# Resenha 197 // Amy & Matthew

Oi pessoal, tudo bem?

Espero que sim =D Hoje vamos falar do livro que muita gente estava doido para que lançasse logo aqui no Brasil. Amy & Matthew é um romance young adults com um quê de sick lit que me conquistou

Título: Amy & Matthew // Say What You Will
Autor: Cammie McGovern
Editora: Galera Record
Páginas: 336
Livro cedido em parceria com a editora


Sinopse: Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos. Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois que a diz para enxergar a realidade e parar de se enganar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa.À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele a ajudou.E quando a relação que começou como uma amizade se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava (ou sabe definir), eles percebem que falam tudo um para o outro… exceto o que mais importa.

Amy e Matthew estudavam na mesma escola desde pequenos, mas nunca foram o que podemos chamar de "próximos", Amy tem paralisia cerebral e não consegue falar, além de precisar usar um andador para se locomover. A aparência diferente de Amy fazia com que ela não tivesse amigos. É então que ela pede para sua mãe para trocar os acompanhantes profissionais que a ajudavam na escola, pelos próprios alunos, assim ela poderia se aproximar mais dos colegas. A mãe, Nicole, faz literalmente, uma entrevista de emprego com direito a seleção de currículo, etc e chega a alguns nomes, entre eles Matthew que se alternariam nos cuidados com Amy.

Apesar de todo o furor que envolveu o livro antes mesmo do seu lançamento, não quis saber nada da história até tê-lo em mãos . Por isso fui me surpreendendo a cada página, a cada frase de Amy, a cada pensamento conturbado de Matthew. O livro é inteligente e traz aquele choque de realidade que muitas vezes precisamos nos dar conta.

O mais interessante é que, apesar da deficiência aparente de Amy, as partes mais angustiantes são protagonizadas por Matthew que, apesar da aparência saudável, sofre de um mal praticamente invisível com todo o seu TOC (transtorno obsessivo compulsivo). As conversas de Matthew com si mesmo, o medo irracional que ele tem produzem uma grande tensão no livro.



Mesmo com esta atmosfera densa,  os personagens só querem viver a juventude fazendo (ou ao menos tentando) tudo aquilo que eles deveriam fazer. Amy principalmente. Ela quer que as pessoas a vejam como uma adolescente capaz de ter as suas próprias conquistas, por mérito. Amy tem aquele humor ácido e inteligente que fazem com que ela seja sensacional.

Aliás, é muito fácil se apaixonar pelos personagens e enxergá-los bem além das descrições físicas, graças à escrita brilhante da autora. É como se Cammie tivesse criado personagens complexos e cheios de defeitos tão sinalizados, mas, que ao mesmo tempo, desafiassem o leitor a ignorar essas limitações e não julgá-los pela aparência. 

Esta não é apenas de uma história de amor bonitinha. Amy e Matthew fala sobre jovens que encontram um no outro, um verdadeiro porto seguro, a despeito de toda a sociedade que simplesmente não aceita o diferente.  E acreditem, você vai se sentir mal em algum momento do livro por perceber que, muitas vezes, vemos o deficiente como um "pobre coitado". Mas esse olhar de pena é tudo o que eles não querem da gente.







O livro é narrado em terceira pessoa, mas intercala as visões de Amy e Matthew e ainda inclui mensagens e emails que os dois trocam ao longo do livro. Na minha primeira experiencia com a autora Cammie McGovern pude perceber essa escrita tocante que me fez mergulhar de cabeça nesta história. Espero que a Galera traga outros livros da autora para cá.

A diagramação do livro é simples, mas com detalhes nas fontes diferentes para os emails, cartas e mensagens. O livro é todo caprichado. Mas preciso dizer que o título original é bem mais a cara do livro que simplesmente Amy e Matthew!

Preparem-se para uma experiencia apaixonante e reflexiva. Amy & Matthew é uma história sincera sobre dois adolescentes que enfrentam diferentes desafios em busca da superação. Tocante, surpreendente e capaz de fazer o leitor repensar comportamentos. Não deixem a leitura passar.





