02 setembro 2014

# Papo Literário // Compartilhamento de livros em pdf: você apoia?

Oi pessoal, tudo bem?

Amanhã é o último dia do Top, não se esqueçam =) Mas enfim, tudo certo? Estava com tanta saudade de postar o Papo Literário (okay, só não postei na semana passada por causa do especial da Bienal, mas mesmo assim estou com saudades). Hoje resolvi polemizar, coisa que eu nem curto fazer =P. Vamos falar de livros em pdf?

Com certeza vocês já devem ter visto aqui na blogosfera pessoas compartilhando links de livros em pdf. Mas primeiramente, uma coisa importante: não confundam livros em pdf com ebooks (epubs). Os ePubs são elásticos, se adaptam e se redimensionam de acordo com o tamanho de tela. Eles são comercializados em sites como a Amazon ou outras grandes livrarias online como a Saraiva. Já os livros em pdfs são copias, muitas vezes não autorizadas dos livros. Podendo ser até mesmo as páginas scaniadas.

Uma vez esclarecidas as diferenças, passemos ao fato: você é contra ou a favor dos livros em pdf?



Felizmente, poucas vezes fui abordada por leitores que me perguntavam se o livro X que resenhei tinha cópia em pdf. Para que não restem dúvidas: não compartilho links em pdf, gente. Sou contrária a prática, mas acho que a consciência é de cada um. Hoje em dia a internet tomou proporções enormes e é bem difícil controlar todo o conteúdo que existe dentro dela. O acesso ao que precisamos é muito mais simples e isso favorece a pirataria de filmes, de séries e, claro, ao compartilhamento dos livros. É simplesmente ilusório pensar que os livros não entrariam nessa onda. 

O problema dos livros em pdf é que muitas vezes o autor não tem conhecimento de que sua obra está sendo compartilhada em larga escala. Vamos imaginar assim: você demora meses ou anos escrevendo um livro, mais algum tempo procurando uma editora que aceite publicá-lo. Soma-se a isso todo o processo de produção, revisão, lançamento... muitas vezes o próprio autor investe dinheiro neste caminho, lucra pouco em cima do livro e, para sua surpresa, muitas pessoas estão lendo a sua obra sem sequer pagar por ela. É chato? É. Se nós blogueiros ficamos irritados quando plagiam nossos posts, imagina colocar o seu livro totalmente grátis na internet sem o seu consentimento? 

Agora imaginem uma autora que lançou o seu livro esse mês e que já foi surpreendida pelas cópias em pdf: Foi o que aconteceu com a Giselle Trindade, autora de Morgana & Charles:

"Olha, é meio complicado porque acaba prejudicando o autor nacional. Já aconteceu comigo. Na primeira vez eu conhecia a pessoa que postou, fui lá e pedi para retirar. Agora dessa segunda vez, não conheço a pessoa que postou. Eles quebraram a segurança da Amazon e postaram meu livro."

Vale lembrar que a prática tem sido considerada ilegal de acordo com o ordenamento  jurídico em vigor no Brasil. Isso sem considerar que disponibilizar livros sem autorização do autor e da editora viola direitos autorais. Ou seja, é CRIME. A autora Keila Gon, de Cores de Outono, levantou uma questão bem pertinente:

" Cores tem de monte (de cópias em pdf). A editora tira um aparecem 5...kkkk no começo fiquei triste... afinal, dá tanto trabalho escolher capa e diagramação para acabar pirateado, mas enquanto não houver uma forma de bloqueio, não há o que fazer. E tem a questão do preço do livro nacional... que motiva a prática. Meu livro é um dos caros, eu sei... tem o preço de capa a 39,90. É caro comparado a muitos internacionais, mas há sites de venda onde se paga muito menos! É só consultar o Buscapé... né? Acho que no fim é uma questão de consciência... Pode-se até dizer que estes sites servem para degustação, conhecer uma obra por curiosidade,  mas então, para quê serve as resenhas do skoob... e o trabalho dos blogs literários?"

