# Resenha 124 // Reconstruindo Amélia

Oi, galera, tudo bem?

Bom, espero que sim. Tive uma recaída com os meus probleminhas de estomago, mas estou me recuperando. Ou eu espero que eu esteja =P. Mas hoje não é dia de notícia ruim. Preparei mais uma resenha para vocês. Para quem gosta de suspense combinado com um pouco de drama, Reconstruindo Amélia é o seu livro de cabeceira. 

Título: Reconstruindo Amelia // Reconstructing Amelia
Autor: Kimberly McCreight
Editora: Arqueiro
Páginas: 351
Livro cedido em parceria com a editora

Sinopse:  Kate Baron, uma bem-sucedida advogada, está no meio de uma das reuniões mais importantes de sua carreira quando recebe um telefonema. Sua filha, Amelia, foi suspensa por três dias do Grace Hall, o exclusivo colégio particular onde estuda. Como isso foi acontecer? O que sua sensata e inteligente filha de 15 anos poderia ter feito de errado para merecer a punição? Sua incredulidade, no entanto, vai aos poucos se transformando em pavor ao deparar, no caminho para o colégio, com um carro de bombeiros, uma dúzia de policiais e uma ambulância com as luzes desligadas e portas fechadas. Amelia está morta. Aparentemente incapaz de lidar com a suspensão, a garota subiu no telhado e se jogou. O atraso de Kate para chegar a Grace Hall foi tempo suficiente para o suicídio. Pelo menos essa é a versão do colégio e da polícia. Em choque, Kate tenta compreender por que Amelia decidiu pôr fim à própria vida. Por tantos anos, as duas sempre estiveram unidas para enfrentar qualquer problema. Por que aquele ato impulsivo agora? Suas convicções sobre a tragédia e a própria filha estão prestes a mudar quando, pouco tempo depois do funeral, ela recebe uma mensagem de texto no celular: Amelia não pulou. Alternando a história de Kate com registros do blog, e-mails e posts no Facebook da filha, Reconstruindo Amelia é um thriller empolgante que vai surpreender o leitor até a última página. 


A sinopse do livro é beeem explicativa. Confesso que não gosto quando a sinopse releva muito, mas é basicamente isso. Kate é uma advogada que vive lotada de trabalho. Sério, ela é uma mega workholic. Ela é mãe solteira e Amélia está naquela fase dos 15 anos, com todas as dúvidas e confusões práticas da idade. Amélia é o que a gente pode classificar como uma pessoa sozinha, tem apenas a sua melhor amiga, Sylvia, mas que, muitas vezes, está mais preocupada com quem será o seu próximo namorado. Soma-se a tudo isso, a existência de um tal de GrAcioSaMENTE, uma especie de Gossip Girl do colégio, que conta todos os podres mais profundos dos alunos, professores e funcionários. Dá para ver que a vida de Amélia não era muito fácil, né? Mas chegar ao ponto de se matar? Será?

Reconstruindo Amélia é um livro denso, muito intenso, mais até do que imaginei que fosse. Solicitei depois de ler tantas resenhas positivas e não me arrependi. O que li foi uma obra redonda onde tudo se encaixa perfeitamente. Impossível não se ver inserida em todo o contexto.



Apesar  do "quê" detetive, onde há todos os mistérios envolvendo o suicídio (ou seria assassinato?) de Amélia, o livro fala sobretudo de bullying e cyberbullying. E, podem ter certeza, é tudo muito cruel. Sinceramente, não sei como o bullying conseguiu chegar ao nível do que é visto hoje. Todo mundo teve um apelidinho que não gostava quando era mais novo, mas atualmente parece que a coisa tomou uma proporção muito maior, de humilhação, de ódio mesmo. Sinceramente², achei até que a Amélia foi forte para tudo o que faziam com ela. O preconceito por ser uma adolescente "sozinha" alinhado à sua opção sexual, gerou uma coação. O livro aborda também questões como a confiança na nossa família. Até que ponto nós nos abrimos com nossos pais? Eles tem direito de saber tudo? E até que ponto eles se fazem presentes na nossa vida?

Todo mundo tem faróis que conduzem para casa

Esse é daqueles livros que nos sentimos pesados ao longo das páginas. A carga emocional é forte. Alerto que a leitura não é rápida porque merece ser assimilada. Demorei cinco dias! Sentimos o cotidiano de Amélia e vemos que a vida não é um mar de rosas. Preconceito, inveja, ciúme, tudo está presente no livro e a autora separa vilões e vitimas. Percebemos também a angustia de uma mãe que necessita de respostas. O mais incrível é que nas partes narradas por Amélia, ficamos indignadas com tanto distanciamento de sua mãe, Kate. Mas nas partes de Kate percebemos que para ela também não é fácil lhe dar com todas as responsabilidades de uma mãe solteira/advogada bem sucedida.



