24 setembro 2014

# Resenha 139 // Se eu Ficar

Oiee pessoal, tudo bem?

Espero que sim. Hoje vamos falar de um dos livros do momento: Se Eu Ficar. Claro que eu precisava ler. Apesar do livro ter sido originalmente publicado pela Rocco, o relançamento pela Novo Conceito deu um novo gás a história e o filme mais ainda. Apenas não reparem se, talvez, a resenha ficar um pouco "intima demais". Não teve como eu não me imaginar na mesma situação da protagonista.

Bom, vamos ao que interessa ;)

Título: Se Eu Ficar // If I Stay
Autor: Gayle Forman
Páginas:  224
Editora: Novo Conceito




Sinopse: Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas. 


É um dia com previsão de nevasca nos Estados Unidos. As escolas fecham, os pais de Mia não vão trabalhar. No final das contas, a neve se mostra não tão terrível assim e a família decide sair para visitar uns amigos. É então que um terrível acidente acontece. Mia fica totalmente perdida e começa a participar de tudo que acontece a seguir como uma expectadora. Ela está pairando fora de seu corpo e acompanha toda a angustia dos momentos do resgate, da aflição de sua família e de seus amigos.

Já tinha lido muitas resenhas a respeito do livro de blogueiros que afirmaram que ele não era tão emocional como prometia ser. A verdade é que achei a escrita de Gayle muito sensível e delicada. O tema é pesado, mas não é apelativo e foi isso que me prendeu a atenção. Entre todos os lugares comuns que a autora poderia optar, ela escolheu o caminho mais apropriado, que casou perfeitamente com a história da Mia.

Se eu Ficar fala de perdas e mostra como a vida é frágil. Não que já não saibamos disso. Nós sabemos, mas muitas vezes esquecemos e nos achamos super heróis. Ninguém vive para sempre, por mais que queiram sempre entender porque fulano conseguiu viver 120 anos. Todos nós vamos morrer um dia. Mas imaginem uma pessoa que vê o sofrimento da sua família e ao mesmo tempo se vê em uma cama da UTI toda ligada a aparelhos. O que escolher, afinal?



Confesso que eu tenho um certo pavor com estradas desde que sofri um pequeno acidente. Deste então, não consigo ficar tranquila ao viajar de carro, porque tenho medo que aconteça de novo. Sendo assim, vocês podem imaginar como foi ler um livro onde um caminhão bate em um carro de passeio, certo? Esse foi um dos fatores que me aproximou muito da leitura. Um acidente de carro pode acontecer com qualquer um. Ainda que o meu não tenha chegado nem na metade do de Mia, certas coisas a gente não esquece.

Se Eu Ficar intercala presente e passado. Conforme Mia vai assimilando a sua situação no hospital e a partir da percepção da reação de seus familiares, ela vai recordando de tudo que já viveu. A garota tem uma grande paixão pela musica, algo que vem de família. Seu pai era músico, sua mãe é uma amante de música e seu namorado é um rockeiro punk. Por isso, tenham em mente que irão respirar melodias ao ler esse livro. E é delicioso. Conhecendo o passado de Mia vemos o quanto ela amava seus pais e seu irmão menor. Conhecemos também sua relação com Adam, o namorado rockeiro, e esses fatores balanceiam a história. Se por um lado temos a tensão e o drama de uma jovem entre a vida e a morte, por outro lado temos o romance, o primeiro amor, a amizade verdadeira...



Por falar em Adam, ele consegue ser melhor que a protagonista. Isso é possível? Carinhoso, sincero, romântico...  a autora foi muito feliz ao desenhá-lo com tanta perfeição e delicadeza. Adam é um grande destaque, mas todos os personagens do livro nos mostram que temos um sonho e um objetivo a seguir. 

Na minha humilde opinião não depende de nós decidir se queremos ou não morrer, acredito que essa decisão cabe a Deus. Mia leva o livro inteiro para se certificar do que é melhor para si, mas, sinceramente, me colocando no lugar da personagem, no momento em que eu visse a minha avó no hospital, isso já bastaria para eu saber onde era o meu lugar. Não quero nem que minha avó me deixe, imagina se eu iria deixá-la primeiro!!!!



O livro é muito fácil de ler, a leitura é rápida. Demorei pouco mais de um dia. Sinceramente, não gosto da capa de filme. E a Novo Conceito tem essa incrível mania de sempre lançar livros com capa de filme. Nesse caso, prefiro a capa da Rocco. Mas a diagramação da Novo Conceito supera qualquer expectativa. É simplesmente linda..

