19 maio 2013

# Mudando de Assunto// Entrevista com a escritora Keila Gon



Olá, meus queridos e amados leitores! 

Peço mil desculpas a vocês por não ter postado a coluna Mudando de Assunto ontem, mas foi impossível pra mim! Ontem foi as Bodas de Ouro dos meus avós (foi tudo muito lindo!) e fiquei ocupada primeiro organizando as coisas para a festa e depois na festa, e não consegui escrever aqui! 

Mas não se preocupem, para compensar o meu atraso trouxe uma convidada mais que especial para bater um papo conosco! =)


A nossa entrevistada de hoje é a escritora Keila Gon, autora de "Cores de Outono" e parceira do nosso blog

Keila nasceu em São Paulo capital, mas passou boa parte da infância e adolescência em Pouso Alegre, Minas Gerais. Morou em Campinas, onde finalizou os estudos básicos, se tornou comissário de voo, conheceu o marido, entrou na faculdade de Administração, se casou e se mudou novamente. A escritora mora em São José dos Campos há oito anos, lugar onde sua filha veio a nascer!

Ganhei da Keila o livro "Cores de Outono" e ele é lindo, lindo, lindo, com uma capa encantadora e, posso dizer, uma história mais encantadora ainda! Simplesmente me apaixonei! É um romance, digamos, sobrenatural, mas não tem nada de clichê! 

O livro tem mais de 400 páginas, mas li em apenas três dias porque simplesmente não conseguia parar! É muito bom, gente, sério! Bem, não vou me aprofundar muito agora porque em breve teremos resenha dele aqui, né? rsrs 

Vamos à entrevista!! ;)

Da onde você tirou a ideia de escrever o livro "Cores de Outono"? Você se inspirou em algum outro livro que tenha lido?
Eu amo ler, adoro o mundo da fantasia desde...sempre! Mas muita coisa inspirou essa história... Lugares, pessoas, contos de infância, viagens, livros, filmes... (desenhos), e muita música, claro. E um dia, há dois anos, minha mente fantasiosa resolveu reunir todas estas impressões por diversão... e “Cores” nasceu. Cresceu e tomou proporções gigantescas! (risos)!!  Acho que esta história sempre esteve na minha imaginação e a diversão era colocar este misterioso mundo paralelo, com magia em um romance...claro.

Você se identifica de alguma forma com a personagem principal do seu livro, a Melissa? Notei que vocês duas são fãs de rock! Seria só essa a semelhança?
A Melissa como os outros personagens são parte de mim e algo da “Keila” sempre fica impresso... (no caso dela, não só o gosto musical, mas também a teimosia... ahahahha). Mas ela foi inspirada em muitas pessoas importantes para mim... a atração ao desastre, por exemplo, de uma grande amiga... hihihi (Beijos, Dani Ziggiatti!) E minha principal referência foi minha irmã mais velha (Beijos, Tata!!!!)

Assim como a Alice (irmã mais nova da Melissa) a chama de Tata você também chama sua irmã assim. Esse apelido foi intencional? 
Sim, tenho uma irmã mais velha que amo muito. Nós vivemos muitas aventuras juntas, na minha infância e adolescência. Ela foi minha referência em muitos momentos da vida... mas ver o desabrochar de sua coragem foi uma das coisas que mais me marcou. E ela ainda é um exemplo para mim. Querem conhecê-la? Temos um blog juntas... o CamomilaRosa e Alecrim. (prazer, eu sou Alecrim) http://camomilarosaealecrim.blogspot.com.br/

Perdas é um assunto muito delicado, mas está presente no livro de uma forma bem doce e natural, você tem histórias de perdas de pessoas muito próximas também? 
Sim, todos temos. Mas minha intenção era mostrar o esforço do recomeço. E recomeçar a viver é difícil... não importa o que ficou para trás... um relacionamento, uma pessoa querida, amigos etc...

Podemos dizer que a admiração pelos livros da personagem principal, principalmente pelo livro "Cinco Minutos", de José de Alencar, tem a ver com seus próprios gostos, Keila?
Sim, a importância de “Cinco minutos” em “Cores de outono” é uma referência minha. Não é por acaso que um trecho dele está na introdução do livro.