Mas há autores como os poetas Eduardo Sterzi e Angélica Freitas e a escritora Verônica Stigger que liberam as cópias em pdf. Paulo Coelho é outro que permite download de seus livros e ainda acredita que isso ajuda nas vendas. Em uma "googada" rápida temos 16.500.000 resultados para "livros em pdf" É muita gente na "suposta ilegalidade". 

" Só compartilho meus livros em pdf para os betas, que são pessoas que confio. Nunca vi meu livro em pdf por aí não rsrs mas se achar pode me falar haha Mas acredito que isso é uma escolha mesmo do autor. Gosto dos livros impressos e com cheirinho de livro novo, não gostaria de ler em pdf! " - Bhya Cortes de O Outro Lado da Memória.


E com a palavra, os blogueiros:

"Se for para condenar esse tipo de coisa, então não baixe música ou assista filmes ou séries na internet. É tudo a mesma coisa. ". - Gabriel do blog Um Papo Entre Páginas.

"Certo não é. Se as pessoas pensam que não estão fazendo mal a ninguém, estão enganadas. Muitos autores não conseguem sobreviver com o que ganham com as vendas por conta disso. Não gosto de pessoas que se acham espertas." - Patty Santos, do blog Coração de Tinta

"Eu não leio livro em pdf, mas não condeno quem lê. Pelo menos estão lendo. Hoje em dia, na internet é impossível não ter algo pirata ou ilegal." - Andressa, do blog Livros e Chocolate Quente



37 comentários

  1. Acredito que quem tem realmente amor e respeito pela leitura, gosta mesmo é de cheirinho de livros e folhas impressas, nada como ficar vendo seu queridinho na estante. Porém, há os que lê-em por necessidade, trabalhos e afins, e como tudo que é prático e gratuito chama atenção, acaba sim prejudicando quem está começando na área da literatura. É difícil julgar quando não se precisa, agradeço SEMPRE por poder comprar e tê-los ao meu alcance, pra cheirar, exibir e folhear. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. tai uma coisa que me deixa confuso... acho pdf paia por duas coisas: odeio ler digitalmente( gosto de cheirar livro) e acho bem feio e anti-etico com os autores... as vezes venço a primeira resalva e sempre baixo um livrinho que gratis na amazon...

    ResponderExcluir
  3. Não tem jeito, Kel! Sou completamente contra esse tipo de coisa! Imagina só o tempo e dinheiro gastos pelos autores na publicação de livros para o pessoal compartilhar gratuitamente... Eu acho, além de tudo, uma tremenda falta de respeito.

    Beijos

    Mari
    Cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi kel, tudo bem?
    Essa coluna é muito legal, deveria fazer mais vezes, me lembrou de um programa da MTV onde os jovens debatiam assuntos. Eu gosto do livro físico, posso até ler em pdf, mas não é a mesma coisa.
    Quanto ao compartilhamento, eu sigo uma regra básica, mas infalível: eu não posso dispor daquilo que não me pertence. E não sou capaz de prejudicar ninguém propositalmente.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Kel!
    Adoro esta coluna!
    Olha eu p ser sincera não sou adepta a livros em pdf e nem ebooks, quanto aos ebooks to tentando mudar e os pdfs acho q nunca mudarei sou totalmente contra, além de ser mega cansativo de ler livros em pdf é também ruim para os autores ter tanto trabalho para concluir suas obras e as pessoas não dar o devido valor a este trabalho, mas é que nem você disse, internet tomou uma proporção fora do normal! =/
    Bjos!

    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  6. Olá..
    Antes de tudo não é so o pdf a cópia.. Eh comum vc encontrar epubs circulando pela internet.. Confesso que já li bastante livros baixados. Mas agora não concordo não. Se wuero ler um livro espero ter dinheiro pra comprar..
    É uma situação muito chata, principalmente com autores nacionais que quase não sao valorizados.l
    Esses dias resolvi comprar pela amazon o ebook da Marina Carvalho: "Ela é uma fera". Está aoenas 1 real e 33 centavos. Falei pra minha amiga fã dela e ela resolveu baixar da internet.. Uma pena...
    Tem gente que diz que ebook é caro.. E nem sempre é assim.. A amazon faz muuuitas promocoes de e-books. Vale a pena ficar de olho.
    E, assim como os ebooks ilegais, filme, musicas e series não devem ser baixadas de graça.. Mas quem é que paga mesmo?
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  7. As opiniões realmente divergem sobre isso.
    PDF é legal, desde que o próprio autor libere, até mesmo para a própria divulgação da obra.
    Mas sou totalmente contra, quando é espalhado na rede sem o consentimento do autor, afinal, como você disse, o autor teve um trabalho árduo até conseguir publicar sua obra, para no final ela ser pirateada.
    Construindo Estante

