21 março 2015

# Mudando de Assunto // Entrevista com o autor Rudson Xaulin

Oiee pessoal, tudo bem?

Espero que sim =D. Hoje o nosso Mudando de Assunto é com o autor Rudson Xaulin, autor de Um Projeto de Cão Chamado Jill e outros vários títulos que prometem agradar todo o tipo de leitor.

Espero que vocês gostem da entrevista =D



1) Como você começou nesta caminhada como autor? 



Desde muito novo eu costumava escrever algumas coisas. Mas claro que jamais saberia que tudo isso um dia iria se tornar o que se tornou hoje. Muito menos que eu chegaria tão longe com a escrita e os livros, então, estou contente com tudo o que já me aconteceu...


2)  Você tem algum ritual na hora de escrever? 

Na verdade não. Tem dias que eu quero simplesmente escrever, então me sento lá no meu canto e escrevo. Sem pensar muito, sem quebrar a cabeça, simplesmente sai. Tem outras vezes que estou na rua, e muitas ideias me veem a cabeça, quando estou com meu telefone, ele se transforma em meu bloco de anotações. Chego em casa e passo tudo a limpo e tudo se transforma.



3) O que o leitor pode esperar de Um Cara que Escreve? 

De tudo um pouco. O livro tem dezenas de textos, e eu tenho certeza que vários deles vão te arrancar aquelas frases típicas: "é verdade", "é bem isso mesmo", ou quem sabe "me sinto assim". Porque é apenas uma pessoa escrevendo o que outras pessoas certamente já sentiram. Então claro que aquela leitura de ônibus vai cair muito bem. O livro vai se encaixar ao leitor, facilitando assim sua leitura.



4) Como foi colocar em palavras a sua relação com  Jill? 

Jill foi uma coisa maravilhosa em minha vida. Eu gosto muito de animais, mas aquela cadelinha foi muito além do especial. Depois que tudo aconteceu e ela ganhou a ideia de virar um livro, eu tentei escrever o mais rápido que pude, deixando o melhor que eu poderia. Mas para me "livrar" logo de ficar revirando aquela dor, voltando lá e escrevendo, o livro dela foi finalizado em apenas 2 dias. No terceiro dia eu coloquei as fotos e fiz a arte de capa, então foi muito rápido. Ficou muito bom, mas eu fiz muito rápido mesmo, eu devia esse livro a Jill e eu fico muito feliz quando as pessoas o elogiam e acabam levando Jill pra casa, é como se eu tivesse dado o meu melhor e como se isso tivesse mesmo dado certo.



5) Você tem 17 livros escritos. Qual foi o livro que mais te deu mais trabalho para escrever? 

O livro mais difícil foi CAOS, isso porque é muito extenso e eu misturei tudo o que eu mais gosto nele. Então foi como, não me "auto decepcionar" com o que eu estava escrevendo. Passamos das 1.300 páginas e assim dividimos o livro em 3 partes. Seu lançamento esta previsto para 2015, então temos que aguardar mais um pouco e ver o que a editora define: Se lança os 3 juntos ou se vai ser por partes. Por mim, poderia ser tudo junto ou um livro gigantesco, que pode chegar a 1.350 páginas, mas eles que definem isso.



6) Após 17 livros escritos você se considera um veterano?

Não, claro que não. Até porque quando me questionou nessa entrevista, eu tinha 17 livros prontos, agora já estou com 19. Eu escrevo muito rápido, meu sonho é chegar a 100 livros, se um dia isso acontecer, eu quero parar. Não é uma meta, mas é um número que não sai da minha cabeça. Parece difícil, mas eu acho que com o tempo e se eu continuar com essa cachola queimando, eu devo chegar lá. Vou fazer molduras e belos quadros de todas as artes das capas, pendurar em uma sala, sentar lá e sorrir. Fim da história.



7) Você tem livros lançados de forma independente e livros lançados em editora. Quais os prós e contras do lançamento independente?  E quais os prós e contras em buscar uma editora? 

