# Papo Literário // Escrever em livros

Oiee pessoal, tudo bem?

Quem tá preparado para mais um Papo Literário? Mês passado eu quase tive um infarto literário quando uma amiga me mandou, toda feliz, uma foto de um livro novo onde ela ESCREVEU PARA SI MESMA UMA DEDICATÓRIA.

Porque, Brazél?



Okay, o livro é seu e você faz o que bem entender com ele, certor? Se quer colocar o livro em um pedestal, coloque, se quer rabiscá-lo até não deixar nenhum espaço em branco, então faça isso (mas longe de mim, por favor). Mas com esta coluna é o meu eu lirico polêmico, preciso defender os direitos dos livros pobres e oprimidos por donos loucos que resolvem escrever neles!

Sendo assim, a pergunta chave é: porque NÃO escrever nos livros?

E eu vou responder: primeiramente porque nunca se sabe quando você vai querer doar ou vender aquele livro. E vamos combinar: ao não ser que você seja algum tipo de colecionador de livros com dedicatória, as chances de você comprar um livro que já está escrito, rabiscado ou marcado de marca texto é muito pequena.

Há quem justifique que escrevendo no livro você está eternizando aquele momento. Gente, alow! Post it está ai para isso, certo? Pode escrever o que quiser nele, cola na contracapa e está tudo certo. Viu? Simples. E ai se você vier a terminar com aquele namorado que te deu o livro de presente ou brigar com a sua melhor amiga que te deu o seu livro preferido no amigo oculto, é só tirar o post it e o livro estará como novo =)

Depois que nem todo o livro é livro escolar, gente. Sabe aquele livro de física enorme que por muito tempo você pensou que era só para prender papel? Pois é. Aquele livro que tinha exercício e que você escrevia o seu nome na capa para que o coleguinha não confundisse?  Então, um livro de ficção não é a mesma coisa que estes livros escolares. Ele é para ser lido e não para escrever seu nome com medo de perder.



Mas vou confessar que os primeiros livros da minha coleção estão marcados de marca texto. Principalmente o sexto livro de Harry Potter que é recheado de ceninhas de ciume do Rony e da Hermione. Eu usava o marca texto para destacar alguns quotes. Hoje em dia eu vejo isso e quero simplesmente me matar huahuahuahua. Com o tempo eu fui deixando de fazer isso com eles.  

Claro que um livro não deve ser um objeto imaculado mas é legal cuidar dele, principalmente se você for como eu, que quer passar toda a sua coleção para seus filhos. Sinceramente, quem tem esse carinho pelos livros sabe perfeitamente qual foi o livro que ganhou de presente, qual livro comprou em promoção, qual livro trocou no skoob... 

Não gosto dessa necessidade de marcar de uma forma visível qualquer coisa que seja para que aquilo fique "imortalizado". Já dizia O Pequeno Príncipe: o essencial é invisível aos olhos. 


55 comentários:

  1. Olá Kel,
    Esse tema é polêmico, mas eu concordo demais com você.
    Quando comecei a minha coleção eu tinha mania de marcar o texto, mas parei com isso, definitivamente, hoje eu coloco um post it, ou anoto o quote em algum caderno com o número da página e o nome do livro.
    Acho válido escrever em livros de vestibular que você vai precisar ler umas mil vezes, mas já acho absurdo rs.
    Beijos e adorei o post
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. HHAHAHAHAAHH eu tbm quero morrer quando vejo alguém fazendo isso nos livros. Meu TOC fica gritante!!

    Loucura LiteráriaFacebook

    ResponderExcluir
  3. entendo sua ideia de nao escrever no livro e achei otimo seu ponto de vista ^^ eu particularmente escrevo em meus livros o que julgo necessário e acho tao bom porque geralmente mantenho os livros que escrevo comigo, ja sei que nao irei me desfazer deles... e que delicia encontrar um livro da minha adolescencia escrito coisas daquela epoca...confesso que é uma bençao encontrar isso :)

    mas cada um é cada um ^^

    amei seu blog <33

    tenha uma linda semana flor

    http://jackelinenuit.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. EU adoro essa coluna!