Vale ressaltar que entre os lançamentos do próximo mês da Novo Conceito está o segundo livro, Para onde Ela Foi que é o ponto de vista de Adam. Nesse caso, me preparo para chorar bastante.














52 comentários

  1. Acredita que eu não tinha lido nenhuma resenha desse livro ainda, claro que ouvi falar muito, mas não havia parado para ler e agora simplesmente preciso dele, também tenho medo de estrada embora nunca tenha passado por algo traumático assim, adorei sua resenha!

    Se quiser, me faça uma visita, resolvi voltar com meu blog e estou precisando de apoio!
    http://www.estandybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andy!

      sério? Nossa, ele é muito bom. Espero que goste

      Excluir
  2. Esse livro já meio que mexe com minhas emoções antes mesmo de ler... depois de tantas perdas agt vai percebendo como a vida é frágil e vai aprendendo q realmente dar valor as pequenas coisas importantes e as grandes pessoas que ainda restam. Devo concorda plenamente com você Kel sobre capas de filme... tenho uma birra eterna com isso e acho que destrói com a beleza do livro... nem sei como é a capa da rocco, mas creio que seja mais massa que a atual...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thiago,

      sim, a vida é muito frágil, mas ao mesmo tempo, ela tem que seguir o seu curso, né? Tb acho que capa de filme fica muito comercial. Acaba que a pessoa só vê aquilo como um filme. Quando o filme é bom, okay, mas quando ele é ruim....

      Excluir
  3. Oi Kel! =)
    Senti a mesma emoção que você!
    O livro é muito bom e muitooo emocionante, tanto o livro quanto o filme!
    Amei a leitura!

    Bjos!

    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  4. É um livro que me tem despertado muita curiosidade ultimamente. E já li tanta resenha a cerca do mesmo que acho que vou ter mesmo que ler X)
    BJ*

    365 Days of Blues

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sonia. Vale a pena dar uma chance para a leitura =)

      Excluir
  5. Oi Kel,
    Imagino o quanto deve ter mexido com você. Ultimamente estou vendo várias resenhas desse livro por aí, uma imensidão! haha Só pela sinopse eu já tive vontade de ler esse livro, é aquele tipo de sinopse que conquista logo de cara. Parece ser o tipo de história que, querendo ou não, passa uma lição. E eu adoro isso.
    Amei a resenha!
    Beijão - Tão doce e tão amarga.





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thá,

      o livro é bem profundo nesse sentido. Gostei demais.

      Excluir
  6. Kel querida, tu acredita que eu tinha a vontade de ler o livro antes de sair o filme. Adivinhaaaaaa! Já saiu o livro e nada de eu pegar o livro na mãe mas hoje consegui começa-lo! Mas dificilmente vou conseguir pegar o livro nos cinemas ainda =/

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. huahuahuauahua leia, Joi. O livro é lindo

      Excluir
  7. Fazia um tempão que esse livro tava na minha wishlist.
    Depois de ver o trailer que esta lindiiiiiiissi,o, resolvi comprar e to lendo agora. Estou gostando bastante mas ainda estou no começo.

    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  8. sinceramente queria ler muito esse livro mas eu achei ele muito triste sei la, mesmo assim vou tentar ler.Bjão
    http://mergulhado-em-historias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Calebe. Meu namorado achou a mesma coisa =P

      Excluir
  9. Oi Xará,
    Tudo?
    Então fiz resenha filme e livro lá no blog essa semana se quiser passar lá dar uma olhadinha. Então gostei do livro sim, muito, apesar de não ter todo aquele toque romântico ele foi muito interessante, as frases que a autora escreve nos fazem pensar sobre a vida. Agora ao contrário de você infelizmente não gostei muito do Adam não, achei ele muito egoísta nas decisões e somente quando viu o que ia perder e que sentiu...nesse quesito ainda prefiro os avós de Mia..rsrs. mas isso é minha opinião ne...e gosto, cores e amores...cada um tem os seus.
    Beijinhos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh sério que não gostou do Adam? Eu achei ele tão fofo!

      Excluir
  10. Esse livro é lindo, né?! Fico feliz que gostou da leitura!

    E realmente, acho que para você foi muito diferente a sua interpretação e percepção justamente por ter sofrido um acidente.
    Graças a Deus esse tipo de coisa nunca aconteceu comigo, mas se tivesse acontecido - o minimo que fosse - acho que a ideia de se colocar no lugar da personagem seria muito maior.
    Não sei se iria deixar o que sobrou da minha família. No caso da Mia a família parece ser pequena (com exceção da familia de amigos etc); mas a minha é enorme, todos são muito unidos e com certeza seria muito dificil.

