29 junho 2013

# Mudando de Assunto// Entrevista com a escritora Bhya Cortes


Olá, queridos leitores! Como vão vocês??

Hoje eu e a Raquel participamos 2ª Turnê Intríseca, na Livraria Cultura, no Rio de Janeiro, e conhecemos várias blogueiras muito legais! Par quem não sabe, na Turnê é disponibilizado conteúdo da editora em primeira mão: capas, vídeos, novidades, curiosidades, bastidores e notícias. Além disso, ao final teve sorteios de vários livros e kits relacionados à literatura e nossa querida Raquel levou pra casa o livro "A Culpa é das Estrelas". Como ela já tem esse livro e inclusive já resenhou ele aqui no blog acho que vocês devem convencê-la a sortear ele aqui pra vocês, que tal? rsrs

No final do evento todos receberam uma sacolinha fofa da Turnê com quatro broches literários, seis marcadores, um botton, um lápis e um passaporte da Turnê. Muito criativo o kit! E para fechar com chave de ouro ganhamos um cupcake cada com um livrinho comestível em cima (eu comi o meu pelo menos rsrs). O livrinho que veio no meu foi "Um Dia". Não li ainda, mas Um Dia leio, quanto mais depois de comê-lo! ahahaha

Durante a semana a gente vai publicar mais informações sobre a Turnê, fotos, falar sobre as curiosidades dos bastidores...mas agora vamos à coluna Mudando de Assunto!!

A coluna "Mudando de Assunto" de hoje tem como entrevistada a autora do livro "O outro lado da memória" e parceira do blog, Bhya Cortes. A escritora foi a pessoa mais rápida até hoje a responder minhas perguntas. Mandei um e-mail com as perguntas, pisquei e quando abri o olho as respostas já estavam lá! ahahaha Eita menina rápida! 

Vamos ao bate-papo!

Como surgiu a ideia de escrever o livro "O outro lado da memória"? 
Então, eu já escrevia há um tempo e havia começado este projeto. A história retratada em "O outro lado da memória" é algo que particularmente mexe muito comigo, pois como uma boa estudante de psicologia (rs) acredito que as coisas que acontecem em nosso passado refletem no nosso comportamento no futuro. 

Você já escreveu pensando em publicá-lo?
Não. Após terminar de escrevê-lo, mandei pra uma revisora e ela ficou super empolgada e me incentivou a publicar. E foi justamente na época em que, por causa da faculdade, comecei a fazer terapia. E meu psicólogo me incentivou também a fazer algo que eu gostasse e me sentisse realizada. E então comecei a correr atrás para publicar. E gosto de deixar claro que eu não entendia nada sobre mercado editorial e tive que estudar muito antes. kkkk

Podemos dizer que a internet foi um facilitador na divulgação do seu livro?
Com certeza. Vendo muitos livros pela internet e muita gente me adiciona nas redes sociais querendo saber mais sobre o livro e sobre meus próximos projetos. A internet nos leva a lugares que, pessoalmente, seria difícil estar. 

Onde podemos encontrar seu livro? Livrarias? Internet? 
Em livrarias em todo o país. 
Na internet ele encontra-se à venda nos seguintes sites: 
SUBMARINO

Pretende escrever mais livros?
Com certeza! Já estou trabalhando em um próximo!

Você acredita que seus textos têm influência de algum escritor ou livros específicos? Quem? Quais?
Influência propriamente dita, não. Mas eu tenho escritores como exemplo, posso dizer assim. E com certeza carrego algo deles. O escritor francês Gustave Flaubert, que para mim escreveu o melhor romance de todos que foi "Madame Bovary", clássico da literatura francesa! Nosso queridíssimo Nicholas Sparks, com livros como "A Escolha", "O melhor de mim", etc. E outros como Fernando Pessoa ("O livro do desassossego"), José de Alencar, Clarice Lispector e Erich Fromm. 

Seus personagens são inspirados em pessoas ao seu redor? Quem?
Não. Moro em cidade pequena e sempre busco escrever algo completamente diferente do que as pessoas sabem que vivo. Portanto, busco sempre pensar em algo que está além de mim ou de qualquer pessoa muito próxima. É claro que, vivenciamos situações parecidas algumas vezes, e isso também ajuda um pouco.

Em quanto tempo você escreveu seu livro?
Mais ou menos, uns cinco meses.

                                                                                    Fora escrever, o que mais você faz? 
Sou bailarina, estudante de Psicologia e uma grande leitora. Gosto de ler de tudo um pouco.