    Tenho uma amiga que ganhou um livro do ex dela com uma dedicatória, ela não gostou do livro e não sei se alguém vai gostar de pegar um livro com ela HAHAHA
    No meu aniversario eu ganhei uma carta e dois livros, em cada livro a pessoa escreveu no livro todo, até na parte "favorita" dela. Eu achei totalmente desnecessario, mas não falei nada.
    Só gosto quando o livro tem a dedicatória do autor, dai eu gosto *-*


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  5. Eu não endoido tanto quando vejo alguém riscando os seus livros, faço cara feia só! rsrsrs
    Ás vezes as pessoas escrevem mensagens nos livros que me dão de presente, mas esse post me lembrou de dizer para não fazerem mais isso, porque concordo com o que você disse, nunca se sabe quando vamos trocar, doar ou vender o livro.
    Bjs, Kel <3

    ResponderExcluir
  6. Oi Kel, tudo bom?
    Quando eu era adolescente eu colocava meu nome na contra-capa dos livros. Hoje eu olho pra isso e tenho vontade de rir.
    Em relação a dedicatória, não vejo problema se o livro é um presente. Recentemente ganhei Felizes para Sempre e meu amigo escreveu uma mensagem linda. Mas, nos livros comprados eu me limito aos post-its.
    Beijos.
    www.livrosyviagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Trabalhei durante anos em uma biblioteca e eles escreviam no livro da biblioteca :o

    http://www.eucurtoliteratura.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Kel!
    Adorei a polemica de hoje. Infelizmente eu era dessas que marcava o livro e hoje tenho uns dois livros que gostaria de trocar/vender mas que estão marcados :( Aprendi da pior forma que colas o postit é o melhor para sempre que tiver vontade ir ler aquela frase.
    Ainda bem que não fiz isso com muitos livros, ainda tenho salvação.

    Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    ResponderExcluir
  9. Kel polêmica ahahaha
    Alguns dos meus primeiros livros tem meu nome na capa escondidinho, mas naquela época eu ainda era uma menina boba que pensava em emprestar os livros (hoje em dia eu só empresto pra uma amiga minha que eu sei que gosta de ler, de resto: saiam de perto da minha estante JÁ) , hoje em dia eu olho e quero me bater hahah marcar frases eu nunca marquei mesmo, as vezes quando acho um quote legal eu anoto na minha agenda com o número da página e tal. Respeito quem escreve nos livros, é uma escolha deles, dinheiro deles, mas não me mostrem por favor, da um começo de arritmia em mim kkkk

    ResponderExcluir
  10. Acho que essa questão é muito relativa, cada um tem liberdade para fazer o que quiser com o livro que comprou ou ganhou. Mas entendo sua preocupação e com certeza essa reflexão é válida.
    Antes eu colocava meu nome e a data da compra no início do livro, mas depois que comecei meu blog não faço mais isso. Também passei um tempão usando post it, mas confesso que estava gastando muito dinheiro, por isso passei a anotar em um caderno os pontos importantes da leitura. Mas os quotes confesso que coloco uma seta em lápis grafite.
    Enfim acredito que cada um deve ter consciência do pq está comprando determinado livro e se o mesmo for ser trocado, vendido ou doado futuramente então deve manter ele o mais intacto possível. Mas caso contrário deve ter liberdade e ficar a vontade com o livro.
    É isso querida, mais uma vez vc trazendo um ótimo tema para reflexão e debate!!!

    ResponderExcluir
  11. Confesso que escreve meu nome, telefone e data que o livro chegou na minha coleção na primeira página. Se eu ganho, escrevo também o nome de quem me deu, isso se a pessoa não escreveu nenhuma dedicatória ou algo do tipo. Mas isso é tudo. No meio do livro, a única coisa encontrada são vários post its que uso para marcar minhas quotes favoritas e também (porque não?) alguns erros de edição para alertar a editora. Pra mim, é importante ter essas informações escritas. Sobre comprar livros com dedicatórias, eu acho incrível. Sério! Adoro quando estou zanzando em algum sebo, abro um livro para folheá-lo e vejo uma dedicatória. Livros guardam não apenas a história escrita pelo autor, mas também a história de quem o possui.
    Um beijo

    http://vidasempretoebranco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Kel!
    Eu não tenho problemas com rabiscar livros, mas não costumo fazer isso com meus "livros literários". Com eles eu uso muuuitos post-its, daqueles pequeninhos. Adooro!! *-*
    Em compensação, meus "livros acadêmicos" são todos cheeeeios de anotações e mais os post-its.

