17 junho 2014

# Papo Literário // Fanfics

Oiee, galera, tudo bem?

Bom, tudo "marromeno", né? Acho que todo mundo sabia que o México daria trabalho para o Brasil, mas ninguém esperou que o jogo fosse ser TÃO chato! Bom, e como foi empate, não teremos a promoção Vai ter Copa referente a esse jogo. Guardei tudo para o próximo, contra Camarões. Por isso cruzem os dedos que DESSA VEZ  o sorteio vai sair e eu não vou precisar entrar no blogger correndo, como uma doida, pra tirar um post programado do ar =P

Enfim, agora vamos ao que interessa. Estava morrendo de saudade de escrever essa coluna. Na semana passada tive um imprevisto, mas hoje o Papo Literário está com tudo. Vocês já ouviram falar de fanfics, certo? Não? Vou explicar: essa é uma abreviação para a frase fan fiction, ou seja, "ficção criada por fãs". Trata-se de histórias criadas por fã de determinados livros (e nesse meio existe muito Harry Potter, Jogos Vorazes e até mesmo bandas, atores, etc) que fogem do que já foi criado pelo autor.


Na minha época de adolescência eu escrevia muita fanfic de Harry Potter. E também lia muitas fanfics. Confesso que ultimamente larguei o hábito. Conheci muita gente legal neste mundo das fanfics e uma delas foi a Rê, que está apoiando o Top Comentarista deste mês. 

Não saberia dizer como surgiram as fanfics, mas uma coisa é certa: elas estão por aí há muito tempo. Há uma infinidade de sites para leitura de fanfics e mais outro infinito de blogs onde os próprios autores postam seus materiais. O mais interessante disso tudo? Um fã nunca fica insatisfeito porque com certeza vai encontrar uma história com aquele seu casal preferido, sempre vai poder ler algo diferente sobre aquela saga que tanto adora. 

E se você pensa que essa história de escrever fanfic não está com nada, saiba que muitos autores começaram neste meio. Acho que a fanfic mais conhecida é Cinquenta Tons de Cinza, uma fanfic (cujo nome original é Master of the Universe I and II) inspirada em Crepúsculo. Mas a E.J James não está sozinha. Ainda na onda de sexo e cenas quentes, Cretino Irresistível era uma fanfic chamada The Office. O livros da Tara Sue Me: Submissa, O Dominador e The Training também eram fanfics. 

As fics são interessantes porque incentivam a escrita e ajudam o autor a se aperfeiçoar e a se tornar mais conhecido entre os leitores. Sem contar que ultimamente muitas editoras tem buscado no universo das fan fics seus novos talentos. 

Outros exemplos de fanfics que viraram livros:

Amor no Ninho Também foi inspirada em Crepúsculo. 

Autor: Maribell Azevedo
Editora: Kalango
Páginas: 474




Sinopse:E se você fosse escolhida, para ser irmã do amor de sua vida? Num mesmo ninho, podem nascer diferentes tipos de amor. Irmãos adotivos, Marina e Daniel se tornam grandes amigos. O tempo passa e à medida que eles crescem a semente do amor, enraizado em seus corações desde a infância, começa a germinar, desafiando assim as regras impostas por seus pais. Ao tentar viver esse amor, o futuro se revelará traiçoeiro e cheio de armadilhas. Eles estarão preparados, para enfrentar todos os desafios que o destino lhes apresentar? Daniel e Marina uma surpresa, o conflito, um segredo e a oportunidade de viver um Amor No Ninho.



Sábado à Noite era uma fanfic da banda McFly

Autor: Babi Dewet
Editora: Generale
Páginas: 334




Sinopse:É o primeiro livro de uma trilogia repleta de amor, música e amizade. Amanda é popular na escola e os amigos do seu amigo de infância são considerados os ‘marotos’ do pedaço por desrespeitarem as regras. Tudo ao seu redor acaba desmoronando quando um amor mal resolvido volta à tona e a sua amizade é posta em prova. Se não bastasse, seu diretor resolve dar bailes aos sábados e uma misteriosa banda mascarada foi convocada pra tocar. Mas suas letras dizem tanto sobre ela… Afinal, quem são esses mascarados de Sábado à Noite?







