11 janeiro 2014

Mudando de Assunto // Entrevista com a autora Mari Scotti

Oiee, gente, tudo bem?

Rááá, to morta com farofa. Meus dias no trabalho tem sido super corridos e eu não consigo pensar em nada que não seja descansar, dormir, descansar e um ar condicionado porque esse calor tá brabo. Felizmente amanhã é minha folga, mas segunda-feira lá estou eu, 5h da manhã de pé =(. 2014 já está bombando. E já que o ano começou com tudo, hoje tem o primeiro Mudando de Assunto do Ano, agora comandado pela minha pessoa =D. 

Nossa entrevistada de hoje é a Mari Scotti, autora de "Insônia" e "Hibrida".

1) Quando decidiu que gostaria de ser escritora?
Quando era muito nova, por culpa da minha mãe e de uma professora chamada Sandra. Ambas me incentivavam a ler, descobriram meus gostos e me davam livros que eu lia ávida. Escrever surgiu depois que li um romance escrito pela minha mãe. Fiquei fascinada pela ideia de criar minhas próprias histórias. Com o tempo à vontade ficou adormecida. Esse desejo reascendeu depois que li Crepúsculo e descobri qual era o meu estilo preferido de escrita: fantasia. A vontade de publicar veio depois de conhecer a escritora nacional Nazarethe Fonseca, pois vi que existiam escritores no Brasil além do Pedro Bandeira. Eu não conhecia outros até então.

2) Quais são as suas inspirações literárias?
Cassandra Clare, Stephenie Meyer, Richelle Mead e a Denise Flaibam. Estou em dívida com a Cassandra, mas tudo o que elas publicam eu leio. A forma que descrevem suas histórias me fascina.

3) Além de autora, você também é blogueira. Como você vê as parcerias entre blogueiros e autores? Quais os benefícios destas parcerias e o que você acha que ainda precisa melhorar?
Esse é um assunto delicado, porque eu vou contra o que a maioria dos blogueiros pensam. Mas já que perguntou... rs. 
Vou falar primeiro a parte ruim: Sou avessa a blogueiros que me adicionam e vem no meu inbox pedir livro de graça. O blogueiro que sabe seu papel na literatura sabe que a fonte dele são as editoras e que se quer apoiar um autor nacional, porque acredita que precisamos de apoio, precisará comprar o livro, porque não temos como doar Mas menina, recebemos tantos pedidos de doação que às vezes o blogueiro não tem noção da quantidade. Faça as contas: Eu compro o "Híbrida" a R$ 29,90 da editora. Por dia recebo pedido de, no mínimo, um blogueiro. Ao mês seria trinta livros doados + o frete de R$ 6,50. Total gasto por mim, sozinha da vida: R$ 1092,00. Entende a complicação? Isso quando é um blogueiro por dia pedindo, às vezes tenho cinco ou mais recados no meu face e e-mail. E muitos não aceitam que o autor não tem condições de doar livros. Quando não oferecemos o pdf de graça e negam. Se eu quero ler um livro para apoiar o autor e ele só tem o pdf a oferecer, eu agarro a oportunidade! Não aceitar só mostra que o blog quer encher a estante e não ser parceiro. Salvo pessoas que não podem ler ebook por causa da vista, etc.
Acho certa a troca, pois se eu vou divulgar um trabalho como blogueira, que ao menos receba algum benefício com isso, então eu fico feliz quando um autor me dá desconto na compra do livro e me envia mimos, porque sei que às vezes esse desconto ele repõe do próprio bolso. Costumo ficar de olho em promoções também. A Saraiva vive colocando livros nacionais a R$ 9,90. Eu aproveito! 
Acredito que esta é a parte que precisamos melhorar como blogueiros. Ter a consciência que o autor não é uma empresa e ele não tem recursos financeiros para bancar nossa leitura. Assim como o autor tem que ter o respeito pelo trabalho do blogueiro e ao menos vender mais barato, divulgá-lo em suas redes sociais e páginas, ser ativo no blog. Eu fico chateada quando resenho um livro e o autor nem comenta a resenha. Ou me envia o livro que eu comprei com um marcador só e sem autografo. Gente, envia vários autografados, assim o blog faz uma promoção com marcadores! Parceria é isso. Um pensar na necessidade do outro e um ajudar o outro.
Vamos para a parte boa rs.
Os blogs ajudam muito na divulgação do autor, porque quanto mais um livro é falado, mais as pessoas querem ler. Se eu pudesse dava livros para todos que merecem! Mas como citei acima, é inviável para o autor. A editora tem mais recursos que nós. Ao menos enquanto não viro uma best seller :P
Fiz muitos amigos entre os blogueiros. Acho essa proximidade maravilhosa e espero que vocês não se sintam ofendidos com o que eu disse acima. O recado é para os que não existiam e criaram um blog para ganhar livros e não por amor a literatura. Eu sei diferenciar os interesseiros dos verdadeiramente literários. Mas é preciso conscientizar a todos. 
Espero que ninguém fique chateado comigo e não vire uma discussão, mas que cada um de nós possa pensar no que foi dito e analisar formas que possamos facilitar tanto para o autor como para o blogueiro no quesito parceria.   

