# Top Sunday // livros históricos


Oi, gente, tudo bem?

Espero que sim. Mais um final de semana que passou voando, voando, não acham? Bom, hoje é domingo e como sempre, é dia de Top Sunday, ou seja, dia de escolhermos o top3 de alguma categoria. Decido que falaremos de livros com teor histórico, que abordem alguma época complicada que o Brasil e o mundo viveram.

Não sei se já falei aqui, mas eu, particularmente, adoro esse tipo de livros. Se eu não tivesse ido para o lado do jornalismo, teria feito História só pra aprender mais e mais. Acho a história um ramo encantador. A gente tá fazendo história, sempre tem um fato novo, uma quebra de paradigma importante, se eu pudesse iria estudar a fundo a história de todos os países do mundo. Enquanto não tomo vergonha de fazer uma segunda faculdade neste ramo, ou pelo menos um curso de extensão na área, os livros vão me preenchendo. 

Mas o verdadeiro motivo mesmo de ter escolhido o tema "livros históricos" para a coluna de hoje são os protestos seguidos de confrontos que estamos vivenciando desde a última semana. Principalmente quem é de São Paulo deve saber do que estou falando. Acho que o que tem acontecido por lá tem corrido o mundo inteiro e aos poucos os protestos estão se estendendo para as outras cidades. Sim, me refiro aos protestos contra o aumento das passagens dos transportes. Hoje mesmo tivemos mais um protesto aqui no Rio e mais um show de violência.

Independente de tomar partido de algum lado, queria dizer que sou totalmente contra a violência e principalmente a violência gratuita. Vi muitos videos na internet de pessoas que sequer participavam da manifestação e saíram machucadas. Vi o depoimento em vídeo de uma professora que foi atingida na bochecha por uma bala de borracha porque estava passando perto da manifestação para ir para casa. Isso mesmo, a coitada tinha saído da escola, desinformada, passou pelo local dos protestos, imediatamente deu meia volta para sair e foi atingida. No seu depoimento ela fala que vivenciou a época da ditadura e que hoje, ela se sentia como naquela época. Foi essa frase dessa senhora que me motivou para a coluna de hoje:


#3º. Lugar: Memória de uma Guerra Suja

Esse foi um dos livros que li esse no, mas ainda não resenhei por aqui, na verdade nem sei porque. Esse livro é um relato de um ex delegado do DOPS (Departamento de Ordem Política e Social) que resolve colocar a boca no trombone e falar tudo o que ele fez e viu naquele período de repressão. Confesso que as intensões dele em fazer esse livro não ficaram muito claras para mim. Ler tudo o que o cara fez é realmente complicado. Ele conta vários planos de matança de militantes, sabe? Bombas, assassinatos planejados... o papel de Claudio Guerra (sugestivo o sobrenome) é exatamente esse: executar, matar. O livro é tão chocante que Claudio Guerra relata o plano de incineração dos corpos desses militantes em uma Usina em Campos. Pessoas essas que nunca foram encontradas. Sem dúvidas essa foi uma época muito complicada no Brasil que muita gente não gosta sequer de lembrar, mas que não podemos deixar cair no esquecimento.



#2º. lugar: Olga

Esse livro eu li tem um bom tempinho, li quando eu ainda estava no colégio. Esse é um livro brasileiro que deu origem ao filme estrelado pela Camila Morgado e eu posso dizer que esse livro me mudou muito. É um livro com muito teor histórico, que fala da Segunda Guerra Mundial que talvez seja a época histórica que mais me chama a atenção. Não por eu achar legal, tá, gente, mas por eu achar um momento bem complexo. Olga é uma jovem militante comunista alemã, de origem judaica, que após participar de uma ação paramilitar que resultou na libertação do seu companheiro de militância e namorado Otto Braun da prisão de Moabit, Alemanha, ela é enviada para o Brasil para ajudar na revolução comunista. Ler o livro é ver tudo o que essa mulher sofreu. Além de lutar na Intentona Comunista, ela foi pega, torturada, deportada para a Alemanha grávida, torturada mais um pouco porque nunca é demais né? Teve a filha, Anita Leocádia (e no livro também acompanhamos um pouco do drama que a família de Olga passa para tirar a neném de um campo de concentração nazista e por fim, Olga morre em uma câmara de gás, o que pra mim é a coisa mais cruel que pode existir. Tenso é a menor palavra que define tudo isso.



#1º lugar: O Diário de Anne Frank

Um relato íntimo, totalmente pessoal de uma menina refugiada em um esconderijo junto de sua família e de outros judeus. O diário de Anne Frank também se passa na Segunda Guerra, mas, diferente de Olga, esse livro é uma experiência diferente, ele é um diário. Não tem como você ler aquilo e não pensar: "estou entrando e vivenciando a vida desta menina." Porque é isto, ela escreveu aquilo, ela passou por aquilo. E viver com medo, viver escondida em um porão, deve ser muito complicado e, principalmente, humilhante. Foi isso - na minha opinião, pelo menos - que a Segunda Guerra fez com os judeus. Mas o mais interessante de Anne é que por mais que o medo de ser pega fosse algo presente em seu dia a dia, ela tinha fé de que tudo daria certo. Ela sorria, ela chorava, ela se apaixonou, ela vivia... do jeito que dava, mas vivia. Infelizmente Anne faleceu no campo de concentração Bergen-Belsen em 1945, seis meses antes do fim da guerra, deixando seus registros de forma brilhante em seu diário.



Bom, gente, é isso. Espero que eu tenha inspirado vocês com esses livros. Só pra descontrair, queria colocar um vídeo relacionado a esses protestos em São Paulo. Com certeza vocês já viram alguma dublagem de um vídeo famoso de um filme sobre a Segunda Guerra que Hittler dá uma bela de uma bronca em todo mundo. Pois é, saiu uma dublagem relacionada aos protestos de São Paulo, ficou muito engraçado! Quem quiser conferir... 