    ResponderExcluir
  8. Oi Kel, esse é um assunto bem complicado, não nego que já baixei sim livros em pdf, mas nenhum nacional que eu me lembre. Esse negócio de pirataria tá em todo lugar, todos baixam músicas, filmes, seriados e porque não livros? Não sou nem a favor e nem contra a prática, conheço muitas pessoas que baixam para ler um livro que estão meio que em dúvida ou um livro muito caro e se gostam compram o livro, mas existem pessoas que vivem de ler pdf e não concordo com esse último. Beijos

    ResponderExcluir
  9. oi Kel
    esse tema sem dúvida é polêmico. A pirataria digital é muito forte, e muitas vezes o livro mal chegou a livraria, e já está disponível para download. Eu já fui abordada algumas vezes, nos comentários do blog e mesmo no email, por pessoas pedindo livros, e uma vez fiquei tão estressada, que fiz um post de desabafo/explicação de que meu blog não envia livros piratas. Como eu disse no meu post, quem procura acha, e vai da consciência de cada um, mas não venham pedir pra mim.
    Só uma correção: não só os pdf são livros pirata. Hoje em dia, tem vários sites bem ecléticos, que fornecem livros piratas em vários formatos, incluindo os .epub e .mobi.

    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Bom,
    Particularmente prefiro livro físico ...pois amo os cheiros dos livros e não troco por nada!!!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Kel! Eu tb não acho certo, não vou ficar aqui listando os motivos. Mas acho uma baita duma hipocrisia esses autores que reclamam de pirataria, mas baixam filmes, séries e músicas piratas e usam fotos e músicas de artistas em seus posts de divulgação e booktrailers. Pimenta no dos outros é refresco, né?
    Ou acha errado e anda na linha em TUDO, ou para de mimimi e entuba que o livro vai ser lido por mais leitores. Eu ainda sou da ideia de que quem gostou vai comprar pra ter na estante.
    Beijinhos!
    Giulia - prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  12. tipo é bom pelo seguinte fato: vc nao tem dinheiro pra comprar e tals, e acaba ajudando mt quando vc quer ler ou precisa.
    mas é ruim pq isso é algo ilegal, e está tirando o dinheiro q o dono do livro poderia receber sabe.
    é realmente um assunto complicado.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  13. Oi Kel! eu não leio nada em pdf excluindo apenas os autores parceiros que me fornecem os livros nesse formato e sinceramente? não curto quem compartilha. Acho errado, é pirataria literária hahaha! E eu concordo plenamente com a Keila, a distribuição fácil desses arquivos desvaloriza não só os autores mas como pessoas que se dedicam a este meio como os blogs literários e afins!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  14. Esse assunto é realmente bem complicado, e creio que ninguém possa falar com toda certeza que é contra, pois acho que não existe uma única pessoa que nunca tenha baixado filme ou música, o que acaba por ser a mesma coisa de baixar um livro sem pagar por aquilo. Em partes, realmente isso é horrível pros autores, principalmente os nacionais que tem uma dificuldade gigantesca de entrar no mercado literário e ganhar reconhecimento, mas por outro, se eu fosse depender de ler todos os livros que já li por meio físico, não teria lido nem metade. Nem todo mundo tem dinheiro pra comprar todos os livros que deseja, e temos de concordar que os preços hoje em dia estão um absurdo. E a partir do momento que se lança um ebook, já tem que se preparar pra ele ser transformado em pdf com uma facilidade maior ainda do que na época que os ebooks nem existiam e tinham de ser digitalizados. Sei lá, creio que no mundo atual, cheio de tecnologias e praticidade, é algo que o autor tem que enfrentar; sempre terá alguém lendo seu livro de forma indevida.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova de "Cidade do fogo celestial" no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
  15. Confesso que já li livros "pirateados " , mas na real eu nem sabia o que era, Pq foi mais ou menos na época que comecei a gostar de livros e hj já entendo o trabalho que os autores tem para poder publicar seus livros, então parei de baixar, mas ainda não gosto da ideia de comprar e-books, acho que não vale pagar por algo digital sabe, mas cada um tem sua opinião né. Então prefiro livros físicos mesmo sendo mais caros.

