# Resenha 161 // Half Bad

Ei, pessoal, tudo bem?

Hoje é dia nacional do livro e tem resenha por aqui, claro. Nesse mês de outubro v i muitos blogs fazendo especial de Halloween com livros de terror e tudo o mais. Não sou fã do gênero, mas gosto de livros de fantasia. por isso, se você curte livros de bruxos, não percam Half Bad. mas se você é da turma dos que não gostam muito, leiam a resenha mesmo assim, prometo tentar deixa-los no minimo interessado por esse livro tao impecável.

Título: Half Bad // Half Bad
Autor: Sally Green
Páginas: 298
Editora: Intrínseca
Livro cedido em parceria com a editora




Sinopse: Nathan, filho de uma bruxa da Luz com o mais poderoso e cruel bruxo das Sombras. O adolescente vive com a avó e os meios-irmãos e é visto como uma aberração por seus pares. O Conselho dos Bruxos da Luz vê nele uma ameaça, que precisa ser domada ou exterminada. Prestes a completar dezessete anos – época em que todos os bruxos passam por uma cerimônia em que seu dom é finalmente revelado bem, como sua denominação como bruxo da Luz ou das Sombras –, agora Nathan terá que correr contra o tempo para achar o pai, que jamais teve oportunidade de conhecer, e salvar a própria pele.




Estamos na Grã Bretanha e lá vivem criaturas fantásticas, entre elas os Bruxos. Subdivididos entre os da Luz, tido como os "bons"e civilizados e os das Sombras, considerados maus, insanos e "anarquistas". No meio de tudo isto está Nathan. Filho de uma Bruxa da Luz e um Bruxo das Sombras. Ou seja, ele é meio código. Como se isto já não fosse o suficiente para que Nathan fosse renegado por grande parte dos Bruxos da Luz, o seu pai é ninguém menos que o pior e mais temido Bruxo das Sombras. Esta "indefinição" de Nathan faz com que ele sofra bastante na escola e até mesmo dentro de casa. Uma de suas meio irmãs faz questão de ser cruel com ele. A sociedade Bruxa é comendada por um Conselho que não dá trégua ao garoto. Ele não pode sair para muito longe, não pode ter contato com muitas pessoas... Mas o foco principal do livro é: Nathan tem o lado da Luz e das Sombras correndo em suas veias. Qual será o lado que ele irá optar?

O universo criado pela autora é interessante. Soma-se a isso uma escrita envolvente e o livro já é capaz de conquistar qualquer leitor Ela consegue desenvolver muito bem em apenas 300 páginas. E olha que este é apenas o primeiro livro da trilogia. Já na capa percebemos a dualidade abordada no livro. Os capítulos são curtos, o que deixa a leitura mais dinâmica e gera mais curiosidade no leitor.

Um diferencial é o fato da leitura começar em um fato futuro, para retomar ao passado. Lá pelo meio do livro, voltamos a este estágio inicial. Falando assim pode parecer que os fatos ficaram confusos, mas achei que funcionou bem. O que pecou foi a quebra no ritmo do livro. No inicio, a ação se faz presente, mas mais para o meio, há uma redução para retomar o gás no final. 

Os personagens do livro são interessantes, mas sempre divididos entre bons e ruins. O que chama a atenção em Nathan é justamente a sua dualidade: essa dualidade entre o bem e o mal que sempre existe dentro da gente. A discussão a cerca disto, proposta pela autora, é bem interessante. Afinal, seguir o caminho do bem ou o caminho "contrário" é uma opção exclusiva de cada um. Todos temos defeitos e é impossível apontarmos o dedo para uma pessoa e dizer: ela é boa ou ela é ruim.

Apesar das dificuldades na leitura, Nathan é muito inteligente e perceptivo. Sua capacidade de se meter em confusão é admirável, mas me surpreendeu perceber o quanto o personagem precisou amadurecer cedo. Fiquei tocada com a relação que ele tem com o seu meio irmão mais velho, Arran. Os dois são muito próximos e cúmplices.

É verdade que a autora poderia ter desenvolvido melhor a sociedade na qual os personagens estão inseridos. Mas ainda tem outros dois livros para isso. A história é muito boa e é impossível não sentir vontade de saber o que vem a seguir. A autora consegue passar a mensagem que gostaria e ainda deixa um gancho para a continuação.

A diagramação do livro é linda. Como falei, a capa também tem o lado da Luz e o lado Sombrio. Algo que eu só fui reparar quando o livro chegou aqui em casa.





