# Resenha 87 // Enigma das Estrelas

Oi, gente, tudo bem?

Segunda-feira não teve resenha por aqui e ontem fiquei devendo o Papo Literário. Acontece que essa semana foi um baita feriado aqui no Rio. Dia 23 é feriado de São Jorge e como eu trabalhei a Semana Santa quase toda, incluindo o domingo de Páscoa, tudo o que eu queria era descansar, ler um bom livro e dormir. Não me culpem huahuahuahua. Mas não fiquem tristes porque hoje tô com a corda toda, afinal, amanhã já é quinta e semana que vem tem mais feriado. 

Vamos de resenha? 

Vocês sabem que eu ADORO um livro infanto juvenil, certo? Eles ocupam uma boa parcela da minha estante e vira e mexe sorteio um para ler. Nessa Páscoa participei de uma Maratona Literária (depois tem post mais explicado sobre ela) organizada pelo blog da Drê Livros e Chocolate Quente e como Enigma das Estrelas tinha acabado de chegar aqui em casa, resolvi pegar para ler. Mas acontece que o livro me decepcionou um pouco e vou contar o porquê

Título: Enigma das Estrelas
Autor: F. T. Farah
Páginas: 160
Editora: Geração Editorial



Sinopse: Uma aventura eletrizante, um enigma perturbador. Antes de ser queimado em praça pública, um padre amaldiçoa Morro do Ferro. Pouco depois, luzes misteriosas começam a perseguir seus moradores. O vilarejo mineiro, cercado por erosões sinistras, é o destino das férias de julho de cinco amigos: Jonas, Alfredo, Carola, Carmem e Vicentinho. No primeiro volume da saga Clube dos Mistérios, a turma é encorajada a acampar no topo do Morro dos Anjos. Uma experiência do outro mundo marcará suas vidas. Para sempre. Prepare-se para desvendar o enigma das estrelas. Mas tome cuidado. Alguém pode estar observando seus passos...



O livro se passa em Morro do Ferro onde cinco amigos vão passar as férias. A cidade é meio sinistra e conhecida pela alta incidência de OVNIS ou qualquer outra coisa ligado a ETs. Não há quem diga nunca ter visto uma luz estranha ou algo cruzando o céu. Um belo dia, ou melhor, noite: Jonas, Alfredo, Carola, Carmem e Vicentinho resolvem acampar e algumas coisas estranhas acontecem.

Bom, gostei dos personagens e dos diálogos. A leitura do livro é bem rapidinha, a escrita do autor é interessante e tal. Poréééém ETs são coisas que não acredito. Sou a pessoa mais assustada do mundo, podem crer, mas, definitivamente, acho que seres bizarros vindos de outros planetas para nos dominar estão totalmente fora de cogitação. Já não acredito nos verdes de olhos gelatinosos, que dirá em reptilianos! O livro fala muito dos ETs como seres prontos para fazer o mal, dominar os seres humanos e fazerem experimentos dolorosos. A trilha sonora é Raul Seixas que, todo mundo sabe, era um Maluco Beleza que acreditava em extraterrestres, participava de "organizações filosóficas", etc. Minha principal ressalva quanto ao livro é a classificação do mesmo.



O livro é tido como juvenil e os próprios personagens principais tem em torno de 12, 13 anos. Mas, gente, sério, não deixaria o meu filho ler esse livro. Achei ele um pouco pesado para a idade. Primeiro que acredito que o público mais novo não iria associar Raul Seixas como a pessoa que ele realmente era. Acredito que para os adolescentes, Raul é apenas um cantor. Acredito que eles não iriam entender o porque dele ter sido o escolhido para a playlist. E depois que ETs que fazem experimentos, são tidos como "demônios" e torturam humanos não é muito infanto juvenil.  Isso, sem levar em consideração que a culpa da maldição da cidade é um padre que foi pego transando com uma mulher no meio do altar da Igreja. Desculpem, mas eu sendo uma católica apostólica romana, mesmo sabendo dos pecados que acontecem na Igreja, achei essa história totalmente ofensiva a minha fé. 

Mas, okay, bola para frente. Continuei a leitura. Como falei lá em cima, não acredito em extraterrestres. E, ao longo do livro, senti que, além de contar a história, o autor queria fazer com que o leitor acreditasse naquilo que ele estava falando. E, para isso, usou de fatos e argumentos em boxes nos capítulos. Não curti. Não achei que fosse o foco. O livro era ficção ou era "baseado em fatos reais"?



Entendo que o livro é apenas o primeiro de uma série, a leitura é rápida, mas a história é mais rápida ainda. Tudo acontece correndo e muita coisa ficou para o próximo volume. O livro promete uma super aventura e um mistério envolvente, mas ficou devendo. Entendo que por ser o primeiro livro, os fatos são apenas apresentados, mas ainda assim senti que faltou alguma coisa.

Volto a ressaltar que o Fábio escreve muito bem. Gostei também dos personagens, achei eles bem condizentes com a idade, tanto nas falas quanto nas atitudes. O autor introduz também um primeiro amor no livro, achei fofo. 


