17 abril 2013

# Resenha 15 // Extraordinário

Oi queridos, tudo bem?

Ontem chegamos aos 50 seguidores aqui no blog. Digo 'chegamos' porque esse blog não é só meu, é de vocês também. E é com muito carinho que eu cuido dele, tentando sempre dar o melhor. Minha felicidade foi maior ainda porque atingir os 50 seguidores era a minha meta para antes do blog completar um mês. E consegui!!! UHUUULLL. Muito obrigada a todos vocês! O Por Uma Boa Leitura completa um mês neste sábado, dia 20, e podem ter certeza de que vem muitas novidades por ai. Se você está lendo isso e ainda não nos segue, é só dar um clique aqui no ladinho direito e me ajudar na meta de dois meses do blog: 120 seguidores ^^   Mas voltando ao que interessa, pelo post de ontem vi que politica não é muito a praia da maioria, certo? Mas e que tal falarmos de algo Extraordinário hoje, para variar? Hum? Vamos resenhar?



Título: Extraordinário // Wonder
Autor: RJ Palacio
Editora: Intrínseca
Páginas: 320





Sinopse: R. J. Palacio traz à tona a luta contra o preconceito ao contar a história de um menino de 10 anos que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Narrado da perspectiva de August e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade – um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo.




Extraordinário aborda o cotidiano nada fácil de August, um menino de dez anos que nasceu com uma síndrome genética que deixou sequelas em seu rosto, mudando a sua fisionomia e transformando-o em um menino “diferente”, principalmente depois de tantas cirurgias corretivas. Devido a esse fato, Auggie nunca frequentou a escola. Porém é chegado um momento em que seus pais, Isabel, uma brasileira (*0*) e Nate resolvem que já está na hora de August frequentar a escola como qualquer outra criança. Essa será uma missão simples? Acho que vocês já sabem a resposta, né? E é exatamente aí que o livro começa.


    "Para mim, porém, sou apenas eu. Um garoto comum. Mas, se quiserem me dar uma medalha por ser eu mesmo, tudo bem. Aceito. Não destruí a Estrela da Morte nem nada parecido, mas consegui passar pelo quinto ano. E isso não é fácil, mesmo que você não seja eu."

Eu comprei esse livro no meu aniversário, mês passado, mas ainda não tinha tido a oportunidade de lê-lo, apesar de estar curiosissima pelo o que me esperava em meio a essa capa tão simples e ao mesmo tempo tão maravilhosa. Tá aí, foi só um mês de espera, mas para mim foi o bastante para me arrepender de não ter lido antes.


You are beautiful, no matter what they say Words can't bring you down, oh no You are beautiful in every single way Yes, words can't bring you down, oh no So don't you bring me down today



Não tem palavra que defina Extraordinário se não o próprio nome do livro. Talvez essa música que citei da Chris Aguilera ajude um pouco. A letra é citada no inicio de um dos capítulos e achei que tem tudo a ver com a história. Confesso que achei que o livro fosse pegar um pouco mais pesado na questão do bullying, mas sinceramente, ainda bem que não foi como eu pensava. O livro é na medida certa, nem uma gota a mais e nem a menos. Claro que esse tema do bullying é muito atual e acredito que deva ser abordado em todas as famílias. Extraordinário vem como uma forma de abrir os olhos da sociedade e, o melhor, o linguajar do livro está ao alcance de pais e filhos.


  "Ela não acha que eu seja comum. Diz que acha, mas, se eu fosse comum, ela não pensaria em me proteger tanto. Mamãe e papai também não me acham comum. Eles me acham extraordinário. Talvez a única pessoa no mundo que percebe o quanto sou comum seja eu"


Os capítulos mostram pontos de vista alternados, entre eles o da irmã de August, Via, e o de seu amigo Jack Will. E esse é um ponto muito rico do livro porque você sai daquela visão única do August e entra na cabeça daqueles que estão a sua volta, o que te dá outras versões para um fato em comum. Acho que o August é um exemplo de coragem e o modo como ele encara a sua “diferença” é muito bonito. Ele não tem uma necessidade especial ou algum atraso, ele é como todas as outras crianças, ele age como todas as crianças da sua idade, porém sofre devido a sua aparência. Já foi chamado de 'monstro"... isso é cruel, sabe? E como as pessoas conseguem ser cruéis! E ao dizer isso não me refiro só a essas crianças que gostam de praticar bullying, adultos também não ficam atrás. E esse tema é muito bem estruturado e abordado no livro.