4) Suzanna ou Ellene, qual das duas personagens se parece mais com você?
A Ellene eu acho. Até meu medo de barata ela herdou. Rsrs Mas na verdade não sei. Cada personagem meu tem algo que eu dou de mim para eles. Apesar de eles terem suas próprias personalidades.

5) Na sua opinião, o que é mais difícil na hora de escrever um livro novo?
Focar a ideia. Porque as informações vêm em blocos e eu preciso destrinchar, descobrir os porquês, os lugares, quem é importante na história e quem é descartável etc. Estou passando por isso agora, porque comecei uma nova história e tenho o grosso ainda, os detalhes estão surgindo devagar demais para as ideias que brotam sem parar. Escrevo um capítulo e tenho que reler e reescrever várias vezes até ganhar personalidade e os detalhes necessários que a história pede. Depois que eu entendo para onde os personagens precisam ir e qual é o objetivo principal, a escrita flui facilmente. 

6) Você começou escrevendo fanfics. Você acha que este hábito te ajudou de alguma forma?
Ajudou muito, porque os comentários dos leitores que me ajudaram a desenvolver meu lado misterioso. Quando escrevia – antes das fanfics – eu não sabia esconder as informações. Era fácil descobrir os porquês logo na primeira página. Quem leu "Insônia" e "Híbrida" sabe que eu escondo tudo. Sempre. E todos os acontecimentos possuem uma ligação, se não no primeiro livro, nos próximos. Escrever fanfic me ajudou muito nisso, porque a curiosidade dos leitores me instigava a deixá-los mais curiosos. Fora que melhorou minha escrita que era péssima! Rsrs 

7) Qual é a principal dificuldade para um autor nacional nos dias de hoje?
A divulgação. Gastasse muito tempo e dinheiro com marketing de livros que já são fortes em seu país de origem e se valoriza muito pouco os escritores brasileiros. Se o foco fosse bem dividido e chegasse ao conhecimento do leitor que o livro nacional é tão bom quanto o estrangeiro, acredito que estaríamos em igualdade de vendas. O leitor não lê, porque não sabe da existência do livro e nem que os livros são bons. Não é questão mais de preconceito, pois muita gente que descobre o autor nacional contemporâneo ou não, passa a ler com mais frequência a nossa literatura. Hoje em dia é falta de divulgação mesmo. Na mídia e não apenas nas redes sociais.

8) Como autora, qual foi a sua maior realização até agora?
Sinto-me realizada todas as vezes que alguém me procura para dizer que leu um dos meus livros e me conta sua experiência com os personagens. É mágico isso! Costumo perguntar qual personagem a pessoa mais gostou ou cena... Alguns me procuram para saber se suas teorias a respeito da continuação estão certas e eu adoro ouvir essas teorias! Até hoje só uma pessoa acertou todos os porquês de Híbrida, ela até virou minha leitora beta por isso!
Não tem nada mais gratificante que ser lido! E considero isto minha maior realização até agora.

