09 fevereiro 2015

# Resenha 196 // Para Sempre

Oiee pessoal, tudo bem?

Quem curte uma história de superação? Eu adoro! Para Sempre era um livro que estava parado há um tempo na minha estante e resolvi dar uma chance para ele. Apesar da bonita história do casal, o livro não me prendeu. Mas vou contar tudo para vocês aqui embaixo =)


Livro: Para Sempre // The Vow
Autores: Kim Carpenter; Krickitt Carpenter
Páginas: 144
Editora: Novo Conceito




Sinopse: A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.



Quando foi visitar uma loja de esportes para comprar alguns materiais, Kim acabou "conhecendo" Kickitt e mal sabia ele que estava diante do amor de sua vida. As aspas são porque eles se apaixonaram pelo telefone. Kickitt atendeu a ligação de Kim que queria fazer uma encomenda de um casaco de esporte. A química foi instantânea e eles se falavam bastante. Depois de muitas viagens de ambas as partes, eles se casam. Até que um dia, um acidente acontece, o que deixa Krickitt a beira da morte.

A história do livro é extremamente densa e mostra como muitas vezes a vida é frágil .Kim é um exemplo de marido. Daqueles que não desistem nunca e que coloca a vida da sua companheira acima da sua. A força dele é impressionante

Já Krickitt é inspiradora. Ela perdeu parte da memória e fico imaginando o quanto isto deve ser angustiante. Você tem certeza de uma coisa, mas todos a sua volta falam que, na verdade, é outra coisa... deve ser um diálogo complexo com a sua mente. E é muito bonito a forma como ela coloca a sua fé a frente das dificuldades, confiando na ajuda de Deus para sair dessa situação. 

O livro inteiro narra esta luta incansável para a recuperação das memórias de Kricktt. Dividas enormes, desentendimentos constantes, mas é incrível ver o quanto o amor verdadeiro suporta qualquer coisa.

Apesar do livro ter sido escrito pelo casal, toda a história é narrada por Kim. O ponto de vista é interessante, mas acredito que, se os capítulos fossem intercalados entre os narradores ficaria mais atrativo.

O que me incomodou na leitura foi o texto arrastado. A história é complexa e, com certeza, para o autor, que vivenciou tudo aquilo, colocá-la no papel deve ser difícil. Mas achei que eles se perderam em alguns pontos. A narrativa não linear ia e vinha e eu acabei ficando cansada. Um livro tão curtinho me custou quase uma semana para terminar. 

Para Sempre é uma lição de vida sobre esperança, amor e, sobretudo, de fé.

Como vocês sabem, o filme foi adaptado para o cinema, estrelado por Rachel McAdams e Channing Tatum



33 comentários

  1. Olá! Assisti o filme, mas ainda não li o livro. Pelo o que deu a entender pela resenha, a leitura parece ser um pouco arrastada. Não creio que eu o leria agora, já que tem outros da minha lista que me atraem mais.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. li este livro faz muito tempo, e mas também acho que se os capítulos fossem intercalados teria sido mais interessante...
    tanto o livro como o filme são lindos, mas bem diferentes.
    é bem inspiradora mesmo. faz a gente perceber o quão longe uma pessoa apaixonada pode ir.
    eu não achei a leitura arrastada na época que li. na verdade estava bem empolgada para ler pois já conhecia a história do casal hahaha

    ResponderExcluir
  3. Oi, Kel! Tudo bem?

    Eu não li esse livro e nem pretendo lê-lo. Eu comecei a assistir o filme e achei uma chatice... ZzzZzz ='( Todavia, adorei a resenha. Argumentos bem colocados :)

    Beijos,

    Juliana Garcez |Livros e Flores

    ResponderExcluir
  4. Oi, Flor! Tudo bom?
    Como você, concordo que se os capítulos estivessem intercalados, o leitor iria se apegar mais a história, que não deixa de ser emocionante. Não consigo nem imaginar como é estar no lugar de nenhum dos dois, ela com apenas uma parte de sua memória, a outra perdida e não saber o que fazer, confiar ficou algo confuso, e ser o marido que está ali, tentando fazer tudo dar certo e mostrar como eles funcionam bem juntos. A tempos estou querendo ler esse livro, e depois da sua resenha acho que vou na livraria comprar, quero muito ler!