Loving The Band é uma fanfic de One Direction

Autor: Emily Baker
Editora: Editora ID
Páginas: 200




Sinopse: E se você entrasse na vida da boy band dos sonhos de toda garota? Quando Jess e sua melhor amiga, Tegan, conhecem pessoalmente o The Only Truth, a boy band mais badalada do momento, não imaginam o tamanho da aventura em que vão se meter. Jess começa a se envolver não apenas com um, mas com dois dos meninos da banda. Um é amigável e conquistador, e o outro é sério e mais fechado. Como decidir, se ambos são gatíssimos e carinhosos? Por tudo isso, ao final das férias Jess se vê obrigada a tomar a maior decisão de sua vida...





Como (quase) namorei Robert Pattinson é outro exemplo com inspirações em Crepúsculo

Autor: Carol Sabar
Editora: Jangada
Páginas: 464

Sinopse: Aos 19 anos, Duda é literalmente viciada na saga Crepúsculo. Já perdeu a conta de quantas vezes leu os livros da série e assistiu aos filmes. Através de um perfil secreto na internet, ela se comunica com outras fãs do Crepúsculo que, assim como ela, estão totalmente convencidas de que não há garoto no mundo que valha um dente canino do vampiro Edward Cullen. Sua obsessão ganha fôlego com uma temporada de estudos em Nova York, onde ela faz planos mirabolantes para conhecer pessoalmente Robert Pattinson, o ator que interpreta o vampiro nos cinemas. Mas, após um incidente com seus únicos (e insubstituíveis!) livros da saga, Duda entra em verdadeiro surto de desespero. Percebe, então, que uma mudança radical em seu comportamento “crepuscólico” é mais do que urgente.




O Inferno de Gabriel - Olha o Crepúsculo aí, gente! huahuahahua

Fanfic: The University of Edward Masen
Autor: Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
Páginas: 511

Sinopse: Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoros o professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites.  O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados. Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer. Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir.



Quer ler fanfics? Então deixo aqui algumas sugestões de sites:

Nyah! Fanfiction, Fanfiction, Fanfics, Floreios e Borrões

50 comentários

  1. Oie Kel!
    Ando sumida, mas assim que vi que o papo seria sobre Fanfics tive que dá uma espiada! Não sabia que você também era autora de Fanfics, tem alguma história no ar ainda ? Eu Amo Fanfics! Encontrei um mundo sem querer, e entrei nele para nunca mais sair, o engraçado é que a maioria das autoras que vivaram escritoras de livros físicos se basearam em Crepúsculo, mas em qualquer categoria acho que sempre vai ter aquela '' surpresa de uva '' e uma escrita que pode ser tão fantástica quanto as que a gente lê nos livros da nossa estante. Eu mesma, já encontrei várias garotas que escrevem tão bem que eu ainda não sei como uma editora não pregou o olho nelas haha.
    Dos livros que você citou, já li ´´ Azar o Seu! ´´ da Carol Sabar e estou louca por '' Como quase namorei Robert Pattinson'', a escrita dela é daquelas que nós faz rir nas primeiras linhas.
    Ótimo papo literário :) Já falei que amo essa coluna ?
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lih! Viu o post depois deste? Tem o link da minha fic. Tempos de Escolha, sobre os marotos. Pois é, não sei como tem tanta gente que se inspira em Crepúsculo. Não gosto da saga

      Excluir
  2. Que engraçado, não sabia que existiam fanfics e devo dizer que fiquei bastante curiosa para ler alguns :) Bom trabalho

    Beijos
    thatstory1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oiee

    Nunca li nenhuma fan fic mas trocava cartas antes com fãs de boy band e isso fazia escrever algumas história com eles e era demais :) Legal saber que algumas conseguiram virar livros sinal que podemos nos aventurar nesse mundo quem sabe um dia !