9) Quais são os seus planos profissionais para este ano de 2014? Vem mais livro por aí?
Planos eu tenho muitos, mas como dependo das editoras, certezas eu só possuo uma: Em 2014 será publicada a continuação de Insônia, o livro Sonhos pela editora Modo. A capa está lindona! Não vejo a hora de ouvir os comentários sobre ele também. 
Agora os planos que não tenho certeza, mas que gostaria que acontecessem este ano são: Segunda edição de "Insônia" e "Híbrida", publicação de "Guardião" e terminar de escrever as séries e a distopia que comecei esses dias. Só. Aaaaahhhh!! E em maio mais ou menos publico o livro da minha mãe, aquele que me fez desejar ser escritora! Se chama "Uma Janela Fechada" e é um romance.  

10) Deixe uma mensagem para aqueles que querem escrever um livro, mas ainda não sabem como:
Sempre que me pedem um conselho eu dou o mesmo, pois não tive esse conselho antes de publicar meus dois primeiros livros e acho importante segui-lo: Escreva, coloque suas ideias no papel ou no computador. Depois que terminar, releia e corrija erros, revise sua história, perca tempo analisando o desenrolar para não ficar nenhum “buraco” na trama. Quando se sentir satisfeito, entregue a um amigo sincero para ler e escute as criticas e os elogios. Se forem só elogios, entregue para alguém que você sabe que não tem medo de te magoar. As críticas servem para nos amadurecer. Corrija os pontos que seu amigo sincero passou e depois de registrar sua obra na Biblioteca Nacional, pesquise uma editora que publique o gênero do seu livro. Escrever é prazeroso, mas revisar da trabalho e é extremamente chato e cansativo, porém o resultado final da sua obra lhe trará grande orgulho e leitores. Persista. Mesmo que demore a ter resultados. Nossa profissão não é fácil, pois lutamos diariamente para que mais leitores descubram nossas obras e desejem ler, mas vale a pena se é o que você escolheu para seguir. Boa sorte e sucesso sempre!

Raquel, obrigada pelo espaço. Amei a entrevista, poder falar um pouco do que penso e ficar mais próximo de vocês leitores e blogueiros! Beijão! Sucesso para o blog.

Mari Scotti 




65 comentários

  1. Adorei a resposta da 3º pergunta! Mari arrasando! Super concordo!
    Ganhei Híbrida recentemente em um sorteio mas infelizmente ainda não tive tempo para ler, minha mãe leu e amou! hehe
    Adorei a entrevista, super sincera!
    Parabéns a entrevistada e a entrevistadora haha
    Bjss
    http://411dreams.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa!

      Espero que leia! Eu sou curiosa com a opinião das pessoas haha! Ahhhh sua mãe leu, que tudo! Fico feliz que ela gostou. Manda um beijo meu pra ela *-*

      Beijocas, Mari Scotti

      Excluir
    2. Sua mãe leu!Que máximo! huahuahuahua

      Excluir
  2. Raquel, amei dar essa entrevista! Obrigada pelo espaço e o carinho de lembrar de mim quando pensou em entrevistar alguém! Sucesso!
    Beijo, Mari Scotti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que te agradeço, Mari! Obrigada pela sua disponibilidade =)

      Excluir
  3. Amei toda entrevista ,de fato a 3°resposta ela foi clara e objetiva!
    Já ouvir falar muito bem de Híbrida tendo oportunidade quero muito ler!
    Beijinss!
    http://lendoaprendendoevivendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roseneia, fico feliz que vc tem curiosidade em ler Híbrida! E confesso que fiquei preocupada com a resposta 3 e aliviada por todos estarem entendendo. Obrigada!
      Beijão

      Mari Scotti

      Excluir
  4. Oi, eu não conhecia a autora, mas gostei da entrevista e estou curiosa para ler o livro.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adorei a entrevista. ótimas perguntas. E as respostas foram bem completas!
    www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oiee

    Adoro a Mari ela é muito legal e que bom saber que 2014 tem a contiuação de Insônia o livro realmente tem uma capa linda!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownnnn fico feliz que gostou da capa! *-* Uma das mais lindas até agora (dos meus livros claro! kk).