Destaco a escrita da autora que intercala primeira e terceira pessoa, passado e no presente,  mensagens de texto, emails e postagens no facebook em um livro só. Falando desta forma pode parecer que a leitura é confusa. Mas garanto que não. Nesta miscelânea de gêneros narrativos, Kimberly consegue prender o leitor no seu universo único. 

Esperava outro desfecho para a história, é verdade. Mas isso não quer dizer que a autora tenha deixado pontas soltas, o final chega a ser surpreendente, de um certo ponto. O livro é inteligentíssimo, com personagens bem construídos.

Mais que recomendado.





48 comentários:

  1. Oi Kel,
    Li Reconstruindo Amelia recentemente e também amei!
    Achei a construção dos personagens muito bem feita e entedi perfeitamente a posição da Kate - como ela de via dividida e como foi uma luta pra ela, apesar de tudo, criar a Amelia e depois lidar com sua morte.
    Achei a Amelia uma personagem incrível, que apesar de bem na dela, tinha uma personalidade de primeira e soube lidar muito bem com as coisas que vinham acontecendo com ela.
    O final me surpreendeu, pois eu realmente não esperava que acabasse da forma que acabou, mas fiquei satisfeita. Sem duvidas, super recomendado!
    Adorei a resenha!
    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Tb não esperava aquele final. Mas o livro como um todo é muito bom

      Excluir
  2. oie
    eu também achei o final surpreendente. Nunca esperava uma resolução como aquela, mas foi bem real. Gostei da forma como a autora mesclou diversos modos de narrar a história.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Kel, beleza?

    Primeiramente te desejo melhoras com o seu problema de estômago. Fique bem! Estou doido para ler Reconstruindo Amélia, pois todo mundo só fala bem desse livro. Você, além de falar bem, deu 5 estrelas... Lerei até Setembro, no máximo. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada pelos desejos de melhoras, Gabriel. Graças a Deus estou melhor =)

      Excluir
  4. Ei Raquel,
    Depois da sua resenha consegui entender o porquê do nome do livro.
    É bem meu estilo literário. Quero ele desde o lançamento. Gosto quando tem um teor piscologico na trama, essa parte do bullying e cyberbullying me chamou bem atenção.
    Me lembrou um pouco Confie em Mim do Harlan Coben, no quesito relacionamento familiar.
    Quero ler!!!

    Abs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. O titulo é bem auto explicativo. Se é seu estilo literário, não pense duas vezes em ler =)

      Excluir
  5. Oii Kel! <3
    Tava com saudades de ver meus blogs favoritos. E então #PartiuPorUmaBoaLeitura haha...
    Esse livro está fazendo muito sucesso, todos que leem falam super bem, nunca vi um crítica negativa. E se você gostou tanto assim provavelmente eu goste também. Sempre me interessei em assuntos que envolvessem bullying porque quando era mais nova sofria esse tal de bullying e chegava chorando em casa... Um caos só. Mas um dia aprendi a conviver com isso e hoje não sofro mais com esse tipo de agressão. E ao ler alguns livros entendi o porquê de algumas pessoas praticarem o bullying. Só de saber que a estória fala sobre o bullying me senti mais motivada ainda para ler. Só tem um problema: e os mais de 40 que tem na minha wishlist ??? Oh God!
    Beijões flor. :)

    Hemilly / Bagagem Literária
    http://bagagemliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obaaa que coisa maravilhosa. Obrigada por gostar e sempre visitar o blog. Fico feliz em saber que vc superou o Bullying. Isso é crime. Vc contou para alguém, certo?

      Excluir
  6. Lendo a sua resenha, da vontade de correr e comprar o livro o mais rápido possível!
    Um livro que trata de assuntos que ocorre verdadeiramente nos dias de hoje, ter noção do que a pessoa que sofre bullying e cyberbullying sente, ver o envolvimento familiar. Parece ser um livro bem intenso, somado ao "que" de investigação, o torna mais interessante ainda. Pode apostar que esta indo pra minha lista de desejos.

    ResponderExcluir
  7. Oiee

    Adorei a resenha, e pretendo ler o livro também ele ja tem resenha no blog mas quem leu foi a Mari e ela falou super bem do livro.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  8. Preciso ler esse livro ! Adorei a resenha e me deixou ainda mais curiosa! Brijo

    ResponderExcluir
  9. Nossa Kel que resenha perfeita, parabéns!!! Imaginava que esse livro fosse assim, por isso nem solicitei. No momento não estou muito para leituras mais fortes, mas quem sabe em breve. Valeu pela dica e pelas explicações do que realmente esperar da leitura.