    Beeijos
    Petra | Na Próxima Página...

    ResponderExcluir
  13. É aquela coisa, tem gente que acha que rabiscar é cuidar :\ e isso não é legal mesmo. Não tenho coragem de regaçar de propósito, quando é sem querer, ex cair, ou amassar. Mesmo assim fico triste, eu sou cuidadosa com o que eu gosto. E não gosto também de ver a pessoa estragando algo tão bonito e, que pode ser repassado para outras pessoas conhecerem.
    Abraços Raquel,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
  14. Olá Kel, tudo bem?

    Eu jamais rabisquei os meus livros, não gosto. Mas, acho que cada um faz o que quiser com o seu livro. Afinal, o livro pertence a tal, então, ele pode fazer o que bem entender. Não é nós que decidimos a parada. Se fosse, eu não queria que ninguém rabisquace. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    eu também não gosto que escrevam nos livros, poxa, eles são tão sensíveis. Se quer escrever seu nome ou colocar o número do cel., quem sabe não manda fazer um carimbo bonitinho com essas informações? Seria mais bonito e não estragaria o livro. Mas também confesso que meus primeiros livros ganharam minha assinatura, rs. Em especial os de HP também!
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi kel,
    sabe, pra mim esse negócio de fazer dedicatória em livros é bem indiferente. se tiver, ok. se não tiver, ok também...
    fiquei pensando aqui e os únicos livros que eu tenho com dedicatória é os que autores me enviaram. de resto, nada mais.
    quanto à escrever o nome, quando eu comecei a ler livro eu tinha este costume, mas calma que eu vou te explicar. eu tinha uma vizinha que sempre pegava meus livros emprestado e nunca mais queria devolver. ai eu peguei o costume de quando emprestar um livro para ela anotar meu nome, ai caso ela dissesse que o livro não fosse meu depois eu ia lá, mostrava meu lindo nome e falava para ela: me devolva sua bitch!
    acabamos nos afastante, ela nunca mais veio aqui em casa, eu nunca mais precisei emprestar nada para ela (graças a deus!) mas a biscate ainda ficou com uns livros meus da época que eu não colocava meus nomes. ela sempre me dizia que tinha comprado porque leu o meu e tinha gostado. aham, senta lá Cláudia.
    mas enfim, hoje não faço mais este tipo de coisa. não tenho o costume de marcar quotes nem nada do tipo só se me chamar muuuito a atenção mesmo...

    ResponderExcluir
  17. Bom eu não tenho problema nenhum com livros marcados, se me interessar eu compro e se o meu tiver e eu trocar no skoob já aviso a pessoa, enfim cada um tem uma opinião sobre isso mas acho que o mais conta é o apego que cada um tem com o livro e pra mim o apego passa longe ...

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  18. Kel em: sambando-na-cara-das-inimigas!
    Gente do céu, como isso é real, e bem irritante, eu concordo com você, meu Deus, existem os post it (ainda assim eu não gosto de usar...), eu também tenho essa sua ideia, quero deixar meus livros para meus filhos (caso um dia eu os tenha), porque a maior herança que podemos deixar é o conhecimento, e eu quero despertar neles o amor pelos livros, e se eu tiver meus livro conservadinhos e bonitinhos mais tarde eu poderei repassar a eles...
    Muita gente tinha que ler esse post, porque viu...
    Beijão Kel! <3
    http://respiralivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Kel, eu também não tenho o hábito de escrever em meus livros. Quando eu quero marcar alguma coisa, utilizo flags e post-its. Não condeno quem faz isso, já que cada um sabe qual é a melhor forma de interagir com a leitura. No meu caso, ainda tem outro fator que me impede de realizar marcações. Como moro em uma família de leitores, muitos dos meus livros são lidos também por outras pessoas e acho desrespeitoso entregar um livro todo rabiscado com as minhas impressões haha Perde toda a graça da leitura. Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Oi,Kel.