    Beijinhos,
    www.percepcoes.blog.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Kel.

    Eu assisti ao filme e amei. Uma das poucas vezes que assisti antes de ler. Mas não fiquei interessada no livro e depois de sua resenha menos ainda. Já estou na minha segunda leitura arrastada e com preguiça de mais uma. Legal ter sido o próprio casal que escreveu o livro. Talvez se a narração fosse intercalada tenha sido melhor a leitura. Mas com certeza não arriscarei nessa leitura.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Sorteio de Carnaval

    ResponderExcluir
  6. Oiee

    Faz muito tempo que li este livro e amei ele, não achei arrastado e não senti falta de outra narrativa, amei a história de superação e fé deste casal e ainda não assisti ao filme.

    Bejios

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oii Kel! Nossa, parece que o livro possui uma bela história! Deve ter sido horrível para Kricktt ter perdido a memória! Fiquei curioso para saber mais sobre o livro! Adorei a resenha *-*

    Abraços =)

    Blog Coruja Por Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi Kel, tudo bem?

    Eu adorei ler este livro e conhecer a história deste casal. É uma história bem incomum e por isso mesmo linda. Eu também assisti o filme, mas acho que não fez jus a história verdadeira, o que me deixou bem triste.

    Chorei demais lendo este livro e aprendi muito. Eu adoro livros sobre superação e este além disso fala muito sobre amor e fé, e a maneira que eles abordaram isso me encantou.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    Participem do -- Top Comentarista de Fevereiro--

    ResponderExcluir
  9. Oi Kel!
    Amei a premissa do livro, a capa tb é fofa!
    Nem sabia deste livro, que pena q a hitória fica um pouco arrastada, pq a idéia do autor é bem lega!
    Deve ser mega angustiante msm esse lance da memória!

    Bjos!!

    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  10. Também achei o livro um pouco arrastado, acho que eles poderiam ter desenvolvido um pouco mais sobre o que aconteceu com eles naquela época

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  11. poxa que pena que achou a história muito arrastada kel.
    eu gostei muito desse livro e imagino que deve ter sido muito difícil mesmo para o autor ter escrito essa história. apesar de tudo eu realmente gostei da leitura.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  12. Aiii Channing *-*, adoro rs
    Eu quero ver o filme por causa dele, mas ainda não assisti porque quero ler o livro antes. O eterno dilema de um leitor, kkkk
    Adorei a resenha. Você apontou bem o que te incomodou na leitura, e creio que teria o mesmo problema, porque detesto narrativa arrastadas. Mas, realmente deve ter sido difícil para o autor botar isso no papel. E talvez fosse mais difícil para mulher explicar o que passava por sua cabeça, e talvez, por isso não teve dupla narração.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Kel!
    Esse livro nunca passou perto dos que eu tenho vontade de ler. Na realidade, já tinha visto outras resenhas que falavam da narrativa meio devagar que ele apresenta. E pra mim, o casal parece muito fraquinho, sem me chamar um pingo de atenção ou despertar sentimentos.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi Kel ^^
    Finalmente encontrei alguém com a mesma opinião que a minha. Se eu tivesse que classificar a leitura, teria sido da mesma forma que você e isso me incomoda um pouco, pois eu esperava muito mais do livro, queria algo mais arrebatador e menos cansativo.

    Ainda não tive coragem de assistir ao filme :(

    bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Kel, tudo bem???