      Beijocas, te adoro!

      Mari

      Excluir
    2. Ahhhh invejinha de vcs que já se conheceeem =P

      Excluir
  7. Bravo pela entrevista, Bravo pelo livro. Tudo que acontece com o escritor acontece com outras artes, música, fotografia, pintura escultura. Sou artista plástico e me dedico a fotografia de artes cênicas, mais precisamente a Dança, a uns 30 anos. Vender livro de fotografia é uma barra. Divulgar arte no Brasil é um OSSO, rs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, que legal, Raimundo! Minha mãe também é do mundo da dança, ela é bailarina clássica. Divulgar arte realmente é complicado. Uma pena porque tem muita gente boa por ai!

      Excluir
  8. Bravo pela entrevista e observações e pelo livro. O que acontece com os escritores acontece com todas as formas de arte, que seja música, pintura, fotografia, escultura e tantas q pudermos citar. Sou artista plástico, me especializei em fotografia de artes cênicas, mais precisamente Dança. Fazer um livro de fotografias e vendê-los tb é um OSSO...! Ñ é prática no Brasil ganhar a vida como artista plástico ainda mais com fotografia.

    ResponderExcluir
  9. Gostei bastante da resposta dela na pergunta 05, é isso que penso tbm sobre escrever um livro, até tentei umas vezes, mas o problema é esse, vc tem que escrever com cuidado, pq no fim tudo tem que se encaixar, e eu me apego muito a personagens, não sei se iria conseguir descartar algum! hahaha Mas a retribuição de quem leu e gostou deve compensar todo esse trabalho né? Adorei a entrevista e me deixou curiosa para ler o livro!
    Beijo!
    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tente Patricia, de repente você consegue. Hoje sinto mais dificuldade em escrever porque fiz cursos e presto atenção aos meus erros iniciais, mas é assim que aprendemos. Se quiser, escreva sim. Eu acredito bastante na capacidade das pessoas em se superar.
      beijão! *-*

      Mari Scotti

      Excluir
  10. Não li nenhum dos livros da autora ainda.
    Achei muito bacana a entrevista...

    sacanagem ficar pedindo livros de graça... :/

    E vamos ajudar a divulgar a autora e suas obras...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Edna!! Espero que todos sigam seu conselho haha.

      Beijoo Mari Scotti

      Excluir
  11. Oi, Raquel, tudo bom?

    Achei a entrevista muito boa, a autora parece ter uma personalidade forte e tem convicção em tudo o que fala.
    Desejo muito sucesso para ela.

    Abraços.

    Rogério Queiroz - Uma dose de palavras.
    http://uma-dose-de-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rogério *-* Sucesso à você também!
      Segui o seu blog. Beijo, Mari Scotti

      Excluir
  12. Já tinha visto os livros da Maria e outros blogs. Gostei da entrevista. Na questão a respeito dos blogueiros, ela conseguiu expor sua opinião pesando os dos lados. Esse é sempre um tema polêmico, né?!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito polêmico Carla. No começo eu tinha receio de falar o que penso, por medo das pessoas não entenderem e me queimarem como escritora, mas felizmente a maioria lê e para para pesar as coisas. Isso é legal. E se não concordam me procuram para discutirmos numa boa nossos pontos de vista.
      É bom que amadurecemos.