O que muitas pessoas acham estranho comigo é isso, eu não vejo nada de ruim ou difícil nesse "ramo". Eu escrevia sem pensar em nada, isso foi se espalhando e as editoras me procuraram, assim vieram os primeiros contratos. De forma independente você tem mais trabalho, corre mais, mas é você no comando de tudo e direto com o leitor, o que eu acho legal. Com as editoras, eles fazem quase tudo o que é complicado, mas o melhor de tudo é a distribuição e divulgação do livro, não tem porque reclamar desta parte. Se algum escritor pensa em ser rico, no Brasil, ou ter um livro seu virando filme e ir para Hollywood, bom, ele deve tentar outra coisa ou ir pra Europa. Aqui tudo, em qualquer setor, ramo ou meio, no Brasil, tudo, TUDO é muito complicado e difícil. Meu conselho é: "Gosta de escrever?", se a resposta for positiva, simplesmente escreva, sem pensar em nada além disso. O que vier, vem.



8) Quais são os seus projetos futuros? 

Além dos 100 livros? Bom, eu não sei. A unica certeza que tenho é que quero continuar escrevendo. Como tenho esse envolvimento com bandas e o cenário rock n' roll, talvez um dia escrever mais biografias oficiais delas. Estou trabalhando em duas no momento, o que já gratificante demais. Eu cresci ouvindo músicos e suas músicas, hoje eu conheço quase todos os que eu sempre admirei, então, a futuro, ser apenas feliz. O que já conquistei está de ótimo tamanho!



9) Deixe um recado para os leitores: 

Corram sempre atrás daquilo que desejam ser ou daquilo que querem ter. Não esperem que sonhos se realizem, eles não vão acontecer se você não fizer por merecer, e o principal, lutar por eles. Muito obrigado por doar um pouco do seu tempo para saber um pouco mais dos meus livros, eu fico muito honrado. Paz!




26 comentários

  1. Bem modesto esse autor que tem a meta de escrever 100 livros hahaha Me encantei por Um Projeto de Cão Chamado Jill *-* e Um Cara que Escreve também parece ser legal. Se for mesmo do jeito que o autor descreveu o livro, tenho certeza que vou gostar.

    ResponderExcluir
  2. Achei legal que ele tem essa meta de chegar em 100 livros! É muita coisa ein! Não conhecia o autor e gostei de saber um pouco mais sobre o livro da Jill, deve ter sido bem doloroso escrevê-lo mesmo.
    Tudo que Motiva

    ResponderExcluir
  3. Nossa, gostei de ler essa entrevista com o autor. Adorei ver a cara de Um Projeto de Cão Chamado Jill, muito linda. E ele tem uma meta alta para atingir, mas já estou torcendo para que consiga. Quero ler os livros dele.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Ai gente...um cara escrevendo e com a temática de cachorro? Posso levar ele pra casa (o cachorro, senão meu marido me mata! kkkk)
    Não conhecia o livro e muito menos o autor, mas já fiquei interessada e nossa...quanto talento. 17 livros não é pra qualquer um não meu filho! Sucesso!

    ResponderExcluir
  5. sério que ele tem tanta obra escrita assim? como eu não conhecia ele ainda??
    muito legal esta entrevista, adorei conhecer o autor. vou atras dos livros dele agora mesmo :D

    ResponderExcluir
  6. Adorei a entrevista! Muito legal a ideia dele de emoldurar os livros :D
    Se um dia escrever os meus farei o mesmo!

    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir
  7. Kel é sempre muito legal conhecer mais detalhes da vida e do processo criativo dos autores nacionais. Meus Deus como assim 17 livros!!!??? Esse menino tem muita inspiração. Desejo sucesso!!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Kel, ainda não conhecia o autor.
    Nossa, ele escreveu o livro em dois dias!! Eu também amo animais e fiquei curiosa para ler este livro.
    17 livros já e eu desconheço ainda...não acredito rs

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Kel!
    Adorei a entrevista! Muito legal poder conhecer um pouquinho o autor.
    Me encantei com Um Projeto de Cão Chamado Jill, quero muito ler!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oiee

    Não conhecia o autor, amei a capa do livro esse cachorro é muito fofo! Ele é inspirado para escrever hein apenas dois dias rsrs fora os 17 livros rsrs

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ei Kel!
    N conhecia o autor!
    Qtaa inspiração hein? O livro aprece ser fofo, mas livros com cachorros me deixa tristee da vida hahaha!
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  12. Oi kel, tudo bem?
    Gostei muito de conhecer melhor o autor através dessa entrevista! Acho que já li uma resenha do livro dele o Um Projeto de Cão Chamado Jill.
    Caramba, sério que ele já tem 19 livros escritos? Parabéns ao autor pela determinação em alcançar seus objetivos e desejo a ele muita sorte no projeto dos 100 livros!