    Eu assisti o filme e gostei muito apesar de achar a protagonista meio chata... não sei, eu não gostei muito dela... a atriz fez um ótima atuação, mas a personagem em si não me conquistou ao contrário do marido, que fiquei completamente consternada com toda a sua força e seu amor por ela... isso sim é amor... mas mesmo assim nunca tive vontade de ler o livro... mesmo sendo poucas páginas... Xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá ^^
    De primeira pensei que era mais um livro do Nicholas Sparks, rsrs, mas fiquei surpresa ao saber que não era! Nunca me interessei em ver o filme ou ler o livro justamente por pensar que era do Sparks (tenho uma aversão a ele) então agora acho que vou dar uma chance ^^
    www.muchdreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi Kel, tudo bom?
    Eu já assisti ao filme baseado nessa história e sei como a trama é densa e emocionante. Acredito que a narrativa mais arrastada seja justificada pela falta de contato da autora com a escrita. Apesar disso, tenho muita vontade de conhecer uma narrativa tão intensa e inspiradora.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Kel!

    Sabe eu sempre tive curiosidade em ler esta obra assim como Água Para Elefantes, mas o tempo me tirou ela. Não sei se um dia voltarei a sentir a vontade de lê-los.
    Sua resenha está ótima e seu ponto de vista me mostrou que mesmo com grandes lições de vida eu não quero ler o livro por ser cansativo e estou correndo de livros cansativos

    Beijos Fê
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  19. Olá
    Eu já li esse livro e também achei a leitura muito cansativa, deve ser pelo fato, que nem tu mencionou, que deve ser difícil passar uma história dessa para o papel, mas acho que eles poderiam criar uma narrativa que não fizesse a leitura ser arrastada. Lembro que demorei muito para lê-lo também, e no final, acabei ficando com uma ressaca literária terrível.
    Ainda não vi o filme, mas pretendo.

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu li esse livro rapidinho, apesar da escrita realmente não ser a melhor. Mas li com a mente bem aberta e dei um grande desconto por eles não serem escritores, e sim pessoas comuns que quiseram dividir sua história com o mundo. Também acho que ficaria mais atrativo com capítulos alternados.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  21. Olá Kel,
    Livros biográficos são meio complicados de ler quando a própria pessoa escreve. Há de se convir que a pessoa pode não experiencia alguma nesse sentido. Eu já li alguns e na hora de narrar a coisa fica um pouco lenta mesmo, mas isso não diminui o valor da história, que nesse caso é a luta de ambos para poder ter a mesma vida de volta, em detrimento de todas as dificuldades impostas ao casal. Ainda não li e nem assisti ao filme, mas é algo que penso mais para a frente.
    bjs

    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oi Kel, sua linda, tudo bem?
    Eu apenas vi o filme. Eu sinto muito pelo o que aconteceu a esposa dele. Mas confesso que me envolvi apenas com o drama dele. O amor dele, o medo dele a perder, os sacríficos dele, a luta dele, foi tão paupável, que eu torcia para ele!!!!!!Sei que não deve ter sido fácil para ela, nunca é, é muito injusto se pararmos para pensar. Tenho certeza de que esse livro irá me emocionar. Uma pena que a escrita não lhe prendeu tanto assim.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. oi, KEL!
    Li Para Sempre em 2013, e confesso que gostei. Achei incrível como o casal superou as coisas juntos. Eu assisti o filme um monte de vez (Tem Channing, como não assistir?) e eu sempre me emociono e acho lindo rsrs
    Uma pena você não ter gostado tanto da leitura.

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  24. Oi, Kel!
    Nossa, detesto quando a leitura fica assim arrastada.
    Eu não consigo seguir com uma leitura assim, é torturante. Ainda mais sendo um livro tão fininho.
    Mas você tem razão, eles podem ter se perdido, ou não souberam como por no papel suas próprias experiências.
    Eu tinha curiosidade sobre esse livro, mas nunca li, e agora não sei se vou ler. rsrs

    Beijinhos
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  25. A história em si é bem legal, tem essa pegada de superação e de como a vida é frágil, mas me parece algo do tipo: "Já vi isso em algum lugar" me parece um tanto repetitivo somente a questão da perda de memoria, ter que reconquistar o amor essas coisas.

