26 novembro 2013

# Papo Literário // Gêneros literários

Oiee, galera, tudo bem?

Comigo tá tudo certinho. O post de hoje foi uma sugestão de dois amigos que arregalaram o maior olhão para mim quando falei que gostava de Chick Lit. Eles não sabiam que existia vários gêneros literários, então, pensando neles, resolvi trazer o assunto para a nossa coluna semanal, o Papo Literário.

Você reúne um grupo e pergunta: Qual o seu gênero literário preferido? Alguns vão responder: "literatura nacional", "ficção", "terror!", "suspense", "SICK LIT." Oi? Sick Lit? 



Sim, este é apenas um dos novos gêneros literários que andam por aí conquistando as prateleiras das livrarias e o coração dos leitores. Mas calma, calma, calma, como diria o Chapolin Coloirado, não priemos cânico. Estes novos gêneros literários, muitas vezes são ramificações dos tradicionais gêneros que já conhecemos. 

Apesar dos nomes complicados, a definição é simples e permite que haja uma maior divisão nas classificações dos livros. Vejamos alguns exemplos:

Talvez um dos mais conhecidos seja a distopia. Em poucas palavras a distopia é o contrário da utopia. Okay, sei que a definição é complicada, mas em linhas gerais os livros distópicos geralmente nos trazem uma sociedade que vive sob a opressão do governo. Frequentemente o universo distópico refere-se a um futuro imaginado ou a um mundo paralelo. Estes livros tem teor crítico mostrando as atuais convenções sociais e limites extrapolados ao máximo. 

Mas se você pensa que Distopia surgiu com Jogos Vorazes, Divergente etc, não se iluda.



Existem diversos clássicos literários que tem uma pegada distópica e, aposto que muitos nem perceberam =P.




Saindo desse mundo meio futurista, vamos falar dos sick lits. Bom, como o nome mesmo diz: "sick" significa doença. Apesar de ter uma conotação não muito "favorável" o conteúdo destes livros gera a reflexão e, obviamente, coleciona fãs. 

O enredo dos sick lits contem personagens que sofrem com doenças variadas, tendências suicidas ou depressivas. O gênero levanta polêmica justamente pelo seu teor "pessimista", fazendo com que muitos pensem que estes livros podem influenciar os adolescentes. Sinceramente, acho isso tudo besteira, mas... Vejo os sick lits como livros que incitam a reflexão de problemas atuais dos jovens de hoje. Bulimia, depressão, câncer, todos estes "problemas" já estão enraizados na sociedade e os sick lits são uma forma de levar o conhecimento





Favor não confundir sick lit com chick lits. A pronuncia é um pouco parecida, mas o gênero é totalmente diferente. Chick lits são mais conhecidos por "livros mulherzinha", ou seja, livros que tratam do universo feminino. São leituras leves e agradáveis que falam dos dilemas das mulheres: compras, homens, chocolate, trabalho, etc. Este é um ótimo gênero para relaxar e dar umas boas risadas quando você se reconhece dentro da personagem. Meg Cabot é um SUPER exemplo de autora que escreve Chick Lits.



Da literatura mulherzinha, vamos direto para os Young Aduls, quase uma literatura infanto-juvenil, porém um pouco mais "madura". Basicamente a diferença está nos protagonistas. No YA os personagens perdem um pouco da ingenuidade adolescente e são mais fortes, mais decididos. Alguns temas corriqueiros da adolescência também estão presentes nestes livros como o relacionamento famíliar, a sexualidade etc.

Por fim, temos o New Adult onde os protagonistas são geralmente universitários ou jovens ingressando na vida adulta. O teor do livro é mais "adulto" explorando um pouco mais a sexualidade, as primeiras experiências etc.