Você acredita que seu livro tenha um "q" de "Crepúsculo", mas com uma abordagem mais realista? Houve inspiração na saga?

Adoro romances fantásticos e esta saga foi um marco. E depois dela vieram outras... ótimas!!! Mas antes já haviam algumas referências ao estilo. A fórmula mágica do triângulo amoroso, com uma dose realista e uma pitada cômica pode ser encontrada em "Diários de Vampiro", da Lisa J. Smith,... mas depois evoluiu... passando por Fallen até meus  queridos Tigres da Clollen Houck. A escrita da Stephenie Meyer com certeza eternizou o estilo, acho que ela reinventou o romance fantástico!!

Mudando de assunto, quando você despertou o interesse pela leitura e quando começou a escrever com seriedade?
Ler... sempre. Lembro-me da minha mãe lendo à noite sob luz do abajur. Sempre foi assim, e continua sendo... (risos). Ela e meu pai me deram uma coleção de contos quando eu era bem criança, aprendi a ler e desenhar com eles. Eram quase 60 livros, acho. E ainda existem, quase todos... hihihi, e foram herdados por minha sobrinha. Li muito depois disso... Mas escrever começou com “Cores”, uma história que nasceu para minha diversão. Até que começou a divertir amigos e parentes... e se transformou em um presente do destino!

Quais são seus escritores favoritos? E livros?
Bom eu juntei as duas perguntas, porque fica mais fácil (risos)!
Entre os nacionais, “Cinco Minutos” e “Senhora” - José de Alencar (doçura que amo); “Parati”, “Viagem entre dois pólos” - Amyr Klink... Hum... gosto do Eduardo Spohr e tenho boas lembranças do Paulo Coelho. Dos internacionais, “Orgulho e Preconceito” - Jane Austen (a mulher é atemporal... Ahhh Mr. Darcy!!). Série “Harry Potter” - J.K.Rowling (ela é um gênio... Amo, amo!!); A série “Diário de Vampiro” – Lisa J. Smith (amo essa mulher!!! Ela criou o Damon, amo esse Bad Boy); A saga Twilight da Meyer (não tem como não gostar); “Sherlock Holmes” - Arthur Conan Doyle (nunca vou me cansar do Holmes); Bel Ami - Guy de Maupassant (faz pensar os dilemas éticos do Duroy); “Sob o sol da Toscana” - Frances Mayes (a rainha dos detalhes); “O Fantasma da Ópera” - Gaston Leroux (o vilão apaixonante)... Ahhh o “Código Da Vinci” - Dan Brown (ritmo eletrizante)... Gostei bastante da série “Darkest Powers”, da Kelley Armstrong... Mas ainda estou apaixonada pelos Tigres (saga “A Maldição do Tigre”) da Colleen Houck,!!!!!! Sou muito fã! (risos) E tem a série Fallen...hum...  Tá bom... parei.

No fim do livro "Cores de Outono" você deixa o leitor com um gostinho de quero mais colocando o primeiro capítulo do seu segundo livro "Sombras da Primavera". O que esse livro traz de diferente de "Cores"?
“Cores de Outono” foi a introdução desse  romance, apresentou personagens, mostrou suas vidas e seus diferentes mundos... Eu não quis assustar o leitor, queria que ele se envolvesse com o romance de Melissa e Vincent e depois se acostumasse com a possibilidade de dividir nosso mundo com uma realidade mágica. Em “Sombras da Primavera”, falar desse mundo fica mais fácil... O romance ainda vai ser destaque, mas esse mundo mágico vai aparecer mais, com novos personagens e aventuras...
Para quem quiser sentir  um gostinho de “Sombras”, deixei um pouquinho no Blog de “Cores”... Enjoy : ) http://coresdeoutonokeilagon.blogspot.com.br/p/sombras-da-primavera-sequencia-de-cores.html  

Como tem sido a recepção dos leitores ao seu livro? Foi como esperado?
(risos) Foi muito melhor do que esperado... Meu sorriso chegou aí?
Sou leitora e sei como é bom se encantar com um livro que fica dias grudado em sua pele... E quando leio resenhas descrevendo exatamente isso... ahhhhh Não tem como não dormir sorrindo!