    Portanto acho que é um dos livros que deixarei passar. Legal você sempre expôr de maneira clar os pontos que você não gostou do livro Kel.

    Abraço,
    Diego de França
    Leitor Sagaz

    ResponderExcluir
  26. Oi Kel,

    Bom esse é um livro que eu não tenho vontade de ler , eu não gosto de ler livros com poucas páginas, a história parece ser bem legal, mas com paginas eu sinto que a história passa voando e que o autor nao trabalha muito com os personagens. A capa é bem bonita, acho que vou assistir a adaptação, já que é um livro que eu não tenho vontade de ler.

    Mayla

    ResponderExcluir
  27. Oi Kel Lindona!

    Como você eu estou com este livro faz tempo paradinho paradinho na estante, hahaha. Ainda não havia lido nenhuma resenha dele e gostei muito da sua que apesar de relatar que a narração é um tanto arrastada (não curto isso), vou ler porque gosto de histórias de superação como você perguntou no início do post e sem falar que uma frase sua já me conquistou "o amor vence tudo", ah!!! Como acredito nisso.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Oi Kel,

    Eu comprei este livro já tem um tempão e ainda não me animei a lê-lo, já li algumas resenhas elogiando um pouquinho, outras que falam da narrativa mais cansativa, mas gosto de pensar que como é o relato de uma experiência real tem lá suas justificativas. Mas, como você bem colocou a a vida às vezes pode ser realmente frágil e nos reservar experiências nunca pensadas.
    Bom, eu pretendo ler o livro, afinal penso que sempre aprendemos com as vivências dos outros seja através dos livros ou da convivência diárias com suas dores e alegrias.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  29. Kel, não lembro se comentei neste post =x Sei que li assim que postou mas agora to na dúvida! hahaha. Vamos lá, quando leio que a o livro pode ser arrastado, isso já me intimida, já tive experiencias, e eu quando custo para ler, custo mesmo, mas eu tenho um defeito não consigo começar outro livro, então fico quase um mês com o livro =/ Acho que veria o filme para depois me arriscar na leitura.

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  30. Oi Raquel!

    Eu tenho muita vontade de ler Para Sempre, principalmente por conta do drama e da história do casal, mas o que me preocupa é o livro ser arrastado, acho tão complicado ler obras assim, pois o leitor fica desanimado. Entendo bem seu ponto de vista e apesar de ter curiosidade em ler, acho que deixarei para um próxima ocasião.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii, eu li esse livro ano passado e apesar de também ter achado a história um pouco arrastada eu gostei muito da história, porque adoro ler autobiografias e a história de superação deles e o amor é tudo muito bonito.

      Ótima resenha.

      Excluir
  31. Eu li essa preciosidade no final do ano passado. E ameeeei/amoooo demais!!!
    Achei o amor do Kim e da Krickitt uma coisa tão fofa e forte!!
    No entanto, quando a Krickitt voltou com ele depois do acidente não gostei muito,não. É claro que torci pela felicidade do casal, mas sei lá, ela ficava irritada demais, deu umas "descascadas" nele, que não precisava kkkkk
    Entendo a situação dela, mas me deu muita dó dele, porque olha, esse cara ama de verdade hein!!!
    Agora o filme ainda não assisti, porém, li que teve algumas alterações.
    Assim que der vou ler!!!

    ResponderExcluir
  32. Oi kel tudo bem, nossa resenhei esse livro nos primórdios kkkk bom primeiro a NC errou em colocar a capa do filme, por mais que a história foi baseada e curtindo o filme ele foi floreado demais! Eu gostei do livro porque é o relato "fiel" do que ocorreu realmente. Mas entendo qdo disse que em umas partes a leitura é arrastada.

    Dani Casquet - Livros, a Janela da Imaginação
    Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!