05 julho 2014

# Mudando de Assunto // Mirella Ferraz

Oi, galera, tudo bem?

Hoje o nosso papo da coluna Mudando de Assunto vem lá do fundo do mar. A entrevistada deste sábado é a linda Mirella Ferraz, autora de Sereias. A Mi é uma fofa e eu espero que vcs gostem da nossa conversa =) Tem até noticia exclusiva sobre a Bienal!!! Confiram



1) Como decidiu ser escritora?

R: Bem, eu venho de uma família de escritores, poetas e compositores. Muita gente não sabe, mas sou uma prima distante do grande escritor Camilo Castelo Branco, e isso já me enche de orgulho. A literatura entrou na minha vida de forma muito natural. Me lembro de meu pai me levar em bibliotecas desde que eu aprendi a ler e a escrever. E foi exatamente nessa mesma época que fiz meu primeiro livro. Aos 5/6 anos! Aos 7, já tinha escrito meu segundo livro! Claro, singelos e pequenos livros, mas já com uma história embasada e defendida com afinco, começo, meio e fim. Portanto, na minha cabeça eu já sabia que uma hora chegaria em que eu optaria por seguir essa profissão. E quando essa hora chegou, a abracei com unhas, dentes e cauda! haha

2) O que os leitores podem esperar de Sereias?

R: "Sereias" é meu primeiro livro como escritora profissional, e como é o primeiro, tem todo aquele sentimento arrebatador do primeiro amor. Nesse livro eu coloquei toda a minha paixão pelo mar e pelas sereias. É um livro bastante autobiográfico nesse sentido. Ele conta a história de uma garota chamava Coral que, assim como eu, nasceu com esse grande fascínio pelo mundo das sereias e esse amor inexplicável pela água, pelo mar. Ela conta com a ajuda de um apaixonado garoto, o Marcelo (que é o narrador da história) para desvendar mistérios sobre o seu passado e futuro. Mistérios esses que sempre a ligam magicamente ao mar. É um livro que fala muito sobre o descobrimento pessoal e o amor tanto romântico quanto o amor familiar, aquela dor da perda, sabe? Ah, e também sobre o amor aos animais, já que isso é primordial em todos os meus escritos. E é um livro também bem interessante para quem quer conhecer um pouco sobre quando e onde surgiram os relatos desses seres mágicos e lendários que são as sereias.

3) Quando surgiu a sua paixão pelo mar e pelas sereias?

Desde que nasci! Desde que me conheço por gente, ou, como sempre digo, desde que me conheço por sereia! haha. Meu livro "Sereias" fala bastante sobre isso. Essa paixão avassaladora é realmente inata em mim. Já contei algumas coisas sobre o meu passado em outras oportunidades, como o fato de que a primeira palavra que falei foi "sereia". Aliás, antes dos meus livros e antes de eu aparecer na mídia realizando o trabalho de sereia nos aquários, na minha cidade todo mundo já me chamava por "Sereia". Porque eu sempre disse e sustentei com o queixo erguido, por menor altura que eu tivesse, que era uma sereia! Sempre andei na rua cheia de conchinhas pelo cabelo, sempre vivi mais na água que na terra.
4) Ao escrever Sereias você imaginou que o livro teria continuação ou a ideia veio durante o processo?

Na verdade, "Sereias" ainda não tem uma continuação. Muita, mas muita, muita, muita gente mesmo me pede essa continuação, até porque no final do livro fica uma questão em aberto. E isso alucinou muita gente... haha. Pessoas que estão ávidas por saber o desenrolar dessa questão. Mas a verdade é que eu deixei isso em aberto de propósito. Não só para o leitor usar a própria imaginação e, principalmente, o coração nisso, mas também porque eu mesma não sabia que caminho tomar, já que, para mim, a personagem Coral se transformou em uma extensão de mim mesma, vcs compreendem? Então esse livro é para ser um livro fechado. Entretanto, nada impede que eu realmente faça uma continuação, já que até ameaça de morte eu já recebi! haha. Quem sabe no próximo ano esse não seja o meu projeto, hein? ;)

5) E por falar em  "Quando as Sereias Choram", seu segundo livro já está em fase final de produção. Você pode dar alguma pista pra gente sobre como vai ser o livro? Já tem alguma previsão de lançamento? =) 

