# Resenha 89 // Como Viver Eternamente

Oiie, gente, tudo bem?

Espero que sim =D. Hoje é dia de mais uma resenha por aqui. Desta vez vamos falar de um livro lindo e bem emocionante que a Geração Editorial enviou para os blogs parceiros. Eu simplesmente amei e "Como Viver Eternamente" deveria aparecer no Top de livros para se ler em um dia =P. Sabe aquele livro que você não sabe como resenhar? Pois é, este é um deles. Impossível colocar em palavras tudo o que esse livro transmite. Mas prometo que vou tentar. =)

Antes de entrarmos na resenha, não se esqueçam que o Top Comentarista vai até o dia 3 de maio, pois ele começou no dia 3 de junho.

Bom, dito isso, vamos falar da 29ª. leitura do ano. 

Título: Como Viver Eternamente // Ways to live forever
Autor: Sally Nichols
Editora: Geração Editorial
Páginas: 232




Sinopse: “Sam ama fatos. Ele é curioso sobre óvnis, filmes de terror, fantasmas, ciências e como é beijar uma garota. Como ele tem leucemia, ele quer saber fatos sobre a morte. Sam precisa de respostas das perguntas que ninguém quer responder. "Como Viver Eternamente", é o primeiro romance de uma extraordinária e talentosa jovem autora. Engraçado e honesto, este é um livro poderoso e comovente, que você não pode deixar de ler. A autora tem apenas 23 anos e embora seja seu primeiro livro, ele está sendo lançado em 19 países, dirigido a crianças, adolescentes e adultos”. 



Sam é um menino de 11 anos e ele tem leucemia. Os médicos já tentaram curá-lo outras duas vezes mas o câncer voltou e agora ele toma drogas alternativas apenas para controlar a doença. Seu melhor amigo é Felix um garoto super sincero e verdadeiro (também com câncer). No livro, conhecemos um pouco do dia a dia de Sam, dos seus estudos em aulas particulares junto de Felix e, sobretudo, podemos perceber como a vida pode ser boa se ela for bem vivida.

Se eu tivesse que definir o livro em apenas uma palavra esta seria: encantador. É incrível ver o mundo pelos olhos de uma criança (tendo ela câncer ou não). No caso de Sam, infelizmente ele tem leucemia. E, apesar da doença, ele é um garoto normal. A curiosidade aguçada é uma de suas principais características. Isso tudo, sem contar que Sam é um menino apaixonante. 

O livro é como se fosse um diário onde ele escreve sobre o seu dia a dia, coloca fotos e faz listas. A história nos toca pela sua simplicidade. As palavras são diretas, capazes de fazer o nosso coração palpitar com tanta sinceridade. Impossível não se comover ao longo das páginas.




Não pensem que este é mais um livro deprê sobre como o câncer acaba com as pessoas. A doença é como se fosse o ar. Sabemos que está lá, mas nem sempre nos concentramos na sua existência. Como "Viver Eternamente" é um livro sobre as aspirações de Sam, seus desejos e pensamentos transmitidos de uma forma muito pura. 


"Esses novos medicamentos podem funcionar por bastante tempo, assim disse o Dr Bill. As pessoas podem viver por um ano inteiro ou mais. E eu já cheguei a quatro meses. Um ano é muito tempo. Qualquer coisa pode acontecer em um ano."

Para compor essa história linda, a autora nos presenteou com personagens incríveis. Felix é como se fosse a pedra angular da história. Ele é ousado e irreverente. Poucos anos mais velho que Sam, os dois se conheceram no hospital quando estavam internados. Através de toda a energia e motivação de Felix, Sam começa a listar algumas coisas que gostaria de fazer ao longo da vida. Para o amigo não há tempo ruim, Felix fala tudo o que pensa e, se você tem medo de se arriscar na vida, ele nos ensina: "Porque não tentar? ".








A Família de Sam também bem interessante. Os pais são preocupados e, ao mesmo tempo, fazem de tudo pelo bem estar do filho. Eles são fortes por fora, mas percebemos a fragilidade deles. Bella, a irmã é meio chatinha, mas confesso que parte dessa minha impressão é por eu ser irmã mais velha (como o Sam) e saber como os mais novos conseguem ser pentelhos aos 8 anos de idade. =P

A escrita de Sally é envolvente e cheia de questionamentos. A leitura é rápida, os capítulos são pequenos e todos são bem ilustrados, o que facilita. Apesar da leitura ser fácil, os momentos de nó na garganta existem e foram nessas horas que eu precisei fechar o livro e dar uma respirada. 

"Como Viver Eternamente" não nos dá a formula da vida eterna, mas nos mostra o quanto é importante fazermos valer cada minuto como se fosse o último. O livro nos ensina que devemos correr atrás dos nossos sonhos e nunca, NUNCA desistir, por mais improvável que eles sejam. 