63 comentários:

  1. Oii,

    Não conhecia essa série de livros, alias faz tempo que não leio nada de bruxas... Achei bem interessante o livro começar do futuro, bem diferente nunca li algo assim, acho.
    Normal ter esse negocio do bem e do mal, acho interessante também e o que me chamou mais atenção foi que o principal está dividido. Vou esperar as suas outras resenhas :)

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana! Sim, a série é bem interessante. To ansiosa pra ver os próximos livros. Espero que eu curta

      Excluir
  2. Gosto muito de obras com magias e fantasias, me levam ao extremo, e me deixam abismada como os autores fazem seus mundos. Gostei do protagonista Nathan, ele parece ser o tipo de personagem com personalidade. A capa é linda, e pelo o que disse sobre o lado da luz e sombrio, deve deixar ainda mais bonita.
    Beijos Raquel, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, nesses livros a gente vê o quanto os autores são brilhantes na criatividade. Adoro também

      Excluir
  3. Oi Kel

    Vi uma resenha desse livro e praticamente sai correndo para comprar kkkk todo mundo elogia a forma como é escrita e os capítulos pequenos , já tenho ele na estante só falta ler :)

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, adoro capitulos pequenos e com muito diálogo, acho que a leitura fica bem fluida;

      Excluir
  4. Hey, Kel, boa tarde! :D
    Vi o marcador desse livro na Bienal e confesso que fiquei curiosa. Não sei por que - mas não sei por que mesmo, imaginei que tivesse alguma coisa a ver com lobisomens, vai entender. Mas fico feliz por ainda seguir na linha de fantasia, sou uma grande fã do gênero, e com isso o livro já ganhou pontos comigo. E achei interessante essa questão da narrativa não ser tão linear, mas ter essa inversão dos tempos por um momento. Não sei, acabo sempre gostando um pouco dessas construções alternativas, talvez por mudar um pouco o ritmo da leitura. E achei bem incrível essa questão de tudo ser preto no branco, mas o protagonista ser "cinza". Em termos de ficção, temos essa tendência a esperar que tenha o herói da história, que é todo bom, e o vilão, que é de todo mal. Comece a quebrar um pouco essa ideia ao ler As Crônicas de Gelo e Fogo, e acho que será interessante ver a abordagem da autora para esse assunto. E poxa, trilogia! Acho que vou esperar lançar o segundo, então, para comer a ler, hehe.
    Beijos e ótima semana!

    Resenha de "Os Três" no ar, não deixe de conferir <3
    Confissões de um Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é sempre assim, Liah, as capas enganam. Vc deve ter pensado nisso porque a capa tem um rosto, sei lá =P eu achava que era um terrorzão sinistro =P

      beijos
      Kel
      www.porumaboaleitura.com.br

      Excluir
  5. Oi Kel!

    Caramba, esse livro está na minha lista desde que o vi lá na Bienal do Livro SP! Ele me despertou interesse justamente por se tratar de bruxos e também pelo título (amo histórias onde há mensagens que expressam nosso lado "mal" de alguma forma).

    Parabéns pela resenha, me deixou ainda mais interessado :)

    Beijos

    http://boy-lit.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas, vc foi na Bienal de SP? E nem me falou!!! Poxa, podiamos ter nos conhecido! Espero que curta a leitura

      Excluir
  6. Oi Kel.. Apesar de fantasia não ser meu genero favorito fiquei bem curisa para ler Half bad..
    Pela resenha ja me encantei com esse mundo que a autora criou..
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camylla,

      acho que vc vai curtir o livro. Ele é uma fantasia bem interessante, ao mesmo tempo não é muito pesado.

      Excluir
  7. Oi Kel,
    ah, desculpa, mas a trama do livro não me deixou muito curiosa. não faz muito o meu estilo, e, diferente de você, prefiro livros de terror hahaha
    não achei a capa muito bonita, e sei lá, ela tem um ar meio sombrio né hahaha

    ResponderExcluir
  8. Que bom que gostou do livro Kel! :D
    Estou bem ansioso pela continuação e espero que nos próximos a magia em si seja mais trabalhada. Eu adorei os questionamentos entre o bem e o mal presentes no livro. :)

    ResponderExcluir
  9. Oi Kel!
    Já vi esse livro por aí mas nem sabia do que se tratava!
    Eu gosto de terror e de fantasia... Parece ser um bom livro!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora, se você curte o genero, com certeza vai gostar do livro

      beijos

      Excluir
  10. Oi Kel, tudo bom?