47 comentários:

  1. Oiee

    Falou em livro que tem uma pegada Sick Lit eu amoooo e saio correndo para ler srsrsr o livro chegou ontem em parceria com a editora e não vejo a hora de ler espero que goste muito to precisando de leituras mais proveitosas :)

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu to louca pra ler esse livro, e com a sua resenha fiquei mais animada ainda!!! Amei.
    www.hicultura.com

    ResponderExcluir
  3. aaah Kel, eu sou uma dessas pessoas que está mega curiosa para ler este livro logo kkkkk
    a trama dele parece ser ótima mesmo, e confesso que gosto de ler este tipo de livro, com personagens que possuem problemas e tal...
    uma ótima trama. espero não me decepcionar, pois estou beeeem empolgada! hahahaha

    ResponderExcluir
  4. Me apaixonei por esse livro desde que li a versão em inglês. Os personagens são simplesmente maravilhosos e o enredo tem todos os elementos que me agradam em um livro. Eu realmente gostei muito da leitura.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Já havia visto o livro no catálogo da Galera quando foi lançado, e tinha achado a capa bem parecida com a capa de Eleanor e Parker, até os títulos tinham essa semelhança, e sinceramente achei que os livros tivessem algo em comum, mas não rçrç Até agora eu não sabia sobre o que se tratava a estória do livro e fiquei realmente encantada com o enredo dele e pelo tema abordado, tão "delicado", podemos assim dizer... Ao que parece, é uma ótima opção de leitura.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Kel. Vi esse livro na Bienal daqui e confesso que ele não me chamou atenção. Ainda não tinha lido nada sobre ele e a sinopse não me atraiu. Agora, depois de ler essa sua resenha, estou bastante inclinada para lê-lo. Adoro personagens com humor ácido. Vou colocar na lista.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Awww, eu já tava louca por esse livro, e sua resenha me deixou mais ainda! É verdade isso que você comentou, mesmo sem querer sempre acabamos vendo os deficientes com um outro olhar, muitas vezes de pena, sendo que é o que eles menos querem receber

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "O Cavaleiro Fantasma", vem conferir!

    ResponderExcluir
  8. Parece ser uma história linda demais.. Faz tempo que estou d eolho no livro e que bom que lançaram aqui (com essa capa q me lembra eleanor & park)...
    Assim q cair um pouco o preço, comprarei!
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  9. Ai, meus deuses ! Quero tanto ler esse livro. Eu ia comprar ele na pré-venda, mas por algum motivo desisti. Provavelmente vai ser a minha próxima compra no Submarino. Agora, com sua resenha, só fiquei mais ansiosa pra ter esse livro nas minhas mãos....
    Beijos,
    Ana.

    http://nasuaestanteblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li, mas já me afeiçoei aos personagens. Não gosto quando traduzem o título do livro diferente do que é no original. Toda vez que olho essa capa me lembro de Eleonor & Park. Fora esses detalhes o livro tem muito potencial para me conquistar!!!
    Beijos
    Porão da Liesel
    Fan page

    ResponderExcluir
  11. Esse livro parece incrivel, ja tinha ouvido falar dele mas nunca vi uma resenha..
    A historia parece incrivel e eu gostei muito da capa..

    ResponderExcluir
  12. Oooi,

    Kel, eu vi uma resenha bem diferente da sua, com elogios, mas com uma história bem diferente, a pessoa contou de uma forma que não parece ser o mesmo livro.
    Não li ainda, mas vi como todo mundo estava afim dele, eu também estou.
    Achei bacana esse negocio de os colegas poderem cuidar dela e de não mostrar os deficientes como coitadinhos, acho que isso é tudo que eles não querem. O olhar de pena é o pior olhar de todos. Minha mãe tem TOC e vive negando isso, mas tem hahaha é triste e complicado.
    Acho que a mensagem do livro é muito mais do que um romance, agora quero muito mais ele do que antes.