    Nunca escrevi em meus livros não. As vezes fico com vontade de colocar datas neles de quando foram comprados. Fico morrendo de dó. Mas gostei da dica de colocar os post it. Vou fazer isso com os que ganho e tudo mais. Já tenho dois que veio do seu blog. <3

    Paradise Books BR

    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Oii!!! Antigamente eu tinha medo até de colar post-its nos meus livros, vai que rasga quando eu for tirar!! rsrssrsr
    Hoje não tenho mais isso, mas não escrevo nuncaaa. Eu tenho alguns livros que foram dedicados a mim, mas eu não gosto muito disso, prefiro uma dedicatória em um papel e colá-la na contra capa com aquelas fitinhas coloridas que não pegam muita cola.
    É uma pena você ter escrito nos seus livros do HP, eu também não iria conseguir me perdoar rsrs.
    Beijos!!
    Quer falar de livros?

    ResponderExcluir
  22. kkkkkkkkkkkkkkk
    Kel vc n existe!
    Confesso que eu já escrevi muito em livros, e hj sou a melhor amiga dos post-its, mas todo mundo tem sua fase né? Até vc teve hahahahah!
    Mas hj tb trato meus livros bem, com vontade de passar de mãe p filhos!!
    Adoreiii mais uma vez o papo literário!
    Vc brilha!
    Bjos!!

    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Kel!
    Você acredita que eu nunca tive essa mania de escrever em livros? Nem em livros escolares. Colocava no máximo o meu nome, mas nada além disso. Nunca fui de marcar também, nem com post-its. Então...

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  24. Oi Kel, tudo bem
    No Harry Potter nãooooooo!!!!!!!!! Tinha que ser logo nesse!!!!!!! Risos.......
    Olha, você está falando com a pessoa que nem nos livros da escola escrevia ou marcava ou rabiscava. Eu faço isso até hoje, nos meus materiais de estudo, mas só na xerox, nos textos impressos, apostila, em livro, nunca!!!!!!
    Eu sei, eu tenho que desapegar, mas não consigo. Eu sei o pequeno príncipe tem razão, mas quando olho para o livro e penso que ele pode estar esgotado, que foi difícil comprá-lo, não tem jeito.
    Mas autógrafos dos autores tudo bem. Esse é o meu imite, risos...
    Ansiosa pelo próximo papo !!!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Kel sincera você vem sempre por aqui? Olá Kel Polêmica! kkkk Td bem? Minha opinião: eu só faço isso com livros da escola, porque preciso destacar isso e aquilo pra prova e morro de dó de fazer isso com meus outros livros. É sem noção fazer isso com qualquer livro, mas se é necessário e o livro é seu...
    Bjs
    folheandominhavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Ola Kel lindona eu odeio que escrevem nos meus livros kkkkk, a não ser aquele lindo autografo hehe . Fora isso não posso ver alguém escrevendo que já fico com dó do livro kkkkk ve se pode. Livro tem que estar sem riscos com cuidado . beijos

    Joyce
    www.livrosenantos,com

    ResponderExcluir
  27. Oi Kel, não gosto de riscar o interior dos livros, até porque, como você disse, os post it estão ai para isso. É até mais pratico na hora de localizar as quotes. Agora sobre o início gosto sim de colocar a data que eu adquiri o livro, e se ganhei gosto de ter nele as palavras de quem me deu, mesmo que um dia essa pessoa não faça mais parte da minha vida, um dia ela fez, não vou querer rasgar a página por conta disso. Se for autógrafo do autor melhor ainda! Os únicos livros que as vezes me dou ao luxo de dar uma rabiscadinha são nos acadêmicos!
    Beijos
    Blog: Porão da Liesel
    Fan page

    ResponderExcluir
  28. Também não gosto que rabisquem livros para serem lidos, simplesmente é um desperdício de um bom livro, que é claro que estraga, fica horrível.

    ResponderExcluir
  29. Oi Kel, tudo bem? Eu acho legal receber livros com dedicatórias, de autores e de amigos, acho que é algo que os torna especiais... mas apenas isso. Nunca escreveria uma dedicatória de um livro para mim mesma. Enfim, tem alguns livros que eu já marquei, principalmente aqueles livros paradidáticos que eu li para a escola, mas só... acho que, como você realmente disse, se você tem mesmo carinho pelos livros, sabe exatamente de quem é... e aquelas flags servem perfeitamente para o proposito de marcar algum quote especial.

