25 dezembro 2013

# Resenha 60 // Deixe a Neve Cair

Oiee, gente, tudo bem?

FELIZ NATAAALLLL. Feliz Natal a todos os nossos leitores, parceiros, amigos. Muito obrigada por tudo. Que o Senhor Jesus renasça no coração de vocês e os encha com o fogo do amor =D Como foram de Natal? Passaram com a família?

Antes de dar continuidade ao nosso especial de final de ano, o nosso Top Comentarista vai até o dia 25 de dezembro, no caso hoje. Como estou fazendo essa postagem meio tarde demais, irei considerar os comentários feitos até amanhã, dia 26 e divulgarei o resultado no sábado, tudo bem? Assim fica mais justo e eu dou mais tempo para vocês comentarem na postagem de hoje. Lembrando que, em caso de empate na primeira colocação, haverá um sorteio =D

Lembrando² que haverá prêmio para o segundo colocado também (kit de marcador). Em um mundo perfeito e sem empates, o segundo colocado será aquele que comentar em até duas postagens a menos que o primeiro colocado. Aliás, quem não está participando do Top, não é possível começar participar agora e correr para comentar nos posts anteriores. Isso também seria injusto com a galera que tá participando desde o início. Quem já está participando, cruze os dedos!

Bom, nada melhor que no dia do Natal termos mais uma resenha natalina, certo? Vamos lá?


Nome: Deixe A Neve Cair // Let It Snow
Autor: John Green, Maureen Johnson, Lauren Myracle
Páginas: 336
Editora: Rocco

Sinopse: Na noite de Natal, uma tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para encontros românticos. Em Deixe a Neve Cair, bem sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Lauren Myracle e Maureen Johnson escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. E provam que o amor verdadeiro pode acontecer quando e onde menos se espera.







O livro é composto por três contos, todos interligados, que contam as situações mais inusitadas que poderiam acontecer em um Natal. A pior nevasca da história atinge os Estados Unidos e cada história aborda como este fato influenciou a vida dos personagens. Inicialmente eu imaginava que o que as antologias teriam em comum seria apenas a nevasca, mas tudo está bizarramente, "hilariamente", inteligentemente interligado.

O primeiro dos contos é Expresso Jubileu escrito pela Maureen Johnson. Jubileu, acreditem se quiser é o nome da menina protagonista. Talvez esse seja o conto mais engraçado do livro. Os pais de Jubileu são colecionadores da Vila do Papai Noel Flobie (que aparentemente é algo fictício - sim, eu pesquisei na internet pra saber se isso realmente existia) uma cidade de Natal gigante cheia de peças exclusivas, inclusive o nome da filha, Jubileu, veio de uma destas peças Flobie. No Natal eles resolvem "acampar" na loja da Flobie em busca de uma peça que faltava na coleção e, por isso acabam sendo presos. Jubileu vai ter que passar o Natal com os avós e no meio do caminho de trem até a Flórida, vem a nevasca.

Esse conto é hilário. Apesar de um pouco inverosímel, a escrita da Maureen é ótima e super fluida. A autora realmente sabe como conquistar o leitor. Até mesmo por ser o conto de abertura do livro, acredito que havia uma grande responsabilidade quanto a isso. Expresso Jubileu é cativante. É a mistura perfeita entre a comédia e o romance. Dei altas gargalhadas com as coisas que aconteciam. Esse também foi o conto que mais selecionei quotes. Maureen tem sacadas ótimas e Jubileu é tão irônica quanto apaixonante.

Logo em seguida, temos O Milagre da Torcida de Natal, conto de John Green. A história começa com três amigos, Duck (que é uma menina), JP e Tobin assistindo a uma maratona James Bond na casa de Tobin. Eles estavam protegidos da nevasca - que já castigava a cidade - até que o amigo deles, Kuen (qual é o pior nome: Kuen ou Jubileu?), que trabalha em uma Waffle House, liga para eles praticamente intimando os três a irem para a Waffle House que está lotada de lideres de torcida gostosas. Além da missão de chegar até à Waffle House, eles precisam levar o Twister. Porém outros dois meninos que trabalham com Kuen também convidaram os amigos para a "night com as lideres de torcida" e somente o grupo que chegar primeiro poderá entrar na lanchonete e desfrutar da companhia das garotas.

Não nego que sou fã do John Green. Quando comecei a ler O Milagre da Torcida de Natal achei que o conto seria um pouco parecido com Teorema, no sentido de ser engraçadinho, com personagens meio cômicos, sem toda aquela profundidade reflexiva de Quem é Você Alasca e A Culpa é das Estrelas.  A verdade é que, no fundo, esse conto tem uma essência própria, porém, achei que faltou um pouco do John Green de verdade. Não quero ser pretensiosa, como se eu super soubesse tudo sobre o João Verde, mas gosto do viés poético dele, dos quotes memoráveis que te fazem pensar por dias e dias. Mais uma vez: não estou negando que o conto dele é bom, mas eu apenas esperava mais, esperava algo mais introspectivo sobre o Natal, Ou mesmo que ele pendesse para esse lado engraçado, ainda senti que faltava alguma coisa.