    Ps; adorei os pinguins <3


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Kel!!

    Estou louca para ler Amy e Matthew. Parece o tipo de livro que muda algo dentro de nós, pelo que ensina e pelo que nos faz sentir. Tento ler sobre ele também sem me prender muito aos detalhes da história. Acho que fica mais emocionante. kkk.. :)
    Que bom que gostou.
    Depois te conto o que achei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Quando a leitura é boa, quando corresponde a expectativa, é uma delícia. Então suas 5 estrelas me deixaram curiosa, mesmo não sendo o gênero que me agrade muito, porém se é realmente reflexivo talvez valha a pena.

    http://cafeecomletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Kel! Eu acompanhei mais ou menos o auê que as blogueiras fizeram em relação a esse livro, mas nem tinha dado atenção... Sinceramente nem a sinopse eu li. Fiquei surpresa ao saber um pouco mais da história com a sua resenha, realmente despertou meu interesse e acho que acabei julgando mal o livro apenas pela capa (que mesmo sendo bonitinha não me chamou a atenção em nada). Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    ResponderExcluir
  16. Oi Kel ♥
    Não conhecia este livro (na verdade só conhecia a capa) goistei muito da história e da sua resenha. Acho incrível os autores que capricham nos personagens... É como se eles criassem vida durante a leitura.
    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Tenho certo preconceito com esse livro, acho que o marketing foi muito forçado para que ele se parecesse com Eleanor e Park :/

    ResponderExcluir
  18. Kel esse livro me causa duas reações diferentes. A de querer correr para lê-lo e a de fugir haha
    Não sei o porque! Não sei o que esperar dessa leitura, mas ele parece ser muito bonito.
    É verdade que acabamos vendo aqueles que tem um deficiência como coitados e cosias do gênero. Mas as vezes eles são mais animados do que a gente rs.
    Bem, vou ver se roubo ele da amiga para ler depois ahha

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  19. Quando vi a capa desse livro imediatamente achei que era continuação de Eleanor e Park haha.
    Gostei da autora ter feito a protagonista Amy com uma paralisia cerebral, pois esse tema é pouco explorado nos livros.
    Quero muito ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Essa resenha me deu arrepios. Estou muuuito ansiosa para ler esse livro, demais. Até porque eu ouvi comentarios de comparação com Eleanor e Park [que é um dos meus livros favoritos por trazer um conteúdo tão realista]. Fiquei com um pé atrás quando me falaram sobre ele, mas depois de ler sua resenha nossssssa sinto que tenho que ler correndo hahahah. A personagem parece ser tão forte <3
    bjbjbj

    ResponderExcluir
  21. Oi Kel, tudo bem?

    Quando eu li a sinopse deste livro eu já me apaixonei. Ainda não comprei, mas espero comprar ainda este mês. Eu quero muito ler Amy e Matthew e conhecer mais sobre a história desses personagens que parecem ser incríveis, saber mais sobre as suas dificuldades e sobre a história de amor que promete ser linda. Estou ansiosa :)

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    Participem do -- Top Comentarista de Fevereiro--

    ResponderExcluir
  22. Oi Kel, sua linda, tudo bem?
    Sabe, você disse algo que é muito difícil de evitar. Quando olhamos para uma pessoa com limitações que não temos, acho que é automático o sentimento da pena. Mas sei que é errado. Sinceramente? Acho que no fim das contas, não é pena que sentimos, é medo de também termos a limitação. O que mais chamou minha atenção nessa história não foi a Amy e nem o problema dela, e sim o Matthew. Achei que a autora foi perfeita no seu argumento, pois se olharmos para Amy, a limitação física dela é clara aos nossos olhos. Mas se olharmos o Matthew, não iremos enxergar que ele tem TOC, só convivendo com ele.
    Acho que esse livro deve ser muito lindo.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Nossa, mas por que essa mudança brusca no título??? :O
    Eu tava tentando mergulhar na leitura sem saber muito sobre a história, mas sua resenha não deixou. rs! Acabei lendo por cima a parte inicial e já vi que tem tudo pra eu gostar. Estou esperando o meu chegar louca pra começar a leitura.
    Gosto de livros que trazem discussões e reflexões inteligentes.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  24. Também achei as partes do Matthew mais angustiantes. Como você, me esforcei para não saber nada da história antes de ler, e me surpreendi muito com o livro! E concordo, tudo que um deficiente não quer é um olhar de pena, aliás, deficiente nem é uma palavra legal, né, já traz todo um contexto embutido. Entendo porque eles não gostam nem de ser chamados assim, quem gostaria?

