# Resenha 59 // Herdeiro da Névoa

Oiee, gente!

Como foram de final de semana? O meu foi de limpeza geral no meu quarto e arrumação na estante =P. Hoje é dia de colocar mais uma resenha no ar. Desta vez de Herdeiro da Névoa, da minha xará, Raquel Pagno.

Título: Herdeiro da Névoa
Autora: Raquel Pagno
Editora: Chiado
Páginas: 254

Sinopse: Inácio Vaz mal podia acreditar no sonho que se realizava. Acabara de chegar à Paris com algumas moedas no bolso e a grande vontade de se tornar advogado. Depois de ser surpreendido pela beleza de Chloé Champoudry, enquanto esperava pela entrevista que lhe garantiria a bolsa de estudos na Sorbonne, e encantado pela garota dos cabelos de fogo, trocara equivocadamente Direito por Artes, para poder estar em sua companhia. Desesperado por ter abdicado do sonho, Inácio descobre que seu nome não consta em nenhuma das listas de matrículas. Disposto a esclarecer o mal entendido, não percebe que seus documentos foram trocados. O rosto na foto é seu, mas o nome, de outro. Stephen, seu colega de quarto, tenta convencê-lo a assumir a nova identidade. Os documentos pertencem ao herdeiro da dinastia Roux, um milionário desaparecido sem deixar rastros. Preso em um leque de mentiras e suspense, Inácio trava uma luta com sua própria consciência, enquanto apaixonado, procura pela garota que lhe roubara o coração.


O livro se passa na década de 50. Nele conhecemos Inácio Vaz que mudou-se para a França para estudar direito na Subornne. Porém, logo no primeiro momento na faculdade ele fica encantado por uma mulher de cachos de Fogo. Esta é Chloé. Em nome deste amor a primeira vista, Inácio decide matricular-se no mesmo curso que sua amada: Artes. Porém, misteriosamente os documentos de Inácio são trocados pelos de François Roux, um homem idêntico à Inácio, porém incrivelmente rico que sumiu sem deixar pistas. Confuso e preso em um leque de mentiras, Inácio se vê preso em uma realidade que ele nunca passaria por sua cabeça.

Comecei a ler Herdeiro sem nem imaginar o que me esperava em meio àquelas páginas. O que posso dizer é que o livro me surpreendeu muito. Como amante de um bom suspense, Herdeiro da Névoa me deixou tensa e ansiosa em diversos momentos. Com medo (confesso) em outros.

A história mistura traições, personalidades dúbias e intrigas. Basicamente, não dá para saber em quem acreditar. Os personagens são tão bem construídos que é possível amá-los e odiá-los na mesma intensidade, em momentos distintos do livro. E neste ponto eu destaco especialmente o Inácio. O livro é narrado pelo ponto de vista dele. Apesar de ser o protagonista e a vitima de todas as confusões que começam a acontecer, Inácio não é perfeito. Ele é ganancioso, um tanto quanto invejoso e tão influenciável que dá vontade de dar uns tapas nele =P. Mas ao mesmo tempo ele é uma pessoa correta, que busca a felicidade ao lado da mulher que ele ama custe o que custar.

Não sei vocês, mas eu, particularmente, adoro essas quebras nos personagens porque refletem a realidade. Ninguém é 100% bom e nem 100% ruim. Herdeiro da Névoa nos mostra isso.

"Por mais que eu apertasse o ferimento, não pudera estancar o sangue que ainda escorria em gotas lentas, deixando rastros por onde eu passava. Rastros que logo se desfaziam com o furor da tempestade que lavava as calçadas e as minhas esperanças."

Em um primeiro momento senti que a narrativa estava um pouco acelerada demais com o desenrolar dos fatos. Mas no fundo, isso não prejudicou o todo. A história é envolvente e te faz querer ler mais e mais até descobrir a razão de tudo aquilo. O livro trás um pouco de misticismo e sobrenatural sem esquecer o romance e o suspense. Tudo isto justo gera uma combinação perfeita que não poderia resultar em outro livro se não Herdeiro da Névoa. Não posso falar muito sobre o livro porque qualquer coisa pode gerar um spoiler e livro de suspense com spoiler, não rola =P

Tenho que registrar aqui que eu tiro o chapéu para a minha xará, Raquel que elaborou um final mega digno, sem deixar pontas soltas e que deixa o leitor de queixo caído.



É isso, gente

beijos


23 comentários:

  1. Só por se passar em Paris eu já comecei a ter um interesse imediato pelo livro! rs
    Fiquei curiosa a respeito da história, sobre o que aconteceu com o Inácio depois de ter a identidade trocada.
    Um dos pontos que você citou e que mais gostei foi a coisa da quebras nos personagens, de que ninguém é 100% bom e 100% ruim, e isso é a realidade, acho que quando a gente enxerga isso no personagem, a gente acaba se identificando mais.