Como você teve a oportunidade de publicar o livro? Foi um convite ou você correu atrás das editoras? E processo após a negociação com a editora, como foi? A escolha da capa, a revisão final...
Terminei “Cores” em setembro de 2011... registrei o manuscrito na Biblioteca Nacional e comecei a buscar editoras. O manuscrito passou em algumas etapas de avaliação em editoras grandes, mas a resposta final era sempre a mesma... já haviam publicado a cota do gênero. Bom, o que mais tem no mercado literário de entretenimento é romance ficção, então, entendi que o problema era ser iniciante. Então busquei as parcerias que dão oportunidades aos iniciantes nacionais... Fechei com a Novo Século em Junho de 2012 e “Cores” foi lançado em dezembro. Nesse tempo perdi a conta de contas revisões foram feitas... por mim e pela editora!! Gente... dá muito trabalho viu.... E deixo aqui meu muito obrigada à Editora Novo Século que publicou o livro com qualidade, profissionalismo e ainda me presenteou com uma capa maravilhosa! Confesso que eu dei alguns (ou muitos) pitacos, mas a arte final é mérito deles.

Onde o leitor pode encontrar seus livros para comprar?
Na LOJA do site de “Cores”, com mega desconto (risos) http://coresdeoutonokeilagon.blogspot.com.br/
E nas livrarias de abrangência do selo Novo Século.

O que você faz além de ser escritora? Fale-me um pouquinho sobre você e sua vida, por favor.
Bom, ultimamente não sobra tempo para ser mais nada... (ahahahhah) Moro em São José dos Campos com meu marido e minha filha de seis anos (sim, ela tem a mesma idade de Alice... e isso “não” é coincidência ahahah) E gostaria realmente que o dia tivesse 48 horas para dar conta dos compromissos diários, o novo livro, emails, face, blog(s) e minha família... claro! ahahhahahhaha

Quais são seus planos para o futuro? Mais livros virão?
Planos? Ui, flor, tenho que me concentrar no presente para ter um futuro ahahahhah Sério, espero acabar essa trilogia em breve e partir para novos caminhos... que já estão em meus planos! ahahhaha



 
Como não amar, né, gente? Além de talentosa, a Keila é muito fofa! O que vocês acharam da entrevista? Ficaram com vontade de ler o livro??

Até qualquer hora!!
Beijooos

34 comentários

  1. Oh Muito obrigada pelo carinho Monique!!
    Adorei responder suas perguntas : )
    Beijos e muito sucesso para o "Por uma boa leitura"

    Keila Gon

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que te agradeço, Keila!
      Foi ótimo entrevistar você!!
      Brigadão!!

      bjoos

      Excluir
  2. Adorei a entrevista, a Keila é parceira do meu blog, e é uma fofa. Super simpática :)

    Quero uma entrevista com ela também :P rs '

    http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é?? Adorei ela! É só pedir, uaaai! rsrs

      bjoos

      Excluir
  3. Adorei a entrevista, a Keila e realmente muito simpática;
    Tenho Cores e vou começar a lê-lo em breve.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje! rsrs
      Brincadeira!
      Mas leia o mais rápido possível!
      Você não vai se arrepender!
      bjoos

      Excluir
  4. Quero muito ler esse livro de tanto que vejo falando bem dele. Me identifiquei com os gostos literários da autora. Vou lá dar uma conferida no blog do livro.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Detalhe: EU AMO 5 MINUTOS! Aliás, todas as obras de José de Alencar.
    E adorei a capa desse livro. Só não gostei de saber que é uma série =/
    Livros de séries me deixam sempre aflita para as sequências.
    Muito simpática a Keila, deu pra sentir pela entrevista.

    Eu simplesmente AMO esse blog. Gosto dos textos e das colunas, sempre bem escritos e informativos. Parabéns meninas.

    Beijos
    Isa
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também AMO "Cinco Minutos", mas tem muito tempo que eu não leio! Preciso relembrar muitas coisas!