Sim, ele já está no forno e eu estou ansiosíssima para vcs, leitores, o saborearem e me dizerem o que acharam! Eu estou simplesmente apaixonada por esse livro. Foi um trabalho feito com muito amor, afinco e, principalmente, dedicação. Para vcs terem uma ideia, eu passei quase 3 anos da minha vida só estudando e pesquisando para esse livro. Como é um romance histórico passado no século IX, bem na época das invasões vikings, tive que estudar muito! Mas foi enormemente gratificante esse estudo e posso dizer, sem sombra de dúvida, que os leitores perceberão uma maturidade literária absurda nesse livro. Apesar de "Sereias" estar sempre no meu coração, o "Quando as Sereias Choram" se tornou meu xodó e meu motivo de orgulho, porque não tive medo de ousar e te focar em assuntos polêmicos (eu acho que anda faltando um pouco isso na literatura nacional contemporânea) e também porque percebi o quando cresci e amadureci na escrita. É um épico que conta uma lenda esquecida. Ele está saindo agora pela Novo Século e será um dos lançamentos especiais na Bienal, agora em agosto. E, claro, como adoro vcs, vou soltar em primeira mão a sinopse oficial do livro! Uhuu! Espero que gostem:

Mirella Ferraz, autora de “Sereias – O Segredo das Águas”, nos brinda com um verdadeiro épico!
Uma lenda esquecida será recontada. A história de uma sereia e de uma santa real, adorada e renegada ao mesmo tempo. Santa Murgen, a “nascida do mar”, a santa retratada como uma sereia, que incrivelmente mudou o mundo e até a maior religião existente. Eternizada nos Anais Irlandeses, ela conseguiu romper com tabus e estremecer o patriarcado. Uma figura pagã inserida misteriosamente no seio de igrejas cristãs. Amores, paixões, guerras e morte. O mundo viking visto através dos olhos aterrorizados dos cristãos, dos olhos azuis e sedentos por sangue de um guerreiro, mas principalmente, através dos olhos acinzentados de Liban, a menina que nasceu no mar e que carrega além de uma mágica ligação com o oceano e com um golfinho, questionamentos selvagens acerca do mundo que a rodeia. Os mares escondem histórias misteriosas. E é uma, dentre tantas, que será contada agora. Porém, não se melindrem, será uma em especial. Afinal, essa é uma história contada através das lágrimas. Lágrimas derramadas por sereias...


6) Quais são as suas inspirações literárias?

Primeiramente meu pai! Um verdadeiro gênio, um poeta de alma romântica, com uma escrita fabulosa e inspiradora. Depois, claro, meu primo Camilo Castelo Branco. Também admiro muito Nélida Piñon, grande escritora brasileira e uma mulher fantástica. Marion Zimmer Bradley, autora dos meus livros prediletos (As Brumas de Avalon). Tolkien, que não pode deixar de ser esquecido por nenhum autor de fantasia e também J.K Rolling, já que sou fanzaça de Harry Potter.


7) Como você vê a literatura nacional nos dias de hoje?

Em franca ascensão e muito rica, diversificada, com uma gama cada vez maior de autores. Ao mesmo tempo ainda vejo a literatura nacional engatinhando perto da poderosa literatura estrangeira, no que tange à popularidade e a importância na visão dos leitores brasileiros, infelizmente.

8) Qual é a maior dificuldade na carreira de escritora? E qual é a maior felicidade?

A maior dificuldade é realmente romper a barreira de conseguir ser bem lido aqui no Brasil. De romper esse preconceito que alguns leitores brasileiros ainda tem com literatura nacional. E, claro, todo mundo sabe também que uma das maiores dificuldades na carreira de um escritor é conseguir uma boa editora que aposte em seu talento, em suas historias.  Agora, a maior felicidade, sem sombra de dúvida, é o carinho dos leitores. É chegar cansada em casa, abrir o seu email ou seu facebook e dar de cara com um leitor que diz que seu livro mudou a vida dele, que seu livro é o melhor que ele já leu, que o fez sonhar acordado ou ficar noites sem dormir. Saber que temos esse poder de alegrar pessoas, de fazê-las sonhar com um mundo que vc criou, é tão, mas tão fantástico e gratificante que é até difícil falar sem conseguir se emocionar... sem que uma lágrima escorra... E aí eu pergunto a vcs: o que acontece Quando as Sereias Choram? haha.