    ~ Cantaremverso.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Kel!
    Estava super ansiosa para ler esse livro, por causa de toda divulgação. Porém, comecei a ver várias resenhas negativas e muitos dizendo que o filme é muito melhor.
    Então já viu né? Minha expectativa diminuiu bastante, mas ainda estou curiosa para ler o livro.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  12. Oiee

    Eu não me senti tão ligada quanto você na história e não me senti tão emocionada quanto a Mia achei que o livro não passou muita emoção e achei que o filme retratou melhor isso tanto que adorei o Adam do filme e se fosse eu escolher eu não ficaria aqui não muito pesado ficar e encarar o que houve.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também adorei o Adam do filme, mas achei a mesma coisa no quesito emoções huahuahua tanto livro quanto filme =P

      Excluir
  13. Eu fui uma pessoa completamente do contra, eu amei o filme mas o livro nem tanto.
    Adorei a resenha

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Kel!!
    Primeiro de tudo: AMEI sua resenha!!
    Estou com muita vontade de ler esse livro. Pesquisei muito ,e fiquei com muita vontade de ler. Vou ter que adiar um pouco essa leitura, claro porque devo parar de gastar tanto com livros. Mas com certeza vou ler!!
    Beijos!!
    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  15. Amiga como sempre sua opinião era o que faltava para eu decidir ler esse livro. Confesso que meu interesse por ele teve início quando vi o trailer, adoro a atriz. Enfim pretendo comprar os dois livros e ler seguido em breve. Beijinhos e obrigada pela ótima dica de leitura!!!

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  16. Oi Kel,ainda não li o livro nem assisti o filme, estou pensando em deixar a poeira abaixar. Já li opiniões diversas sobre a história, acho que ela se torna forte para alguém justamente quando você consegue relacionar com sua própria vida e foi isso que aconteceu com você. Acredito que o livro me conquiste justamente por isso, pois de algum forma a história tem relação com a minha família.
    Beijos
    Blog: Porão da Liesel
    Página no Facebook

    ResponderExcluir
  17. Oi Raquel, tudo bem??

    Eu esperava muito mais desse livro e achei um tanto parado e com uma carga emocional até leve pelo assunto que foi abordado! Esperava demais e me decepcionei, mas não é um livro ruim, pra mim!
    A leitura flui pelo menos, foi uma leitura rápida mesmo! Que bom que gostou, adoro ler outras opiniões e pontos de vista diferentes!
    Quero muito ver o filme, ainda não vi =(

    Adorei o blog, seguindo!!

    Beijo!!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Kel, tudo bem? Nossa, já não sei quantas resenhas eu li desse livro. Enfim, eu mesma li e não gostei muito... mas gostei bastante da sua resenha e que legal que você tenha se sentido tão próxima da Mia. Eu gostei bastante dessa capa do filme, e olha que costumo não gostar de capas de filme. Quero muito assistir ao filme, pois acho que para mim vai ser melhor que o livro.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  19. Oii, quando eu fiquei sabendo do livro, foi vendo uma resenha com o trailer, fiquei super arrepiada, quero muito ler, mesmo vendo algumas resenhas negativas sobre a obra, quero entender o porque se tornou o queridinho do publico :D


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  20. Olá

    Gostei muito da sua resenha íntima. Apesar de tudo que mencionou e também por ter esse certo trauma que fez com que se aproximasse ainda mais da história e tudo mais, não tenho grande interesse pelo livro. Eu iria ler apenas depois de assistir ao filme e caso eu gostasse, mas já desisti da leitura. Se eu for fazê-la será mais pra frente, por enquanto pretendo assistir somente o filme.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Kel, eu desisti de ler o livro antes de ler o livro antes de ver o filme então vou ler só quando tiver um tempo. O que vai demorar, mas sei que a história vale a pena e estou ansiosa pelo segundo já.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Também achei a escrita da autora muito sensível e delicada, o livro me emocionou bastante. Imagino como foi tocante pra você a leitura já tendo passado por um acidente, e menina, eu comecei a chorar tanto no livro quanto no filme na parte dos avós, tenho uma queda fortíssima por histórias com avós... hehe... A diagramação é muito linda mesmo, e não é sempre que gosto de capas de filme, mas dessa eu gostei.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  23. Oie,

    Ainda não li o livro, mas sempre fico curiosa pra ler, sempre leio resenhas bem diferentes, uns amam outros gostam mais ou menos, eu fico me perguntando se eu vou gostar do livro, e eu acho essa capa linda, mas a NC poderia colocar outra para combinar com a do próximo livro!