Quanto a diagramação, o livro tem páginas brancas e a cada início de capítulo há uma ilustração. Queria ter me envolvido mais com a história mas não consegui. Para quem gosta da temática, acredito que esse livro é uma boa pedida.



33 comentários:

  1. Olá Kel,

    Não conhecia o livro e pela sua resenha também achei meu pesado para um infanto juvenil, acho que eles tem que reaver esse conceito.....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. OI Kel...Super bacana poder conferir a resenha deste livro, ainda não havia lido nenhuma sobre ele, e apesar de ter achado a historia interessante, confesso que ando " fugindo" de séries e esta parece ser uma daquelas que leria futuramente, mas não necessito ler urgentemente.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Kel! Também recebi esse livro da editora, mas fiquei um pouco desanimada ao ver as suas duas estrelas...rs.

    Beijos,
    Blog | Youtube

    ResponderExcluir
  4. Cara, estou tão apaixonada pelas publicações dessa editora!
    Não tem um livro que eu não queira...
    Adoro histórias com ET's, sempre me atraíram muito, então esse sem dúvida está entre meus desejados. Até porque adoro essas histórias mais juvenis.
    Acho que iria gostar de algo que você não curtiu tanto : o autor tentando convencer que a situação é "real", geralmente curto quando isso acontece, mesmo que seja uma obra de ficção.

    Resenha maravilhosa, adorei as fotos!

    PS: Namorando sua coleção de HP!
    hahaha

    Beijos

    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Raquel esse livro não seria minha primeira opção para leitura, mas acho que para os mais jovens vão gostar, tipo a Bella que está lendo cada dia melhor, e as ilustrações deixam o livro bem legal!
    bjkas

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o livro e para ser sincera não gostei muito da combinação “maldição e Ets”, sei lá pra mim ficou um pouco confuso, então acredito que não lerei “Enigma do Espaço”.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Kel, são duas histórias que envolvem extraterrestre que gosto: uma é do filme do "E.T - O Extraterrestre, de Steven Spielberg" e o outro é "Caravana da Coragem", de George Lucas, da Saga Star Wars. Li no ano passado, a Hospedeira da Stephenie Meyer e tem uma história ok. Acho que gosto dessas, pois os ETs têm características humanas.

    Mas quando eles são vistos como monstros, destruidores da terra, sanguessugas.... não tenho interesse.

    Sobre a questão da faixa etária, hoje em dia os jovens de 13 anos são vidrados em games, que mostram cenas tão cruéis quanto as relatadas por você. Eles gostam de desenhos cheio de violência. Acho que o público-alvo compra esse tipo de história. Mesmo com essas aspas, estou do seu lado. Concordo contigo.

    Bjs, Fernanda D.
    NovoRomance.com.br



    ResponderExcluir
  8. Oiee

    Li o livro rapidinho tb , e achei que não é toda criança que vai gostar achei as dicas para buscar como filmes para pessoas mais velhas mas a leitura foi bem rápida e fluiu bem fácil.

    Deixaria meu filho ler sem problemas desde que gostasse desses assuntos de ET's kkk

    beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu gosto de infanto-juvenil, pois o livro foi feito pra mim ú.ú Tenho 14 ok ...

    Eu gostei bastante da temática, nada contra Et's, mas pelo que vc falou o livro realmente parece meio pesado .

    E sobre o que vc falou do Raul Seixas, eu realmente não entenderia, sei que ele era meio maluco e tal, mas não associaria ele com et's sei lá.

    ResponderExcluir
  10. Kel, não posso formar uma opinião bem concreta, porque não sou lá fã de extraterrestres, mas também nunca li nada a respeito pra ter algo contra.
    Na verdade, já tinha visto o livro, mas não me interessei, também curto muito infanto-juvenil, e digo que foi até bom não ler, pois pelo jeito eu ia me decepcionar que nem você.
    Ótima resenha :)
    Beijos
    livros-com-pipoca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eu também não acredito em E.Ts e coisas do tipo, acho que só acreditaria vendo u.u
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

    ResponderExcluir
  12. Achei super interessante, pois tb adoro histórias infanto-juvenil.
    São sempre muito gostosas de ler.
    Ainda mais quando os personagens principais são crianças, tem sempre aquela magia rs.
    Não conhecia o livro, mas adorei a resenha. :)
    Resenha #142 - Perto de Você - Os Sullivans - Livro 07 - Bella Andre.
    Confere lá!
    http://manuscritodecabeceira.blogspot.com.br
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Araújo! Menina, gostei da sua resenha. Sincera e bem objetiva. Bom, recebi esse exemplar da editora também e não sei o que pensar a respeito da obra. Não sei se vou gostar e estou com um pé atrás.

    Um beijo enorme da Jeni!
    Doce Sabor dos Livros - Aguardo sua visita! ♥

    ResponderExcluir
  14. Olá, adorei muito o blog ^^
    Muito fofo =D Parabéns
    Beijos

    http://entrelivrosevestidos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Kel
    Confesso que este livro não me interessou. Achei a história meio estranha. Não é um livro que eu gostaria de ler. Achei a capa feia.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Kel
    Apesar de gostar do gênero infanto-juvenil, a premissa desse livro não me agradou muito.