    Beijos.
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fê, tudo bem? Concordo totalmente com vc. Personagem perfeitinho não tá com nada. Como vc disse, essa quebra acaba fazendo com que nos aproximemos do personagem

      Excluir
  2. Adoro livros que me impressionam e superam minhas expectativas. Esse parece ótimo. Também achei interessante o fato de ele se passar na decada de 50, pois gosto de coisas antigas.
    beijos!
    seforasilva.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A década não se contextualiza muito no livro não, Se. Acho que foi mesmo só pra situar no tempo. A década de 50 e os fatos que nela aconteceram na França não influenciam o livro =D

      Excluir
  3. Nossa xará!! que resenha linda! Muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito obrigada!
    Fiquei muito feliz que tenha gostado!
    (Também senti vontade de dar uns tapas no Inácio de vez em quanto. Fiz alguns personagens fazerem isso por mim... rsrsrsrsrs)
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu que te agradeço pelo livro e pela confiança! Fico feliz que vc tenha gostado da resenha =DDD

      Excluir
  4. Oi Raquel!!

    A única coisa que não me agradou na história foi a época em que se passou, não é muito minha praia. Mas eu adorei a história e esse misto de gêneros, com todas as coisas que adoramos. E Paris... como eu gosto de histórias que se passam lá. Esse amor é recente... por Paris... rsrs

    Beijos,

    Marcelle
    www.bestherapy.net

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro, mas fiquei instigada pela história, também gostei de saber da quebra do personagem já que nesses casos, passa mais um pouco de realidade.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da resenha e feita aqui mega curiosa para ler essa obra! Como você disse, a combinação de romance, suspense e sobrenatural tornam esse livro muito bom! E gostei também desse fator de tornar os personagens mais 'reais', mostrando que todos temos esse lado bom e mau!
    Muito bom!
    Beijoocas :*

    http://meuuniversox.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Barbara! Que bom que vc gostou do livro! Espero que vc possa lê-lo

      Excluir
  7. Oi Raquel, tudo bem??
    Adorei a sua visitinha lá no blog, volte sempre que puder e quiser.
    Ahhhh amei essa resenha, você disse tudo o que eu precisava ouvir para me sentir atraída pela leitura rsrsrsrs. Confesso que o nome do livro não me atraiu, mas essa é a primeira resenha que leio sobre ele e pelo que vi deve ser muito bom, porque amo suspense e sobrenatural... Parabéns Xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh que bom saber disso, Di!!!! To toda boba agora.

      Excluir
  8. Muito boa a resenha meu amor, fico feliz que você tenha gostado do livro!

    ResponderExcluir
  9. Oiee

    Adorei a resenha fiquei morrendo de vontade de ler!!!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  10. Também adoro essa quebra dos personagens. Não gosto de personagens que são 100% isso ou 100% aquilo, tira a veracidade dele. É mais difícil de se identificar. Mas adorei saber mais sobre o livro, e fiquei interessada!

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Raquel Pagno: "Também senti vontade de dar uns tapas no Inácio de vez em quanto. Fiz alguns personagens fazerem isso por mim" e realmente fez hahahaha
    Raquel (blogueira) temos praticamente a mesma opinião. EU ADOREI O FINAL DA HISTÓRIA. Tudo perfeitamente encaixado!!
    Super Abraço,
    Victor Rosa - Encantos Paralelos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. uahuahuahuahuamas o Inacio realmente irrita HUAHUAHUA =P

      Excluir
  12. Raquel, gostei da resenha, Herdeiro da Névoa está na minha estante e é uma das minhas leituras para 2014, muito bom saber sua opinião sobre o livro, assim fico mais instigada a ler ele o mais rápido possível.

    Bjks

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Raquel essa livro me prendeu tanto que li em um dia, queria saber como ia terminar toda aquela trama, que por Deus muito boa, Raquel Pagno mandou bem!
    Bjkas
    Feliz Natal e Feliz Feliz Ano Novo, até 2014~!
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  14. Um ótimo livro de uma ótima autora!
    Raquel Pagno é uma pessoa muitoooo legal, e o seu livro também!
    Amor infinita por New York <3

    Beijos! - http://blogumjovemleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oie, nunca li nada da autora, mas Herdeiro da Névoa parece ter uma história bem interessante. Principalmente porque ninguém consegue ser 100% bom. Personagens assim são bem mais legais de acompanhar.
    ;)
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!