20 comentários

  1. Muito bom o tópico de hoje Raquel.
    Eu fiz uma pesquisa a pouco tempo para um post la no blog e olha, fiquei louca com a quantidade de gêneros e subgêneros literários que existem.
    E a verdade é que todos eles acabam meio que se confundindo, porque, não existe um livro só distopico, ele vai ter algo a mais como romance ou ficção cientifica.. enfim, da um verdadeiro nó na cabeça hahaha
    Mas é sempre bom trazer esse assunto para aqueles que estão menos ligados nessas nomenclaturas.. porque na hora de comprar as vezes isso ajuda muito haha

    Aaah, foi muito legal conhecer você também *-*
    Apesar de ter lhe visto na bienal não tinha certeza se você morava no rio ou não.
    Com certeza vamos marcar para ir nos próximos eventos que tiverem por aqui.. quem sabe assim eu deixe de ser um bicho do mato hahaha

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Leeh, são muitos. Descobri que existe um tal de Wedding Lit que seria algo tipo Album de Casamento, da Norah. É muita coisa que inventam mesmo huahuahuahua

      Excluir
  2. Olha, eu não sabia meeeesmo que o nome era "Sick lit" pra esse gênero. Já li vários e nem sabia! Omg!

    Beijos,

    Carol
    www.portaoazul.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. huahuahuahuahuahuahuahua. Tá vendo? Agora não esquece mais =P

      Excluir
  3. Amei o post!
    Super explicativos e com ótimos exemplos
    Parabéns!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Amiga perfeito post, ficou bem legal saber mais sobre as definições de cada um deles, facilicita na hora de classificar e indicar para alguém o livro!
    Bjkas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Mas olha, são tantos gêneros que este post não tem nem 1/3 deles huahuahuahua

      Excluir
  5. Olá, parceira!
    Essa coluna é extremamente ótima - tanto para interagir quanto para informar!
    É verdade, se alguém me dissesse que o seu gênero favorito fosse sick list, eu ficaria boiando. Na realidade, não conheceria nenhum destes mencionados (Jovem Leitor ignorante, haiushiusahu).
    Vou tentar decorar o nome de cada um deles para algum dia não ficar confuso!

    Abraços!
    Vini - http://blogumjovemleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. huahuahuahuahuahua deixa de ser bobo, Vini. São muitas classificações mesmo e a gente fica confuso. Esses ai são só os principais =P

      Excluir
  6. AMEI o post. Achei muito legal e informativo.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei! Finalmente consegui entender isso! ahahaha

    ResponderExcluir
  8. Adorei o poste, tinha uns nomes que eu não conseguia entender e agora que sei descobri que gostos dos gêneros que você comentou e também de Suspense, Romance, Policia, Ficcção.

    http://momentocrivelli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Professora Raquel me ensinou novas palavras :D
    Agora sério, isso foi realmente muito bom! Agora sempre que eu falo que li uma distopia, as pessoas ficam me olhando como se eu tivesse falado uma palavra totalmente nova hahhahaha
    Muito obrigado pelo post mo!

    ResponderExcluir
  10. Oi Raquel,

    Muito legal o post. Bem instrutivo mesmo. Dos gêneros não conhecia apenas o sick lit, quando lia um do estilo classificava como drama. Acho que Garotas de Vidro se encaixa bem nele.

    Abraços.

    http://milvidasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá Raquel, tudo bom?
    Adorei o post. Super bacana da sua parte explicar um pouco mais sobre esses gêneros literários. Confesso que não sabia sobre os sick lits. Enfim, apesar de não ter toda essa idade, adoooro New Adult, é tanto que tenho os três livros que você apresentou no post.

    Beijinhos, Alicia.

    ResponderExcluir
  12. Oie, adorei você falar sobre diversos gêneros no post.
    Eu curto muito os romances e chick-lits. Tanto que os livros que você usou para exemplificar eu li os três, mas o preferido é Fiquei com Seu Número da Sophie Kinsella.
    Tenho curiosidade para ler Easy, mas Belo Desastre não me atrai.
    ;)
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. muito obrigada. estava louca procurando entender esses "novos" gêneros, acompanho a galera que dá suas opniões sobre livros e ficavam meio perdida sem entender essas denominações.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!