9) Mande um recado para os leitores

Primeiro quero agradecer à querida Raquel que elaborou essa entrevista tão legal e depois à todos os leitores do blog Por uma Boa Leitura. Em primeira mão também divulgarei aqui o dia em que estarei na Bienal, será no dia 24/08 (domingo) às 15:00 para uma sessão de autógrafos, onde ficarei imensamente feliz em encontrar vcs lá <3 Para quem quer saber um pouquinho mais do meu trabalho antes da publicação de "Quando as Sereias Choram", podem acessar o meu conto intitulado "Sereias Também Caminham", que está na Amazon.
E por fim, só gostaria de desejar que as sereias estejam sempre com vcs, deixando um rastro de magia e maresia no ar...

39 comentários

  1. Adoro entrevista com autores nacionais. É muito bom conhecer um pouco sobre eles e ainda de quebra descobrir sobre os próximos trabalhos do autor.
    Apesar de ser uma apaixonada por livros nacionais sou sincera ao dizer que não gosto muito de histórias com uma pegada sobrenatural, mas adorei a proposta da autora e fiquei curiosa para saber mais sobre o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise, tudo bem?

      Que bom saber. Todo o sábado tem entrevista por aqui

      Excluir
  2. Oi Raquel,
    Mas uma ótima entrevista!!
    A Mirella parece ser super simpática e como gosto do tema “sereias” espero no futuro ter uma oportunidade de ler seus livros.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Excelente entrevista :) estas entrevistas dão-me esperança.

    Beijos
    thatstory1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Kel que entrevista perfeita. Adorei conhecer um pouco mais sobre a Mirella. A tempos quero ler seus escritos, mas ainda não tive oportunidade. Mas já add ao meu skoob e agora não vou esquecer, pretendo investir neles logo logo. Quem dera ir a bienal e pegar autografo, como não vou conseguir vou entrar em contato com a autora e negociar.
    Enfim tenho curiosidade para saber mais sobre as sereias, quase não li nada sobre esse ser interessante.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia essa autora e nem o livro dela, mas me pareceu interessante, ainda mais porque também sempre fui fascinada por sereias (depois de assistir A Pequena Sereia quando era criança e me apaixonado). =P

    Beijos,
    Cenas do meu livro de memórias | Fanpage do Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata! Ih, entao vc vai adorar os livros da Mirella =D

      Excluir
  6. Não conhecia o livro nem a autora..mt bom saber de mais uma autora nacional :) adoroo livros com esse tema de sereia :)
    Gostei sim de fale! Pra quem gosta de um drama eu super indico ;)

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/livroaoavesso

    ResponderExcluir
  7. Confesso que não conhecia a autora, bem interessante este fascínio dela pelo mar e por sereias, bem diferente isso. Gostei de conhecê-la e desejo sucesso!

    Abraço,
    Diego de França

    Aguardo sua visita ;-)
    Leitor Sagaz | Grupo Amantes da Literatura

    ResponderExcluir
  8. Adorei a entrevista e ainda mais de conhecer mais sobre o universo da sua obra, adoro sereias e acredito que sera uma grata leitura! Quero ter a oportunidade de ler em breve =D quem sabe não ganho em um sorteio por ai né? hahaha

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Do jeito que vc anda sortuda, vai ganhar mesmo =P

      Excluir
  9. Confesso que não conhecia a autora e seu livro, bem interessante este fascínio dela pelo mar e por sereias. Gostei de conhecê-la, no mais só posso desejar sucesso!

    Abraço,
    Diego de França
    Aguardo sua visita ;-)
    Leitor Sagaz | Grupo Amantes da Literatura

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Que entrevista sensacional, já tive contato com esta sereia fofa, eu divulguei ela uma vez no blog, sou fascinada por "mundos" assim, bruxas, sereias, fadas, lobisomens, vampiros e etc kkkk
    Nossa, um ótimo talento, muito fofa a Mirela e espero ler logo seu livro, só não sabia que ela estava em um novo projeto e desse seu próximo livro hehe.
    Com toda certeza, a dificuldade é muita, eu mesma tinha um preconceito, confesso rs, mas depois eu vi que existem muitos que são melhores que os internacionais =D.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Kel! Tudo bem?
    Eu não conhecia a autora, mas já achei a Mirella super simpática! Super bacana esse fascínio dela por sereias e pelo mar, eu realmente adorei e já foi procurar saber um pouco mais sobre os livros dela! É uma pena que não poderei ir na Bienal, sinto que perderei muita coisa bacana por lá :/ Adorei a entrevista!! Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Adorei a entrevista, a autora é uma querida mesmo! Sou louquinha para ler Sereias *-*

