Resenha 42 // A Garota que eu Quero


Oiee gente, tudo bem com vocês?

Espero que siiim =) Essa semana tem O QUEEEE???? BIENAL =D. Tô avisando desde agora para vocês ficarem de olho aqui no blog e acompanharem tudo de pertinho, porque a partir de quinta-feira, tem Especial Bienal por aqui ^^ Então, nada de ficar triste por que não pode ir, certo?

BOM, confesso que não queria fazer essa resenha agora, mas acho que se eu não fizesse hoje, ia acabar postergando isso eternamente. Semana passada terminei de ler A Garota que eu Quero, do Markus Zusak, autor do livro lindo A Menina que Roubava Livros. Descobri o lançamento deste livro na turnê Intrínseca que participei no mês de julho e resolvi comprá-lo.

Confesso² que até este momento em que estou escrevendo, não sei ainda se gostei ou não do livro. Talvez isso se dê porque A Garota que eu Quero, na verdade é o último livro de uma trilogia composta pelos livros “O Azarão” e “Bom de Briga”, publicados pela Bertrand. Vamos ver o que sai na resenha


Título: A garota que eu quero // Getting The Girl
Autor: Makus Zusak
Páginas: 176
Editora: Intrínseca 

Sinopse: Cameron Wolfe é o caçula de três irmãos, e o mais quieto da família. Não é nada parecido com Steve, o irmão mais velho e astro do futebol, nem com Rube, o do meio, cheio de charme e coragem e que a cada semana está com uma garota nova. Cameron daria tudo para se aproximar de uma garota daquelas, para amá-la e tratá-la bem, e gosta especialmente da mais recente namorada de Rube, Octavia, com suas ideias brilhantes e olhos verde-mar. Cameron e Rube sempre foram leais um com o outro, mas isso é colocado à prova quando Cam se apaixona por Octavia. Mas por que alguém como ela se interessaria por um perdedor como ele? Octavia, porém, sabe que Cameron é mais interessante do que pensa. Talvez ele tenha algo a dizer, e talvez suas palavras mudem tudo: as vitórias, os amores, as derrotas, a família Wolfe e até ele mesmo.

No livro conhecemos Cameron Wolfe, um menino solitário, sem muitos amigos, mas com um grande coração. Cameron tem quase que uma "idolatria" pelo seu irmão do meio, Rube, um mulherengo que não precisa de muito esforço para ter a garota que quiser. Normalmente as namoradas de Rube não duram muito tempo e os relacionamentos dele sempre terminam da mesma forma. Mas eis que surge Octavia, uma menina inteligente, artista de rua, que acaba vendo em Cam algo que vai além do óbvio.

O livro trata basicamente do primeiro amor, de uma forma bem singela e franca. Outro tema muito bem abordado é a fraternidade, este laço tão singelo que une os irmãos. A narrativa contém muita introspecção e a cada início de capítulo há um texto que permite com que viajemos para muito além daquelas poucas páginas.

Confesso³ que não simpatizei com nenhum dos personagens. Isso não quer dizer que o livro seja ruim ou que os personagens sejam fracos ou ruim. Quer dizer apenas que nenhum deles me cativou. Ainda assim Cam é um menino carregado de sentimentos muito verdadeiros e muito fortes. Com ele vagamos entre a tensão, a doçura, a tristeza, a franqueza, a amizade, a alegria, etc.Os personagens poderiam ser facilmente seu irmão, seu vizinho, seu primo distante, eles são palpáveis, ainda que cada um viva dentro de sua própria complexidade. 

Como falei o livro faz parte de uma trilogia, mas isto não influencia no entendimento da leitura. O livro é bem pequenininho e dá para ser lido facilmente, só não senti muito movimento no livro. O livro é daqueles que te levam a reflexão, não chega a ser um livro sentimentalista ou coisa do tipo, mas senti falta da ação, de alguma reviravolta, de algo que agilizasse a trama, sabe?

É inegável o quanto o livro é bem escrito e caprichado, mas faltou para que ele se tornasse um dos meus livros preferidos do ano. Do Markus, continuo preferindo A Menina que Roubava Livros.




18 comentários:

  1. Eu havia me interessado pelo livro quando o vi no lançamento, mas quando descobri que fazia parte de uma trilogia, decidi nao comprar. Eu não sabia que dava para ler de forma independente =/
    Nunca li nada do autor, e o que me atraiu foi justamente por ele ser pequeno.. Enfim, acho que esperar para ler A menina que roubava livros.. acho que seria a sua indicação ne?!

    Beeijos, Dreeh.
    Livros e tudo que há de bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dreeh. Olha, se eu não soubesse que ele fazia parte de uma trilogia eu neeem desconfiaria. Na verdade só descobri que ele era o terceiro livro depois que ja tinha comprado. Então nem me importei com os outros =P. Mas A Menina que Roubava Livros é incrivelmente melhor

      Excluir
  2. Olha, sou fã desse autor em todos os aspectos possíveis. kkkkkk
    O livro Eu sou o mensageiro mudou a minha vida! Adoro!!!!
    Esse eu comecei, mas não tive pique para acabar. Mas está na minha lista para acabar agora em Setembro. Gosto da premissa desse livro!
    Bom, é isso, vou terminar, juro!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, eu ainda não li Eu Sou o Mensageiro, só mesmo A Menina que Roubava Livros. O livro é pequenininho e bem rapidinho de ler, mas tb não fui mt ágil na leitura não.

      Excluir
  3. Oi Raquel! Os comentários que li não foram muito positivos não, o que é uma pena, já que Zusak é sensacional em "A Menina que Roubava Livros" e em "Eu sou o Mensageiro". Ainda não li, mas farei o quanto antes... Espero não me decepcionar!

    Abraços, Isabela.

    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que eu tentei ao máximo ver os dois lados do livro. Parte de mim não gostou de A Garota que eu Quero não. Mas a outra parte tentou ver com os olhos do autor... huahuahua

      beijos.

      Excluir
  4. Não esperava que esse livro do Markus, foce assim. Nunca li nenhum livro do autor, mas estou louco pelo 'A menina que roubava livros' dizem que é o melhor livro dele, ainda vou tira-lo da wishlist esse ano. :)

    Abs,
    muchachoonline.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Zayron! Leia A Menina que Roubava Livros, é lindo!!!!

      Excluir
  5. Já li a resenha dos dois primeiros livros dessa série, e para ser sincera não fiquei tão interessada por eles, mas quem sabe um dia eu acabe lendo e termine gostando dos livros.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marla, nem cheguei a procurar resenhas dos primeiros livros, mas tb acho que A Garota que eu Quero não me empolgou tanto a ponto de eu querer ler os outros

      Excluir
  6. Oi, tudo bom?
    Passando para deixar um comentário rsrs
    Sempre que leio a sinopse ,
    tenho mais vontade de ler !
    Amei a resenha .
    Beijos*-*
    Território das garotas
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi ,
    A sinopse do livro é demais .
    Já tinha tido vontade de ler o livro , mas passou .
    Agora voltou , por causa da tua resenha :)
    http://livrosebombons.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Raelly, espero que vc goste do livro

      Excluir
  8. Oi Raquel!
    Que saudadeeeee de vocês e do Por Uma Boa Leitura * --- *
    Então, eu comprei esse livro! E por enquanto ele é o terceiro da minha lista! Estou muito curiosa, mais pelo fato do autor ser o Makus Zusak do que pela história mesmo. Sou fã do Zusak!

    Beijooos

    http://oacucareiro.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hellen lindaaa saudade de vc tb, flor. Espero que vc goste do livro

      Excluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!