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh daquelas histórias conjuntas? Cada um vai escrevendo um pouco e passando o caderno? Se for, achei o máximo

      Excluir
  4. Adoro Fanfics!
    Os que você escolheu são legais!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Oi :)
    Eu nunca tinha lido nenhuma fanfic, mas depois de ler este post, fui procurar e encontrei três fanfics que são continuações da saga Twilight. E estou muito curiosa pra ler *-*
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  6. Oi Kel :)

    Gostei muito do post, super original. Curto fanfics, desde que elas sejam bem escritas, é claro. O único livro que li baseado em uma obra famosa é Cinquenta Tons de Cinza, que é baseado em Crepúsculo. Preciso falar nada, né? Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Gabriel, tudo bem? Gostou de 50 tons? =P

      Excluir
  7. Oi Kel

    Não sei explicar o meu sentimento para com as Fanfics. Gosto bastante do Nyah, já publiquei uma estoria la mas nada baseado em outros livros, talvez uma coisinha ou outra.
    Nunca li nenhuma Fanfic... bom, na verdade eu já dei uma olhada em uma e a pessoa vai e me coloca sacanagem no meio da estoria, dai virou uma fic pornográfica, não sei se quando vc lia era assim também, mas hoje em dia esta cheio disso, esse negocio de Dramione.. Crepusculo então, nem se fala, ta ai 50 Tons de prova. Mas enfim, talvez algum dia eu dê chance para alguma.

    Beijos

    Theo / Mania de Leitor
    http://maniadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Theo,

      acho que não tinha muita pornografia nas fics de HP não. Ou pelo menos não nas que eu lia huahuahuahua

      Excluir
  8. Olá!
    Sério que fazia de HP? Poste uma algum dia se tiver, adoraria (=
    Não conhecia, mas vou visitar cada um e ver se gosto de algum rs, de todos estou mais para Como quase namorei Robert Patison....
    Adorei o post e não assisti o jogo, que pena que perdeu =/

    Beijos!
    De tudo um pouco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thá!

      Tem o link da minha fic no post após esse. Espero que goste =P

      Excluir
  9. Sabado a noite é uma fanfic que até hoje estou louca pra ler.
    Em épocas de Orkut eu lia muitas e até escrevia, hahahaha.
    Era apaixonada por elas.

    Um beijo,
    Livrologias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh eu tenho sábado a noite. Quero ler tb =P

      Excluir
  10. Kel adorei o assunto abordado. Confesso que não conhecia muito exemplos e adorei os que vc indicou. Já ouvi falar mas nunca parei para buscar mais informações. Acredito que a ideia é bem útil e fico feliz que as editoras estão dando atenção esses novos escritores.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline! São o novos autores crescendo. Isso é muito bom

      Excluir
  11. Ei Raquel,
    Já li algumas fanfics. Até tentei criar uma como sendo uma continuação de um filme, mas saiu um desastre kkk.
    Acho interessante as pessoas que criam, algumas escrevem muuuito beeem. Um ótimo modo de, quem sabe, começar a carreira de escritor.
    Já tinha ouvido falar de Sábado a Noite e Como Quase namorei RP, mas não sabia que eram fanfics. o_o

    Abs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh a gente sempre acha que ficou ruim. Mas aposto que ficou show de bola =P

      Excluir
  12. Eu já li algumas fanfics, nunca escrevia uma rs
    Tenho vontade de ler os livros da Maribell nem sabia que tinha sido uma fanfic...
    Gostei do post...
    Beijos
    http://amandastale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oiiiii Kel!
    Não li nenhuma fan fic, mas tenho algum dos livros que você citou e olha, eu nem sabia que eram de fan fics!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  14. Oie!!