      Obrigada por ler a entrevista e comentar *-*

      beijo, Mari Scotti

      p.s. Raquel to me intrometendo por aqui! Ta? UAHAUH

      Excluir
  13. A Mari é uma fofa, amei a entrevista! Quero muito ler Híbrida, espero que possa ser em breve ^^

    Beijos
    Polly
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  14. Sou apaixonada pela Mari, gente e não me canso de repetir! Ela é um amor de pessoa, e sempre disposta a responder os recados dos fãs e está sempre interagindo conosco pelas redes sociais. Adoro isso, sério.
    Amei a resposta para a pergunta 3 também, super sincera. Conheci Hibrida em uma promo na saraiva, adquiri o livro por R$9,90 e amei a leitura. Agora mal vejo a hora de terminar de ler o outro livro da autora: Insônia.
    Adorei a escrita dela e aguardo ansiosamente pelas continuações.
    E depois de descobrir que ela também tem como inspiração minha autora favorita: Cassandra Clare (tia Cassie pro shadowhunters, haha) adoro ela ainda mais. *---*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Rita, você é tãoooo cute! Eu amei te conhecer, pena que ainda não ao vivo!
      Tento sempre dar atenção quando posso, acho que esse contato ajuda muito a me aproximar dos leitores e também melhorar meu lado antisocial, porque eu era bemmmm "Ogra". UAHAUAH
      Obrigada pelo carinho e palavras!

      Beijão Mari Scotti

      Excluir
    2. É por isso que a Mari tem tantos admiradores. Sendo simpática e atenciosa assim, como não amar? =D. Eu adoro o carinho que os autores nacionais tem com o publico. Da mesmo forma, tento dar o meu apoio sempre =D

      Excluir
  15. Adorei a entrevista, não conhecia a autora, mas achei ela bem gente boa.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Adorei a entrevista! Ainda não li Híbrida mas vou comprá-lo em breve e gostei muito da autora, muito simpática. Concordo com o que ela disse, que os blogueiros e autores parceiros devem pensar no outro antes de sair pedindo coisas sem cabimento rs
    Espero que ela continue fazendo sucesso e adorei o conselho para quem está começando a escrever, uma boa dica mesmo, críticas sempre são boas e nos fazem parar para pensar se está bom mesmo!
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Muito boa a entrevista meu amor! Muito bom ter a oportunidade de conhecer um pouco mais os autores! Parabéns!

    ResponderExcluir
  18. A entrevista ficou ótima, já faz algum tempo que eu quero ler Híbrida e conhecer um pouco mais da autora me deixou com mais vontade *--*

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
  19. Achei tão legal a mãe dela ter escrito um romance e ela seguir os passos da mãe e virar escritora também! Muito bacana! Affff e fiquei revoltada com o que ela contou em relação aos blogueiros, cada gente folgada nesse mundo! ¬¬

    beeeijos,
    Miss Sainha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Leeh, isso é mesmo uma vergonha. Mas tem gente assim em tudo quanto é lado, né? Infelizmente.

      Excluir
  20. Eu comprei o Híbrida e não li até o momento e ainda paguei 9,90. Achei a história interessante e a capa muito bonita. Poxa, bacana ela ter essa visão de blogueira e autora e concordo com o que ela disse, acho que nunca devemos ser extremos, de ambos os lados.

    Ela parece ser uma pessoa muito fofa pelas coisas que diz.

    ResponderExcluir
  21. Bem bacana a entrevista!!
    Bjos

    Samy
    http://livroscomresenhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Tenho muita vontade de ler Híbrida! Parece ser ótimo.
    Ahh eu também amo a Cassandra Clare. É uma das minhas autoras preferidas.
    Parabéns pela entrevista! É sempre bom saber um pouco mais sobre os autores =)

    ResponderExcluir
  23. Oi Raquel, li Híbrida esse mês e gostei do livro. Mas tive sérios problemas com os personagens. Estou aguardando ansiosamente pela continuação.
    Achei muito legal o que ela falou da parceria entre o autor e os blogueiros. Consegui comprar Híbrida por R$ 10,00 na Saraiva.
    Beijos
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline! Fico feliz que leu o livro.
      Na segunda edição vou corrigir algumas falhas de iniciante e o dois acho que vai responder muitas respostas que ficaram no ar. Espero que goste!
      Obrigada pelo carinho! beijo, Mari Scotti

