito bacana da parte dele responde teu Email.

    Lindo post! Um abraço!
    Vanessa Vieira
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  39. Eu fico imaginando o quanto deve ser maravilhoso ter a oportunidade de entrevistar um autor preferido *-* Parabéns, Kel! Não há dúvidas que esse retorno é muito mais que merecido.
    Howey é muito querido e simpático, e me fez ficar aqui pensando sobre como o mundo pode vir a ser em 2110 haha

    ResponderExcluir
  40. Ainnn é tão bacana quando o autor dedica um tempinho para nós né?! Eu fico toda boba! hahaha e nosso conceito, que já é grande, aumenta mais ainda! Adorei conhecer mais o autor, minha curiosidade em cima da distopia criada por ele só aumenta e está mais do que confirmado a leitura para mim.

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  41. Com um e-mail deste, acordamos na hora não é mesmo? Que legal! Eu não li o livro dele ainda, apesar de ter pego o autógrafo dele. É sempre bom conhecer um pouco dos autores.
    Parabéns!
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  42. Que maneeeeiro!! Muito simpático ele!! =)
    Ainda não li a série, e já estava querendo, agora deu mais vontade ainda!!
    Isso que não sou muito fã de distopias rs
    bjooos

    ResponderExcluir
  43. Oi Kel, tudo bem?

    Parabéns pela entrevista! Eu ainda não li os livros do autor, mas quando eu leio uma resenha positiva sua eu sei que devo dar uma chance.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!