    Estava vendo bastante propaganda desse livro no Skoob. Mas não tinha parado para ler sobre ele. Gostei da sinopse e essa capa está bem instigante. Acho que leria sim, mas é uma série né?! Ando fugindo um pouco delas quando estão no início, porque né... Fico muito ansiosa. Dai não dá. Mas gostei bastante da sua resenha.

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim o livro é uma trilogia. Sei que as vezes cansa esperar pela publicação aqui, mas vale a pena =P

      Excluir
  11. Oi, Kel!
    Já ouvi falarem desse livro e isso me deixou bastante curiosa.
    A sua é a primeira resenha que leio e só aumentou minha vontade de conhecer esse mundo. Adoro livros desse gênero e toda essa dualidade do enredo torna tudo mais interessante.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Eli. Espero que leia o livro em breve

      Excluir
  12. Kel nunca li nada de Bruxos, tirando HP OK?! hehehe então é um mini tabu meu que quero acabar, eu sempre acabo indo para o lado dos vampiros, mesmo que sem querer, depois lobisomem e bruxo sempre fica de lado, ele até aparecem mas como coadjuvantes e sem detalhes, este livro me parece uma ótima oportunidade para eu conhecer um pouco mais deste universo!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que isso, Joi!!! huahua precisa dar uma chance. Os bruxinhos merecem =P

      Excluir
  13. Olá, Kel.

    Já tinha visto essa capa, mas nem sabia do que o livro se tratava. Fiquei sabendo depois de sua resenha. :D
    Parece ser bem legal a estória que ele passa, essa coisa de um lado mal e um lado bom. Me lembrou a serie Lost Girl.
    Fiquei querendo conhecer Nathan e seu irmão Arran. Depois tentarei ler ele. o//
    Também tenho medo dos livros de terror, nem filme assisto a muitos anos, mas o Joe Hill me fez ficar curiosa com seus livros e terminei de ler A estrada da noite e curti muito a leitura.

    Visite: http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/

    Até mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paulinha. Não conheço essa série Lost Girl, mas se se parece com Half Bad, deve ser interessante. Vou lembrar de procurar depois.

      Excluir
  14. Oie Kel ❤-❤
    Adorei sua resenha!
    Eu já conhecia esse livro,pois havia visto nos lançamento da editora, mas não tinha noção sobre o que a historia retratava.Eu achava que era uma historia nada ver rs.
    Agora que sei mais sobre o livro,pretendo lê-lo em breve.
    Abraços

    ❤ Bruna Do Cantinho da Bruna


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre assim, eu achava que o livro era um super terror huahuahua normal =P

      Excluir
  15. Achei fantástica a ideia de começar a falar no futuro e depois nos remeter ao passado, Kel.
    Quero ler, parece ótimo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No inicio eu me confundi um pouco, mas a ideia é mesmo genial

      Excluir
  16. Oi, Kel, pois achei sua resenha bem Halloween! Não é dia apenas do terror, e sim do sobrenatural. Bruxos e bruxas ilustram bem a data, assim como fantasmas :)
    Não conhecia a obra, logo, nem a trilogia. O embate luz x sombras parece legal, gosto desses conflitos entre opostos. Imagina ser filho de um lad oe do outro? Complicado. Boa premissa.
    Gosto dessa metodologia de iniciar em um ponto cronológico e depois retornar para causar bom clímax. Não importa o gênero literário, ou a mídia, quando bem feito, vale muito a pena. Aliado a um universo que conquista, daria uma chance À obra.
    Espero que os outros livros também sejam bons e que você curta bastante. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tati. Falou tudo. A premissa do livro é muito boa e o desenrolar é ótimo. To bem curiosa para a continuação

      Excluir
  17. Oi Kel, tudo bem? Conheci esse livro esses dias quando um amigo me falou que na Bienal ele tava 13 reais ( estande do Submarino), uma pena que não encontrei ele lá, porque tinha comprado. A premissa dele me chamaba atenção, principalmente porque envolve bruxas (o que eu adoro), e pretendo ler assim que possível. Espero que a autora desenvolva melhor está questão da sociedade nos próximos livros.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ele tava super baratinho na Bienal. Mas fica de olho nele, as vezes entra em alguma promoção.

      Excluir
  18. cara esse livro é demais.
    ganhei quando traalhava em uma livraria. achei a temática interessante e sei lá, ao mesmo tempo mt doida pq se o bruxo não ganhar os três presentes ele morre. eita lele O.O
    mas enfim a capa é divina e ganhei o marcador tbm que tem os dois lados iguais a capa.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois ééé huahuahua coitado dele huahuahuahuahua dá qualquer coisa!