Definiria O Milagre da Torcida de Natal como uma grande aventura natalina, cheia de situações inusitadas. John transformou um ato "aparentemente básico": chegar a uma Waffle House em uma mega saga. Os personagens são muito bem construídos, Duke é aquela defensora dos direitos femininos que está sempre presente nas histórias do John.

Por fim, temos O Santo Padroeiro dos Porcos, a história mais palpável e real de todas, exceto pelo miniporco, mas isso vocês só vão entender lendo. Nesta história assinada pela autora Lauren Myracle, conhecemos Addie, que acabou de terminar com seu namorado, Jeb e está na fossa porque foi no Natal que eles começaram a namorar. Porém ela é um pouco melodramática e faz com que tudo gire em torno de si mesma (ela deveria se chamar Raquel, mas okay). Tentando provar a si mesma (e às amigas e ao ex namorado) que ela mudou e que não é tão egocêntrica assim, ela se compromete a pegar um miniporco, que é o presente de Natal de uma das suas melhores amigas, na PetShop em frente ao seu trabalho, na manhã de Natal.

O conto é bem legal e, como disse, é o mais próximo à nossa realidade porque Addie pode ser qualquer uma de nós. Quem nunca ficou na fossa, não é mesmo? E as pequenas discussões dela com as amigas... qualquer um se identifica. Há uma quebra no livro no último conto. Os dois primeiros são mais engraçados e o segundo é um drama/ romance. Vai ter gente que vai achar chato, mas eu gostei. Não conhecia a autora, mas gostei muito da escrita dela.

De uma forma geral, recomendo muito a leitura. Quem gosta de uma leitura rápida e bem descontraída não pode deixar de ler Deixe a Neve Cair. As histórias são incríveis e no final, tudo se encaixa. O livro funciona super bem.

Devo destacar também a diagramação do livro cheio de floquinhos de neve nas páginas. É bem verdade que ninguém merece folhas brancas, mas eu perdoo porque, afinal é a cor da neve ;)



beijos a todos

31 comentários

  1. Oi, um feliz natal para você e sua família Kel.

    Eu estou com este livro para ler, e infelizmente não tive tempo para ler antes do natal. Eu adorei a sua resenha e só fiquei com mais vontade ainda de ler o livro.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, que pena que vc não conseguiu ler até o Natal. Mas lê nesse calorzão do verão. Como é uma nevasca, a sensação de calor até diminuiu ao ler, sabia? =P é sério!

      Excluir
  2. Nunca li nada de John Green, mas depois de tantos e tandos elogios ao autor, eu já estou gostando! E se Deixe a Neve Cair tem suas palavras, ele parece ser especial. Despertou minha curiosidade sobre O Santo Padroeiro dos Porcos.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    Vini - http://blogumjovemleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. COMO ASSÉÉÉÉMMMMM???? Saia correndo e leia A Culpa é das Estrelas!!!

      Excluir
  3. João Verdade + Rocco = nunca vou ter T.T
    Adorei a resenha e achei interessante o fato dos contos se ligarem... ainda n descobri como (pelo visto só lendo)
    Super Abraço,
    Victor Rosa - Encantos Paralelos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HUAHUAHUAHUA realmente a Rocco é meio salgado mesmo, mas pela internet tá com um preço bacana Vi!

      Excluir
  4. Só tenho vontade de ler mesmo o primeiro conto pela sua descrição, não sou muito fã do John e o último como é romance não faz o meu gênero. E você ainda disse que as páginas são brancas -_- vai demorar mais ainda pra eu tomar coragem e ler kkkkk'

    Adorei a resenha, parabéns!

    Beijo,
    Mariana - Blog Portão Azul ( http://portaoazul.blogspot.com.br/ )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiim, as páginas são brancas e isso é feio (muito feio), maaaas eu perdoo pq livro fala de neve

      Excluir
  5. Acho que Jubileu é o pior , Kel hahaha
    Feliz Natal ( mesmo que um pouco atrasado )! e Boas Festas para você , sua família e a família da Monike :D
    Agora falando do livro ... Desde que lançou eu o quero , ainda mais por ser do João Verde , então já dá pra entender porque está na minha lista de desejados ...
    Gostei da sua resenha sobre o conto da Maureen , adoro protagonistas que não deixam a leitura cair na narração , e torna a história gostosa de se ler . Também estava esperando mais reflexão do John , principalmente porque é um conto de natal , mas agora que você disse vou diminuir um pouco as expectativas , para não decepcionar .
    A Culpa é das Estrelas e Quem é você Alasca ? , pra mim são os melhores trabalhos dele *--* Espero que ele faça mais assim .
    Resenha maravilhosa!
    Beijo
    http://livros-com-pipoca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liii, obrigada pelos desejos, pra vc tb, linda!!!

      Excluir
  6. Eu confesso que, no início, não tinha vontade de ler o livro. Não sou o que se pode chamar de fã de contos e muito menos do motivo que faz a maioria das pessoas quererem ler o livro: o John Green. Mas sabendo um pouco mais do livro minha vontade floresceu. Rsrsrs, nunca imaginei, mas o.k.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi. Tb não sou mt fã de contos. Tanto que imaginei que eles fossem ser bem pequenos. Mas todos os três tem mais de cem páginas, então eu via quase como se fosse um romance mesmo

      Excluir
  7. Ai quero muito ler!