Fiquei simplesmente encantada com a história. É engraçado como os personagens são tão próximos da realidade, sabe. Simplesmente amei!!! A única coisa que talvez eu ressaltaria, seria a tradução do livro. Tudo bem que, se tem um trocadilho em inglês vc tem que transformá-lo para o português... mas achei que ficou meio forçado. Mas isso é o de menos. Esse livro merece não cinco, mas seis estrelas!


 “Sempre haverá pessoas idiotas no mundo, Auggie – falou, olhando para mim. – Mas eu pai e eu acreditamos, de verdade, que há mais pessoas boas que más na Terra, e que as pessoas boas olham umas pelas outras. Cuidam umas das outras.”






Então é isso, gente!!! Obrigada pelos comentários e pela companhia de sempre.

Beijos

11 comentários

  1. Nossa amei a resenha fiquei com muita vontade de ler o livro vou adicionar na minha lista de desejados

    Tem tag no blog

    http://livrosechocolatequente.blogspot.com.br/2013/04/tag-11-coisas.html

    ResponderExcluir
  2. Oi flor
    parabéns pelos seguidores, e que venham muitos :)

    Gostei da indicação de livros

    Não conhecia o livro, pela sinopse achei a história bem forte né?
    beijo

    ResponderExcluir
  3. Você sabe o quanto o tema bullying mexe comigo. Acho que ele devia ser mais abordado e com toda a seriedade e delicadeza do mundo. Muito bom ter livros que fazem esse serviço pelas crianças e de maneira que nos prendem a atenção!
    Fiquei louca de vontade de ler esse livro também!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Antes de falar qualquer coisa: PARABÉNS!
    São 52 blogueiros super sortudos em terem vocês (você e o blog) na tela deles. Com certeza virão muuuitos outros leitores <3

    Ah.. Todos falam tão bem deste livro. Quero muito lê-lo (mas confesso que agora tenho que dar uma segurada no $$$ ~ ai aiii!)

    Adorei a sua resenha e com isso, descobrir mais sobre a estória de Auggie.

    Beijos, Lu
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro e gostei bastante da resenha, adoro ler qualquer tipo de gênero literário e esse me interessou bastante. Com certeza vou procurar pra ler!
    Adorei o post (:
    Beijos,
    Agnes Cristy.
    escritasdeverao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    A resenha ficou ótima, mas ainda não me sinto muito atraída por esse livro. Mas não sei o motivo. rs

    BjO
    http://www.the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. A resenha ficou ótima e estou louco para ler o livro :)
    http://umsenhorpalhaco.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Ótimo resenha mo! Achei a história do livro bem interessante, quem sabe não seja uma opção quando eu acabar minha enorme fila de livros hahahahhaa

    ResponderExcluir
  9. Btw adorei as frases que você citou do livro. Todas muito profundas e bonitas. Gostei particularmente da que cita a estrela da morte, sei la, acho que vi semelhanças comigo rs

    ResponderExcluir
  10. Olá Kel, finalmente, eu vim visitar seu blog, não é? Haha. Adorei a resenha que você fez de Extraordinário. Inclusive, por causa da sua resenha, eu estou comprando o livro agora. Estou muito ansiosa para ler ;)

    Um beijo ;*

    ResponderExcluir
  11. Oii Keel

    Que livro perfeito *--* amei tudo, a estoria, a narrativa, tudo!!! E também foi o unico livro, até hoje, que me fez chorar.

    Agora quero muito ler 365 Days of Wonder.

    Bjoo Kel

    Theo / Mania de Leitor
    http://maniadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!