    ResponderExcluir
  16. Uhhh o papo esquentou...kkkk ... Mas vamos lá...
    Bom, fotos de artistas e séries de TV estão disponíveis para divulgação nos sites oficiais, não é violação nem crime contra imagem compartilhá-las. Principalmente porque a maioria esta disponível para isso em sites como Pinterest, controlado pelo google. Músicas ou discografias disponível em sites como Groveshark estão disponíveis para uso em playlist dentro do próprio site gerenciado pelo google, e não identifica crime de direitos e divulgação. Mas pense comigo....compartilhar uma obra inteira, com direitos reservados, sem permissão, é outra coisa. Não confundam pirataria com acesso gratuito de mídia e imagem.
    BEIJO e parabéns Raquel, o tema foi ótimo!!!

    ResponderExcluir
  17. Kel, ótima escolha de tema!
    Pra falar bem a verdade, eu não gosto muito de ler livros em pdf, não me sinto a vontade. Mas, acho que é uma ótima oportunidade para um autor novo se divulgar, acho que pode ser uma boa opção >só< se o autor do livro permitir.
    Beijos.
    Tão doce e tão amarga.




    ResponderExcluir
  18. Oiee

    Adorei a polêmica e como disse antes eu não leio em PDF mas não condeno quem lê principalmente pelo que a Keila falou tem livros que para algumas pessoas não custa caro e depedendo da classe social ela não paga mais de 20 ou 30 reais em um livro, mas acho válido ela ler afinal é cultura, entendo o trabalho do autor que acaba perdendo dinheiro com isso mas acho que se o livro é bom ajuda a divulgar e se gostarem com certeza vão comprar o fisico.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  19. Assunto interessante esse, acho que cada um deve pensar nas suas escolhas e nas consequências disto. Tudo tem o seu lado positivo e negativo, pois o livro em PDF irá prejudicar as vendas do autor, mas também pode ajudar porque a pessoa que leu pode gostar do livro e comprar o físico. Pelo menos é o que eu acredito, afinal quem gostaria de ter um livro em PDF se pode ter o físico? Mais essa é a minha opinião sobre os livros. Agora quanto ao tema em questão eu não sei bem qual é a minha opinião sobre isso, inclusive acho que nem tenho opinião formada, pois não apoio e nem condeno a prática. Hoje em dia todo mundo quer ser politicamente correto, mas esquece de olhar para os próprios atos. Acho que ser correto é agir 100% na forma legal, que moral tem uma pessoa para condenar quem lê em PDF, mas baixa músicas, filmes e séries na internet e fora muitas outras coisas erradas como jogar lixo na rua e etc.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oiee Kel!
    Eu não gosto muito de leituras digitais mas não vou mentir já li livros em pdf sim,ainda mais quando até o e-book do escritor estava caro.Não acho certo mas se for julgar tudo o que baixam ilegalmente nos dias atuais não vejo isso como um "crime".Tudo vai da consciência e pra falar a verdade eu nunca tinha parado pra pensar nisso,de qualquer forma os pdf's não tem qualidade nenhuma e os erros de português correm soltos então sempre evito.