    Ahh Kel, sobre o amigo secreto, nós enviamos os presentes pelo correio mesmo! Pq cada uma mora em um estado, mas teria sido bem legal se a gente tivesse feito pessoalmente! É muito legal mesmo essa interação e a gente faz muitas amizades ótimas!

    beeeijos,
    Miss Sainha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu adoro amigo oculto! participei de três virtuais e foi o máximo!

      Excluir
  8. Adorei, queria muito ;3
    http://worldofgirl-official.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Rach
    eu adooooooro john green!
    queria ler esse... :(
    pena que cheguei tarde pra participar do top comentarista né?
    bjbj

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Nossa, para um natal é uma ótima resenha ^^.
    Eu li muitas do livro e esta foi a melhor, foi uma das poucas que conseguiu chamar minha atenção e despertar meu interesse.

    Claro que se levar em conta, os autores são ótimos e fico muito feliz sabendo que recebeu 5 estrelas e ainda favorito (=
    ótima resenha.

    Beijos
    Tamires C
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tami!

      Obrigada pelo elogio! Fiquei toda boba agora. Obrigada mesmo

      Excluir
  11. Oi Kel,
    Eu adoro o Natal, mas sinceramente e apenas essa é minha opinião, livros natalinos tendem a ser mais voltados para moldar as relações capitalistas, uma vez que o livro perde a essência e acaba se tornando mera mercadoria!! :s

    Porém, eu fiquei interessado nesse livro, logo de cara, por causa do nome de João Verde! Pra mim, ele é um dos expoentes da literatura poética jovem adulta! Ele põe no papel o que nos agrada e devido a sua consideração sobre o conto dele, eu já fico mais receoso em comprar!!

    Enfim...
    Beijos

    Feliz Natal atrasado e um excelente 2014 ( :

    Adriano - GeraçãoLeitura.com
    http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Adriano,

      olha, o conto dele é interessante, mas realmente achei que faltou um pouco, justamente por ele ter esse "quê" meio poético, sabe? Mas ainda assim, acho que vale apena a leitura. É um livro que vc vai dar umas boas gargalhadas =D

      Excluir
  12. Eu já tinha visto algumas pessoas falando sobre esse livro, mas não sabia qual era seu enredo e sinceramente gostei da proposta dos autores e dos contos.
    Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!!!

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Kel
    Tudo bem?
    Parece muito fofo, eu gosto de contos e se as histórias se lingam, gosto ainda mais rs.
    Feliz Natal pra ti também, desculpe o sumiço, fim de ano é muito corrido aqui em casa.
    beijokas
    http://www.letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nana!! Feliz Natal, flor!!! Espero que goste do livro

      Excluir
  14. Oi Kel! Não gosto de ler contos, mas de tanto que vejo resenhas positivas vou ter que encarar viu rsrs
    Bjokas

    Samy Rabelo
    http://livroscomresenhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Kel!
    Adorei sua resenha!!!
    Realmente, a maioria das pessoas tem falado que Expresso Jubileu foi um conto ótimo! Estou doida pra ler o livro e conhecer as outras autoras e tirar minhas próprias conclusões sobre o conto do John Green (que muita gente disse que esperava mais!).
    Enfim, Feliz Natal pra você também, Raquel! Tudo de bom! :)

    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ká!! Leia sim, o livro é ótimo e como fala de Neve, é um aliviozinho nesse calor dos infernos huahuahuahuahua

      Excluir
  16. Oi Raquel, não sou uma fã incondicional de contos, mas compraria esse livro.
    Tinha lido em outra resenha que o conto do John Green não estava lá essas coisas. Mas gosto muito do autor.
    Como não amar essa capa? Linda.
    ;)
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Estou louca para ler esse livro por motivos de: Maureen Johnson e John Green <3 Estou lendo muitas resenhas que estão falando exatamente isso de que o conto da Maureen é muito bom e que o do John acabou faltando algo... Mas enfim, ainda estou curiosa, o Ntal pode ter passado, mas eu ainda estou no clima para ler "Deixe a Neve Cair" hehe Adorei a resenha, Raquel!
    PS: Jubileu é o nome mais problemático... Principalmente porque esse é o nome de uma menina! haha
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Muito boa a resenha mo! Mais um livro que te dou que ganha a classificação de favorito, eeeee hahahhaha!

    ResponderExcluir
  19. Eu ADOREI ESSE LIVRO, mas não classificaria como favorito, apesar disso dei 5 estrelas.
    O conto do Green foi o que menos curti, e o mais legal pra mim o primeiro. Esse livro é muuito legal pra ler no Natal, perfeito!

    http://blogliterariopalavrasaovento.blogspot.com.br/2013/12/musicas-para-curtir-o-ano-novo.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Samuel!!! Pois é, acho que todo mundo meio que se decepcionou com o conto do John, né? Uma pena...

      Excluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!