    Sabe que esse mundo de fanfics eu vim conhecer a pouco tempo? Pois é.
    Eu pessoalmente não sabia que Amor no Ninho era uma fã. Adoro esse livro!
    Estou no momento acompanhando uma do One Direction, e menina, estou impressionada como tem fan deles!
    Amei essa postagem!!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois ééé, essas boybands fazem sucesso. Só não consigo imaginar como é uma fanfic de onde direction ou, sei lá, Justin Biba...

      Excluir
  15. Nunca li uma fanfic e adorei seu post pois reconheci alguns livros q quero ler e que são fanfics..
    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br/2014/06/lendo-em-ingles-parte-1.html?m=1

    ResponderExcluir
  16. Olá Raquel,

    Apesar de não ter lido nenhuma fanfic ainda, acho a ideia bem interessante e espero que continue por muito tempo...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oii Raquel!!

    Minhas amigas amaaam fanfics! Só que eu mesma nunca li. Achei interessante você falar sobre elas. :D
    E essas fanfics que viraram livros então? Tá aí 50 tons que provou o sucesso! hsuahuahsuhaush.. É bem legal isso. xD
    Acho que vou aceitar um desafio e escrever uma..
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ÉÉÉ, mas não sei se 50 tons é um sucesso HUAHUAHUA =P

      Excluir
  18. Oi Kel!
    Como (quase) Namorei Robert Pattinson é um livro lindo e maravilhoso!
    Adooooro mesmo ♥
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sou super curiosa para ler, Thá. Mas tenho o Azar o Seu =P

      Excluir
  19. Oi Raquel, tudo bom?
    Eu escrevia novas versões de livros que eu gostava, mas na minha adolescência eu não sabia que se chamavam fanfics. Nunca tive o costume de ler e acompanhar sites de fanfics, mas sabia dos livros que surgiram baseados em algumas séries. Recentemente fui em um bate-papo com a Carol Sabar e ela falou sobre esse assunto.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Confesso que nunca li nenhuma fanfic :( acho isso um tremendo preconceito da minha parte, mas eu sempre considero que deve ser ruim! mas sei que isso é uma bobagem da minha parte e vou atras de ler uma fanfic de A seleçao (que é meu livro favorito)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jack! Tem umas fanfics muito boas!! Dá uma chance, vc pode curtir =P

      Excluir
  21. Oi Kel!
    Nossa, tinha certeza que Loving Band era baseado no 1D, mas ninguém concordava então tinha deixado meio quieto. Sou super fã!
    Você viu que a Companhia das Letras vai publicar uma Fanfic Americana baseada no 1D, mas erótica? Fiquei tipo :O
    Adorei o post, e estou torcendo para que tenha promoção na segunda o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HUAHUAHUAHUA viu só? =P Tem umas combinações que não imagino e uma delas é boybands e histórias eróticas huahuahua

      Excluir
  22. Oiii, adorei o papo literário de hoje, desde que me entendo por gente que leio fanfics, nunca me arrisquei a escrever, mas sempre que não tenho tempo de ler um livro, corro e vou ler uma fic. As editoras estão certas em procurar escritores nesse meio, tem muita gente boa que escreve muito bem! E conheço alguns autores que já estão escrevendo seus próprios livro! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que curtiu, Dani!!! Tb adoro fanfics *-*

      Excluir
  23. Oie,
    tb escrevia muitas fanfics do Harry Potter na adolescencia e lia mtaaaas, adorava!
    parei por falta de tempo.
    Um dos meus livros era uma fanfic tb rsrsrs

    Adorei relembrar esses tempos...