    Mayla

    ResponderExcluir
  24. Kel,
    Também li Se eu ficar e achei a escrita delicada e sensível, porém incapaz de me fazer derramar qualquer lágrima. Gostei do livro, adorei a construção da trama e como ela conduziu a narrativa. Porém teve tanto marketing que eu esperava um turbilhão de emoções que não veio. Ainda não vi o filme e estou esperando o ponto de vista de Adam. Espero que seja ótimo :3

    Abraço
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá,

    Eu curti bastante a leitura de Se eu ficar. Mia apesar de ser um pouco anti-social é legal, gostei da criação do personagem e seu amor pela música. Adam é lindo e curti muito mais ele no filme que no livro. No total eu preferi mais o filme ao livro. Estou super curiosa com a leitura de Pra onde ela foi. Ainda não tive coragem de comprar na pré-venda. Acho que vou esperar a Bienal de BH.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  26. É, Kel... Acho que o seu acidente te aproximou muito da leitura e te fez entender melhor toda a história. Eu achei uma leitura arrastada, principalmente porque não teria a menor dúvida do que escolher. Adam é mesmo um fofo, doida pra ler a continuação com a narrativa dele.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  27. Também estou me preparando para o próximo livro, porque só o primeiro capitulo já mexeu comigo. O Adam é uma graça <3
    Gostei da fluidez da leitura, a autora realmente conseguiu fazer um tema pesado se tornar leve, mas a indecisão da mia acabou comigo! Acredito que ela foi um dos principais motivos para eu não ter gostado tanto do livro. E sim, seu acidente provavelmente te ligou de uma forma especial ao livro. Quando entendemos por experiência própria as dores do personagem, tudo se torna mais intenso na leitura.

    Beeeijinhos ;*
    Andressa - Mais que Livros

    ResponderExcluir
  28. Olá Kel,
    realmente você foi a unica elogiar a leitura. Fico feliz de ver que ela tenha te agradado e te feito sentir-se bem, mesmo nos momentos angustiantes da leitura.
    Mas ainda continuo na minha ideia, não quero ler a este livro, acho que prefiro somente ver ao filme.
    Agora sobre a capa, não somente a NC que tem mania de lançar o livro com capa do filme, acho que quase todas agora estão fazendo isso, que raiva que me dá.
    Adorei ler sua resenha, seus argumentos sobre como foi e de como gostou. bem diferente dos que já li e bem prazeroso, mas continuo com a ideia. rs

    PS: Eu também acredito que o poder de escolha entre viver ou não, não se deve a nós. Mas como se trata de uma ficção, tudo pode né.

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  29. Não li o livro, mas vi o filme e ameeei. Não tinha grandes expectativas, e fiquei surpresa por ter gostado tanto. Imagino como você se sentiu lendo e relembrando :/ nunca passei por nada do tipo, na verdade até gosto bastante de viajar (principalmente de ônibus, por muuitas horas), mas com carro sempre fico meio incomodada e prestando atenção extrema em tudo com um certo receio.
    E também concordo com o que disse, não acho que ficar ou ir de vez dependa de nós. Acho até que quando entramos em coma, ficamos num silêncio e escuro absoluto, mas isso é meio contraditório também.. Só alguém que já passou pela situação pode explicar melhor a experiência, e ah, tem muitos fatores envolvidos mesmo nisso :/

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova de "Primeiro Amor" no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
  30. Olá,
    Ótima resenha,
    Confesso que já estou lendo o livro, e a escrita da autora é mesmo bem delicada e descritiva em alguns momentos (como o do acidente), no entanto, ainda não me emocionei muito com o livro.

    Att,
    decaranasletras.blospot.com

    ResponderExcluir
  31. Oi Kel!
    Gostei muito da tua resenha, e depois do que aconteceu faz sentido tu ter te sentido tão próxima da trama. Mas confesso que eu não achei o livro tãoo bom, não gostei da Mia e a leitura não me emocionou. Concordo contigo, acredito que viver ou morrer cabe apenas a Deus.

