# Resenha 33 // Harry Potter e as Relíquias da Morte



Oiee, gente, tudo bem?

Hoje é o nosso segundo dia de especial Harry Potter por aqui, espero que estejam curtindo. Hoje fazem dois anos que Harry Potter e as Relíquias da Morte, parte 2 foi ao ar nos cinemas. Assisti quatro vezes ao filme, chorei nas quatro vezes. Detalhes. Eu não iria resenhar este livro. Durante essa semana haverão duas resenhas de Harry Potter e tinha decidido que As Relíquias da Morte ficaria de fora, levando em consideração a minha balança de preferências, que acabou pendendo para A Ordem da Fênix. PORÉM, devido às circunstâncias, acabei mudando as coisas =P

Vamos nessa?

Título: Harry Potter e as Relíquias da Morte // Harry Potter and Deathly Hallows
Autor: JK Rowling
Páginas: 551
Editora: Rocco





Sinopse: Harry foi incubido de uma tarefa funesta e aparentemente impossível: localizar e destruir as Horcruxes de Voldemort. O garoto jamais se sentiu tão sozinho ou diante de um futuro tão sombrio. De alguma forma, porém, Harry precisa reunir em seu íntimo forças para completar a incumbência recebida. Com a ajuda de Rony e Hermione, Harry deixa o calor e a segurança d'A Toca e de Hogwarts e segue o caminho inexorável que o conduz para a batalha final.





Esperei muito tempo para ler o final dessa saga. E como todo o final da saga eu estava dividida: saber tudo o que aconteceria, conhecer o desfecho dos personagens? Ou deixar o livro mais um tempo na estante sabendo que, ao lê-lo, seria o fim de tudo? Óbvio que li depressa e óbvio que não era o fim de tudo,  mas apenas o começo. No último livro, Harry toma uma decisão. Ele não quer ver aqueles que ama sofrendo e correndo perigo. Dumbledore lhe confiou uma missão: destruir Voldemort e o caminho para isso seria através das Horcrux. Mas por onde começar? Ele não fazia a menor ideia. Mas, claro, ele contou com a ajuda dos inseparáveis, Rony e Hermione.

Você espera sete livros para uma épica batalha e aí está. Em Harry Potter e as Relíquias da Morte, finalmente Harry e Voldemort estão cara a cara. Antes mesmo, porém, deste incrível duelo, o livro já tem seus momentos de aventura com Harry, Rony e Hermione atrás das Relíquias da Morte. Em diversos momentos você prende a respiração por não conseguir imaginar o que vem a seguir. JK tem uma escrita envolvente e te surpreende a todo o instante.

A despeito dos protagonistas, para mim, o melhor deste livro é conhecer dois personagens que, ao meu ver, são a chave de toda a série. Dumbledore e Snape. Obviamente, sempre imaginei que por trás de todo aquele sebo havia um Professor de Poções diferente. E não deu outra. Snape era "o cara" do livro. Mais protagonista que o próprio protagonista. De sua forma duvidosa e através de uma trajetória repleta de perdas e sofrimento, ele mostrou o seu valor, sua lealdade e a sua coragem incomparável. Não é atoa que no finalzinho do livro Harry admite: "foi o homem mais corajoso que conheci".

O outro personagem de destaque foi Dumbledore. Aquele diretor que todos pensaram ser o perfeito e inigualável também tinha os seus traços mortais de inveja e cobiça. E aqui eu tiro o meu chapéu para a tia Jô. Ninguém é 100% perfeito, mas todos podem encontrar o seu caminho de redenção, foi assim com Dumbledore que, seduzido pelo poder, já foi contra os trouxas visando um "bem maior" da comunidade bruxa. A trajetória de Dumbledore junto de Grindelwald, seu amigo de colégio, lembra um pouco os ideais nazistas. Sério gente, não to viajando. Dois bruxos talentosos e imbatíveis que querem a todo o custo tornarem super poderosos através das Relíquias da Morte e, de quebra, acham que os bruxos são uma raça superior e que os trouxas devem morrer. É praticamente a mesma vertente de Voldemort, que é a mesma vertente do nazismo.

Os livros de JK - e As Relíquias da Morte não poderia ser diferente - trazem uma mensagem de que o amor supera todas as coisas. Foi este amor que protegeu Harry da morte quando ele ainda era uma criança e é este amor que se perpetua durante todos os sete livros.

Para quem não leu ainda este livro, espere aventura, tensão, romance, cenas hilárias e muitas, mas MUITAS lágrimas. Antes mesmo de George Martin existir, JK já matava os seus personagens preferidos. E daquela forma: blablablabla fulano morreu blablablablabla. Tenso! huahuahuhuahua.





Bom, é isso, gente. Espero que tenham gostado =D

beijos e até amanhã com mais especial Harry Potter.

25 comentários:

  1. Só li até o 3º livro e não vi todos os filmes.
    Acho super bacana Harry Potter mas como não virei fã nº 1 , acabei não lendo todos, mas ainda pretendo voltar ao 1º e ler todos.
    =D
    Beijoss

    http://doceestante.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, os últimos são os melhores!!!! vc tem que ler!

      Excluir
  2. Nunca li nenhum, mas acho que os livros devem ser melhores que os filmes, to certa? rs

    beijos,
    http://misssainha.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com certeza, Leeh. Mas até que o filme do sexto livro é muito bom!