    Enfim, não sou aquela neurótica por cuidados, lógico que quero meus livros bem cuidados, mas não morro de tiver um amassadinho aqui e uma sujeirinha ali, mas riscar os livros é demais... principalmente quando você empresta para alguém e volta todo marcado.

    Adoro esses seus posts de papo literário.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima //
    Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  30. Ei Kel, tudo bem?
    Como assim você passou marca texto em HP??? kkkkkkk
    Eu já escrevi dedicatória pra mim mesma (retardadice mesmo), mas foi a séculos, e também em livros de Harry Potter, não lembro qual agora.
    Meus livros didáticos são todos marcados, escritos e anotados, mas meus literários são bem cuidadinhos. Tenho alguns com dedicatória da pessoa que me deu, mas essa é a única página escrita, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Oi Kel, tudo bem?

    Particularmente, eu não gosto de escrever no interior dos livros. Como você gosto de usar post it para ajudar na marcações dos quotes. Quando eu dou livro de presente não faço dedicatória, apenas faço quando sei que a pessoa gosta de receber. Às vezes nem faço e a pessoa me procura para fazer a dedicatória. Eu não tenho nada contra em receber livros com dedicatória, até acho fofo. Pra mim, sem nenhum problema. É bem complexo esse tema, mas pra mim a única coisa que pesa é rabiscar o livro no interior. Dedicatória não.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
  32. Eu tenho pânico de livros em que as pessoas, escrevem, grifam, usam marca-texto. Mas faço uma exceção para a dedicatória. Eu gosto que as pessoas escrevam dedicatórias para mim, mas não escrevo quando dou um livro de presente, a não ser que eu saiba que a pessoa gosta. Não gosto nem de colocar post it, na verdade eu gosto de deixar o livro sem nada, para não influenciar minha percepção em uma releitura.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  33. Oi Kel :)
    Eu não escrevo nos meus livros porque não sinto a necessidade (e porque acho a minha letra feia kakaka), mas marco sim com marca texto e adoro. Além disso, não escrevo o meu nome nos livros, mas o meu namorado me ofereceu um furador em forma de coração e por isso eu furo a primeira página, para dizer que é meu sabe? Mas só faço isso naqueles livros que eu amo. Naqueles mais ao menos eu não faço isso porque sei que posso querer vender.
    Beijo
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  34. É bem particular essa questão, eu acho.
    Eu, por exemplo, já comprei livros em sebos justamente por eles terem dedicatórias e/ou anotações. Eu tenho Terceiras estórias, de Guimarães Rosa, todo cheio de anotações (de um sebo). E são lindas!!! Você não tem noção.
    E olha que esse é um dos meus livros favoritos.

    Sabe qual livro não faço questão de anotar nada? Os chamados best sellers.Estes, normalmente eu dou. Aí sim, eu concordo que deve-se respeitar o próximo leitor.

    A gente pode pensar na preservação do livro. Nesse caso, o marcador de texto não é recomendado. Nem caneta. Eu nunca uso, prefiro lápis.

    Ótima discussão

    Beijos!

    ResponderExcluir
  35. Não tenho o costume de usar marcadores, post-it e escrever seja com lápis ou caneta. Os quotes que mais gosto eu acabo passando para um caderno com citações favoritas, às vezes eu acabo usando, mas não faço muita questão.
    Tudo que Motiva

    ResponderExcluir
  36. Whyyyy??? Kel também fico horrorizada quando vejo algo assim, eu antes tinha mania de dobrar a pagina nas marcações que amava, até o dia que conheci o post'its minha salvação!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  37. Kel, amei o layout novo (sou atrasada, beijos).

    Bom, eu sou uma colecionadora de recordações. Os livros com dedicatórias dos outros, não minhas, tem um carinho especial. E pode me chamar de louca, mas a-m-o achar livros antigos com dedicatórias. Sério. Fico mais feliz com isso. Acho que peguei a mania do meu pai. Mas gosto muito. HAHAHAHAHAH não consigo fazer mais nada, apenas dedico o livro e só. Rabiscá-lo? Nunca.