      Excluir
  24. Ah que entrevista maravilhosa Kel! Venham recebendo muitas indicações para ler " híbrida" e gostei mais ainda por ela gostar da tia Cassie e pelas respostas, principalmente da 3. Concordo em tudo , sou novinha no mundo literário em compensação a outros blogueiros mas acho que você está super certa Mari!
    Outra resposta que gostei foi a última, número 10. Eu escrevo fanfics e um dos meus sonhos é ser escritora, mas as vezes acho que sou uma pessimista nata haha sempre no começo, acabo apagando e reescrevendo tantas vezes que acabo desistindo! Vamos vê se um dia eu consigo...
    Beijo.
    livros-com-pipoca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Li! Eu comecei com fanfics, Hibrida e Insônia eram fanfics, então não desista. Só aproveite os erros de quem já deu o passo para o livro e não cometa o mesmo: revise bastante a história antes de publicar, peça opiniões. Principalmente se for série.

      Boa sorte! Beijão, Mari

      Excluir
  25. Ainda não conhecia nem a escritora, nem o livro, então achei super válido! Quando era mais nova, cheguei a escrever metade de um livro, mas acabei desanimando e parando pelo mesmo problema que a Mari teve: muitas ideias e não saber como lidar com elas e passá-las para o papel. Mas me animei novamente a continuar a história ou começar outra. Quanto mais cedo eu insistir no meu sonho de publicar um livro, melhor. Muito bom esse post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso ai Mallu!! Recomece!! Fico feliz de ter ajudado a te dar força para recomeçar! beijo, Mari

      Excluir
  26. Adoro a Mari!
    Tive o prazer de conhece-la pessoalmente e adquiri o livro Hibrida, mas a ainda não tive oportunidade de ler, o que vou mudar esse ano.
    Amei a entrevista. Muito sucesso para ti Mari.
    Abraços
    Viviane Martins
    vivis_martins1@hotmail.com

    ResponderExcluir
  27. Nossa, essa autora é demais e não tem medo de falar... amei! Concordo um pouco com ela em relação a parceria, é necessário achar um ponto que ngm se prejudique. Algum dia lerei uma obra dela :)
    Super Abraço, Victor Rosa
    encantosparalelos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Victor! Gostei do "em parte" auahuahauha. É bom sempre ser honesto com as pessoas, essa é minha maior regra.
      beijocas,

      Mari scotti

      Excluir
  28. Adorei a sinceridade dela! já ganhou minha admiração =)
    Já ouvi falar de ambos os livros, mas ainda não tive a chance de ler. É bem verdade que eu tinha um preconceito com os autores nacionais, mas essa nova leva de autores que vem mostrando que os nossos sabem escrever muito além daquelas historias bobinhas e regulares vem me enchendo de orgulho, e curiosidade para conhecer suas obras, risos.
    Vou anotar por aqui e ficar de olho em promoções =)

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dreeh!

      Toda vez que venho dar uma olhadinha aqui, tem comentários novos e confesso que sempre me surpreendo que as pessoas apoiaram o que eu disse. Achei que teria uma briga feia. É bom mostrar o que penso e fazer as pessoas pensarem. Se eu estiver errada e alguém me mostrar isso, eu me redimo, mas é bom ver que muitos concordam ou ao menos apoiam a minha sinceridade.
      Obrigada pelo carinho e por nos dar uma chance (nacionais).
      bj, Mari

      Excluir
  29. Oie,
    A autora foi bem sincera e ao mesmo tempo tão educada. A classe com que ela respondeu a pergunta nº 3 me deixou encantada. Parabéns!
    Muito sucesso.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa *-*
      Já gostei de vc, me achou com classe!! U_u' rsrsrsrs
      Obrigada pelas palavras e o carinho.
      beijo