    Essa questão do bullying é mesmo série e leva a atitudes extremas dos dois lados =\

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,

      quando estiver mais no clima da leitura, solicite o livro. Vc vai curtir =)

      Excluir
  10. o modo como a autora apresenta a história é um grande diferencial para experiência do leitor. A troca de narrativas entre Amelia e Kate muitas vezes me confundiu.

    ResponderExcluir
  11. oi Kel,
    tenho muita vontade de ler esse livro, as resenhas são mesmo positivas. Mas acho que é preciso estar no clima certo, porque ele parece ser muito pesado mesmo.
    Realmente, eu também fico surpresa com o nível que o bullying tem atingido hoje em dia, e o cyberbullying é a nova onda do momento. Na época que eu tinha meus 14/15 anos, só tínhamos apelidos sem graça. Hoje é comum ver a vida dos adolescentes rasgada e exposta na internet, por textos e fotos. Tem até app pra isso! Apareceu um tal de de "Secret" nos celulares, que foi criado nos EUA como forma de combater o bullying, mas vem sendo usado agora, até aqui no Brasil, pra espalhar fofocas nos colégios.

    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bru,

      com certeza tem que estar no clima da leitura. O Bullying é algo muito sério e é um assunto que desgasta a gente. Esse Secret ai ninguém merece, sinceramente.

      Excluir
  12. Oi Kel,
    Nossa este livro já ta na minha listinhas de livros que quero ler faz um tempinho!
    Agora que li sua resenha só reforçou minha vontade.
    Acabei de ler um livro que se chama os 13 porquês, acho q rola um pouco disso tb, e a leitura tb é pesada então acho que vou deixar esse livro Reconstruindo Amélia p mês que vem rsrs muita litura pesada p só um mês.
    Mas é o tipo de leitura que mais gosto, inteligente e redondinho!
    Adorei a resenha!
    Bjos!

    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc. Uma leitura pesada por mês já está bom =P

      Excluir
  13. Oiee Kel,ainda bem que você está melhor :)
    Também já li várias criticas positivas em cima desse livro e estou bastante curiosa para o ler.O mundo que cerca Amelia não é fácil mesmo e ainda por cima com sua mãe ausente,mas as vezes chego a ter pena de Kate,e sua melhor amiga que vamos combinar de "amiga" não tem nada.
    Sei que essa história é intensa então estou deixando para ler depois que acabar meus melosos romances clichês.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Tinha um pouco de receio, na verdade um grande receio de essa história de parecesse com o livro do Harlan Coben - Confie em Mim, pelo visto o tema abordado é o mesmo, mas a forma de abordagem é totalmente diferente, é muito útil um livro falando sobre bullying atualmente, delineando os limites que as vezes são ultrapassados e o que isso gera de consequência na vida das pessoas afetadas, todos tem segredos que não gostariam de compartilhar, ainda mais com a ausência dos pais em um momento difícil como esse, incrível a habilidade da autora de mesclar várias formas de escrita e ainda assim manter a qualidade, prendendo o leitor em meio ao leitura, serve para nos alertar em um enredo muito inteligente e bem construído, uma obra que tem o poder de permanecer na memória de cada um de nós por muito tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi David. Ainda não li esse livro do Harlan, mas a narrativa de Reconstruindo Amélia é super inteligente. Com certeza é preciso sempre falar mais um pouco sobre bullying. O tema é complicado e bem polemico. Fiquei curiosa para ler Confie em Mim, tenho o livro aqui em casa.

      Excluir
  15. Assim que o livro foi lançado eu nao imaginava sobre oq ele falava, achei ate que era algum livro com historia bem chata e cansativa... comecei a ler resenhas dele e, todas positivas, me deixou bem impressionada. Fico imaginando o desespero da mae numa situaçao como essa e espero logo conhecer mais dessa historia.

    ResponderExcluir
  16. Oi Kel!! Eu li Reconstruindo Amelia para o Livros e Chocolate Quente e adorei a história. Realmente é bem tensa mas tudo se encaixa perfeitamente. O livro me prendeu do início ao fim e eu gostei bastante!

    Beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari,

      lia sua resenha lá na Dre. O livro é super tenso, né?

      Excluir
  17. Tenho lido cada resenha desse livro,m que minha curiosidade só aumenta! E você contribuiu ainda mais com isso! Rsrsrs... Já sei que vou ter uma ressaca ao término da leitura, né?

    Beijinhos!
    http://citacaonumclick.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Kel ! Só vejo o pessoal falando super bem do livro, com certeza este é um livro que darei uma chance apesar da capa não ter chamado minha atenção. Vou me jogar justamente pelas opiniões!