Junto do livro, ganhamos da Geração um pacotinho de lenços. Chorei, claro. Me perdi em pensamentos com esse livro e me peguei refletindo sobre a vida. Por que complicamos todos? Por que somos adultos? Queria poder enxergar sempre a vida pelos olhos de uma criança para poder me lembrar das coisas simples, do que realmente vale a pena ser vivido. O mais engraçado é que o livro me mostrou um lado mais "bonito" da morte.

"Morrer é a coisa mais boba de todas"



Recomendo a leitura para pessoas de todas as idades e espero que vocês aprendam e se emocionem como eu! =)




35 comentários:

  1. Eu estou procurando um livro leve para ler, pois já chorei muito essa semana, mas não tem como não se encantar com este livro após ler a sua resenha. Achei muito gentil a editora mandar um pacotinho de lenços e eu já vou deixar o meu preparado para quando for ler o livro.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. huahuahuahuahau. Tb sou assim, Ana. Mas tem dias que eu to doida pra sofrer com as leituras =P

      Excluir
  2. Oi, Kel
    Adorei sua resenha. Estou ansiosa para ler esse livro, pois já li várias resenhas positivas sobre ele. Achei o tema do livro muito interessante. Vou chorar muito, pois não consigo ver uma criança doente. A capa é muito linda.

    ResponderExcluir
  3. Eu acho a Capa desse livro tão linda, e o nome simplesmente amei .
    Não vou dizer que gosto do gênero, mas tmb não tenho nada contra, e sim eu leria o livro.

    ResponderExcluir
  4. Oii Raquel!!

    Opa, então não é que os lencinhos foram úteis? haha..
    Fiquei bem curiosa para ler. Você sabe que adoro esses livros que nos fazem pensar, divagar, e que emocionam ao mesmo tempo.. :)
    E adorei sua resenha!! Arrasou!! :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Kel, é incrível como as histórias mais simples nos encantam ainda mais né? *-* estou falando isso porque estou lendo um livro com uma história tão realista, que acho que já chorei por uma semana inteira e ainda mais. Mas adoro a simplicidade e como ele é narrado e traz temas polêmicos e ao mesmo tempo não deixa a leitura empacar. Acho que " Como Viver Eternamente " fez o mesmo com você, então só poderei ler quando me recuperar desses com uma boa tirada de ressaca literária, ou uma trama que me faça rir alto.
    Achei bem legal a editora ter mandado até lencinhos juntos. Um gesto criativo e que ajudou né? haha.
    Bela resenha :)
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale. Fiquei com uma baita ressaca literária!

      Excluir
  6. Estava louca pra ler este livro desde que vi a sinopse dele no lançamento!
    Sabia que seria lindo!
    Se você que é "durona" precisou dos lencinhos, eu vou derreter!!!

    Pode fazer o próximo top com ele heim amiga?! Hahaha

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  7. Adoro livros assim, sabe? Que fazem com que a gente pare e reflita um pouco sobre as coisas. Livros que nos permitem enxergar o mundo pelos olhos de uma criança são sempre bons, pois no proporcionam uma visão diferente e pura do mundo.
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Julia. Leitura mais que recomendada

      Excluir
  8. Oi Kel,
    Já fiquei emocionada só com a sua resenha. Quero esse livro pra ontem.
    Achei a premissa incrível, pois as crianças tem um modo de ver a vida muito peculiar e interessante - ainda mais, crianças com alguma doença.
    Estou curiosa para conhecer o Sam e o Félix, que parecem ser incríveis e tenho certeza que o livro vai me fazer pensar sobre a vida, de forma geral.
    Amei a resenha! Ficou maravilhosa!
    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahh que linda. Obrigada pela confiança no meu trabalho. O livro é realmente ótimo. Espero que vc goste.

      Excluir
  9. oi Kel, tudo bem?
    adorei a resenha. Esse parece ser mesmo um livro lindo e emocionante, adorei a ideia da editora de mandar lenços junto com o livro, rs. Gosto de livros que falem de temas mais pesados como o câncer com humor.

    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. huahuahua eu tb adorei os lencinhos. Foram muito uteis =P

      Excluir
  10. Oi, kel!!
    Estou MEGA ansiosa pra ler esse livro!!
    Desde que vi a sinopse dele há quatro dias atrás, to doidinha da silva atrás dele!
    Que bom que vcê gostou! Já é um ponto positivo!!!
    Tenho que comprar ele o mais depressa possível...
    Beijoos
    Garota Liber

    ResponderExcluir
  11. Kel!!!!
    Esse livro é tãooo demais!
    Parabéns por ter iniciado uma leitura tão cheia de vida ^^
    Curto refletir, chorar e me emocionar na leitura, aqui alguém sem vergonha pra dizer isso!