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  25. Olá Kel, ainda não li nada desta autora, mas pela sua resenha tenho que começar já por esse livro <3 As vezes como o livro mostra não é que tem alguma deficiência que sofre mais e sim aquele que aparenta estar bem por fora, achei bem original a historia e espero lê-la em breve <3

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  26. Olá

    Confesso que fiquei interessado sim no livro quando foi anunciado seu lançamento, mesmo também sem saber nada da história. Não sou muito de ler romances, mas tem alguns que parecem cativantes pra mim e este me pareceu desde quando vi a capa haha me lembra um outro YA também muito famoso e bem comentado pela blogosfera. Saber que é em terceira pessoa me deixou mais animado. Espero ler em breve.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  27. Kel, você conseguiu me deixar com ainda mais vontade de ler esse livro!
    No começo da resenha fiquei naquele: continuo ou não continuo? Porque gosto de me surpreender com o livro e estava com medo de você entregar alguma coisa, bom, valeu à pena! =D
    Apesar de não saber sobre o TOC de Matthew e a paralisia de Amy, gostei de ter lido uma resenha tão instigante como a sua! Parabéns! Sou super fã do seu blog =D
    Beijos!

    www.fofocasliterarias.com

    ResponderExcluir
  28. Oi, Kel!

    Tinha visto divulgações sobre o livro, e logo fiquei interessada. Parece ser um livro incrível, e os personagens devem ser apaixonantes a sua maneira. Sua resenha está incrivelmente linda e instigante, então se antes eu já o queria, agora quero mais ainda rsrs Ansiosa para Conhecer Amy e Matthew <3

    Beijos lindeza!

    ResponderExcluir
  29. Kel sei que vou gostar desse livro pela reflexão que vai me trazer, e com personagens que irão marcar . Gostei da resenha, a capa está lindinha . E imaginar a vida de Amy não deve ser fácil , ela ver seu mundo sobre a realidade com a ajuda já nos faz pensar e muito sobre nossa vida. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  30. Olá, Kel! Tudo bem?

    Esta será minha próxima leitura, mal posso esperar para começar a ler essa belezura! Fiquei muito feliz em saber que você gostou do livro, espero que comigo aconteça o mesmo e que eu consiga tirar ótimos ensinamentos, assim como você!

    Até mais,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Olá! Ai, quero muito ler esse livro, as resenhas que vejo são sempre positivas. Acho que é uma linda história rs
    Gosto de livro onde as pessoas se ajudam, onde encontram forças um no outro pra superar. E amo humor ácido hehe

    Beijos
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Oi,
    Quando vi a capa desse livro imediatamente achei que era continuação de Eleanor e Park haha.
    Gostei da autora ter feito a protagonista Amy com uma paralisia cerebral, pois esse tema é pouco explorado nos livros.
    Quero muito ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  33. Quando vi a capa desse livro imediatamente achei que era continuação de Eleanor e Park haha.
    Gostei da autora ter feito a protagonista Amy com uma paralisia cerebral, pois esse tema é pouco explorado nos livros.
    Quero muito ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  34. Kel, a sua resenha é a primeira que vejo de nota máxima. Todas que li, as resenhistas gostaram mas tiverem ressalvas, diminuindo a nota final, algo quanto algumas atitudes de Amy...Bem terei que ler para tirar minhas conclusões. No momento acho que não conseguiria me dedicar a leitura pois tenho outros do gênero na frente, como por exemplo Extraordinário que eu ainda não li =x

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  35. O livro tinha me chamado atenção pela capa, me lembrou Eleanor e park, e por isso quis ler a sinopse e fiquei bastante curiosa para lê-lo. Agora, depois de ler tua resenha, tenho certeza que quero ler. Já entrou na minha lista de próximas aquisições.