    ResponderExcluir
  17. Oi Kel! Infelizmente não é o tipo de historia que me prende, mas para ter certeza precisaria ler mesmo. Eu tenho um defeito nao consigo abandonar um livro =/

    Beijao
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  18. Você tem razão! Também não curti muito. Acho que o tema que menos gosto é ET! Eu gostava muito de ler livros infanto juvenil, mas agora não consigo ler tantos quanto antes. Um que gostei muito foi Ladrão de Olhos! Achei muito bom, conhece? Tem resenha no meu blog se quiser conhecer!

    Beijinhos
    Mirelle - meumundoemtonspasteis.com

    ResponderExcluir
  19. Nossa mãe!!! Todo mundo falando mal do livro e eu quero ler ele! Me empresta Kel? kkkkk
    Quero ver se é tão ruim assim, eu gosto de Ets kkkkkk

    Abraço,
    Diego de França
    Leitor Sagaz | Grupo Amantes da Literatura

    ResponderExcluir
  20. Kel não conhecia esse livro e ao ler a sinopse achei até legal, mas acompanhando suas observações concordo que a classificação pode ter sido equivocada. Temática muito pesada para crianças e essa questão do Raul Seixas, tem adolescente que nem conhece quanto mais crianças.
    Também sou medrosa, mas diferente de vc não tenho problemas com Ets, mas prefiro acreditar nos mais ao estilo dos livros Eu sou o número quatro e A Hospedeira.
    Bjos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  21. Oi mo, realmente concordo com você que a classificação pode ter sido errada para a temática do livro. Mas com certeza é uma boa pedida para quem gosta do tema!

    ResponderExcluir
  22. Oii Kel,
    então, não sou tão fã de infanto juvenis, entendo seus motivos de não ter gostado, mas penso que quando lemos, temos que praticar a suspensão de crenças!
    E bem pesado essa coisa do padre com uma mulher - infanto juvenil?!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  23. Tenho lido muitas resenhas deste livro e no geral o pessoal está gostando. Não faz muito o meu gênero, mas eu vou dar uma chance mesmo assim.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Já tinha lido resenhas do livro mas não sabia desses pequenos (e importantes) detalhes. Também sou católica apostólica romana e acho que não iria gostar de ler um livro que ofenda a minha religião. Apesar de ser uma aventura fictícia e com personagens muito jovens, a classificação dele como infantil foi equivocada, até porque, acho que muitas crianças não entenderiam certas coisas, certos contextos iriam necessitar por diversas explicações e isso com certeza atrapalharia o entendimento do livro.
    Ja tinha lido resenhas sobre ele e, se eu estava em duvida se leria ou não, ja me decidi.
    bj, dréa

    ResponderExcluir
  25. Oi Kel!
    Tudo bom?
    Apesar das salvas, eu ainda quero ler o livro USHUSHS
    Eu curto ET's e meio que acredito nisso, o universo é muito grande pra um único planeta existir vida rs. Mas nada de seres verdes dominadores.
    Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  26. Ainda não conhecia o livro e confesso que não me interessou muito. Que pena que o livro te decepcionou, pelo que você comentou, até concordo que não seria uma estória recomendada para crianças...rs
    beijos

    ResponderExcluir
  27. É uma pena quando nos decepcionamos com um livro. Acho que o principal problema do padre transando no altar não seria a ofensa à religião (não sei como foi escrito para saber se realmente foi ou não ofensivo), mas o fato de crianças de 12/ 13 anos lerem algo assim. E, se a tortura é forte, realmente não é indicado à esse público, né?
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

    ResponderExcluir
  28. O meu está a caminho! Apesar de tudo que você disse, não me desanimei! Amo livros infanto-juvenis e não vejo a hora de ler esse :D

    ResponderExcluir
  29. Eu gosto muito de livros infanto-juvenis, sei lá mas acredito também que eles mudaram, hoje em dia são um pouco mais pesados, porque os adolescentes de hoje em dia são bem diferentes dos do nosso tempo, né?
    Quem sabe um dia terei oportunidade de conhece-lo, interessei.
    beijos,
    Conversas de Alcova

    ResponderExcluir
  30. Hey, Kel!
    De cara, achei o livro muito boa pinta. Mesmo que seu conteúdo não fosse pra lá de bom, acho que adoraria tê-lo em minha estante ^^

    Abraços!
    Vini - blogumjovemleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  31. Eu li a obra e gostei bastante. Se for levar em consideração que é um livro juvenil, ele é excelente. Pequeno, com uma leitura leve e rápida e com um tom de mistério. Achei ele bom para quem está começando a desbravar o mundo das palavras.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Maio

    ResponderExcluir
  32. O livro me parece ser bom.... para quem gosta desse gênero.
    Não chamou a minha atenção o livro.

    ResponderExcluir
  33. Oiiii Kel. Eu gostei muito da sua resenha, o livro me chamou muita atenção. Eu também amo Infanto Juvenil. Lá na escola têm vários hehe

    Abraço, Www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!