      Excluir
  19. Já tinha visto a capa desse livro, mas nem sabia que era um livro de bruxos... rs... parece uma história bem legal, isso de não desenvolver bem a sociedade na qual os personagens estão inseridos no primeiro livro é normal, mas tomara que esse ponto fique satisfatório nos livros seguintes! Gosto dessa discussão da dualidade do bem e do mal, e se tiver oportunidade vou ler.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a dualidade é um dos pontos altos do livro. Vale muito a pena =)

      Excluir
  20. Ola Kel amo temas com Bruxos, Magia, a sinopse já me chamou atenção por essa dúvida entre luz e sombras , uma pena que autora perdeu um pouco o ritmo, mesmo assim vou investir na leitura. beijos lindona

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joyce. Que bom!! Espero que tenha a oportunidade de ler o livro

      Excluir
  21. Oi Kel, tudo bem? Já tinha visto esse livro, mas nem sabia que se tratava de uma histórias de bruxo... então já quero. Achei bem legal a autora abordar essa dualidade bem/mal, e achei interessante o Nathan ter esses dois lados, mas tadinho, ele deve sofrer tanto por isso. Acho interessante esse formato da narrativa de começar com o que acontece no futuro e depois voltar ao presente, dá um vislumbre interessante. Pena que a autora não desenvolveu tanto o universo criado, mas espero que nos próximos livros ela faça isso.

    Adorei a resenha!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também estou com essa expectativa de que nos próximos livros vai ter mais um pouco deste universo.

      Excluir
  22. Não conhecia essa série e confesso que não fiquei interessada, histórias de bruxas e bruxos chamam a minha atenção, mas no momento eu não estou querendo ler um livro assim, mais ainda sendo um que faz parte de trilogia, eu fujo delas kkkkk Enfim, adorei a resenha, mas dispenso a leitura por enquanto.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oi
    Adoro livros sobre bruxos, magia e etc. Adorei a resenha, é auto convidativa pra amantes de livros lerem mais essa belezinha. Parabéns!

    ResponderExcluir
  24. Kel, se você solbesse o quanto eu quero ler esse livro <3
    Acho a dualidade da capa linda e a proposta é ótima! Como assim repreender o garoto pelo sangue?1 Ninguem deixa ao menos ele escolher o lado ao qual quer seguir... Só não o peguei porque tenho medo que a continuação demore muito. E essa espera sempre me mata!
    Mas adorei a sua resenha, me deixou com mais vontade de ler =)
    E como você disse, a autora tem tempo para desenvolver a sociedade. e espero que ela faça isso mesmo!

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  25. Já tinha visto o livro, mas não tinha lido nada sobre ele, nem sabia que era sobre bruxos, que eu amo tanto <3 agora que sei e li sua resenha, fiquei bem interessada, parece ser muito bom, pena que é uma série, pq agora só fazem séries? :l meu bolso não aguenta mais. rs mas mesmo assim vou tentar comprar. Pois gostei muito dele. *-*

    ResponderExcluir
  26. Oi, Kel
    Já tinha visto o livro por aí, mas nunca tinha lido nada. Eu adorei o enredo de bruxaria da Bretanha e essa falta de linearidade. Adorei também essa dualidade entre os bruxos do bem e do mal, luz e sombras e a dualidade interna do próprio personagem. Sua resenha me deixou bem interessado :)

    Abraços
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oii
    Sou A-PAI-XO-NA-DA por bruxos, amo mesmo! Já me interessei pelo livro, a capa é linda e a premissa é ótima, me lembrou um pouco o drama da série Beatiful Creatures. Essa coisa de escolher só um lado, quando todos temos ambos em nós. Estou bem curiosaaaa!
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Oie gostei da temática desse livro, com certeza é um livro que leria sem problemas!

    ResponderExcluir
  29. Oi Kel, tudo bom?

    Adorei sua resenha, mas confesso que não fiquei muito interessado, histórias de bruxas e bruxos chamam muito a minha atenção, mas esse não chamou. Acho que faltou algo, porém, com certeza é um livro que leria.