    ResponderExcluir
  21. As pessoas pregam a ideia de "Literatura para todos", porém isso serve apenas para a literatura paga, e daí surgem as críticas do compartilhamentos de PDF. Eu sou a favor, principalmente porque nem todo mundo pode bancar um e-book, e apesar disso prejudicar o autor, financeiramente falando, ainda acho que não é tão ruim assim - afinal, é divulgação.

    www.laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oiiiiiiiiiiii
    realmente é uma questão muito difícil.
    Não vou dizer que não tenho, mas não distribuo!
    Mas eu ainda prefiro os livros físicos!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  23. Kel, eu não concordo muito com essa parte de abaixar os livros em pdf, há não ser que seja disponibilizado pelos próprios autores, prefiro os livros físicos.
    Beijos,
    @ninh@
    http://detalhefeminino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Realmente isso é muito chato, se fosse no eu casso ficaria irritadíssimo.
    Não costumo ler livros em pdf por problemas na minha visão (meus olhos ficam irritados por causa da hipermetropia), mas tenho alguns amigos gostam de ler, por falta de dinheiro para comprar impresso. Mas liberar o livro em pdf pode ser uma estratégia de venda, grande parte do meus amigos que leram livros em pdf acabaram comprando depois em livro físico. Vai entender esse povo, né?

    ResponderExcluir
  25. Kel, realmente esse é um assunto importante... eu penso o seguinte... se são livros de autore nacionais Ou livros que estão sendo publicados no Crasil, então sou contra a leitura dos lviros em DOC, PDF, pois acaba prejudicando não só os autores como as editoras e consequentemente os leitores (eu espero baratear o custo dos livros e quando posso compro, nem que seja 01 de cada vez)... Mas, se são de autores estrangeiros e obras desconhecidas no Brasil, realmente eu leio.. é uma forma que tenho de conhecer as obras deses autores e até divulgar seus trabalhos e tentar tê-los lançados aqui no Brasil (como o caso dos livros da Jr Ward e Lara Adrian, por exemplo)...Eu sempre irei preferir ter o livros em papel e na minha estante, porque livro digital nenhum substitui o prazer de ter um livro em minhas mãos...

    bjs

    ResponderExcluir
  26. É muito chato mesmo, eu gosto de ler livro digital, mas sempre procuro os que estão disponíveis de forma legal, mas prefiro mais os físicos, acho que todo mundo prefere né?

    ResponderExcluir
  27. Olá Raquel,

    Sou um pouco contra porque acho errado a pessoa scanear um livro do autor e ficar compartilhando ainda mais se for nacional, já é difícil vender aqui no Brasil então já viu...abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Olá, tudo bem?
    Nossa! Ótimo tópico, realmente gosta de polemizar, rs.
    Minha opinião é um tanto ambígua. Eu nunca disponibilizei pra ninguém livros em pdf, mas leio sim de vez em quando, geralmente quando acho no "minhateca". Já li dezenas de livros achados na internet que outra pessoa disponibilizou, mas entendo as com consequências disso, sei que esse ato afeta o autor.
    Se formos pensar no lado do leitor, seria justo disponibilizar os livros na internet, pois o valor dos livros (físicos e muitos ebooks) está muito alto, e, às vezes, muito mais do que o livro valeria de verdade. Mas, pensando do lado do autor, é injusto, exatamente pelas coisas que você citou, olha todo o trabalho que ele teve para publicar, para depois chegar qualquer um e disponibilizar o livro pra geral.
    Porém, algo importante a se observar é que nem todos os leitores são adeptos aos ebooks, a maior parte ainda prefere livros físicos. Então, aqueles autores que publicaram seus livros nos dois formatos não são tão prejudicados assim. Mesmo assim, isso é ruim para os autores.
    Outra coisa que devemos observar é que falamos muito em “prejudicar o autor”, mas vemos apenas a questão dos autores nacionais. Não vejo como os autores internacionais podem ser afetados...
    Complicado, né?
    Beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Oi Kel!
    Os livros em pdf hoje em dia não estão mais em alta... com a quantidade de aplicativos de leitura digital e e-readers os livros em formatos epub, mobi etc são muito mais pirateados. A amazon vende um ebook e este é protegido por algum tipo de sistema, existem pessoas que são capazes de quebrar isso e disponibilizam o ebook "oficial" na net.