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  24. HAHAHA O post estava prontinho, o livro embalado e tudo mais e aí o Brasil joga aquele jogo bostinha. Os outros jogos estão mais animados, e cheios de homens bonitosssss!
    #TátendocopaSIM
    Então, sobre fanfics. Tenho certeza que elas são valiosíssimas pro desenvolvimento do autor, mas muitas fanfics que ficaram famosas me deixam um pouco desconfortável, tipo a Draco Dormiens, da Cassandra Clare. Cara, eu só odeio essa mulher porque um dia ela resolveu escrever uma fanfic de HP e que ficou uma merda e hoje ela é famosa por isso. Tá, me exaltei. Prefiro ficar longe de fanfics hahaha
    Mas sou doida pra ler Sábado a Noite, até por não saber quem é McFly, acho que não iria fazer diferença.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Cassandra escrevia fics tb? :OOOOOOOOOOOOO

      Excluir
  25. Eu sabia de alguns livros, mas fiquei chocada com os que eu não sabia kkkkk

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi Kel eu adoro um bom clichê ( OK na dose certa né! ) mas as fanfics também me agradam, pois muitas antes de serem lançadas sofrem alterações como no caso de Cretino Irresistível.

    Mas enfim, acho que sempre terá pessoas que amam e odeiam, eu como uma boa curiosa gosto do tipo de leitura!

    EU nao sabi que o Inferno de Gabriel era uma, logo ja cogito a leitura hahah

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  27. oiii, eis aqui uma leitora viciada e assumida de fanfictions!
    Também não sei quando surgiram, mas realmente tem muito tempo! Eu comecei a ler fics logo que ganhei meu primeiro pc, no meu niver de 15 anos (e já to com quase 30!). Já fiz de tudo no universo das fics: li um milhão, traduzi, adaptei, escrevi. Meu vício maior eram as fics de Buffy, a caça vampiros, e foi dessa série uma das melhores histórias que já li na vida, melhor que muito livro por aí.
    Eu já critiquei muito 50 Tons, mas sempre falo que seu maior ponto forte, sua maior contribuição, foi voltar o foco das editoras para os autores de fanfictions. Depois de E.L. James, vários outros ganharam destaque. E estamos vendo o mesmo aqui no Brasil, agora.
    Dessas fics que vc citou, li The Officer (e agora já estou no terceiro livro da série adaptada) e a Trilogia A Submissa, de Tara Sue Me. Essa virou um vício, na época acompanhei a escrita da Tara em tempo real, e agora acabei de comprar o primeiro livro para ver como ficou. O inferno de Gabriel e 50 Tons já li como livros mesmo, rs.
    Dei um tempo nas fics, fiquei mais de ano sem ler, mas semana passada li uma, foi bom matar a saudades, rs
    bom, agora já chega, né. Esse comentário ficou gigante, rs

    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo totalmente, Bru. Mas a maioria das fics que são publicadas são eróticas. Cade os outros generos?

      Excluir
  28. Nossa, não sabia que existiam tantas fanfics assim, mas sinceramente não consigo ver semelhanças entre crepúsculo, cinquenta tons e inferno de Gabriel, rs. Dos citados acima tenho muita vontade de ler o livro da Carol Sabar, só que o preço desse livro vive lá em cima.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  29. Gente, eu to me achando bem velhinha porque não fazia idéia de que era fanfics, talvez porque na minha adolescencia nao tinha internet assi ma vontade, então eu lia um livro e ficava na minha. Depois de "velha" (tenho quarenta) nuncafui atras disso. Vou ver a sua no post aós esse :)

    ResponderExcluir
  30. To numa fase de ler no Wattpad ,mais as autoras não contam o final :( ,aí tu vai ver pra comprar o livro 40 conto . Confesso que to querendo largar esse vício,algumas até indico na minha pagina,mais acho que já ta feio postar só até no meio ou sem o final :( fica minha revolta rsrsrs

    ResponderExcluir
  31. Interessante ver que a partir de uma fanfic saiu um livro, nunca parei para ler uma fanfic mas agora vou ficar mais atento. Gostei da postagem.

    Abraço,
    Diego de França

    ResponderExcluir
  32. Oi Kel! Nunca tive o hábito de ler e de escrever fanfic, mas muito legal saber que muitos autores surgiram dessa forma! Adorei!

    Bjs

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!