    Beijokas
    Lara - Magia Literária
    http://www.magialiteraria.com/

    ResponderExcluir
  32. Kel,
    Tenho visto tanta gente elogiando rios esse livro, que até surge aquela pontinha de vontade de ler.
    Mas sei lá, acho que ainda vou esperar um pouco mais...

    Abraços
    Vivi

    ResponderExcluir
  33. Me apaixonei por Se Eu Ficar por vários motivos... tem uma história emocionante e tocante, acho linda a conexão da Mia com a música e adoro o relacionamento dela com a família (e eu sempre quis aprender a tocar violoncelo <3). Gostei muito mesmo, está entre meus favoritos, mas me apaixonei mesmo pela Mia, então discordo de você na questão do Adam se destacar mais :D

    www.fasciniosliterarios.com.br

    ResponderExcluir
  34. Oii
    Que resenha linda! Então, li váaaarias resenhas e as opiniões se dividem mesmo. Uns acham o livro perfeito, outros dizem que nem emoção o livro passa. Acho que isso é bem relativo, cada pessoa pode se identificar ou não, por exemplo, você mencionou o seu acidente de carro (ainda bem que não foi grave), isso te aproxima da trama diferente de outras pessoas. E isso é lindo! Apesar de não gostar muito de capas de filmes, e de achar a da Rocco muito linda, eu gostei dessa, de verdade! kkkk
    Beijos

    ResponderExcluir
  35. Eu amo o Adam sério! é que nem vc disse, a gnt começa a gostar mais dele do que da Mia, eu gostei do livro e já vi o filme mas o final é agoniante, tive que ir atrás de saber que teria esse segundo livro. Já eu gostei da capa, e acho que prolongou demais essa escolha dela entre viver e morrer

    ResponderExcluir
  36. Eu li e me encantei, o livro é muito lindo.
    Uma historia muito emocionante, não tem como parar de ler.
    Gostei muito do Adam ele é um fofo, quem não queria um namorado como ele? rs
    E a Mia também é uma linda, todos são maravilhoso, não vejo a hora de ler o segundo.

    ResponderExcluir
  37. Kel, que resenha fortíssima. Na verdade, não sabia que você já tinha sofrido um acidente, por mais que tivesse sido pouca coisa. Eu nunca sofri, só uma vez o carro desviou da estrada e caiu num buraco e, por pouco, uma pedra não atingiu o vidro. Se ele tivesse tombado, teria me acertado. Mas, por incrível que pareça, o carro não sofreu nada, apenas o para-choque ficou machucado na parte de baixo. Eu nunca passei por nada maior, mas morro de medo e eu sinto muito por você, por mais que tenha sido coisa pequena.
    Imagino como que a personagem não deve ter ficado ao sofrer o acidente e perder os próprios pais. A leitura deve ser carregada de emoções. Eu comecei a ler o livro, mas estou bem no início ainda.
    Adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
  38. Olá Kell!
    É muito ruim quando estamos lendo uma história que também aconteceu com você, não importa se foi na mesma proporção ou inferior. Eu estou louca para ler esse livro para saber minha opinião, pois tem gente que não gostou e outros gostaram.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  39. Como eu comentei na resenha do filme, n me interesei mto por essa história! Meu irmão tem esse livro, mas não pretendo ler. Mas sua resenha ficou mto boa! Engraçado gostar do menino em vez da menina

    ResponderExcluir
  40. Kel,
    Estou louca para ler este livro, deve ser muito difícil a situação de Mia, decidi ficar ou não, é complicado ver as pessoas que amamos sofrendo com a situação em que estamos naquele momento , que no caso de Mia entre a vida e morte.
    Beijos,
    @ninh@
    Blog Detalhe Feminino
    http://detalhefeminino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  41. Oi Kel, quero bastante ler esse livro. Esse negócio de acidente de carro é meio tenso né? Graças a Deus eu nunca sofri um, mas ano passado uma menina da minha escola sofreu acidente e ela e a família inteira morreram na hora, e isso deixa um impacto sabe? Eu via a menina todo dia na escola, não era amiga dela, mas ela estava ali sempre com as amigas dela e no outro dia não estava mais, isso mostra que essas coisas acontecem com qualquer um, e cara, fico meio assim pensando sobre essas coisas, é tudo muito complicado. Pelo pouco que conheço do livro, acho que a visão do Adam no segundo livro vai ser muito emocionante e sei que preciso ler logo. Beijos

    ResponderExcluir
  42. Adorei a resenha e faz tempo que estou querendo ler este livro. To precisando de uma leitura mais assim esse mês kk Brigado pela indicação (:

    lumenseries.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!