    Abraços!
    Vini - blogumjovemleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Nossa, Pela resenha e pelo brinde que a editora te mandou, já sei que quando eu ler esse livro vai acontecer a mesma coisa que aconteceu quando eu li a culpa é das estrelas e a menina que roubava livros, vou desidratar em lágrimas. Mas eu gosto tanto de chorar lendo, geralmente as histórias são tão bonitas. Tristes mas valem a pena.

    Conversas de Alcova

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tb tenho esse meu lado sofredora huahuahuahua adoro me emocionar com os livros. Tb né? Fã assumida de Nicholas Sparks... huahuahua

      Excluir
  13. Tenho lido maravilhas a respeito desse livro,
    confesso que estou começando a me interessar por tudo o que ele tem a oferecer.
    Linda resenha e lindas imagens.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Tenho lido muitas resenhas positivas sobre este livro e parece ser mesmo muito bom. O enredo é diferente por não mostrar somente como é difícil enfrentar uma doença, mas sim, como a vida pode valer a pena se for bem aproveitada, muito interessante. Parece ser mesmo uma estória simples e inspiradora, fiquei com vontade de conhecer também. :)
    beijos ♥

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Acabei de ler uma resenha do mesmo livro rs, não sei se é porque realmente adentrou mais no livro, mas sua resenha sim me fez querer ler.
    Eu tenho um pouco de receio, li A culpa é das estrelas a pouco tempo e não gostei, sei que são bem diferentes, mas por enquanto estou dando um tempo em livros que se trata do assunto rs.
    Olha pelos olhos de uma criança deve ser realmente ótimo, lembranças, que saudades....
    ótima resenha.

    Beijos!
    De tudo um pouco da Thá

    ResponderExcluir
  16. Amei a sua resenha.
    Eu li o livro e me apaixonei tanto quanto você. É uma obra tocante e maravilhosa. Nos deixa ensinamentos maravilhosos.
    Tenho certeza que irei reler o livro diversas vezes.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Maio

    ResponderExcluir
  17. Ai quero ler agora! Só de ler a resenha já me apaixonei pelo Sam! *.*

    beeeijos,
    Miss Sainha

    ResponderExcluir
  18. Oi Kel tudo bem, quero muito ler esse livro, nem preciso dizer o por que, acabei de comentar no blog da Dressa nesse mesmo livro como ele mexe comigo, anotei ele!
    Gostei do modo como o descreveu!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  19. ADOREI a resenha. Vou já já pesquisar para ver se lançaram aqui em Portugal!
    Também estou passando aqui no Por Uma Boa Leitura porque indiquei o blog em uma TAG que respondi hoje: http://prologuesepilogues.blogspot.pt/2014/05/tag-como-eu-leio.html

    Beijinhos e parabéns por essa resenha maravilhosa, que só me deu vontade de querer ler esse livro <3

    ResponderExcluir
  20. Eu estou louco para ler esse livro. Parece ser muito lindo mesmo! Adorei sua resenha; ressaltou bem o que há de tão encantador no livro. Não vejo a hora de ler!

    Henrique

    ResponderExcluir
  21. É a primeira resenha que leio do livro e fiquei encantada com o enredo do livro. Eu não imaginava que ele fosse assim. Vejo muitas pessoas elogiando a história e também fiquei com vontade de lê-lo. Vou confessar: sou meio masoquista quando leio um livro que me faz chorar, eu adoro histórias assim. Porque elas nos tocam de uma maneira tão profunda e fazem com que a gente nunca se esqueça de lições de vida, como essa em "Como viver eternamente". Dá ele para mim? hahaha. Eu quero!

    ResponderExcluir
  22. Raquel, agora eu entendi o porquê dos lenços. Eu simplesmente amei a sua resenha. Eu gosto muito de livros assim, quero muito ter a oportunidade de ler. É bom ver a vida pelo melhor lado, enxergar as coisas como uma criança é fantástico. Com certeza é um livro que fará muito sucesso.

    Abraços, Www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Como Viver Eternamente é um livro que desejo ler desde quando foi lançado. Assim como a capa me encantou à primeira vista, sinopse dele me encantou à primeira lida. haha Sua resenha só aumentou minha vontade de lê-lo *-*
    bj, dréa

    ResponderExcluir
  24. Oi Kel, tudo bem?
    Que linda essa história!!!!!!! Realmente, não existe uma fórmula para viver mais, mas talvez, exista uma fórmula para vivermos melhor, aproveitarmos mais a vida, a levarmos de uma forma mais leve.
    Eu adoro como as crianças enxergam tudo de uma forma mais simples, é impressionante a lógica que elas possuem. As vezes pergunto: porque não pensei nisso antes?
    Adorei sua resenha!!!!!!!
    Beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi Kel não é a primeira resenha que vejo mas é a primeira que me tocou e me transmitiu tudo que o livro passa, depois disso com certeza vou atras dele.
    Amei saber que a autora tem 23 anos e já tanta coisa para transmitir

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!