    Abraços, Mr. Souza || http://smallscribble.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. Oiee ^^
    Eu até que gosto bastante de livros de fantasia, mas não consegui ficar curiosa para ler esse livro *-* Esse negócio de bem e mal já me cansou *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  31. Olá!
    Amei sua resenha, o livro parece ser ótimo. Juntou duas coisas que amo: Grã Bretanha e criaturas fantásticas!!!
    Com certeza entrou pra minha wishlist hahahahaha
    Beijos,
    Thousand Lives to Live ♥

    ResponderExcluir
  32. Oi Kel, tudo bom?
    Eu não sou uma leitura assídua de fantasia, mas nesse gênero os livros de bruxas são meus preferidos. É a primeira resenha que leio desse livro e fiquei muito interessada na história. Fiquei meio assim porque é uma série, mas acho que vou investir porque curtir a proposta da narrativa.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Olá, Kel-flor!
    Gostei da sua resenha. É a primeira que leio, sabe? O livro não me interessou, no entanto… Por mais convidativas que tenham sido as suas palavras, pareceu-me que o livro é mais apropriado para o público infantojuvenil. Eu adoro o sobrenatural, mas bruxos não são os meus seres favoritos. Talvez por isso nunca tenha lido Harry Potter e nem tenha sentido vontade de lê-lo. Adorei os filmes, mas o universo da magia me encanta quando é apenas mais um elemento na história. Como na história de Merlin e o Rei Arthur… Havia todo um contexto medieval, real, no enredo. A magia era apenas um toque a mais, sabe?

    Por isso, não acho que leria Half Bad. Mas gostei da sua opinião.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. Huum a historia não me agradou muito, não digo que é um livro que eu não leria, longe disso, mas é que eu tenho muitos outros livros que estou
    mega ansiosa para ler e estou dando prioridades a eles, então esse vou deixar passar,
    mais gostei bastante da resenha! ;)

    xoxo!
    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. OI Kel,
    Tudo bem?

    Ahhhh, eu estou passando livros de fantasia... rs Estou tão adorando romances no momento que não quero nada além de muito amor!
    rs

    Bjs
    Silêncio Que Eu To Lendo

    ResponderExcluir
  36. Oi ,
    Eu não conhecia o livro , mas fiquei com muita vontade de ler , amo esses livros nesse estilo !

    ResponderExcluir
  37. Oiiii,
    Sabe eu adoro livros de terror, terrorzão mesmo rsrs.
    Eu vi muitas resenhas gringas para esse livro e fiquei bem curiosa. Gosto muito de fantasia e pretendo sim ler Half Bad, fiquei curiosa sobre essa dualidade o fato do garoto ficar em um meio termo. O livro parece ter um universo bem construido com costumes e uma sociedade bem estruturada. Livros de bruxos são sempre uma ótima dica.

    Bjs
    Aline Lima
    Sempre Nerd (http://alinenerd.blogspot.com.br/)

    ResponderExcluir
  38. Olá, como vai, Kel?
    Bom sou apaixonada por fantasias, aliás é o meu gênero que eu mais leio. Mas histórias que tem brutas, seres assim realmente não me engatilho muito nisso. Mas achei a temática do livro bem interessante. Essas coisa de bem e mal me traz uma certa curiosidade. Fico feliz que tenha gostado e quem sabe um dia eu não ter uma chance a ele.
    Parabéns pela resenha e sucesso.
    http://chuvaelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  39. Oi,não conhecia o livro, não sei se eu leria o livro, não sei se faz muito meu estilo, mas a sua resenha ficou ótima.

    bjs

    ResponderExcluir
  40. Oi Kel,

    Estou aqui extasiada com sua resenha. Menina, EU AMOOOOO fantasia (bruxas, fadas, duendes e afins), então este livro já foi para minha lista de desejados, fiquei curiosa para conhecer os dois lados Nathan, MAS, tem um senão pelo que entendi é uma série e ainda nem foi lançada, é istro mesmo produção? hahaha. Não gosto de ficar esperando.

    beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  41. Sinto muito, mas muito mesmo ser uma série de livros, pois estou evitando começar séries e trilogias novas. As que tenho já me dão dor de cabeça para comprar tudo, completá-las e ler. Ler é o melhor, mas aja grana pra dar conta. Adorei sua resenha, amei a história, mas no momento não apostarei em séries, resistirei.=/
    Beijos
    Vivi
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  42. Eii, pessoa,
    Eu achei Half Bad meio decepcionante... Ele é bem escrito, mas é meio cansativo também. Os personagens são cativantes, mas eu acho que a autora poderia tê-los explorado melhor. O final foi um pouco previível e tals, mas, ainda sim, o livro fi bom...

    Bjs, Juh.

    naosepreocupecomisso.blogspott.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!