    É errado esse tipo de coisa? Sim, é claro! Mas eu não consigo julgar ninguém que o faça... eu mesmo já baixei ebooks na internet, muitas pessoas fazem, como você disse vai da conciência.

    Como você mesma colocou na postagem, acho errado quem critica esse tipo de coisa, mas não perde a chance de baixar a nova música da banda favorita, ou assistir aquele seriado online.

    ResponderExcluir
  30. Eu sou contra a pirataria de livros, gosto de livro digitais, sempre procuro os que estão disponibilizados legalmente, mas não gosto de pagar por livros digitais, prefiro pagar pelos físicos que da pra cheirar e é bem melhor que digital.rs

    ResponderExcluir
  31. Ola kel,
    Nessa questão eu vejo os três lados da minha moeda mutante.
    1) Baixo livros em PDF pra faculdade pq sou puta de professor pra tirar todas as xerox que eles pedem.
    2) Baixo livros piratas sim, mas em epub
    3) não baixo livros nacionais, apenas best seller internacionais. Os caras já vendem pra caralho, nem vão sentir falta.
    Super abraço, Victor rosa

    ResponderExcluir
  32. Ei Raquel,
    Olha, eu leio alguns livros em pdf sim. É claro que como leitor assíduo, amo o cheiro de livro novo, gosto dos meus na estante. Mas tem vezes que to sem nada de nada pra ler, então vou e baixo na net e leio pelo celular. Como foi comentado, é questão de conciência de cada um.
    Como qualquer coisa, sempre tem seu lado bom e ruim. Com certeza que prejudica os autores, mas tem cada livro que é abusivo nos preços, então o pessoal vai pra net e baixa.
    Em fim, é uma questão de diversas opiniões. Não critico a de ninguém. =D

    Abs...

    ResponderExcluir
  33. Oiii
    Achei a temática para o bate papo muito interessante. Admito que já li livros em pdf, por uma questão de necessidade, porque se eu pudesse, teria todos os livros físicos. É uma questão complicada... kkk Mas tenho que dizer que, muitas vezes, o pdf serve bem para espalhar o trabalho de um autor e até levar à compra da obra. É complicado mesmo discutir isso! kkk
    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Kel que post maravilhoso!!! Primeiro agradeco pelo esclarecimento da diferença entre pdf e ePub (ebooks) confesso que não sabia.
    Com certeza essa questão é polêmica, não sou contra a pessoa ler mas compartilhar já é mais complicado e pq não dizer errado porque prejudica os autores e toda a cadeia envolvida.
    Enfim concordo com vc. Parabéns pelo lançamento do tema para reflexão.

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  35. Oi Kel, tudo bom?
    Realmente é um assunto polêmico, mas acho que muitas pessoas condenam e baixam séries e músicas (o que significa a mesma coisa). Não concordo com livros em PDF, mas não condeno que faz uso disso para ler. Muitas pessoas realmente não podem comprar livros todos os meses, mas amam ler e se acham uma fonte gratuita acabam optando por ela. Enfim, acredito que uma campanha e a redução no preço dos livros poderia diminuir essa "piratização" dos livros.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Oi mo,

    Realmente é uma discussão complicada. Eu vejo um problema bem parecido com as músicas, pois ao baixar músicas você também está prejudicando um artista nacional. A única diferença é que, na maioria das vezes, os artistas possuem outras fontes de renda (shows, propagandas, etc.).
    Eu acho que é inevitável existir esse compartilhamento na internet, mas no caso do livro existe a vantagem das pessoas ainda preferirem o livro fisico

    ResponderExcluir
  37. Eu não costumo ler livros digitais. Tenho muitos que adquiri gratuitamente pela Amazon, outros ganhei em sorteios e alguns até de parcerias no blog, mas não compartilho. Nem mesmo leio digitalmente, eu costumo ler os capítulos e iniciais e se for uma leitura que me agrada no momento eu compro o livro físico. Mas acho que é algo inevitável que isso aconteça, infelizmente. Segurança de autoria na rede é um mistério mais difícil que o da esfinge para se resolver.

    Dany
    A Thousand Lifetimes

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!