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi Kel, oi Rudson. Amei a capa do livro Um Projeto de Cão Chamado Jill. Me fez lembrar da minha cadelinha que já tive da mesma raça :'( É muito bom encontrar escritores dedicados, pois cada um tem uma experiência a contar e um conselho a dar. Estou guardando todos. As suas entrevistas ajudam muito Kel! Bjs
    folheandominhavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Muito boa a entrevista!! Adorei!!
    Meta é tudo na vida!!! Mesmo se nao alcançarmos, se olharmos pra trás vamos ver q nada foi em vão e q muita coisa aconteceu. Então, vale a pena de qualquer jeito.
    Amei o recado! Obrigada Rudson e muito boa sorte pra vc!!!!

    ResponderExcluir
  15. Oi Kel, tudo bem?
    Adorei a entrevista, e to boba com a velocidade que ele escreveu o livro do cachorrinho. Alias, amei a foto da capa, tão fofo!
    Adorei ver a visão do autor sobre a escrita e o mercado brasileiro, ainda mais considerando a quantidade de livros que ele já tem
    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Kel
    Não o conhecia, mas sabe que eu adorei o autor?
    Primeiro: que paixão pela cachorra... lembrou a mim mesma com minha Nanny... ela é tudo pra mim.
    Segundo a simplicidade dele e as palavras que ele escolheu... A mensagem final dele é super profunda e se encaixou perfeitamente pra mim.
    100 livros? UAU Espero que ele consiga... me conquistou haha

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  17. Oi Kel... agora sim posso dizer que conheci uma pessoa mesmo que através de uma entrevista possui um sobre nome inspiração... nossa quando li a parte que ele disse que escreveu o livro em apenas dois dias... fiquei de boca aberta... achei o autor simpático e bem seguro... não o conhecia... xero!

    ResponderExcluir
  18. Oi Kel, tudo bom?
    Nossa, esse autor é bem criativo e possui uma escrita rápida hein...Quero ser assim quando crescer, rs.
    Fiquei interessada no livro da cadelinha.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Eii, eu já tinha ouvido falar sobre ele (no colégio, eu acho) e gostei bastante da entrevista. Quero muito escrever um livro, mas 17?! Esse cara merece o meu respeito, hehehe

    Bjs, Juh.

    ResponderExcluir
  20. Oi Kel, tudo bem? Eu adoto post de entrevista com o autor e este eu não conhecia! Nossa, ele escreveu um livro
    em 2 dias???!!!!!! Um dia eu chego lá!!! Sucesso na meta dos 100 livros!!
    Beijos

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi Kel, tive o prazer de estudar no mesmo colégio que o Rudson hehehe e vi este guri crescer! Na verdade...ele me viu né, por que ele é bem mais velho, mas sempre que possível acompanho a história dele como autor! O cara tem talento e merece todo o sucesso, parabéns pela entrevista!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  22. Caramba, mil e trezentas páginas?! Ele escreve pra caramba. Nunca tinha ouvido falar do escritor. Mas adorei a entrevista, muito, muito informativa mesmo ;-)

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    Muito legal esse espaço para podemos conhecer mais os autores nacionais, já conhecia alguns livros do Rudson eu querendo escrever um e ele já tem 17 muito sucesso pro autor !!!

    ResponderExcluir
  24. Que legal, gostei muitoooo da entrevista!!!
    Já vi sobre esse autor em outro blog, só não me lembro aonde kkkkk
    Quero mtoooo ler o livrinho do Jill, aiiii que lindoooo, amo livros que fale sobre animais <3
    Pena que na maioria fala da morte deles, aiiii , por que não podemos pular essa parte???
    bjaooo, kk

    ResponderExcluir
  25. Nossa, dois dias para escrever um livro? Isso que chamo de rápido. Não conhecia o livro, mas fiquei bem curiosa para ler, sou apaixonada por livros sobre animais, e esse me encantou pela sinopse e porque também já tive um Rottweiler.

    ResponderExcluir
  26. Fiquei abismada com o tamanho do livro caos.. Seria complicado carregar por ai um livro gigante..
    Parece ser um autor bem criativo, preciso ler algo dele..

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!