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. oi Kel,
    Gostei muito da entrevista. Não conheci a autora e o livro, e adorei ver como ela é super empolgada com o trabalho. E que autora precoce, o primeiro livro aos 5 anos! Uau, rs
    Fiquei bem curiosa com o livro dela, ainda mais porque o narrador é o rapaz, e não a sereia, e isso deve trazer um ar de mistério e descobertas maior.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos conhece-la pessoalmente na Bienal, Bru

      Excluir
  14. Ei Raquel, bem legal a entrevista.

    O_O Sério Mirella?!?! 5/6 anos. E eu aqui me batendo pra tentar escrever uma fanfic haha
    Gostei dessa parte: "abracei com unhas, dentes e cauda!" =P

    Será que foi a Mirella que passou na tv? Acho que na record, lembro de uma reportagem de uma moça vestida com calda num aquario. Será?

    Boa sorte no lançamento do livro! Vai dá tudo certo Mirela. A história me parece bem diferente.

    Abs...

    ResponderExcluir
  15. Adorei a entrevista, Mirella Ferraz parece encantadora... Fiquei empolgada para conferir Quando as Sereias Choram.

    http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi,
    A Mirella é muita simpática. O livro parece ser muito interessante.
    Adorei a foto!
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi mo! FIcou ótima a entrevista! A autora parece ser muito simpática!

    ResponderExcluir
  18. Oi Kel, adorei a wmtrevista,.
    Nao conhecia a autora e nunca li nada de sereias entao anotei na minha lista de desejados,,,

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oiee

    Muito legal a entrevista adorei a premissa do livro e espero poder ver a autora na bienal.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  20. Já tinha visto a autora do livro em alguma entrevista, mas não sabia desse lado dela. De autora! Adorei a premissa do livro, fiquei bem curiosa mesmo. E essa capa gente?! Adorei, mas gosto de finais redondinhos. Então já estou torcendo para um possível continuação, pra poder comprá-los. u.u hehe
    Adorei a entrevista =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhh a capa é linda mesmo. tb fiquei babando

      Excluir
  21. Oi Kel, adorei a entrevista, já conhecia o livro da autora mas nunca tive oportunidade de ler. Adoro essa capa do livro e já fiquei mega curiosa com o livro novo. Beijos

    ResponderExcluir
  22. Kel adorei a entrevista.
    Não li o livro dela, mas confesso que fiquei curiosa. Vou procurar saber mais ^^.

    Abraços
    Vivi

    ResponderExcluir
  23. Oi Kel, tudo bom?
    Eu jurava que tinha comentado aqui já, porque já li a entrevista dela hahaha
    A Mirella é bem fofa e eu achei legal ela defender tanto o livro dela, até vestidinha de sereia ela está! :3
    Gosto muito da temática e fiquei super curiosa, amei saber que o narrador é um homem, as vezes a gente foca tanto na personagem feminina que esquece o carinha, que fica sempre de segundo plano! Adorei!
    Beijão
    http://www.sarahmarques.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Não conhecia o livro e nem a auto, mas adorei a entrevista . E como assim o primeiro livro dela ela escreveu com 5/6 ?

    ResponderExcluir
  25. Olá kel,
    não conhecia a autora e nem seu livro, mas a achei super simpática e achei muito legal ela se vestir de seria hahahahah
    Nunca li nada sobre sereias e confesso que até hoje nunca ive vontade, mas estou bem curioso em relação ao novo livro dela (a sinopse parece bem interessante)
    Super Abraço!!

    ResponderExcluir
  26. Oie!
    Também não conhecia a autora e seu trabalho aqui apresentado e achei super legal conhecer um pouquinho dos dois de uma vez só rsrsrs
    Gosto bastante de entrevistas com autores, acho super interessante. Não li nenhum livro parecido ou que tenha uma sereia como personagem e pretendo adicioná-lo na lista de leituras.

    ResponderExcluir
  27. Aah, achei muito bonitinho ela se vestir de Sereia por causa do livro dela ^^
    Gostei de saber um pouco mais sobre o trabalho dela, apesar de não gostar de livros com essa temática de sereias, li um uma vez e não gostei nem um pouco, então acho que não é uma leitura que eu faria no momento, mas desejo muito sucesso pra autora!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!