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  38. Oi, Kel
    Filha, que coisa linda está seu blog! <3 Meu Deus. Perfeito. Tanto em estética, quanto em conteúdo. Merece todo o sucesso que está fazendo! Desejo muuuuito mais sucesso, viu?
    Espero que o GL.com fique lindo assim quando crescer! rs

    Sobre o post;
    Eu tenho vontade de exterminar quem escreve em livros! Concordo contigo. Coloque post-it, mas não risque. Eu tenho o hábito de escrever meu nome nos livros porque tenho medo de ser roubado (experiência própria. Tive o livro roubado no colégio e não devolveram porque eu não coloquei nome) #traumatizado
    Eu sempre uso post-it e nem marco todos os quotes!
    Concordo que o livro não é um objeto imaculado, mas não custa nada, cuidar os preciosos com carinho!

    Feliz Natal *-*
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  39. Olá

    Adorei a introdução quando disse que seu eu-lírico polêmico iria defender os pobres e oprimidos livros haha Eu particularmente não tenho problemas em escrever no livro, até porque se eu PRECISO escrever mesmo, eu faço a lápis. Geralmente anoto atrás da orelha do livro a data em que eu o comprei/recebi/ganhei e quando eu o empresto coloco meu nome no mesmo local, assim se caso quiserem dar uma de esperto pra cima de mim tenho como provar que é meu. Eu acredito nos livros em movimento e portanto apago quando vou doar ou vou vender ou trocar, vai também do bom senso da galera. Ainda não comprei ou troquei algum livro que estivesse rabiscado de caneta (ok, acho que a minha edição de O Pequeno Príncipe veio assim, se não me engano), mas nem liguei muito porque o que me importa é a história.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  40. Oi Kel.
    A única coisa que eu anotava na página inicial dos meus livros era a data de aquisição, e à lápis, mas parei com isso.
    Faço anotações à parte para resenhas, quotes preferidos costumo anotar em um blog, não gosto de guardar livros com os post-it(esse é mais um TOC de leitora que eu tenho rsrs) .
    Não faço anotações ou sublinho meus livros, mas quando pego livros na biblioteca que estão assim, sinto como se eles tivessem vida, e ficou ali um pouco da experiência do leitor anterior.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  41. Não tenho costume de escrever em meus livros, nem riscar, nem nada, e ai de eu ver alguém riscando, sei lá, tenho muita dó, acho desnecessário isso.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  42. Oi Kel, tudo bem?

    Eu não consigo escrever nem marcar os meus livros, pois gosto deles bem limpinhos. Conheço gente que escreve, marca alguns quotes e ainda faz comentários sobre o livro na capa, mas eu não consigo ser assim.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  43. Olá Kell!
    Eu acho um absurdo escrever no livro. Eu acho que falta de respeito. Eu tenho tanto cuidado com eles, e jamais faria uma coisa dessas. Se a pessoa quer fazer isso, tudo bem, eu não posso fazer nada. Mas ma minha opinião isso não é legal.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  44. "Há quem justifique que escrevendo no livro você está eternizando aquele momento.." kkkkkkk'
    FAÇA-ME O FAVOR, NÉ?!
    Acho horrível escrever nos livros.
    Os livros são tão belos e mágicos. Não devem ser rabiscados (na minha opinião).
    Aii aii.. enfim, adoro os papos literários! *--------------*

    ResponderExcluir
  45. Oi Kel,

    Eu adoro receber livros com dedicatória, mas não escrevo nada quando dou livros de presente, opto por fazer isto em um cartão ou em um papel especialmente desenhado ou coisa do gênero.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  46. A minha vó tem mania de escrever em tudo, e eu peguei um pouco disso dela até me conscientizar. Ela escreve na parte de dentro da capa: Emprestar é um prazer, devolver é um dever. Kkkkkkk Tenho vários livros que ela me deu com uma dedicatória enorme nessa mesma parte.
    Quando eu comecei o blog, ainda escrevia meu nome é a data nos livros, depois parei com essa vida e não marco mais nada. Aleluia! Hahahaha
    Adorei seus motivos, são justíssimos.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  47. Entendo sua preocupação mas não me importo com isso. Eu não escrevo nos meus livros mas é uma escolha que eu fiz! Tenho alguns livros com meu nome dentro e só.. Tenho outros. Q ganhei de presente e estão com uma dedicatória e eu acho legal isso.. Afinal foi um presente e a pessoa pensou em vc ao dar o livro!
    Basicamente.. Cada um faz o que quer com o livro desde que seja da pessoa em si. Eu não saio por ai riscando os meus mas se auiser vou fazer. Obviamente não faria com livros de outras pessoas por educação.

