Homenagem ao Dia Mundial do Livro (e dinâmica)

Oi amados do meu Brasil!

Gente, sou péssima, em pleno dia do livro eu nem pra passar aqui pra deixar uma mensagem para vocês! Mas é que essa é a minha última semaninha de férias, então tenho que aproveitar, né? Tinha preparado uma resenha para hoje, mas vou deixar para amanhã porque hoje é uma data especial. 




Para quem mora no Rio de Janeiro, dia 23 de abril é um feriado religioso, Dia de São Jorge, nosso querido Santo Guerreiro, mas a data também é marcada por ser o Dia Internacional do Livro. E sem esses lindos objetos encadernados e diagramados, cheirando a aventuras, nenhum dos nossos blogs existiria, não é mesmo?

Sendo assim, pensei em uma dinâmica para fazer aqui no blog, vamos ver se vai dar certo, mas preciso da ajuda de vocês. Neste post eu vou indicar um livro para vocês e quem comentar aqui tem que me indicar um livro do mesmo gênero ou um livro que comece com a mesma letra daquele indicado por mim, pode ser? Topam a brincadeira? Não se esqueçam de dizer o porque da indicação do livro. Depois eu vou escolher um para ser a minha próxima leitura.

Bom, bom, bom, o livro indicado por mim é: A Menina que Roubava Livros. Nada mais propício para o dia de hoje, né? =P 

Esse livro ainda não foi resenhado aqui no blog porque ele é TÃO bom que não me sinto segura para resenhá-lo sem ter acabado de ler. Acho que se eu escrever algo sobre ele, meu texto não vai estar a altura de tudo o que contém naquelas páginas, sabe? Isso pode ser uma grande besteira minha, mas é assim que me sinto.

Tudo o que eu posso dizer é que esse livro é capaz de mudar vidas. Contém personagens muito bem estruturados, um enredo que se passa em meio a segunda guerra mundial e surpreendentemente narrado pela Morte. Tipo, o livro é de uma genialidade tão grande que ele coloca como narrador, não o protagonista, não o próprio autor, mas a morte. Alguns podem pensar que isso é meio assustador, mas é totalmente o contrário. Basicamente, "a menina que roubava livros" chama-se Liesel, uma menininha que teve algumas experiencias de quase morte e é sobre esses encontros que o livro trata, de forma bem emocionante.

Bom, agora que já indiquei um livro, vocês tem que comentar me indicando um livro que seja do gênero Romance, que o protagonista seja uma criança e que a ambientação seja em um local fora do lugar comum (ou seja, nada de EUA, Inglaterra ou Brasil). Me surpreendam =D. Quem não quiser indicar um livro que siga essas "regras", pode indicar um livro cujo título comece com M (o artigo A não vale =P)

Vamos lá? Quero ver muitas indicações de livros, hein!!! E não se esqueçam de dizer o porque da indicação!

6 comentários:

  1. Com toda certeza essa é uma ótima leitura, amiga. Mesmo. Ótima indicação.
    Meu irmão nasceu dia 23 de abril e odeia ler =/ vai entender kkkkk
    Beijao

    - vitamina de pimenta -

    ResponderExcluir
  2. Já li a menina que roubava livros a algum tempo
    e não consigo fazer uma resenha que descreva todos os
    sentimentos e emoções que senti ao lê-lo,por isso pretendo
    ler novamente.. Adorei sua indicação.
    Eu indico A menina que não sabia ler, é uma estória encantadora
    e nos mostra que o meu amor pelos livros não tem limites, nem mesmo quando não se sabe ler.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Hey, Kel! Tudo bem?
    Super adorei o seu post e sua criatividade! Cheguei atrasado, mas mesmo assim deixo o meu Feliz Dia do Livro! Sério, foi bem difícil pra mim escolher um livro para indicar por aqui, mas me decidi. O livro que eu recomendo é "Marcada" por P.C. Cast e Kristin Cast.

    Indico ele porque é o começo da série House of Night que estou completamente apaixonado. Vários personagens trazem ótimas características para esse livro. Dos melhores estão: Zoey Redbird (protagonista), Stevie Rae e Damien. Eles são aqueles bons amigos que todos gostaríamos de ter, sempre prontos para te estender á mão e lhe ajudar nas horas mais difíceis. Eles são uma das razoes para eu querer estudar na The House of Night um dia! Tenho certeza que qualquer um que chegasse á ler "Marcada" diria o mesmo.

    É isso aí! Espero que goste da indicação!
    Abraços!
    Vini - Um Jovem Leitor

    ResponderExcluir
  4. Nossa, A menina que roubava livros foi uma das melhores leituras que tive
    Um livro tão emocionante

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Kel, tudo bom? (((:
    adooooorei a ideia desse post! sério, super criativa você u_u. Eu sei que o dia do livro foi ontem (e olha que coisa feia, nem consegui postar nada no meu blog T^T) mas acho que a brincadeira ainda tá valendo né? *u*
    Bom, eu fui dar uma analisada na minha estante, e me dei conta que eu quase não tenho livros que comecem com a letra 'M', e os poucos que eu tenho eu ainda não li D: mãas, tem unzinho que eu li e que eu te recomendo: Melância, da Marian Keyes.
    Eu só li dois livros dessa autora, sendo 'Melância' e 'Férias', e mesmo tendo gostado mais de 'Férias', foi graças a esse primeiro que eu senti vontade de ler outras coisas da autora. A Marian escreve super bem, mesclando toques de comédia com assuntos sérios e/ou cotidianos. É um chick lit não tão engraçado quanto os da Sophie Kinsella, mas ainda assim são ótimos e após o término da leitura você sempre ficará com um gostinho de quero mais, além de ficar pensando no livro por mais alguns dias u_u . Enfim, foi um livro que eu gostei muito (mesmo não tendo ido muito com a cara no começo) e te recomendo de olhos fechados (só não se esqueça de ler 'Férias' depois de 'Melânci'a hein? é o meu queridinho <3 kkkkkk)


    Beeeeeeeeijinhos e uma ótima semana! :*
    www.inconstantecontroversia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Achei muito legal essa inciativa, bom que agente pode interagir mais né? Eu vou de indicar um com a inicial M que é Mediadora, da autora Meg Cabot. Talvez você já tenha lido, porque é bem conhecida essa série, mas ela é simplesmente perfeita. Foi um dos primeiros livros que li quando me apaixonei pela literatura. Agora eu também quero de indicar um que é do gênero romance, que a protagonista é criança (pelo menos no inicio do livro) e que é ambientado em vários lugares, como Inglaterra, EUA e França: Belle, da autora Lesley Pearse.
    Segredo de um Mundo

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Todos os comentários deixados aqui serão carinhosamente retribuídos.
Para isso, basta deixar o endereço do seu blog!
Mas antes de comentar, lembre-se de que esse post foi feito
com muito carinho, então, se vai comentar
"oi, fiz postagem nova, me visita" ou fazer um comentário
apenas de divulgação, este não será aceito.
Obrigada pela compreensão!
Já está seguindo o blog no Google Friends? Então não perca tempo!