      Mari

      Excluir
  30. A Mari é uma fofa e muito simpatica, e adorei ler a entrevista.
    Eu entendo essa coisa de parceria, e estou de acordo com você Mari.
    Te desejo muito sucesso em todos os lançamentos dos seus livros, e que venham muitos.
    Abraços
    Viviane Martins
    vivis_martins1@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vivi!!
      Desejo tudo em dobro a vc.
      bj, Mari

      Excluir
  31. Olá Raquel e Mari!! Este tipo de entrevista é o post que mais me chama atenção e amo ler, pois podemos conhecer o autor e saber suas opiniões, ideias, sua criação, expectativas...tenho a maior curiosidade de ler os livros, pois acho super importante prestigiar os autores nacionais e sempre leio ótimas resenhas de Hídrida!!
    Parabéns pela entrevista, agradecemos a oportunidade!!
    Beijos para vocês, e desejo cada vez mais sucesso e realizações para a autora!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelli,

      Confesso que eu sou super preguiçosa de ler entrevistas como essa, por que?? Eu sei que me empolgo nas respostas quilometricas! kkk Mas adoro ler também, conhecer mais as pessoas. Fico feliz com seu comentário.

      bjs

      Mari

      Excluir
  32. Não conhecia o trabalho dela nem como autora e nem como blogueira (shame on me!), mas adorei a entrevista. A autora é super atualizada, bacana e acho que já vi os livros dela por 9,90 na Saraiva. Aliás, adoro essas promoções da Saraiva que sempre incluem livros nacionais e dão mais oportunidades de divulgação para os mesmos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inês! Obrigada pelo carinho em ler e comentar. bjs, Mari

      Excluir
  33. Ahhh...ainda não li nada dela, mas escuto falar muito bem!! Preciso me organizar com as minhas leituras atrasadas e comprar mais nacionais!! Adoro!!

    Muito legal a entrevista !!!

    beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MS? Caraca, vc é quase eu! AUAHUAH

      Brincadeira!
      Quando ler me conta o que achou dos livros. beijo, Mari

      Excluir
  34. Não conhecia o livro, nem a escritora, mas adorei a entrevista e saber que ela também gosta da cassandra clare, haha, adoro quando as pessoas gostam dos mesmos escritores que eu. Realmente, os livros nacionais são pouquíssimos divulgados, o que é uma pena, pois devem existir tantos livros maravilhosos por aí que nem conhecemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bella

      Uma pena mesmo. Eu conheço escritores que escrevem tão bem quanto a Cassandra que nós gostamos e não são lidos. Mas eu acho que isso logo muda!

      bj, Mari

      Excluir
  35. Kel, eu tive o prazer de conhecer a Mari pessoalmente, e ela é realmente o que passou nessa entrevista, um amor de pessoa. Quando ela fala da parceria entre autores e escritores em parte eu concordo com o que ela diz, existem pessoas que querem sim ganhar livros e pensam que parceria é somente isso, dos autores nacionais dos quais eu tenho parceria, acredito que seja por volta de 14 autores, eu recebi sem custo livro de somente 5 autores, o restante eu comprei todos, porque me interessei pelos livros e se eu posso comprar livros estrangeiros porque não comprar livros nacionais. Enfim, escrevi um livro aqui, nossa... eu adorei a entrevista.

    Bjks

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://www.coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Ameiii a entrevista so de pensar que conhece autores maravilhosos (as) pelo mundo da fanfic me deixa tão feliz... quando penso como entrei nesse mundo. Eu paro e fico rindo e penso meu Deus como amo ser curiosa rsrs um dia vou conhece as autoras das fanfics que li e firaram livros 😍 #umsonho

    ResponderExcluir
  37. Adorei a entrevista, a Mari como sempre arrasando <3 Como nova blogueira e futura escritora (amém), eu super apoio a resposta da 3a pergunta. Acho que algumas pessoas pensam que livro é uma coisa super barata pro autor, quando às vezes sai até mais caro do que pro leitor :(
    Dei uma olhada no blog e segui, beijinhooossss < 333

    http://poucosutil.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!