Seu livro tem tido uma boa aceitação?
Graças a Deus, sim! Óbvio que existem críticas, até porque precisamos delas para amadurecer. Mas eu tenho recebido um carinho enorme dos leitores e estou muito feliz com isso.

Fale um pouquinho sobre o seu livro, por favor.
"O outro lado da memória" conta a história de Luíza Bedim, uma jovem que passou por uma experiência traumática em sua adolescência, se decepcionando com alguém a quem dedicou seu amor. Isso faz com que ela se isole e comece a viver dependente daquela decepção. Até que conhece Arthur, um jovem jogador  de basquete que entra em sua escola e logo quer saber o motivo de Luíza ser assim. Entre muitas brigas, confusões e emoções, Arthur mostra-se alguém que Luíza não esperava que ele fosse. Luíza tem grandes amigos que ficam ao seu lado o livro inteiro, mostrando que a verdadeira amizade existe sim. O livro fala sobre confiança, perdão, traumas, decepções, mas principalmente fala de amor. E que ele pode ser um grande motivador para as mudanças necessárias em nossas vidas.


E aí, gostaram da entrevista, pessoal??
Espero que sim!!
Beijão

14 comentários

  1. Oi Monique! Ótima entrevista =D
    Gosto muito de saber um pouquinho dos "bastidores" dos livros! rs
    Estou bem curiosa para ler O outro lado da memória, inclusive conheci o livro através aqui do Por uma boa leitura =D hehe
    Eu sempre achei que as pessoas escreviam com o intuito de publicarem, e é bem legal saber que um livro tão bom como tenho ouvido falar, não tenha sido planejado para ser publicado inicialmente, acho que deve aumentar a surpresa da autora em saber que algo que ela escreveu sem o pretesto de publicar, torna-se um livro tão bom e com tantos leitores!

    Beeijos,
    iSteh

    ResponderExcluir
  2. Mais uma ótima entrevista Monique! É sempre bom ver o ponto de vista dos autores! Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Caramba, curti muito a entrevista com a Bhya. Ela parece ser uma fofa, né? rárá!
    Abraço...
    http://umsenhorpalhaco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ah.. Queria MUITO participar de uma turnê :)
    Acho incrível conhecer tudinho em primeira mão.
    Opa.. Vai rolar sorteio do livro, Kel? HEIN HEIIINNNN.. kkkk!

    Se tem uma coisa que eu estou admirando MUITO é a leitura de livros nacionais. E devo isso, grande parte, aos blogueiros que me apresentar autores e autoras incríveis.
    Não conhecia a Beatriz, mas pela entrevista, temos um sucesso crescendo.
    Lindo livro!

    Beijinhos, Lu
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie Monique =)

    Eu queria muito ter ido da Turnê Literária da Intrinseca aqui em SP, mas infelizmente não consegui ir =/

    Muito legal a entrevista! Não conhecia a autora, mas o livro dela pareceu ser bem interessante ^~

    Beijos e um ótima semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  6. Muito legal, não conhecia mas fique bem curiosa, principalmente por ela ser psicóloga :)
    boa semana
    ;*

    www.redbehavior.com

    ResponderExcluir
  7. Nossa, muito fofa e simpática, e pelo visto, bem rápida. É legal vermos esse comprometimento.
    E ela faz balé, nossa que sonho, acho muito lindo. *__*

    Beijos,
    Resenhando Books

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia a autora
    Mas foi bastante interessante ve-la aqui no blog
    E amei a entrevista

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá Monique,
    Ainda não conhecia a Bhya Cortes e seu livro, mas ela parece ser bem simpática.
    E interessante descobrir que os autores, nem sempre escrevem um livro, com intuito de publicá-lo. Ótima entrevista!!

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!!

    Gostei da entrevista e achei interessante o livro, vai pra minha lista de desejados, apesar de estar bem grandinha,mas...sabe como é, livro interessante sempre cabe mais um na listinha! :)

    Beijos
    Rê SOuza
    http://entreresenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá!!

    Gostei da entrevista e achei interessante o livro, vai pra minha lista de desejados, apesar de estar bem grandinha,mas...sabe como é, livro interessante sempre cabe mais um na listinha! :)

    Beijos
    Rê SOuza
    http://entreresenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá!!

    Adorei a entrevista e achei o livro interessante, vai pra minha lista de desejados, apesar de estar bem grandinha, mas sabe como é... livro interessante sempre cabe mais um na listinha!!

    Beijos
    Rê Souza
    http://entreresenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi, conhecia muito pouco da autora e adorei passar aqui e ler a entrevista.
    Beijos
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!