22 comentários:

  1. Oi Kel, tu foi na minha página querendo saber sobre o livro '' Por isso a gente acabou'' como não consegui responder por lá vou responder por aqui... Então fica tranquila que o livro não é deprê, na verdade ele conta cada item que tem dentro da caixa, então na verdade conta a história do Ed e da Min, eu gostei da leitura e se futuramente tu for adquirir o livro tenho certeza de que não vai se arrepender :) Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei meninas, tudo bem? Que bom que o livro não é deprê! Isso me motiva mais a comprar, apesar de eu curtir um sofrimento huahuahuahua

      Excluir
  2. De todos só li o diário de Anne Frank e já achei triste demais! :~

    beijos,
    http://misssainha.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Kel! Ótima escolha, eu também amo livros que tratem de temas desse tipo, ou romances historicos/de epoca. Quanto aos protestos, também vi o depoimento dessa professora, e me revoltei. Mas deixa isso pra lá, senão meu comentário vira um testamento...
    Quanto aos livros, não li este primeiro ainda, mas Olga e O diário de Anne Frank são maravilhosos, sendo este último o meu favorito dos citados. Livros tratados na segunda guerra me encantam!
    Não tinha visto esse vídeo, adorei! Engraçado, mas tudo verdade! Compartilhei ele no face ok? Ótimo post querida!

    Beijokas
    escolhasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, tudo bem? Nossa, eu adoro livros que se passam na segunda guerra! O que é meio contraditório, né? Já que foi um momento bem tenso da história =D

      Excluir
  4. Oi meninas!
    Antes de comentar seu texto quero me desculpar pela ausência das últimas semanas. Meu tempo ultimamente está dividido entre aulas+projeto de dissertação+igreja+trabalho. Quase não sobra tempo para mais nada. Mas é assim mesmo, a vida é movimento! :D

    Eu adorei a lista de vocês. Só li O Diário de Anne Frank, quando ainda no ensino fundamental. Gostaria muito de ler os outros dois livros. Eu amo livros de guerra e "Memória de uma Guerra Suja" deve ser muito legal. Tem um livro bem antigo e muito bom também chamado "Canhões de Agosto", se tiverem a oportunidade leiam. É bastante interessante.

    Beijos

    http://oacucareiro.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hellen, linda, tudo bem? Sei como é estar com o tempo apertado, ainda mais com projeto de dissertação para entregar! Boa sorte. Memórias de uma Guerra Suja é mt bom, fico feliz que a galera aqui nos comentários tenha gostado do livro. Quem sabe eu não faço a resenha dele? =)

      Excluir
  5. Gosto muito de livros historicos
    Tenho muita vontade de cursar uma faculdade de historia
    E infelizmente ainda não li esses livros

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Angela, tudo bem?
      então somos dias!! Ainda vou fazer história na minha vida =D

      Excluir
  6. Desses livros o único que eu já ouvi falar é o da Anne Frank, assim que tiver um tempo que ler este livro.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. O Diário de Anne Frank *-*
    Adorei a postagem, História é uma das minhas paixões, mas não segui nessa área por ter outra área que amo mais ainda. Enfim adorei!!!

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, fiz a mesma opção que vc e acabei seguindo para o jornalismo. Mas ainda ão desisti da história. Enquanto isso, me contento com livros históricos =D

      Excluir
  8. Keeeel.. você percebeu que eu joguei o suco de laranja fora! Que vergonha! Na verdade, estava azedo sabe? rs..

    Ótimas escolhas para o Top 3. Sempre fui muito curiosa para ler o Diário. Na época em que minha irmã estava no ensino médio (séculos atrás), ela trouxe o livro emprestado, mas não me deixou ler. rs..

    Espero ler em breve.
    Como já disse para muuuitas blogueiras, estou no meu momento "romance", mas espero trocar o gênero em breve para não ficar de ressaca, rs!

    Beijinhos, Lu
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PERCEBIIII huahuahuahua. Sua irmã é mt malvada. =P Queria ter lido livros como Diário de Anne Frank no colégio, mas não tive essa sorte =(

      Excluir
  9. Amei esse tema *------*
    Nunca ouvir falar desse livro Memória de uma guerra suja, mas parece ser um ótimo livro.
    Amei as escolhas para esse Top. Livros com o tema sobre guerra(principalmente a segunda guerra mundial) são livros que eu adoro :3

    maisquelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Allana, é mt bom esse livro e fico feliz em ver que vcs se animaram com o livro. To pensando em resenhá-lo!

      Excluir
  10. Oieee

    Muito legal esse post adorei ler os livros de Anne Frank e Olga e Olga por ser um filme brasileiro superou todas as minhas expectativas também recomendo ver o filme.



    Beijos

    Andressa
    http://www.livrosechocolatequente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Legal o post, quero ler Olga, pois é tem muita coisa acontecendo nesses últimos tempos né, sou totalmente de acordo de protestos mas violência e depredação não fazem parte de um protesto justo

    bjos

    ResponderExcluir
  12. Escolha no momento perfeito mozi! Desses livro já li o diário de Anne Frank. Li a tradução clássica para o inglês que é considerada como a melhor tradução deste livro. O livro tem um diferencial, pois foi feito através de um diário de uma menina que demonstrava seus sentimentos e medos com relação a guerra. Não foi um livro elaborado com o objetivo de ser publicado. Isso torna tudo mais interessante e original

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quero conseguir ler em português, mas tá tão caro! compra pra mim =P vc é mt intelectual!

      Excluir
  13. Gosto bastante de livros históricos e já vou anotar essas dicas

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!