    ResponderExcluir
  36. Aiiiieeee, estou loucaaa para ler esse livro!!!
    Em todas resenhas dele que leio, dizem que a Amy é bem mais forte que o Matthew, deve ser porque ela é mulher né, rsrsrs
    Mas é sério quero muito conhecer esse amor dele, embora me parece que são terá um felizes para sempre :(
    Se for para mudarmos nossa vida, que venha! rsrs
    bjooos

    ResponderExcluir
  37. O livro me chamou bastante atenção pelo fato de se tratar de um romance juvenil e maduro, apesar do relacionamento ter seus problemas e segredos no começo é uma amizade e depois essa amizade vai ganhando formas palpáveis de um relacionamento concreto até chegar o ponto deles percebem que falam tudo um para o outro… exceto o que mais importa., a decisão que ambos sempre buscam é a reciprocidade, o amor entre eles.... <3

    ResponderExcluir
  38. Uns dos livro da minha lista, gostei da sinopse e resenha, parace ser um livro apaixona-te, com uma leitura fluída

    ResponderExcluir
  39. Oie Kel! Estou ansiosa para ler essa obra! A Amy e o Matthew chamaram a minha atenção por serem uma casal que vão lidar com o "diferente" com problemas físicos e emocionais e creio que uma relação assim é complicada. Mas achei bacana o fato do livro mostrar que por vezes vemos os deficientes como pobre coitados, o que na verdade não são! Beijos!


    Meu Diário

    ResponderExcluir
  40. Nossa, muito boa a resenha.
    Tenho certeza de que é uma lição de vida também, feita para pensar e repensar a vida!

    Fiquei ansiosa para ler.

    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir
  41. Sempre que via o livro não me empolgava para ler, pois justamente pensava que seria apenas mais "uma história de amor bonitinha" rsrs Mas com você falando nessa resenha que a história aborda uma temática que te faz refletir a realidade da vida, e ainda o abordamento do TOC, me empolguei agora para ler. E já me apaixonei pelo Matthew!

    Beijos

    ResponderExcluir
  42. Já me apaixonei só pela capa (sim, compro livros pela capa, sem nem mesmo ler a sinopse).
    A história parece até real, parece q te faz pensar na vida de um jeito diferente. Gosto de livros assim. Livros q qdo vc acaba de ler, vc para pelo menos por 1 minuto pra pensar em como as coisas podem ser diferentes, caso vc aja diferente.
    Gostei da resenha.
    bjoooo

    ResponderExcluir
  43. Olá Kel
    Esse livro tem uma capa simplesmente apaixonando e esse enredo? A história parece ser meio complicada por causa do preconceito existem, mas ao mesmo tempo parece ser fofinha por causa da historia de amor diferente entre essas duas pessoas.
    Esse livro está sem duvidas entre os meus desejados.
    Obrigada pela indicação

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  44. Apesar capa e da sinopse serem incríveis, eu ainda não li Amy & Matthew. Eu sempre tenho livros para ler antes dele, então obrigada por me lembrar dele ;) Sua resenha me deixou com vontade de comprá-lo agorinha mesmo...

    Bjs, Juh.

    ResponderExcluir
  45. Muita avaliação positiva desse livro, super curiosa para lê-lo! Amo livros com superação dos personagens, acho que a gente aprende bastante com as histórias.

    ResponderExcluir
  46. Uma menina com paralisia cerebral. Um menino com TOC. Dois adolescentes com problemas e um relacionamento que está me deixando cada vez mais louca de vontade de ler o livro. Só tenho lido resenhas boas sobre ele. Aguardando oportunidade para ler.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!