# Resenha 14: Honoráveis Bandidos

Ei gente, tudo bem?

Hoje tem resenha? Tem sim senhor! E hoje resolvi mudar um pouco e colocar um gênero que ainda não havia testado a recepção de vocês. Alguém aí gosta de livros que abordem política e história do Brasil? Pois é, eu adoro. Ainda não desisti de fazer uma outra faculdade em História ou algum curso de aprofundamento na área, esse é um ramo que eu realmente gosto bastante, mas não mais que a minha formação original, que é o jornalismo =D 

Enfim, o legal é que na minha monografia eu consegui misturar esses dois gêneros e escrevi sobre como os políticos influenciam na mídia brasileira. Para tal, eu li esse livro que vou resenhar hoje. É um livro bem legal, sarcástico e muito inteligente. Pra quem não gosta de história ou não gosta de se envolver na politica, o livro tem um linguajar bem legal e por vezes vc vai morrer de rir com ele.


Título: Honoráveis Bandidos
Autor: Palmério Dória
Editora: Geração Editorial
Páginas: 199






Sinopse: Palmério Dória, um dos jornalistas mais respeitados do País, conta pela primeira vez, num livro, toda a história secreta do surgimento, enriquecimento e tomada do poder regional pela família  Sarney, no Maranhão, e o controle quase total, do Senado, pelo patriarca que virou presidente da República por acidente, transformou o Maranhão no quintal de sua casa e beneficiou amigos e parentes








Bom, vocês sabem quem é essa figurinha linda, amável e sincera que está na capa do livro, né¿ Sim, José Sarney. Uma figura muito cativante que simplesmente domina cada centímetro do Maranhão. Pra vcs terem uma ideia, lá existem pontes, escolas, ruas, bibliotecas com nome da imensa família Sarney. E pra completar o clã Sarney ainda é dono do principal veículo de comunicação do estado. Fatos como esses são abordados no livro, mas sem esquecer do bom humor e por vezes bem sarcástico:


"A rebolativa figura anda cheia de joias de ouro, colares, pulseiras. Goza de absoluta confiança de Roseana e de toda a família Sarney. Faz o estilo “cunhã”. Mas chamar de mordomo fica mais  chique."


É difícil descrever o livro porque ele é basicamente um retrato da politica no Brasil na era Sarney, mas que, infelizmente, se desenrola até os dias de hoje. Pra mim esse é um livro que não tem meias palavras, ele mostra mesmo os “bastidores” da politica brasileira e apresenta de modo bem claro aquelas coisas que sabemos que acontecem, mas muitas vezes não admitimos que sabemos.  E assim, o conteúdo do livro não é algo que, infelizmente, vemos com frequencia nos jornais, televisões e revistas. 

Importante ressaltar que o livro fala sobre a Família Sarney como um todo, não deixando escapar ninguém, praticamente huahuahua. Claro, não podemos pegar aquilo que lemos em livros como verdades absolutas, mas acho que esse livro serve para abrimos os olhos para o cenário politico do Brasil. Ou pelo menos refletirmos sobre o que acabamos de ler. Gosto muito de livros assim. 

Como já tinha dito, a leitura é bem rápida. Esse não é daqueles livros de politica que tem muitos termos técnicos, um linguajar difícil  pelo contrário, ele é bem dinâmico, tem algumas charges também, morri de rir com algumas coisas. Os capítulos são curtos também e o livro é bem pequenininho, dá pra ler bem rápido e me ajudou bastante na minha monografia =P                                                                                                                                                                                                                                                                                           




7 comentários:

  1. Ah, não me interessei não... :/
    Política - e principalmente o FDP do Sarney - tem o dom de me irritar PROFUNDAMENTE!
    Beijo,
    Vinícius - Livros & Rabiscos

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Raquel,

    Own, eu já tinha visto esse livro em uma visita minha a Nobel no shopping e não me interessei, mas a frase que você escreveu é interessante ! (risos)

    Beijos
    http://mundoda-resenha.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro, mas esse estilo não me encanta, então acho que não leria :(
    Gostei de sua resenha!
    Um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Bom saber que o livro é mais leve do que eu pensava, porque eu já estava assustada. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  5. Outro pra minha listinha!
    Espero que a biblioteca da Raquel me faça um empréstimo! ahahahaha

    ResponderExcluir
  6. Raquel e seu lado político! :) Podia fazer uma resenha da sua monografia

    ResponderExcluir
  7. Adoro esses temas. Já adicionei na minha lista

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!