      Aiii, que feliz que eu fico em ler esse elogio, Isa!!
      Muito obrigada!!

      bjoos

      Excluir
  6. Ótima entrevista! O livro é maravilhoso e autora Keila é muito simpática! Também notei que as duas são fãs de rock, tive a oportunidade de entrevistar a Keila também e adorei a experiência.

    beijos

    livrorosashock.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da entrevista, Ana!!
      É sim! Concordo!
      Que legal!!

      bjoos

      Excluir
  7. Detalhe, fui no blog que a Keila tem com a irmã e estou salivando até agora com o cupcake de laranja. Acabei de salvá-lo no meu pc. Acho que meu marido vai gostar das dicas culinárias! \o/

    Beijos
    Isa
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahaha
      Gostar não, ele vai AMAR! ahahaha
      bjoos

      Excluir
  8. Adorei, ela é maravilhosa (: seu blog é lindo,já estou seguindo.
    Estou esperando seu e-mail pra participar do quadro novo do meu blog.
    http://devaneiosdeuma-adolescente.blogspot.com.br/2013/05/novidade.html#comment-form

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, quase xará!! rsrs
      Muito obrigada pelo elogio!!
      Te respondi lá!!
      bjoos

      Excluir
  9. Que delícia essa entrevista!
    A Keila parece ser muito simpática. :) E já ouvi tanta coisa boa desse livro, que já tá na minha lista de super desejados.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é sim, Luara!
      Obaa! Quando ler me fala o que achou!!

      bjoos

      Excluir
  10. Adorei a entrevista u.u muito legal essa sua mudança de assunto

    amei o blog tudo nele ta liamdo

    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rebeca! Você esqueceu de deixar seu blog pra eu poder fazer uma visitinha! =/
      Acho que na hora de colar o blog você acabou colando o errado... o nosso... faz parte...rsrs

      Que bom que você gostou de tudo! Fico feliz!! =)

      bjoos

      Excluir
  11. Primeiramente, parabéns pela entrevista!
    Já cansei de dizer que só ouço críticas positivas do livro da Keila <3
    Fico com mais vontade ainda de ler. Se tudo der certo, mês que vem consigo!

    Ai meu Deeeeus..
    Não acredito que ela se inspirou em "Cinco minutos". Eu AMO este livro.
    A leitura será mais perfeita ainda <3

    Beijos e uma linda semana, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    OBS.: Kel, o livro chegou???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eii, Lu!! Obrigadaa!! x)
      "Cinco Minutos" é O livro, né??

      bjoos

      Respondendo pela Kel: chegou sim! ahahaha

      Excluir
  12. Também fiz entrevista com Keila, que deve ir ao ar no próximo final de semana, junto com a resenha de Cores de Outono!
    Li outras entrevistas que fizeram com ela, mas como eram sempre antes da blogueira ler o livro, nenhuma foi tão completa quanto a sua!
    Ela é uma fofa e eu fiz perguntas parecidas com as suas também. Agora sei que não fui a única a achar diversas semelhanças com Crepúsculo, pela sua pergunta sobre.

    Gostei muito da entrevista e depois apareço pra ler a sua resenha do livro!

    Beijos!

    Letícia - Literature Diary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, vou ler sem falta!!
      A resenha quem vai fazer é a Raquel, mas eu escrevi o Li até a página 100... =)

      Que bom que você gostou!! Fico feliz!!

      bjoos

      Excluir
  13. Será que meu comentário foi? BLOGGER, ME DEIXE COMENTAR DECENTEMENTE!

    ResponderExcluir
  14. AH, LEGAL, O COMENTÁRIO NONSENSE VOCÊ DEIXOU IR, JOINHA, BLOGGER! #louca

    Enfim, a capa do livro dela é linda!

    ResponderExcluir
  15. Oi Monique!

    Eu já queria muito ler este livro, agora conhecendo a simpatia que é Keila ele me conquistou ainda mais! Lerei em breve, com certeza.

    Beijos. Boas leituras!!

    http://escrev-arte.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Linda e simpática, ótima escritora.
    Adorei a entrevista,
    http://likelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, Érick!

      Que bom que gostou!!! =)

      bjos

      Excluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!