    ResponderExcluir
  48. Olá, tudo bem?
    Sou super fã de post-it, sinto repulsa em rabiscar livros. Mas, amo receber livros com dedicatórias *---* Quer ver uma Thay feliz? Dê-me um livro com dedicatória. Tá, eu não vou é escrever uma para mim kkkkk isso é carência demais.

    Beijooos!

    ResponderExcluir
  49. ESCREVEU PARA SI MESMA UMA DEDICATÓRIA???????
    Como assim?
    que gente doida..kkkkkkkkkkkkkk

    Me doeu a alma essa foto desse livro todo riscado.
    Detesto quem escreve em livro, só curto mesmo dedicatória e autógrafo do autor.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  50. É tão triste e doloroso ver os livros com qualquer tipo de maus tratos, mas escrever neles é muuito doloroso. Concordo com você, escreva nos livros bem longe de mim, meu pobre coraçãozinho não consegue ver esse tipo de maldade. Ownt *-----* ainda tem um quote d'O Pequeno Príncipe ^^
    Ah! Kel, seu um dia eu precisar de uma advogada para defender os direitos dos livros vou entrar em contato com você hehe.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  51. Hey, Kel!
    Meu Deus!!!! Eu tenho MEDO de pegar nos meus livros, pois sou muito desastrada, quanto mais escrever neles! Claro, nos MEUS livros. Iria me arriscar hoje a escrever uma dedicatória em um livro que comprei para o meu namorado, mas você me fez pensar se a ideia é realmente boa. Tudo bem que se algum dia ele me der algum livro com dedicatória e brigarmos, não vou me importar com a dedicatória lá.
    Suas dicas foram ótimas e serviu muito para mim, uahuahauaha

    Abs

    ResponderExcluir
  52. Hahaha
    Concordo plenamente, mas não sou tão contra assim. Por exemplo, ganhei dois livros esse ano que vieram com dedicatória, e eu acho um charme, e tem também os autografados, que acho um charme também; e tem um livro que ainda não li, que era da minha mãe e está todo grifado com caneta e marca texto nas partes favoritas dela, ela deu pra mim, e também acho um charme. Mas em geral, não gosto disso, nunca risquei um livro meu, só uso os post-it. E se eu pegar alguém riscando, eu mato kkk
    Beijos

    ResponderExcluir
  53. Olá! Bem, vez ou outra tenho o costume de marcar algo com post-it mas vez ou outra também pego um marca-texto (amarelo, de preferência) e rabisco, não por querer lembrar do quote, mas como um ritual mesmo sabe!? Mas prefiro não rabiscar porque sou meio desastrado e acabo ou rasgando a folha ou saindo tudo torto.
    Gostei do post e adorei o layout!
    Faz uma visita lá? Bookmore.

    ResponderExcluir
  54. Oi Kel!!!
    Super te entendo hahahha Eu nem gosto de levar os meus livros para os próprios autores autografarem... Da uma pena rsrs Prefiro que eles façam isso em marcadores
    Acho super justo usar só os post its...
    HAHAHAHHA entendo sua vontade de morrer pelo marca texto nos livros do Harry! Entendo a sua dor :p
    Bjs

    ResponderExcluir
  55. Oii!
    Amei a postagem.
    Confesso que escrevo meu nome e data que o livro chegou hahaha! Por favor não me matem kkkk mas depois de lê este post, vou tentar mudar minha atitude em relação aos novos livros que comprar. Eu sou muito apegada as minhas coisas e por isso anotava meu nome e também porque nunca pensei em vender ou trocar.
    Quanto a livros com dedicatória, eu simplesmente amo. Ano passado consegui comprar meus primeiros livros com dedicatória diretamente das mãos dos autores.
    Quando ganho livro, não importo se tiver dedicatória.
    Agora uma coisa q nunca fiz e nem vou fazer é escrever ou usar marcadores nas páginas dos livros, dá uma pena de fazer isso.
    Bjs.

    :)

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!