      Excluir
  3. As Relíquias da Morte é um dos meus livros preferidos da série justamente por causa disso; J. K. Rowling soube fechar com perfeição a série, com riqueza de ideias e mesmo lições para a vida. Meu personagem preferido era o Dumbledore, e podeis de RM, só consegui gostar dele ainda mais.
    Ótima resenha, parabéns!
    Abraços!

    http://pecasdeoito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro o Dumbledore, sua sabedoria é admirável. Acho que todos os quotes dele nos livros são para refletir.

      Excluir
  4. Querendo muito ler essa série,
    devo ser a única no planeta que ainda não leu,
    amei sua resenha, esse negócio de personagens queridos morrendo não faz muito meu gênero, mas faz parte, pra emoção ser maior hehehe

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Del, pode ficar tranquila que muita gente ainda não leu. Mas tenho certeza de que vc vai curtir muito a leitura

      Excluir
  5. Oi Raquel :)

    Eu preciso ler HP urgentemente como um fã assumido rs, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  6. Que saudades de ler Harry Potter, hahaha Lembro que quando cheguei nesse livro, faltavam 170 páginas para terminar e fiquei a madrugada toda lendo. Não suportaria ter que esperar mais, hahaha
    Realmente é um livro maravilhoso!

    Beijos.
    Páginas na Estante
    Sorteios ativos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou assim com HP. Digo sou pq mesmo sabendo de cada detalhe da história, quando leio, parece que é a primeira vez. huahuahuahua É muito estranho isso =P.

      Excluir
  7. Kel,
    Eu sou bem suspeita para falar de Harry Potter, eu amo a série e até hoje releio os livros. E eu gosto muito quando vejo resenhas embasadas em argumentos críticos e lógicos, e não apenas em experiências emocionais (como é o meu caso muitas vezes rs).
    Quando li esse livro me vi no meio do mesmo impasse. Muito feliz por estar com o desfecho da história em minhas mãos, mas com o coração apertadinho por saber que ali tudo iria acabar, que não teríamos novidades sobre HP, que aquela emoção antes de cada lançamento não existiria.

    Mais uma vez, adorei sua resenha.
    Bjs
    http://oacucareiro.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helen, bate aqui o/ Pq até hoje eu tb releio Harry Potter *-*. Para mim, Harry Potter nunca vai perder a graça.

      Excluir
  8. Adorei a resenha, quero muito ler eles, pode ser estranho mais ainda não os li, amos os filmes, mas não é por querer que não os li foi por falta de dinheiro mesmo hehe, adorei a resenha.

    Abs,
    http://muchachoonline.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Zyron! ahhh mas pelo menos vc viu os filmes. Mas vc vai ver o quanto os livros são muito mais esclarecedores =P

      Excluir
  9. OI, Raquel! Tudo bem?
    Já perdi a conta de quantas vezes li e reli esse livro *-* O legal é que eu pude ler na versão original e na brasileira! Apesar de ter gostado bastante do trabalho de tradução da editora Rocco, quando você pega o livro original e vê que aquilo é realmente o que a Rowling escreveu, a trama fica ainda mais especial, a narrativa é simplesmente sensacional! Acho incrível o que essa mulher escreveu, desde o começo, fazendo citações a coisas insignificantes que lá na frente ela iria retomar como algo muito maior.
    Outra coisa interessante é que em nenhum livro a Rowling escreveu um "eu te amo", mas a mensagem de amor que há por trás de Harry Potter é tão grande como você falou, que não há como venerar a autora e as suas sutilezas!
    E por fim, imagine se a saga acabasse com Harry acordando e vendo que tudo isso foi um sonho? Lembro quando todo mundo cogitou essa possibilidade e eu fiquei muito apavorada viu hehe Mas no final acabou sendo mais um livro sensacional, quem sabe um dia ela volte a escrever mais alguma coisa inédita relacionada a esse mundo? Seria maravilhoso *-*
    Adorei o post! Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Jéssica!! E eu to agora fazendo a coleção dos livros em ingles e assim que eu completar, quero poder ler todos *-*. Vamos ver se meu inglês ainda tá bom assim huahuahuahua. O que vc ressaltou é verdade. Nenhum personagem fala eu te amo para o outro, mas sabemos que o sentimento está presente em todas as suas ações. Isso é bem legal! NOOOOSSA, nem me fale dessa hipótese de ser tudo sonho. Acho que não tem como ser sonho. Pra mim é tudo tãããão real *-*

      Excluir
  10. AAAH eu ainda não comecei a ler essa série, quero muito ler nessas férias, ou pelo menos começar, estou muito ansiosa kkk

    Beijos!
    http://meuvicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. A.D.O.R.E.I !!!!!!
    Nota máxima para essa resenha amiga!!!!
    Perfeito, na moral vou ter que pegar minha coleçao da box e ler tudo de novo!!!
    OMG,adorei mesmo!!!
    bjs
    Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. huahuahua é muito bom reler Harry Potter *-*

      Excluir
  12. Nossa o livro é ótimo dificil escolher um preferido né acho que gosto muito do Calice de fogo adorei o torneio tribuxo rss

    Beijos

    http://livrosechocolatequente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb gosto do Cálice de Fogo, mas eu amava o quadribol e esse não tem =(

      Excluir
  13. Ah como é ruim pensar no fim desta saga que marcou a nossa adolescência :(
    Esse livro é sensacional, porém é triste ao mesmo tempo. Tia J.K Rowling conseguiu prepará-lo com um pragmatismo muito forte, o que dá uma semelhança enorme do livro com a realidade. Harry Potter sempre!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!