    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  19. Final surpreendente? ? Adorei, estou louca pra ler o livro, não cheguei a ver nem mesmo uma resenha negativa do até agora .

    ResponderExcluir
  20. Oi Kel!
    Ótima resenha.
    Estou vendo muitas e muitas resenhas postivas, minha curiosidade quanto a esse livro só aumenta.
    Preciso!!!!

    ResponderExcluir
  21. Ok, ok, ok... o livro acabou de entrar nos meus desejados, necessito desse livro. Parece ser bem intenso mesmo ein?! Eu quero muito saber desse livro, desse final... finais surpreendentes as vezes é bom, as vezes não, mas me parece que a autora não deixou a desejar. Estou bem curiosa, será que a Amélia se matou mesmo? por causa desse bullying todo, ou não?! Ai Kél, isso não faz não. Ainda mais com quem tá lisa. :x rs

    ResponderExcluir
  22. Raquel,
    Esse livro Reconstruindo Amelia, foi muito comentado como ótimo em algumas resenhas que li, e pelo seu relato realmente parece ser, ele é do jeito que gosto de ler, suspense e drama não sei se vou consegui ler este livro pois tenho muitos ainda, mas coloquei na minha lista, quem sabe não leio?
    Beijos,
    @ninh@
    http://detalhefeminino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi Kel..
    Amei a resenha, é a primeira que eu vejo sobre este livro, mas voce conseguiu me conquistar!

    ResponderExcluir
  24. Esse livro realmente é maravilhoso! E eu realmente não esperava aquele final haha Mas gostei demais. :)

    Anita

    ResponderExcluir
  25. Oi Kel.. Confesso aue n tinha dado mta bola pro livro,, nnao leio muito sobre bulkying e quero melhorar isso,. E esse livro parece ser otimo!!
    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Oiiiiiii
    Estou encantada por esse livro desde o lançamento.
    Li muitas resenhas boas dele e não tem como não desejar e querer descobrir o que aconteceu com essa menina!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  27. Ainda não tinha visto a sinopse tampouco resenha deste livro. já vi otitulo em algum lugar e não tinha me atinado a capa... o titulo me deixou com um PREconceito em relação a obra: juro que imaginei que poderia se tratar de uma dona de casa extremamente submissa que resolve se reconstruir e deixar de ser uma mulher de verdade e começar a ter vaidade. Ótimo saber que não chega nem perto disso... sua resenha como sempre muito boa e me deixou na vontade de ler mais um livro... pelo amor de Deus Kel.... minhas visitas no Por uma boa leitura so aumenta minha listinha.

    ResponderExcluir
  28. Assim como você não gosto quando a sinopse releva muita coisa do livro e o fato de não gostar muito de livros densos tbm pesa um pouco contra ele, já tinha visto ele sendo sorteado em vários blogs, mas nunca li ou vi uma resenha sobre ele e como julguei o livro pela capa e pela sinopse não tinha ideia que o livro poderia ser bom, com leituras que não são rápidas confesso que não sou muito boa. Não lerei somente por isso o livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  29. Eu estou louca pare ler este livro. Já até pedi de presente e espero ganhar logo para poder ler rsrs.

    Pela sua resenha você esperava um outro final. Espero gostar do livro.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Olá Kel,
    reconstruindo amelia me lembrou um pouco Chevy Stevens, não a história, mas toda a drama pesada na história aliada ao suspense. Com certeza eu ia gostar do livro!!
    5 dias é demorar? 5 dias é oo tempo que eu leio bem rapido hahahah
    Super abraço, Victor Rosa!

    ResponderExcluir
  31. Eu já tinha lido algumas resenhas sobre esse livro, mas como a lista de livros para ler ainda está grande aqui. Deixei pra depois. haha , mas ainda quero muito ler esse livro!

    ResponderExcluir
  32. Oi Kel, ainda não tinha lido nenhuma resenha e nem a sinopse do livro e me interessei bastante por ele, fiquei muito curiosa, mesmo sendo denso acho que leria ele de boa em poucos dias. Amei sua Resenha. Beijos

    ResponderExcluir
  33. Oiii
    Gente, eu tô babando por esse livro, ele tem tudo que eu gosto, suspense, a discussão dobre temas polêmicos, como relacionamentos familiares e opção sexual... A capa é linda e a premissa, incrível. Só fiquei mais curiosa com livro depois de ler essa resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Kel amada, tudo bom??Ese livro está tendo uma recepção mega positiva... Pela sua resenha (que está incrível) percebo que o autor soube construir a história, nos fazendo vivencia-la junto com Kate. Eu realmente preciso ter e ler esse livro...Sem sombra de dúvida esse parece ser um livro completo.Sei que vou amar. Além disso, o tema proposto é excelente e a capa ficou maravilhosa.
    bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!